Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Mansão Lutont

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Mansão Lutont   Sab 3 Out 2015 - 20:28

Relembrando a primeira mensagem :

Mansão Lutont


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sex 13 Nov 2015 - 21:39

++Will++

O cansaço pode ser mais mortal que diversos monstros em ataques cruzados. Aquela era a afirmativa que circulava a mente de Will naquele instante, mas uma situação da qual também não conseguia de livrar. Seus olhos estavam pesados depois de quarenta e oito horas, isso era fato. E seu corpo, esse quase queria despencar no primeiro pedaço de terra macia que encontrasse, muito embora isso não fosse possível ali aos olhos dos outros hunters. Estando sozinho, no entanto, seu andar zumbi poderia se transformar em descanso, afinal, não achava muito que algo chegasse a dar errado ali.

Era uma festa vampira com autorização da associação. Já havia estado em uma daquelas para auxiliar o avô. O pior que sempre acontecia era ver dois vampiros bebabos se engalfinhando. Nada mais. Hunters na verdade, eram quase coadjuvantes. Em um terreno lotado de sangue de graça, humanos eram aqueles que menos correriam perigo. Ele pelo menos não apostaria em um risco desnecessario por um capricho. Portanto, tudo o que fez a seguir foi tentar dar um sorriso preguiçoso.

-Hinomaru-San, essa missão é apenas uma rotina. Esses vampiros não vão atacar humanos, tendo suprimento de sangue abundante lá dentro. -Como ele sabia? Não importava. Ele apenas parecia calmo demais e com sono para pensar. Se pudesse pedir algo, seria uma cama quente e quem sabe um gole daquelas bebidas para relaxar. Nos últimos tempos, apesar de nojento, sangue havia se tornado um drink bem vindo.

++Charles++

A princesa Dragomir era sem sombra de dúvidas, ousada demais para o próprio bem, mas Charles não podia negar que achava aquilo divertido. Não que não já tivesse conhecido algumas como ela, mas sim pelo fato de alguém em sua posição ser tão franca com um puro sangue em cinco segundos. E, por que não, o fato de ser extremamente provocante, mas não o suficiente para lhe impressionar. Por isso mesmo, o loiro apenas se viu abrindo um sorriso de lado. -Não é do meu costume embebedar alguém com esse vinho, mas se preferir algo mais fraco, próximo providenciar. -Até porque tem substâncias mais efetivas para isso, não deixou de pensar, encurvando um pouco a sobrancelha para cima, mas mantendo o sorriso sexy.

Se oferecendo para dormir? Desde quando tinham chegado naquele nível. Não que se opusesse a isso, no entanto. -Senho assim, acho que podemos ter a longa conversa que deseja, quando a festa acabar. -Falou em voz baixa, em um quase sussurro em tom provocador. - Embora sugira que esperamos o evento principal se iniciar para dançar-mos. - E então se afastou um pouco, puxando seus ombros delicadamente para que virasse em direção a escada, de costas para si, enquanto sussurrava, apontando para um homem de traços árabes lá em cima. -Conde C. Crow. Nosso anfitrião essa noite e alguém que gostaria de impressionar, minha princesa. -Falou mordiscando novamente o lobo de sua orelha, enquanto o homem caminhava ao centro do salao sendo anunciado por alguns funcionários e cumprimentando algumas pessoa.

-É com prazer que anuncio a abertura de nossa nova sede nessa cidade. E com a comunidade local e nobres aqui presentes, afirmo ter o mesmo interesse de sempre de fazê-los prosperar da melhor forma possível... -O jovem árabe falou mais por um minuto mais algumas coisas sobre o banco e sua história. Mas talvez o que mais chamasse atenção era a luz que parecia mudar para mais escura e azulada e o cheiro daquelas fumaças de festa em uma parte do salão.

Ou para Lissa, as mãos do loiro, que haviam abraçado sua cintura. -Mas não hoje. Por hoje, Espero que goste de shows particulares Bandas famosas em seu país... -Essa fora a última coisa que dissera antes de soltá-la, pegando um copo de vinho para si e tomando um pouco do conteúdo. Logo depois, o discurso de Crow havia se encerrado, mas outro som tomava o salão. Algo que talvez desse uns infartos gratuitos em alguns ali, uma banda de rock famosa na Inglaterra e composta por vampiros, surgida de onde a fumaça agora se desvanecia e fogos caseiros de chão tinham lugar.

Mas, pela cara de charles, essa não parecia ser a única surpresa daquela noite. -Se desejar, posso contactar sua guardiã para lhe fazer companhia, princesa Vasilisa. Por hora, preciso me retirar para resolver algumas coisas. -Sinalizou com a mão, fazendo um sinal e saindo andando com o copo na mão. Mesmo sendo tentador, não podia se distrair daquela forma ali. Não antes de sondar anonimamente seus futuros clientes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sab 14 Nov 2015 - 9:10

As palavras de Angel pareciam entrar em minha alma, mas mesmo assim não poderia acontecer algo como isso, suas palavras eram baixas, diretas, frias e todas direcionadas a mim, olhei aquela mulher que segundo depois de falar o que falou seguiu em direção do toalete, bem típico dela. Mas o que realmente me chocou foi a reação da minha filha, as palavras dela me atingiram mesmo, aquele te odeio, foi o pior.

Suspirei fundo e vi elas seguindo em direção ao toalete enquanto ficava parado como bobo, onde estava, não pensando duas vezes ia segui-las, somente para acalmar minha raiva, mas naquele momento uma mensagem de texto chegou em meu celular, parecia que Mostif tinha mais informações para mim.

Informações desse tal Lord Crow, coisas banais mas que poderiam ser úteis em algum momento. E antes que pudesse fazer qualquer coisa, escuto o pronunciamento da parte dele dando boas vindas ao convidados, como fazendo a abertura do banco, o motivo de ter sido chamado, olhei para ele, e com sua aparência podia ver pela foto que Mostif tinha mandado. Agora era somente aguardar, um hora conversaria com esse tal Lord, afinal, ambos querem tratar de negócios.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sab 14 Nov 2015 - 9:28

Angel foi ate o toalete, onde se vendo no espelho, pode perceber
que não estava com uma boa cara, olhou dentro de sua pequena
bolsa, um elegante batom que usava naquela noite, e retocou a 
maquiagem, deixando ela mais viva, arrumou o vestido em seu
corpo deixando ele mais distinto, antes de se virar para a filha.


- Vamos? - dizendo normalmente, e abaixando o tom de voz. -
Mesmo que não nos agrade, temos que ficar perto dele hoje.
Sorria. - falou apertando a bochecha da filha e vendo a careta
que ela fazia. 


Assim que sairam do banheiro, ambas viram Norman mexendo no
celular, e se aproximaram dele, ouvindo então o discurso de Lord 
Crow, que parecia bem 'inspirado' para fazer o mesmo. Assim que
ouvira o discurso, pegara uma taça de suco, e tomara calmamente, 
ainda ao lado de Norman e sua filha.


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sab 14 Nov 2015 - 9:38

Ela acompanhou a mãe ate o toalete onde retocou sua maquiagem, que mesmo não parecendo borada, ela queria se arrumar melhor, e se afastar do pai naquele momento. Ela então passando a mão pelo cabelo para arrumar um fio bobo que soltou, ela houve sua mãe falar calmamente para ela aquelas palavras, ela então suspirou e seguiu adiante. 


Assim que sairam do toalete, foram ao encontro de Norman novamente, onde viram ele mexendo no celular. Selene se postou do lado dele, ficando quieta e olhando para o pai com cara de poucos amigos, e iria continuar com essa atitude, se não fosse o olhar de sua mãe para não fazer isso. Ela então pega um suco, enquanto escutava o discurso simplório de Lord Crow, sobre a abertura do banco, e tudo mais. Sem Rose para conversar estava um tedio aquilo ali.


Começou então a tocar uma musica maneira e bem famosa, naquela hora Selene viu que tinha uma banda tocando musicas atuais e legais, foi bem divertido. Ela queria poder dançar no ritmo da musica, mas com seu pai estava perto teve que apenas curtir o ritmo sem fazer qualquer coisa que a comprometesse. 


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite


Última edição por Selene D'Angelys em Sab 14 Nov 2015 - 13:53, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lohanne
SP
SP


Feminino
Char RPG : Lohanne - Hunter
Yan Yuriev - Vampiro Puro Sangue

Posts: : 3146
Inscrição : 15/05/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sab 14 Nov 2015 - 13:30

Lohanne tentava de manter ao máximo afastada dos demais caçadores, andando pelas alamedas do jardim, pela parte detrás da casa, evitando cruzar com qualquer um que pudesse fazer muitas perguntas sobre por que não viera com o grupo ou por que chegara tarde.
 
Cansada, sua mente e seu corpo sobrecarregados pelas últimas vinte e quatro horas e por todas aquelas sensações e sentimentos, como se mãos estivessem se fechando sobre sua garganta ela deixava sua mente vagar, seus olhos correndo de forma distraídas sobre as sombras e arbustos do jardim, seus ouvidos atentos aos sons da noite e as risadas de dentro da casa.
 
Então, por fim, ela não estava sendo caçada por Skye, então por fim Sakura não era mais sua amiga e elas mal tiveram tempo para trocar uma ou duas palavras e agora ela era uma caçadora e Willian... Charles... o que havia acontecido afinal? Como havia acontecido afinal?
 
E Ryan... Ah ele. Aquele sentimento tão doce e quase infantil, tão cheio de complexidade e nunca exposto. Por que ela o havia atacado? Por que ele? Por que não a qualquer um na estrada? Por que o sangue dele a deixara tão perdida e cega ao ponto de... Ah, era só o cansaço, só poderia ser isso. Não havia como ser qualquer outra coisa.
 
“Preciso de pastilhas...” – ela se forçou a pensar, trocando a imagem do jovem vampiro loiro em sua mente pelo desgosto do que estava se tornando.
 
Ela passou a mão pelo rosto, a pele dele estava novamente sob seus lábios e toda a agressividade dele parecia domada de uma forma que... não podia ser, não ele!
 
Ela sacudiu a cabeça de forma negativa, aquilo que passava por sua mente nunca poderia ser exposto em palavras e ela sentiu que, ao menos aquela memória, ela não queria sujar.
 
Então um baque e algo moveu-se atrás dela, enquanto ela passava perto de alguns arbustos e se ocultou nas sombras.
 
Lohanne sacou sua arma rapidamente e camihou de forma destemida até o local, dando a volta no monte de plantas verdes e apontando sua arma para o peito de seu alvo. Nenhum humano seria atacado enquanto ela estivesse ali!
 
- Parado! – ela ordenou, sua expressão dura no entanto se desfez quando ela reconheceu os olhos azuis que a olhavam de volta e ela recuou um passo, a mão que empunhava a arma caindo ao lado de seu corpo.


- Ty... – ela balbuciou, encanrando Ryan jogado ali atrás da moita – O que está fazendo?! – ela vociferou e então puxou ele pelo braço, tentando erguê-lo – O que está escondendo ai atrás? – ela tentou esconder o pequeno turbilhão dentro dela usando o que mais sabia usar: seu orgulho.





"We greeted death as an old friend"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sab 14 Nov 2015 - 15:08

+Loran+

Ele caminhou despreocupado para a mesa de ponche (cascata de sangue) onde um garçom ao vê-lo fez uma reverencia respeitosa colocando a mão sobre o peito. O puro fez um gesto e pegou uma taça a qual foi enchida pelo garçom.

Virou para Nero e Daryl e bebeu um gole, era realmente diferente beber sangue humano daquela forma, estava vivendo de transfusões e pastilhas desde se entendia por vampiro e agora estava tomando um ali que morno tinha outro sabor.

_Aproveitem amigos, pretendo tomar muito desse “ponche” hoje.

Ao longe ele avistou Freya com outros vampiros que não conhecia, ela estava linda e deu um sorriso de lado, mais tarde se aproximaria dela.

_Nero... Vive muito tempo na cidade?

Começou um assunto já que estava entediado, como precisava de informações começaria com aqueles mais próximos.

_Daryl... Acho que ainda não tivemos tempo de conversar não é? Então gostando da Academia ?

Enquanto ouvia falar sua guardiã aproxima deles, mantem em silêncio em respeito aos nobres junto com Loran que olhou-a, mas não interrompeu o Nero.

Por fim a jovem vampira que lhe contará sobre sua sobrinha Tohru se aproximou e ele deu um sorriso a ela.

_Ela está se recuperando bem, ainda não posso dizer que está melhor, mas ao menos não tão ruim como antes...-Esboçou um leve sorriso, e seus olhos eram meios perdidos. Aquela manhã fora terrível e ele precisou agir de forma enérgica e o desfecho daquele dia fora terrível.

Seu corpo ainda estava se acostumando com o que acontecerá, mas ja tinha feito então não tinha como se arrepender... Cometerá fowlon em Marshall e a pequena Tohru poderia sofre se soubesse disso, então preferiu dizer que ele desaparecerá e que provavelmente nunca mais voltaria.

********
+Layla+

_Aidan...

Ela o chamou e passou a andar ao seu lado, dando um sorriso para ele.

_Que coisa, festa de vampiros e nós aqui fora...

Layla olhava o local fazendo o que fora indicado para fazer, vigiar aquela festa e vampiros.
_E então, espero que seja apenas mais uma rotina.

Coçou o queixo lembrando daquela manhã que enfrentar uma caçada a um vampiro que tinha feito 5 mortes de Hunter em uma pousada.

_Depois dessa manhã triste que perdemos cinco parceiros eu realmente desejo ir para casa assim que isso acabar com tudo calmo e sem perdas desnecessárias.

**********
+Daniel+

Acompanhou Kaito e depois ambos se separaram um ficou na frente da casa e o outro nos fundos, e lá ficou encostado em uma árvore observando o local.
_O pessoal deve ter começado a vigia, melhor fazer o mesmo.
Pensava nas suas anotações sobre tudo que descobrira desde que saiu daquela boate de vampiros.

_Tenho que investigar mais aquele lugar, mas que maldita energia negativa era aquela?

Falou para si mesmo, olhando a porta dos fundos uns garçons saírem para deixar o lixo e voltar para o interior da casa.

*********

+Raiven+

Ela se mantinha ali do lado estava vestida com um vestido elegante, mais discreto.  Ela esperava por Loran lhe autorizasse a falar.  Olhou para o vampiro ruivo com olhar discreto, mas era como se analisasse-o . Depois voltou o olhar a Daryl que respondera a Loran também.

Spoiler:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 15 Nov 2015 - 2:34

Rose, muito séria, prestou bastante atenção nas palavras do sangue-puro. Passara a gostar da jovem vampira que ajudara junto com Lissa e sentia um pouco responsável pela situação crítica em que ela se encontrava, afinal, de certa forma, ajudaram na fuga, com Lissa restaurando-lhe as forças usando seu dom. 

- Fico contente de saber...Ela parece tão frágil e adorável e parecia estar sofrendo tanto antes...Espero sinceramente que ela se recupere plenamente e possa voltar a frequentar as aulas.- falou, com sinceridade.




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 15 Nov 2015 - 20:48

Então reparei na musica que estava rolando, bem diferente do que estava acostumado em festas como essas, isso foi um tremendo choque para mim. Naquele momento olhava para minha esposa que parecia esta apreciando aquele tipo de musica barulhenta, e minha filha que parecia esta agrada disso. Olhei com reprovação para Selene, me virando para ela.

- Pare com isso imediatamente mocinha, não pode mostrar esse tipo de comportamento em publico. Porte-se como uma verdadeira lady que é. - disse repreendendo minha filha, isso não era aceitável nem aqui nem em qualquer lugar. Olhei para Angel, e vi que me olhava com cara fechada como sempre, mas sem mostrar isso. Me aproximei mais dela, passando minhas mãos pelo seu quadril e em seu ouvido falei baixinho. - Ainda não estou feliz pelo que disse a mim, mais cedo. - e sorri para ela, antes de ver que minha filha estava inquieta.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 15 Nov 2015 - 21:14

Como sempre Angel tinha que apaziguar o confronte entre pai e
filha, uma coisa que sempre acontecia, ainda mais com a musica
que rolava, e ela sabia que Norman não gostava, dando um sorriso
para a filha, antes de olhar outra coisa que estava incomodando
ela fazia um tempinho, mas não sabia o que era e nem sabia o 
por que de esta assim.


Olhou em volta, e viu que tinha alguns grupinhos conversando, coisa
tipicas dessas reuniões, então percebeu o que estava lhe incomodando
era a presença se sangue puros na festa, dava para sentir, mas ela queria 
distancia, deveria ser jovens, provavelmente alunos, não lembrava se tinha
dando aula a eles. 


Sentiu então a mão de Norman em seu corpo, quando percebeu ele estava 
proximo de si mesma, e falando algo em seu ouvido, parece que ele não tinha 
gostado de como ela tinha falado com ele. Olhando para ele com cara de poucos 
amigos, sem demostrar isso, se aproximou de sua orelha.


- Não ouse fazer mais nada nessa festa que me constrangera, uma vez já basta.
ela disse depois virando para a filha e dando um grande sorriso. - Selene, por 
que não vai ver como esta a Srta. Hathaway, quem sabe podem conhecer mais
pessoas se estiverem juntas, ficaremos bem sozinhos. - ela disse com calma
para deixar sua filha aproveitar o tempo e curtir a festa um pouco. Não ligou
para o que Norman poderia fala.


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 15 Nov 2015 - 21:27

++Trevor++

O vampiro tomou mais um gole de sua taça, ainda observando Lirion com curiosidade. Aquele tipo de roupa, já havia visto em algum lugar? Provavelmente... Não era aquele tipo de vestes que aquela banda que a irmã de Charles havia lhe mostrado a tanto tempo costumava usar? Sim. Parecia, embora não pudesse dizer. A cultura oriental ainda era estranha ao menino de mechas roxas, embora ele não fosse reclamar.

-Nesse caso, acho que aqui é meio difícil de tratar assuntos de trabalho. Sugeriria perguntar sobre um cômodo mais silencioso a algum dos garçons.

O vampiro sorriu abertamente, parecendo despreocupado demais e talvez um pouco informal.

-A propósito, me chamo Trevor... Trevor Spencer...

++Charles++

A música estava conforme havia combinado. Mas, para falar a verdade, aquilo era apenas um plus a mais para manter os convidados certos no salão. A festa de verdade, aconteceria mais a baixo, no enorme porão arrumado para eventos não tão calmos quanto uma cerimônia de abertura de uma empresa séria. Mas, até ali, nada havia conseguido fazer que não fosse dar um perdido na princesa Dragomir para poder sair. Por que fazia isso? Bem. Tinha algumas coisas sobre si que não pretendia envolver com a realeza. Principalmente naquele caso... Apesar de gostar de diversão, como ela parecia gostar, o próprio Charles mantinha alguns princípios para evitar se envolver em certos tipos de problemas. Além disso, havia os negócios.

"Oliver, apresente o senhor Crow a Lord MacWolf, por gentileza."

Charles digitou no celular novo, mandando ao outro vampiro e então caminhando pelas pessoas, em direção à mesa onde estavam Loran, Daryl e o vampiro ruivo da corrida, acenando para eles e para a cuidadora da princesa.

-Kuran-san... - Ele fez uma falsa referencia formal para Loran. -Desculpe a demora, estive um pouco "ocupado" até o momento.

E pegou uma taça de sangue para si, a tomando com calma em um fingimento de formalidade em relação ao outro puro sangue em público,embora seus olhos claramente pudessem ser lidos como: Consegue se livrar da atenção? Tem algo que quero te mostrar.




Última edição por kagura em Dom 15 Nov 2015 - 21:39, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Dom 15 Nov 2015 - 21:30

Selene ouvia a musica da festa, mas não podia aproveitar, seu amado pai estava do seu lado vigiando todos os seus passos, isso era um saco, e ela sabia disso. Ela observava todos da festa, e via onde tinha ido Rose com o olhar, quem sabe conseguiria escapar um pouco e conseguir um descanso de seu amado pai. 


Ela viu que seus pais conversavam intimamente, e isso era preocupante, deveria ser algo serio, se falavam somente entre si, era por que não queriam que ninguém escutasse, e ela que não iria fazer nada atrapalhar. Ouviu então a reprimenda de seu pai sobre se portar como uma lady, isso estava ficando cansativo, estavamos no seculo XXI, e era cansativo isso. Assim que ouviu sua mãe, falando que ela poderia ir atras de Rose ela nao pensou duas vezes.


- Obrigada mamãe, irei ao encontro de Rose. - falou ela se curvando, antes de sair de perto dos mais e calmamente anda para onde tinha visto ela pela ultima vez.


Ela tinha perdido o rastro de Rose, quando percebeu que ela conversava com uma pessoa de aparencia imponente, e isso era algo que não se via, ela tinha ouvido falar deles, mas raramente viu um pessoalmente, e nunca teve contato com nenhum puro sangue, sua presença era muito forte. Ela respirou fundo e com tudo o que aprendeu, foi em direção a Rose.


- Boa Noite, peço perdão em atrapalhar. Sou Selene Luna D'Angelys McWolf, ao seu dispor. - fez uma reverencia para o vampiro Nobre (Loran), e para as pessoas que estavam juntas dele, logo em seguida olhando para Rose. - Recebei abias corpus para poder lhe procurar, e andar com você na festa. - disse fazendo uma carinha fofa, do tipo, desculpa pela mancada do meu pai mais cedo. 


Selene estava louca para conversar com Rose, conhecer mais sobre a escola, saber mais sobre os vampiros que a frequentavam e conviver com as mesma pessoas que estavam ali na festa.


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 16 Nov 2015 - 21:49

++Oliver & Jason++

O vampiro bebia uma taça de sangue quando viu a mensagem. Então Charles tinha resolvido deixar o outro negociar... Pensou o moreno de imediato, olhando para o tal conde de esguelha, e então arrumando o terno e o penteado antes de dirigir em sua direção, aproveitando para reenviar a mensagem para Jason. Era hora de voltarem a brincadeira de fingimentos, embora sinceramente não tivesse muita certeza se Macwolf gostaria muito daquilo se soubesse estar sendo redirecionado a outro subalterno, mesmo que esse se pousasse de nobre. Não que fizesse qualquer diferença, já que a hierarquia de todos ali era semelhante, se não levassem a cultura humana e sua definição de suposta nobreza.

-Senhor Macwolf, senhora D'angelys. - Viu novamente se dirigindo aos dois com seus modos formais e trejeiros compostos. -Peço que me sigam, por gentileza. Meu senhor alega que adoraria conhecê-los para tratar de negócios.

E ele abaixou a cabeça, apontando em uma região um pouco menos cheia da festa, onde o homem de traços árabes e cabelo negro cirurgicamente arrumado, aguardava apoiado em sua bengala falsa e elegante. Lorde Crow não parecia ser jovem nem velho, apesar de alguns fios de cabelo grisalhos existirem em algumas partes de sua cabeça, e sua expressão era tranquila como antes. De certa forma, o homem também aparentava um grau de nobreza quase inato em sua imagem.

O grau de nobreza que Charles precisa para se manter nas sombras. Pensou Oliver, segurando o sorriso no rosto, enquanto esperava que o casal lhe acompanhasse.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 16 Nov 2015 - 23:24

+ Aidan+

Aidan diminuiu o ritmo de suas passadas caminhando ao lado de Layla, quase como um passeio, mas era uma vigília  que deveria ser feita com cautela, tanto para aqueles que se aproximavam dali, quando os que saiam de lá de dentro.

- não se preocupe, apesar que sou o mais inútil deste grupo. – disse enquanto suspirava de preocupação. - não creio ser indicado pra este tipo de combate mas.. Fazer o que, ordens são ordens...

a noticia de colegas de profissão que perderam suas vidas em meio a uma caçada o preocupava, era impossível de não se lembrar daquele dia. Levou a mão em direção ao peito apertando o pingente que levava sob a roupa. Como não lembrar que seus pais o protegeram e se foram diante de seus olhos? O moreno balançou a cabeça espantando os pensamentos ruins que tentavam assombra-lo

- é o nosso dever, no final das contas não é?

aidan sorriu tentando disfarçar o lamento que sentia pelas vidas que foram perdidas. Isso era um mau indicador, haviam vampiros fortes o suficientes por lá ou apenas espetos, mas o pior é que havia um grande numero deles. Talvez isso fosse algo ruim, principalmente estar ali.
 


+ Lirion+

Com um sorriso levemente zombeteiro mas disfarçadamente gentil, lírios se levantou da cadeira, estendendo a mão para o outro vampiro de aspecto levemente rebelde. Mesmo um tanto estranhando aquilo estendeu a mão para um cumprimento educado.

-Lirion Gatemberg – esperou que Trevor o cumprimentasse antes de prosseguir.

- Não havia pensado que haveria esta possibilidade... Bem também não imaginava que o assunto me tomaria tanto tempo assim.

Com o celular no bolso, uma leve campainha soou e o bolso de seu terno vibrou. O moreno levou a mão ate o bolso interno sacando o aparelho com um olhar severo para a tela.

- talvez não precise de silencio, mas algo forte para aguentar a incapacidade de alguns empregados. – com uma das sobrancelhas erguidas, parecia estar confuso com a noticia que havia acabado de ler, alguma coisa estava dando errado.

- talvez duas ou três doses...


+Tuomas e Freya+


Por entre os convidados, freya caminhava de braços dados a Tuomas, algumas vezes acenando para alguns desconhecidos outras vezes apenas se esquivando de alguns que pareciam um tanto problemáticos. O puro sangue se divertia degustando de tudo o que era servido a ele, um pouco preocupada, a ruiva o olhava atentamente. Tuomas estava ali unicamente para se divertir  nem que fosse se alimentando a noite toda e Freya seria sua guardiã


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 8:19

+Daryl+

Daryl pegou uma nova taça e, agora que estava longe de Lily, não se importava muito em ter real prazer por aquilo. Sorriu para Loran, fazendo um brinde no vento quando ele mencionou que desejava beber mais ponche.

- Devo admitir que é diferente do que eu esperava - respondeu. - Pensei que seria um local mais... pacífico por assim dizer. 

Em muitos sentidos. Primeiro, porque era absurdamente mais perigosa do que imaginaria e segundo, porque não esperava que teria um vínculo forte com aquele lugar logo de cara por causa de uma vampira.

Na sequência, aquela que possuía nome de angue puro com quem falara na primeira aula chegava perto deles. Cumprimentou com um sorriso. Coletava informações mentalmente. Algo havia acontecido com a sobrinha do Kuran? Quem era mesmo? A noiva daquele decadente... 
Olhou Rose e Loran, como se pudesse extrair alguma informação de suas auras, mas achava que isso não aconteceria. Uma parte de si deleitava-se com a possibilidade de algo ter acontecido por causa da presença do level D.

Depois, fez um aceno com a cabeça educado a Charles quando ele se aproximou Lembrava-se brevemente das confusões que o ruivo causara a todos eles na noite anterior e os problemas do nobre com a humana do cheiro incrível. 

Sorriu ironicamente para si mesmo ao ver a quantidade de pessoas que buscavam rodear o líder dos vampiros. 


+Naru+


Naru não sabia direito como responder a Lily e Rose, pois não passava de uma estudante colegial e na realidade até achava legal ficar perto das meninas enquanto elas conversavam sobre bobagens. Sentia falta disso. Deu um sorriso forçado e então notou que uma delas estava irritada.

- Er... Eu só sei que não gostaria de estar ali no meio. Tem tanta gente agora.... - referia-se a chegada de Charles e Rosemarie.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 10:40

Como isso era possível, essa mulher estava tirando todo o meu poder entro de uma única festa. Já não bastava falar comigo dessa maneira,ainda por cima ver que nossa filha ainda tinha a autorização que ir com aquela garota que não foi nenhum pouco educada enquanto conversava com a gente. Ora, era o que me faltava, minha mulher mandando em mim, cada dia me espanto mais com ela, e cada dia me surpreendo mais. Não aceito isso mesmo, mas antes de falar com minha filha, a vejo sair logo de perto da gente, e agradecendo somente a mãe. Olhei para Angel.

- Por que deu autorização para nossa filha para ir encontrar com aquela garota, ela deveria achar alguém de nossa estirpe ou superior para andar, e não uma garota qualquer. Ainda mais um que so pensa em lutas. - falei mesmo isso, era cansativo ver minha esposa fazendo as vontades de minha filha.

Recebi como sempre olhares de reprovação, antes da chegada de uma pessoa próxima a nós, pelo que parecia era um servo, querendo levar a gente ate o Lord Crow, finalmente iria conhecer e conversar com ele sobre negócios, era uma coisa que me agradava.

- Claro, somente nos guie.
- falei vendo que iamos em direção ao jovem Lord Crow, onde ele se encontrava.

Enquanto acompanhávamos Oliver, ate Lord Crow, olhei lateralmente e vi que minha filha já estava junto a algumas pessoas e pelo porte pareciam ser de elegância, mesmo com a garota perto dela, pelo que pode notar. E naquele momento se aproximava de um homem com aparência árabe, olhei para ele e vi que era o mesmo que tinha feito o discurso, e fiquei a analisar, antes de educadamente de acordo com a praxe.

- Lord Crow, Boa Noite.
- falei calmamente, dando um fino sorriso de lado. - Como já deve saber sou Norman Guilhermo McWolf, Conde de BlackMoon, e agradeço imensamente o convite para essa adorável festa. - disse casualmente, olhando meu anfitrião. - Essa é minha adorável esposa. - não apresentei Angel pelo nome, pois ela iria me matar se fizesse isso, então deixei para que se apresentasse. Agora era somente aguarda, grande negócios poderiam ser feitos essa noite.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 11:38

Angel curtia a musica, quando ouvia Norman falar com ela, 
sobre o por que deixou Selene sair de perto deles, ela suspirou
realmente seria uma longa noite com ele fazendo isso.
Antes que pudesse responde, um representante de Lord Crow, 
resolveu aparecer novamente perto deles, falando que o mesmo 
os aguardava para conversa. 


Sorrindo acompanhou o marido e o rapaz, em direção ao homem 
de origem arabe, que tinha feito antes o discurso de abertura. 
Ouvira Norman se apresentar, e como sempre falar seu titulo, 
o que era cansativo, e não era necessário, mas ele parecia gostar
de falar isso. Quando finalmente Norman não falou seu nome, 
deixando para que ela se apresentasse, com uma sutil reverencia, 
antes de olhar para o homem.


- Boa noite. - sorriu ao falar e fazer a reverencia. - Sou Angel D'Angelys,
atualmente uma simples professora na Academia Cross. - falou sorrindo,
e olhando para os homens ali presente.


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 17:31

Rose ainda estava irritada com a situação. Papo de menina? Fofoca? Nunca soube o que era isso. A única vez que teve uma amiga seu pai fez com que a amizade terminasse em sangue. 

Ela respirou fundo.

Já que estava com as meninas iria se divertir. A festa estava um tédio. Como poderia fazer aquilo ficar mais interessante?

Por um momento uma curiosidade brota em sua cabeça. A Lily já é bem animada sóbria. Parece que ela perde um pouco do controle quando bebe. Gostaria de ver isso.

Rose nunca foi de chamar a atenção dos outros, mas isso não queria dizer que não poderia iniciar alguma coisa sutilmente. Já fizera isso antes, adorava ver um pouco de movimentação nesses lugares chatos, e ficar assistindo de camarote.

Loran ia aprender a não força-la a ir nessas festas para depois a abandonar. Ele ainda não tinha entendido como ela funciona.

Fritar a rede elétrica... Não era uma má ideia.

Quando termina sua taça vê o garçom se aproximar lhe servindo mais. Rose na hora olha para as duas garotas pegando duas taças de vinho com sangue e entregando para elas.

- Vamos, não quero ficar bebendo sozinha. É triste. - Diz em um tom imperativo que quase as comandam pelo seu sangue puro.

- Hoje vamos festejar e quero que vocês me acompanhem. - Termina de dizer pegando uma taça para si.

 - É só você se controlar, Lily. Não precisa exagerar. Se não aprender a beber nunca vai saber apreciar a bebida. - Falava calmamente. 

Aquela já era a quarta taça que Rose bebia.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 18:41

+ Nero

Após deixar a filha com as outras duas moças, Nero seguiu o puro sangue e o outro rapaz até a mesa e também se serviu de mais uma taça de sangue. Preferia se alimentar daquela forma e depois de ver o que as pílulas estavam fazendo com Louis ele nunca mais confiaria naquelas coisas. Esperou pacientemente Daryl responder à pergunta primeiro enquanto olhava os demais convidados.

- Nos mudamos a menos de um mês. Ainda está tudo bem recente - respondeu um tanto distraído, relembrando os motivos que o levaram a chegar até aquele lugar.

Logo depois uma morena se aproximou e abordou Loran. Resolveu não se intrometer nos assuntos deles e permaneceu calado enquanto tomava um gole da bebida. Então o puro tinha uma sobrinha? Não haviam mencionado nada sobre aquilo. Não devia ser tão importante assim, pensou, senão seria uma opção como presa ao invés do Kuran presente. Supôs então que não seria uma vampira pura, afinal. Então não era de seu interesse.

Quando Charles apareceu, ele o cumprimentou educadamente com um aceno da cabeça. Lembrava do loiro no dia anterior, outro puro aparentemente suicida. Será que também se encontrava na Cross? Talvez. Perguntaria a Lily depois. 

Ergueu uma sobrancelha diante do comportamento da menina Selene. Aquilo fora interessante. Era a primeira que se aproximava do sangue puro sem demonstrar interesse nele. A observou curioso. O jeito despreocupado dela lembrava sua filha. Olhou Lily outra vez. Ela parecia bem e segura com a companheira do monarca. Suspirou. Estava se preocupando demais. O que poderia dar errado quando estava tão bem vigiada? Se forçou a relaxar e voltou a atenção ao grupo. 

Olhou Daryl com o canto de olho. Ainda não gostava daquele menino. Obviamente porque sentia ciúmes. Iria investigar sobre ele e sua família depois quando tivesse tempo. Por enquanto, apenas seria civilizado naquela festa entediante.

________________________________


~*Lily


A menina notou que Rose havia ficado irritada e deu de ombros. Não havia falado por mal, só estava comentando algo normal.

- Relaxa, eu só 'tava brincando. Não precisa levar tudo a sério, Rose.

Ela olhou as taças desejosa enquanto a puro as pegava. Ficou surpresa quando a outra vampira a ofereceu. Será que deveria? Ela mordeu o lábio inferior, ponderando. Sabia que perdia o controle quando estava bêbada. Nero havia confiado nela, não havia...? Se bem que ela sempre confiava nele e quebrava a cara... Mas ainda assim ele era seu pai e ela deveria obedecê-lo... Porém não queria fazer desfeita a Rose logo depois dela ter ficado irritada por causa de algo que havia dito. E algo dentro de si que ela não entendia o que a forçava a pegar aquela taça. Não entendia que era a indução de Rose sobre si.

- Está bem - ela acabou pegando a taça, apesar de ainda travar uma luta interna - Acho que uma taça não faz mal, não é? - sorriu.

Intimamente ela estava realmente doida para beber ao menos um pouco e se divertir. Além disso, Rose e Naru estavam ali para cuidar dela, não estavam? Com certeza a impediriam de fazer alguma coisa caso ela se descontrolasse.

Tomou um gole, dando um gemido satisfeito com o sabor. O vinho combinava muito bem com o sangue. Em seguida tomou mais um gole... e depois outro... até que a taça estivesse vazia. No entanto, ela ainda parecia normal. O vinho ainda não havia começado a fazer efeito... Ainda.




Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 19:03

++Ryan++

Por que Lohanne? Por que aquela maldita garota tinha que passar ali? Se perguntou Ryan, mordendo os lábios enquanto se embrenhava ainda mais entre as folhas do arbusto. Já não bastava o tempo que tiveram de conviver juntos antes? Já não bastava a mordida irritante e... Ryan fez uma careta ainda maior ao pensar em como não odiara aquilo e em como odiara aquele pensamento em sua mente. Droga. Droga. Droga. Maldita Lohanne! Maldita..!

Mas antes que ele conseguisse terminar o seu pensamento, notou a aproximação e a arma em seu peito. Era tudo o que faltava... Pensou ele mal humorado, enquanto sua carranca parecia se multiplicar em sua face pálida. Talvez tão insatisfeita com aquilo quanto ela quando ela o puxou.

-O que eu estou fazendo? Eu que pergunto, o que pensa que está fazendo caçando vampiros no quintal de uma festa de vampiros? -Claro que ela era uma vampira também, mas, considerando o fato que acontecerá da última vez, tentava apagar o fato de sua mente. -Acho que tenho mais direito de ir e vir por aqui do que você, cabeça de fogo, afinal essa é a casa de meu irmão. -Viu-se resmungar, a encarando da mesma maneira hostil e ameaçadora de sempre, muito embora, internamente, soubessem que não faria nada contra ela. Maldita incapacidade.

Por fim, ele apenas puxou o braço, incomodado, libertando-se de seu aperto como um meio de defesa, semelhantemente a um animal arredio. De alguma maneira, preferia que ela não o tocasse.

-O que acha que estou fazendo? -Repetiu novamente, tirando algumas folhas que tinham grudado em seu cabelo. -Fugindo desse lugar, o que mais? Não é como se quisesse ser obrigado a ficar cativo na casa de meu irmão durante essa merda de reuniãozinha dele.

E então a encarou de cima abaixo. De certa forma, queria perguntar algo. Se estava com sede, se queria um pouco de sangue ou talvez se estava se sentindo bem. Ainda assim, em nenhum momento o expressou, ficando apenas com cara emburrada.

-Então... Vai atirar? -Essas foram as únicas coisas que por fim saíram de sua boca, embora fossem outras que quisesse dizer. Ou perguntar.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 19:17

+Loran+

Citação :
Rose
- Fico contente de saber...Ela parece tão frágil e adorável e parecia estar sofrendo tanto antes...Espero sinceramente que ela se recupere plenamente e possa voltar a frequentar as aulas.- falou, com sinceridade.  

_Sim senhorita, ela está bem e se quiser  pode visitá-la, Tohru irá gostar, anda muