Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Mansão Lutont

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Mansão Lutont   Sab 3 Out 2015 - 20:28

Relembrando a primeira mensagem :

Mansão Lutont


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sab 21 Nov 2015 - 21:35

+ Lily e Nero +


A menina se agarrou em Daryl e ficou assustada ao sentir o cheiro do sangue do monarca e então aquela cena toda. Seus olhos ficaram vermelhos pelo cheiro do sangue e ela tapou o nariz com mão para se controlar. De novo não, outra situação daquela não... Ela puxou ele e recuou. Não queria ficar ali, não queria ver outra batalha acontecer como aconteceu naquele laboratório, só aquelas memórias vindo à tona a deixavam assustada.


Nero sentiu o cheiro de sangue e puxou Naru consigo para longe, segurando firme a menina em seus braços para que ela não se soltasse. Não precisava daquela garota ali descontrolada e voando em cima do Kuran. Olhou Lily e ficou preocupado. A menina parecia estar em pânico. Ele não sabia o que fazer. Apenas se afastou mais, rezando para Daryl fazer o mesmo com sua filha e mantê-la longe da confusão. Temia que o sangue do puro descontrolasse os presentes e ele mesmo mantinha a respiração presa para não se tentar. Era muito bom que ambos estivessem bem alimentados naquela noite.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sab 21 Nov 2015 - 22:16

Rose ainda dançava com Charles vendo o que iria fazer quando o inesperado acontece. O cheiro de sangue de seu amado empestava o ambiente fazendo Rose na mesma hora parar de dançar olhando incrédula para a cena a sua frente. Seus olhos ficam vermelhos com o cheiro dele, afinal era o único sangue que de fato acabava com sua sede. Mas isso era o menor dos problemas. Ela queria entender o que aquela louca estava fazendo com ele no meio do salão.

Desistindo de manter a compostura, Rose começa a andar na direção de ambos quando outra coisa inesperada acontece. Primeiro Loran fazendo menção de a morder de volta e segundo, ele a espetando com suas agulhas de gelo. 

Então chegando perto dos dois que ela entrou em choque. O cheiro. Não de Loran. Mas o que vinha da bela mulher de vestido longo. 

Tudo começava de alguma forma bizarra se encaixar, a aura estranha dela que lhe dava uma leve sensação de lembrança, o cheiro do sangue... Sua mente foi levada para a noite que esteve no pub, e o aviso que o vampiro que é seu alvo lhe avisou.

Arthur escreveu:
_Vá embora, antes que Lya a veja... se ficar morrerá...

Nessa hora ela entra na frente de seu noivo o segurando pelo braço afastando ele da mulher. Ele podia sentir que as mãos dela estavam tremulas. Tudo o que ela queria era o retirar daquele lugar o mais rápido possível. Não tinham condições de um confronto ali.

Ela olha para a vampira com o olhar acusador mas sua face mostrava o desconforto de estar diante dela.

- Saia daqui. Sua desculpa não vai fazer efeito. - Ela falava colocando seu corpo na frente do de Loran enquanto uma de suas mãos ainda levemente tremulas segurava o pulso dele.

- Ninguém se defende mordendo descaradamente o pescoço de outro. - Cospe as palavras rispidamente.


Lara Kapetine


Última edição por Dark_Rose em Dom 22 Nov 2015 - 12:36, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 10:08

Daryl puxou Lily para perto, escondendo o rosto dela no peito quando a vampira louca começou a gritar. Então a conversa anterior sobre a sobrinha de Loran... sobre aquele decadente... Estava muito surpreso que o líder deles tinha eliminado um quase familiar e o respeitou muito por isso, pois imaginou que Marshall havia decaído de vez e ele tinha conseguido mesmo assim confrontá-lo. Estava concluída a participação deles na festa e podia voltar sua atenção a coisas que importavam.

- É só o mesmo cheiro da bebida. Ninguém está machucado. - mentiu baixo para ela, enquanto a conduzia naquele abraço (quase como se continuassem a dança) para afastar-se. Não a pegava no colo para não chamar muita a atenção. Deixando-a de costas para a cena toda, colocou o braço atrás de suas costas e a trouxe consigo para a mesma direção em que Nero tinha ido.

Naru arregalou os olhos vermelhos e ficou sem fala ou ação como se tivesse levado um choque. Sentiu o corpo todo começar a tremer e sua respiração sofria de pequenos espamos com os lábios entreabertos com suas pequenas presas de fora. Odiava aquela sensação de todas as maneiras, mas não conseguia expressar nem em palavras, que pareciam deixar de existir de sua mente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dimitri Belikov
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Dimitri Belikov (Vampire C | Guardião)
Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Posts: : 46
Inscrição : 18/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 11:12

Conversar com minha Rosa, era sempre um prazer, ainda mais quando sabia que ela estava do meu lado. Olhando para ela, ainda bem próxima a mim, ela falava da tal confusão, e era divertido ouvir isso, ainda mais sabendo que ela gostava de falar sobre tais coisas, o homem em questão que estava próximo que não gostava nada disso. 

Ainda mantendo minha postura seria observando Vasilisa de longe, sinto um cheiro adocicado cheiro de sangue de puro sangue, e isso era algo forte para sentir, ele vinha da direção da pista de dança. e isso só poderia ser confusão. Olhei para minha Rosa, que com seu olhar queria já ir atras de Vasilisa, olhei para a jovem que estava com a gente, e com um movimento sutil, afastei cuidadosamente nos três daquele lugar, pois estavamos perto da pista de dança. Olhando para Vasilisa não teve nenhuma reação diferente, antes de olhar para minha Rosa, e falava em um tom baixo.

- Temos que nos afastar, isso não esta cheirando nada bem. E não falo do sangue. - falei olhando para ela e fazendo a gente de afastar daquele lugar com calma, indo em direção a Vasilisa, mas tomando cuidado para não ser atingido, caso houvesse alguma luta. 


Dimitri Belikov | 24 anos | Vampire C | Guardian
(*) Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 12:35

Um pouco de faísca era capaz de gerar um incêndio. Charles devia ter notado isso aos primeiros sinais da instabilidade de Loran perante a convidada e a forma recíproca que sua aura parecia se comportar. Mas atrasos costumam acontecer, e, ao final, toda a explosão havia ocorrido com uma mordida e o delicioso cheiro de sangue no ar. O inigualável odor do sangue de um sangue puro, pensou Charles congelando e parando de olhar para a morena, para encarar em choque a vampira e Loran, embora seus olhos só tivessem se avermelhado um pouco...

-O que aquela vampira está fazendo? - Perguntou a si mesmo, observando Loran devolver a mordida, e um sangue também de odor extremamente delicioso sair da ferida da menina. -Que merda está acontecendo aqui...? - Se perguntou novamente, ainda em choque. Sua cabeça ainda doía um pouco, e sua garganta arranhava incomodamente durante a tempestade. Mas talvez, o mais incomodo, fossem seus convidados. Uma multidão de olhos vermelhos agitados, em pânico ou curiosos. Em nível de caos suficiente para que alguma morte inesperada ocorresse ou, pelo menos, se algo não fosse feito.

Solução? Desfazer a merda. Mas como? Por instantes, ele trocou olhares com Jason e Oliver, como para indicar a eles para manterem os seguranças na lateral da pista de dança contendo qualquer problema. E então, por sua vez também se retirou em direção a Rose, Loran e a visitante. Seu nome? Ele se lembrava vagamente de ter visto na lista de convidados com foto. Melinda Homan, ou algo assim.

-Senhora Homan... - Chamou com o máximo de calma que sua formalidade permitia. -Parece cansada de Loran-san, deseja que eu a acompanhe? - Perguntou ele, estendendo a mão em direção a vampira com um sorriso. A prioridade ali era afasta-la de Loran, acabar com o barraco e, depois, quem sabe, entender o que tinha rolado ali.




Última edição por kagura em Dom 22 Nov 2015 - 13:18, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 12:53

+ Lily e Nero +


A menina se deixou conduzir para longe e mantinha o rosto escondido na camisa do rapaz. Não queria ver aquilo e correr o risco de entrar em pânico, não queria ver o amigo ferido outra vez. Ela ouvia vagamente os outros falarem, mas tentava se concentrar apenas nas palavras de Daryl e acreditar nelas. 

Nero olhava nervoso todo o desfecho daquela situação.  Os outros puros interferindo. Se até mesmo Rose e Charles pareciam nervosos com aquilo só era motivo para acreditar que a situação poderia ser mais séria do que imaginavam. Ele olhou Naru e viu o estado que a menina estava. Praguejou. Não podia deixar aquela jovem tola se descontrolar. Virou a menina para o  outro lado para que não olhasse a confusão e tapou a boca e o nariz dela com a mão.

-  Não respire... ou tente se concentrar apenas no meu cheiro... - sussurrou à menina e jogou o cabelo sobre o ombro próximo ao rosto dela para intensificar seu cheiro de lavanda.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 14:15

Como o grupo havia se dividido por áreas, as vezes demorava  um pouco a comunicação entre os participantes,  por sorte, Aidan e Layla haviam antecipado o momento e se dirigirão o mais breve para perto do líder da equipe, mas este já começava a dispensar  com a noticia que foi um problema técnico e deveríamos continuar. De alguma forma isso irritou o moreno que se sentia de alguma forma exausto ali.
- e no final, só servimos para babás...
parecia não fazer sentido o que disse,  fingindo imitar uma babá que toma conta de uma criança. Quando se da conta da presença de Layla ainda próxima a ele e então interrompe o gracejo com o rosto levemente quente de vergonha por ela ter presenciado tal cena (rezando para que ela realmente não tivesse prestado atenção)
- então, voltamos para os nosso postos e quem sabe ao assunto...


Seus passos eram lentos enquanto seus olhos apreciavam o cenário que se montava a sua frente. Loran e uma mulher dançavam no meio da festa, as pessoas conversando e balbuciando  infâmias de acordo com sua própria origem, Rose e Charles dançando em seguida, enquanto outros casais se reuniam para acompanha-los. A cena era hipnotizante não importava de onde se visse....

Tuomas sentiu uma vibração ruim no ar, não era pressentimento, mas uma certeza que algo estava acontecendo.
— Lirion por favor, poderia encontrar a minha princesinha? Ela não deve andar por ai perdida ou algum lobo mau, ou algum caçador pode encontra-la. — com um sorriso de escarnio por tal comparação surgiu em seu rosto de maneira provocativa.

O moreno estreitou os olhos enquanto o fitava um pouco aborrecido pelo o que havia dito, era cruel da parte dele brincar de maneira tão deliberada, mas fazer o que? Ele era um sangue puro e isso dava certa autonomia para fazer aquilo que desejava.
Será que não conseguia tanto assim ficar longe dela? era um escravo? Não , não poderia. Ainda era subordinada a ele, por um laço tão complexo de submissão que ele próprio não entendia. Como uma menina tão arredia conseguira ficar tão obediente a alguém que odiava de todo o coração? Freya não era duas caras. A barganha fora alta demais. E ela escolheu pagar pelo blefe, e todos nós teremos que pagar o pato.
Lirion conhecia de vista muitos dos que participavam da festa, nobres que encontrara em outras ocasiões, amigos da família, e até mesmo colegas da época que frequentou a academia. O Puro sangue que era amigo de freya foi um deles, nunca chegaram a se conhecer além do essencial, até por que para lirion isso nunca foi importante.
 
O cheiro de sangue se espalhava pela festa, havia as duas presenças e dois tipos que sobressaltavam além do comum que perfumava o ambiente. Um era de Loran, era impossível não conhecer seu cheiro depois de anos de amizade, o outro era de seu par na dança, mas que ousadia aquela?! Uma vampira ousar tocar um puro sangue.

Sua noiva agora o apoiava enquanto ouvia as farpas das acuações. E dentro de seu peito algo rugiu em defesa de seu amigo quando algo segurava seu punho.  Lirion estava ali e a olhava calmamente, porém com força o suficiente para quebrar seu pulso. Ele lentamente a trouxe para perto de si e então a prendeu pela cintura junto a seu corpo.


— o velho está aqui, não é prudente se afastar dele, é o seu dever.
— e também o seu, devemos mesmo discutir sobre quem está errado?
— em todo caso se meter nisso não é mais a sua obrigação.
— eles são meus amigos Lirion!
— será que são?  Será que ainda seriam se soubessem o que andou fazendo?
— Lirion... i.. você também não tem como saber!
– disse com um pouco de ressentimento enquanto o afastava gentilmente. E Lirion apenas cedeu o espaço fitando intensamente com seus olhos azuis.
— está bem... mas não se precipite, o velho ficou preocupado, e agora entendo o porque. Não tente bancar a heroína.

Educadamente Lirion a soltou se afastando aos poucos de freya, quando a ruiva sentiu um arrepio que percorreu sua espinha. Aquela sensação esquisita com o cheiro de sangue causavam um desconforto grande na vampira, porém isso não poderia abalar seus pensamentos naquele instante. num lapso de bravura caminhou mais e mais para o centro daquela confusão, ainda se camuflando por entre os outros convidados, sentiu um pouco da fúria e  do pânico quererem tomar o controle, mas não seria afetada por isso, não agora e não ali. Apenas se prontificou em  se posicionar em um lugar estratégico, tanto para fugir quanto para atacar.
 
Lirion caminhou se afastando lentamente do lugar de onde Freya estava, mas se manteve  próximo o suficiente para detecta-la e distante o suficiente para conseguir ficar de olho em Tuomas. 


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 14:47

Rose olhou para os PB na pista de dança e concordou com Dimitri. Reagindo instintivamente como uma guardiã, Rose olhou séria para Selene e falou, preocupada:
- Selene, fique perto de nós ou talvez seja melhor ficar perto dos seus pais. Não se aproxime da pista de dança.


Se pondoem atividade, olhou pra Dimitri e se pos a afastar disretamente os outros convidados da área de perigo. 




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 20:16

Pelo que parecia nossa saída da pista tinha sido proposital por que logo em seguida, sinto o cheiro forte, bem característico, um cheiro raro que somente uma pessoa pode ter, o cheiro de um puro sangue, o sangue dele parecia ter sido derramado, olhei para a pista e percebi que aquilo era realmente uma coisa muito interessante, o cheiro me chamava, como se chamasse para tocar a ele. Senti a mão de minha esposa na minha e no mesmo momento, tive que me controlar.

Era para esta mais calmo depois das três taças de sangue que tinha tomado, mas se isso não acontecia normalmente comigo, esse cheiro parecia muito forte, e quem fez isso acontecer, realmente tinha audácia, para fazer algo assim. Olhei para a pista de Dança e era lá que tudo acontecia, parecia que alguém, uma mulher atacava ao puro sangue, e isso era interessante, era o puro sangue com quem uma hora deveria conversar.

Minha vontade era ir lá, saber mais o que estava acontecendo, mas a mão de minha mulher me prendia a onde que de desejasse ir. ela era muito mais forte do que tinha imaginado, mas olhei para ela que continuava impassível como sempre, suspirei e observei que aquilo ali estava virando uma confusão, nessas horas queria esta com uma taça de vinho ou de sangue em minhas mãos, minha garganta ficou seca de uma hora para a outra. Me aproximei de Angel.

- Como consegue se segurar, e me segurar aqui. O cheiro é inebriante. - falei em um tom baixo somente para ela ouvir, sabendo que sua reação sempre seria a mesma.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 20:28

Angel tinha acabado de dançar na pista de dança, e mantinha sua
postura regia como sempre, quando sente um cheiro caracteristico
do sangue de um nobre puro sangue. Algo deveria ter acontecido 
na festa para ter esse cheiro ao redor. Olhando em volta, percebeu
que tudo o que acontecia vinha da pista onde tinha acabado de sair.


Ela olhou para Norman, e percebeu que ele estava querendo ir a onde
o cheiro chamava, mas naquele momento segurou a mão dele, com força
usando mais força do que o necessário para finalmente colocar ele no devido
lugar e não acontecer nada como uma desgraça. Olhando para a pista de dança
ela ouve a voz de seu marido baixo em seu ouvido, ela deu um sorriso de canto
antes de olhar para ele e voltar sua atenção a pista e a Selene.


- Eu tenho controle de mim mesma, aprenda isso de uma vez por todas. - falou
sem ao menos olhar para ele, estava mais proucupada com a filha do que qualquer 
coisa nesse momento, Selene não era tão forte, tinha as mesma tendencias do 
que o pai.


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 20:40

Selene estava mais preocupada em olhar a conversa que tinha com sua nova amiga e com o gigante que estava ao lado delas, do que qualquer outra coisa no momento. Ela ria educadamente as conversas entre eles, enquanto dava um sorriso vendo a empolga dos dois. Quando infelizmente ela sentiu um cheiro diferente, nunca tinha sentido um cheiro de sangue assim. Olhou para as pessoas a sua volta, e todos olhavam para o mesmo ponto, a pista de dança.


Selene ficou hipnotizada com aquilo, como era possível algo assim acontecer, sabia quem era ele, mas a mulher surpreendeu completamente a ela, achava que estava com uma outra, que logo viu que estava próxima aos dois. O cheiro não saia de suas narinas, aquele cheiro era inebriante, e envolvente, muito forte e muito bom. Ela então sai dos devaneios quando ouve as palavras de Rose, olha para a amiga e somente se afasta do local junto com ela e o gigante. Quando percebeu suas presas estavam de fora, mordendo sua boca com força, ela limpou o sangue com a lingua, e escondeu as mesma, isso estava ficando fora do seu controle. Olhou para Rose com um sorriso na face, tentando esconder sua vontade. 


- Prefiro ficar perto de vocês. - falou ela baixinho, olhando para a nova amiga. Antes de sentir que seus olhos estavam vermelhos.


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 22 Nov 2015 - 23:15

+Loran/Lya+

Ambos se encaravam, ela ainda mantinha a falsa imagem de acuada e aquela expressão o irritava, cinismo da vampira dava náuseas e ele queria matá-la.

Raiven se postou ao lado de Loran ela estava em posição de ataque em suas mãos haviam facas que reluziram com o brilho dos globos de luzes que giravam no salão.

Loran passa sua mão sobre o pescoço ferido, estava com sede, mas a raiva ainda era pior que sua sede, ele queria esganá-la.

_Não... –Disse a Rose que parara enfrente a ele. _Não interfira por favor...- A voz dele era rouca e fria.

Quando pensou em ir até a vampira, Charles se adiantou e a chamou, pressentindo que algo poderia acontecer, queria tirar a morena dali e evitar o pior, mas Loran sabia que aquele não era o fim da disputa, na verdade estava apenas começando.

Ainda olhava-a com os olhos de fúria, vendo-a se afastar seguindo Charles. A demônio soltou um sorriso debochado a ele e seus olhos amarelos deixavam claro que ele ainda teria muito que enfrentar naquela noite.

Lya ouvia as palavras daquele sangue puro loiro e com a expressão de inocente atacada por Loran, ela lhe acompanhou, passou por eles dizendo a jovem puro morena que tentava proteger o amado.

_Acredita mesmo que consegue me vencer, antes dessa noite terminar todos estarão mortos... –Segurou o braço do sangue puro que a conduzia e deu-lhe um leve sorriso no canto dos lábios. _Nenhum de vós serão capazes de me parar._Disse a Charles a qual ela notara a essência de demônio. _Caro irmão, mesmo sendo um demônio ainda assim não me vencerá._
Ela olhava o trio de sangue puros com a certeza de que não seriam capazes de enfrenta-la.

_Então, vamos dançar? Eu vim a uma festa e espero ser muito bem tratada ou cada um aqui morrerá. -A louca falava a eles em um tom que somente eles a ouviam.

Loran sentiu sede e olhou Raiven que mantinha a posição de ataque, em um gesto com o olhar a vampira sumira do seu lado.

_Ameaças... só o que ouvi de senhorita Merelyn... Agora me diga e se eu não quiser?

A demônio abriu os olhos amarelos e fincou as garras no braço de Charles quando sentiu o cheiro do sangue do loiro deu um belo sorriso e diz a ele:

_Então todos morrerão... A começar pela sua pura e bela vampira ... –Os olhos de Lya pousaram sobre Rose.

A puro pode sentir a energia pesada e sufocante e diante dela se ergueu uma sombra negra que tinha dois olhos vermelhos e as garras voaram sobre ela, um ataque que fora em segundos.

_NÃOO... – Loran gritou a Rose empurrando-a recebendo o golpe do demônio.

“Chega de brincar.” Pensou Lya ao ver que o trio de puros não iriam colaborar.

Aquele lugar começou a ter um clima mais pesado, um cheiro sufocante de enxofre tomou conta do ambiente e ouviu-se barulhos de rosnado.

Cada convidado da festa pode sentir pousar sobre sua garganta garras, aquela sensação de a morte está ao lado era iminente. Podia-se sentir os gemidos das bestas que estavam atrás de cada um daqueles que estavam na mansão. 

Spoiler:
 

Loran sentiu a dor daquelas garras seu braço estava gravemente ferido sangrando muito, ele virou o olhar a ela. A demônio mostrará sua face.

_E agora será que dançaram e me divertiram essa noite? 

Os três puros voltaram seus rostos aos vampiros que estavam praticamente reféns de demônios que mantinham as garras em cada um segurando o pescoço deles.

Loran se assustou, quando viu Rose se levantar e atrás dela levantar um demônio.

_Não se mexa...

Como aquela situação chegará aquele ponto?

_O que quer que eu faça para soltar todos?

Ela abriu os lábios e mostrou suas presas e sorriu divertidamente com a cena.

_Humilhar, mostrar o quanto é fraco diante desses vampiros, que sentem a morte perto e nada podem salva-los agora... Nem você... Kuran.

Loran semicerrou os olhos a ela, parado de frente a vampira que ainda segurava o braço de Charles que àquela altura sangrava com as garras dela, encarando-a, pensando em uma maneira de salvar a todos.

_Bom cansei desse falatório, que tal agora começar a esvaziar a festa rs

Ao alto do palco um dos músicos que tinha um demônio ao lado gritou quando sua cabeça fora arrancada e transformando-se em pó diante de todos naquele salão.

Loran abriu a boca não acreditando, quando olhou Rose o demônio começara a fazer o mesmo com ela, agarrou-lhe a garganta.


Spoiler:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 9:20

A expressão de inocência da vampira estava deixando Rose enojada com a situação apesar do temor do confronto naquele momento.
 
Quando Loran lhe diz para não interferir ela segura com firmeza a mão dele fazendo negativo com a cabeça. Não o queria perto daquela mulher, mas ele parecia estranho o suficiente para não a escutar.
 
- Como você não quer que eu interfira? – Ela diz com tom de urgência. – Ela te atacou!
 
Logo depois Charles afasta a vampira de perto dos dois levando-a de volta para dançar. Rose não sabia o que dizer, não era seguro ficar perto da mulher, mas como iria avisar ao Charles sobre o real perigo? O rosto dela fica inteiramente em expressão de raiva quando a outra solta um sorriso de deboche para ambos.
 
Ela queria realmente atacá-la naquele lugar, mas com Charles por perto ele podia acabar se tonando vítima daquela coisa em corpo delicado. Seu instinto no momento era apenas de proteger seu noivo e tentar evitar o máximo de conflito, mas até mesmo Loran não parecia estar muito disposto aquilo.
 
Quando Lya começa a falar debochando de todos mostrando-se superior usando apenas palavras insinuando que todos no local não tinham capacidade o suficiente para derrotá-la, os dedos da puro começam a coçar e quem prestasse atenção o suficiente poderiam perceber que todas as sombras do local pareciam estar tremidas como se esperassem uma ordem para que fizessem algo. Ela estranha quando Lya fala para Charles sobre demônio, ele teria alguma coisa em relação a ela? Estava chamando-o de irmão. Por um momento começa a recear do que poderia acontecer entre os dois, ou se Charles escondia alguma coisa que pudesse ser usado contra eles.
 
Após isso Loran voltava a falar com a mulher e ela acaba ficando sem reação. Loran teria noção de quem realmente ela é? De que o alvo de fato é ele, e tudo que ela quer é apenas mata-lo para que nada possa atrapalhar a vida dela? Rose tinha urgência em sair daquele lugar com Loran em segurança, mas já havia percebido que no estado em que ele estava isso seria impossível, então a única opção seria o defender até que ela desistisse da festa. Mas o receio de ela não desistir ficava ecoando em sua mente.
 
Foi então que ela percebeu que talvez a vinda de Lya na festa não fosse para apenas matar seu noivo. Mas talvez para desestabilizá-lo.
 
Quando a mulher a encara com aqueles olhos amarelos Rose percebe que seria atacada de alguma forma. Mas a situação ocorreu mais rápido que ela conseguisse processar a tempo de uma defesa. Simplesmente ela sentiu uma energia pesada surgindo na sua frente. Talvez ela conseguisse se defender de alguma forma, as sombras do lugar já estavam em seu domínio, mas Loran a empurra a fazendo perder o equilíbrio e levando o ataque no braço.

- Loran!!! - Ela grita em desespero.
 
O cheiro de Loran já impregnava o local de tão forte que estava. Ele está sangrando de novo, ela pensa. E esse pensamento começa a ecoar na sua mente. A respiração dela começa a ficar ofegante com a vontade de trucidar a mulher.
 
- Eu vou te matar. – Ela dizia ainda no chão começando a se levantar e a encarando.
 
Então vê que várias daquela criatura surgem no recinto se agarrando a cada vampiro do lugar, e alguns deles matam os músicos. Aquela mulher realmente estava disposta a cometer uma chacina naquela festa apenas por prazer, pois todos ali não tinham nada a ver com a real história por detrás disso. Seriam mortes sem sentido pelo bel-prazer de uma maluca.
 
Já em pé sente a mesma energia pesada atrás de si e seu noivo dizendo para não se mexer. Não sabia exatamente o que aconteceria depois daquilo, mas estava claro que poderiam se atacados a qualquer momento mediante a uma reação contrária do que a mulher queria. Já havia tentado a atacar uma vez e isso não impedia ter a segunda vez, por isso aos seus pés sua sombra bailava de forma instável apenas esperando alguma ordem de sua mestra.
 
Então a mulher decide “esvaziar” a festa. Estava obvil que o ser atrás dela iria a atacar. E foi o que aconteceu, ele segurou sua garganta apertando com força.
 
Ação no qual o sucesso é definido pelo dado:
 
Rose cria galhos espinhosos totalmente negros pela sombra aos seus pés que se entrelaçam nos braços do demônio e no tronco do mesmo. Os que se entrelaçam nos braço fazem força para que ele os abra soltando, assim, o pescoço dela e dando a liberdade de praticar a segunda ação.
 
Após solta ela rapidamente se agacha aproveitando a imobilidade do demônio para pegar sua espada “Shadow Blade” de dentro de sua sombra e desferindo um ataque girando o próprio corpo para ganhar velocidade e força para decepar a criatura.
 
Rolar dados:
Vigor = 8
Esquiva = 5
Briga = 5
Total = 18


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 9:20

O membro 'Dark_Rose' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 1, 10, 2, 2, 5, 7, 8, 8, 5, 3, 7, 4, 3, 10, 2, 9, 8, 8


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 11:22

++Jason++

O vampiro apenas deu licença ao casal, deixando com que eles dançassem e apenas observando a pista sem muito interesse. Estava tão acostumado com aquele tipo de evento que a imagem do salão se tornará repetitiva enquanto ele próprio provava do vinho caro de seu mestre. Falando em mestre, o casal mal havia saído da pista é uma confusão e discussão começara entre o monarca e sua acompanhante. É também a saída daquele cheiro de sangue maravilhoso. O sangue de puros sangues, que fez suas presas sobressaírem e seus olhos ficarem vermelhos quase imediatamente, antes que ele conseguisse uma atitude efetiva de chamar os seguranças para rodear a pista. Mas, ainda assim, havia algo muito importante ali.

Charles que permanecia ali no meio, aproximando da garota em prantos e dos outros dois. E, para falar a verdade, ele não estava com um bom pressentimento, enquanto, disfarçadamente, desprendia o apoio de sua bengala para pegar sua arma. Deveria estar o mais preparado possível para deter qualquer ameaça que tentasse ferir o outro.

Não que tivesse que esperar muito. No momento em que estava com sua arma nas mãos, um novo cheiro encheu o ar... Sangue... Dessa vez de charles. E era delicioso. Mais corados seus olhos se tornaram, é definitivamente ele se ergueu, apontando a arma para pista.

-Charles-sama? -Gritou, dando alguns passos, mas, no fim, tudo o que sentiu, foram mãos tentando apertar o seu pescoço.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 11:48

Naru olhou surpresa para o ruivo e seus olhos foram ganhando foco devagar, enquanto as lágrimas escorriam. Sentiu uma imensa gratidão por ele naquele instante e olhou aliviada.

Daryl chegava com Lily perto de Nero. Olhou de forma preocupada para trás. Não podia simplesmente deixar tudo assim e fugir. Mas agora a presença da morte afetava a todos. O grito do músico ecoou e era como se tudo em volta estivesse em câmera lenta.

Naru se abraçou, enxugando as lágrimas e murmurando: - Estou com... medo...

O rapaz olhou Nero naquele lampejo de preocupação, de tentativa de transmitir a ele um pedido de ajuda para que salvasse Lily se tudo desse errado... e sentiu as garras aproximando-se do pescoço.

Ele jogou a cabeça para o lado para fora do ataque e girou o corpo para mover um soco direto no demônio com o punho em chamas (tô usando especialização o/).



Rolar dados:

(4) Vigor - Resistir ao demônio
(3) Esquiva - sair das garras
(4 - [especialização:boxe]) Briga - atacar o demônio

Dificuldade 7
2 acertos
Evitar o golpe do demônio e atacar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 11:48

O membro 'Luthica' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'D10' : 10, 3, 4, 8

--------------------------------

#2 'D10' : 7, 1, 2

--------------------------------

#3 'D10' : 10, 6, 3, 9
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 12:57

++Ryan++

Ryan tinha que confessar que o fato de ser o maldito ruivo o culpado pela transformação de Lohanne não o surpreendia nenhum pouco, no entanto, também não podia negar que o irritava mais um pouco ali, e isso estava claro em seus olhos azuis e raivosos. E em sua expressão amuada, de braços cruzados e cara feia, prestes a expressar um milhão de caretas.

-Se é assim, então fuja logo, vamos, não aguento mais ver sua cara. -  Resmungou o loiro, antes que um alto som penetrasse seus ouvidos e ele se visse ali, sozinho, com a porcaria de uma arma na mão. Pra que ele iria querer aquilo? Se perguntou com uma careta, entrando na casa logo atrás de Lohanne, preocupado.

-Ei, cabeça de fogo, você não pode entrar aí... -Falou meio mal humorado à seguindo. Os olhares de todos agora estavam nela e em suas roupas mendicantes em relação aos outros, e também nele, embora em menos quantidade.

-Ah... Esquece, morra se quiser... - Ele resmungou, lhe devolvendo a arma e pegando um copo na bandeja. -Melhor tomar isso, seus olhos estão vermelhos...

Mas Ryan não conseguiu terminar a frase, no momento seguinte, tudo estava em confusão e o cheiro de sangue de puro sangue havia invadido o local.

-Puta merda! - Ele xingou, enquanto sua garganta parecia um tanto arranhada, segurando o pulso da menina para que ela ficasse próximo a si e pudesse arrasta-lá para fora dali. Ou pelo menos, essa era a intenção. No próximo instante, a segunda barreira do muro já havia despencado por completo com o sangue de charles... E depois...

Depois alguma coisa agarrara o seu pescoço...

++Charles++

Algumas coisas fogem do controle e aquela confusão... Aquela confusão já estava para lá do aceitável há muito e, portanto, talvez Charles houvesse optado por tirar a vampira dali de maneira mais educada que lhe era possível. Não que não preferisse outros métodos, mas claro que ele não poderia usá-los naquela festa. Não até ali, até ouvir a loucura que a vampira começava a dizer. Irmão? Demônio? Que merda aquela mulher começava a falar ali? Se perguntou, com certo desconforto perante os olhos amarelados.

Aquilo era familiar. Aqueles olhos... Já havia os visto antes embora não em uma mulher, mas em um sonho... No rosto do velho homem moreno do penhasco... Mas por que diabos estava lembrando de algo assim por agora? O loiro quase deu um salto quando as garras perfuraram sua pele o acordando de seus devaneios e a manga branca de sua camisa começou a malhar de um vermelho vivo e forte. O próprio sangue que, daquela vez, não vinha de uma das feridas espontâneas.

Matar a todos? Aquilo só podia ser uma brincadeira de mau gosto não é? Aquela vampira só podia ser doida ou algo do tipo para começar com aquelas ameaças perante a três sangues puros. Seria tão confiante assim? Charles a olhou de esguelha, tentando puxar o braço que já começava a incomodar sem sucesso. O aperto apenas tendia a aumentar, enquanto diversos demonios(?) começavam a surgir para todos os lados, estrangulando seus convidados. Novamente ele puxou o braço com certa violência, dessa vez soltando uma descarga elétrica do próprio corpo...

-Desculpe, mas acho que eu ainda sou muito jovem para morrer, principalmente quando ainda não bebi o suficiente.

Sorte? Um pouco. Pelo menos naquele último puxão, ele havia conseguido se soltar, embora ainda sentisse um pouco de dor no braço e esse sangrasse sem parar. Seus olhos brilharam vermelhos e suas presas estavam a mostra. Se ela havia mesmo lhe atacado sem motivo, então agora ele iria mostrar de verdade como era jogar.

O corpo de charles agiu quase como instinto, enquanto seus olhos se tornavam mais e mais brilhosos. E então seu campo magnético puxou uma das mesas em direção aos dois, enquanto ele dava um salto para trás. Em uma tentativa clara de se desvencilhar e de distraí-la.

Jogar dados: 3+3+5-> 11




Última edição por kagura em Seg 23 Nov 2015 - 13:27, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 12:57

O membro 'kagura' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 4, 9, 8, 4, 9, 2, 6, 2, 2, 4, 7


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 17:05

~*Lily


Ela tremia nos braços de Daryl, ouvindo aquele diálogo que só a deixava mais nervosa. Mas quando o músico gritou, ela afastou seu rosto do peito do rapaz e olhou na direção com os olhos arregalados. Então ela finalmente enxergou aquelas criaturas.

Quando viu aquele espectro bizarro e sinistro vindo na direção dela mirando em seu pescoço Lily gritou apavorada e tentou desviar.


Caso haja acertos:


Lily desvia e por reflexo ataca a criatura com as mãos cheias de eletricidade, permanecendo perto de Daryl e procurando o pai com os olhos. 



_______________
Rolagem de dados
Vigor 3
Esquiva 3
Briga 1




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 17:05

O membro 'Fabi' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 3, 9, 5, 4, 7, 3, 9


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 17:21

+ Nero


Ele xingava mentalmente enquanto mantinha a menina em seus braços. Merda, merda, merda...!  Ele olhou a filha e o genro, vendo o olhar dele. Nero o deu o mesmo olhar. Se ele não pudesse salvar Lily, ao menos alguém poderia. Como o rapaz havia dito mais cedo, chances em dobro.

- Não saia de perto de mim - ele falou a Naru, ainda mantendo a menina em seus braços.

E de repente o grito do músico, seguido da aparição daquelas coisas pavorosas. O vampiro arregalou os olhos ao ver aquelas coisas se aproximando e apertou mais Naru nos braços.


Caso haja acertos:

Nero desvia e mantém a menina consigo, depois se "incendeia" mantendo a Naru protegida de suas chamas.


____________
Rolagem de dados:
Vigor 5
Esquiva 3
Briga 1




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 17:21

O membro 'Fabi' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 8, 1, 10, 10, 8, 5, 10, 3, 5


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Lohanne
SP
SP


Feminino
Char RPG : Lohanne - Hunter
Yan Yuriev - Vampiro Puro Sangue

Posts: : 3146
Inscrição : 15/05/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 17:38

As rolagens abaixo correspondem respectivamente a:


- Auto controle + Força de vontade
- Esquiva do aperto de Ryan
- Esquiva do demônio - 1
- Ataque ao demônio - 1(utilizando a arma entregue por Ryan)
- Tentativa de acertar o demônio que esta segurando Ryan com a Adaga que esta na outra mão, como descrito no post de entrada - 1
(qualidade utilizada para última ação: Temerário (3pts QUALIDADE): você é bom em assumir riscos e melhor ainda em sobreviver a eles. Sempre que estiver tentando algo particularmente arriscado (como saltar de um carro em movimento para outro), o personagem com essa qualidade ganhar 3 dados adicionais em sua jogada e desprezam 1 resultado de falha crítica num dado que resulta em ações desse tipo. 


Dados:


Controle + Vontade: 3+7


Esquiva: 3
Destreza: 4


Armas de fogo:5

Destreza:4


Armas brancas:4
Força:4





"We greeted death as an old friend"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 17:38

O membro 'Lohanne' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'D10' : 7, 3, 6, 5, 9, 10, 4, 4, 6, 5

--------------------------------

#2 'D10' : 9, 8, 2, 10, 7, 7, 2

--------------------------------

#3 'D10' : 10, 8, 5, 6, 6, 10

--------------------------------

#4 'D10' : 4, 9, 1, 8, 4, 10, 9, 3

--------------------------------

#5 'D10' : 4, 9, 4, 8, 5, 4, 7, 9, 3, 5, 9


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Hoje à(s) 11:08

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mansão Lutont
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 7 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Assustador! - Episódio 1 "A Mansão Velha"
» o {Mansão} ? Descrição da Mansão
» Capítulo 3 - A Mansão do Inferno
» Garagem da Mansão
» Fachada Da Mansão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Alta :: Mansão Lutont-
Ir para: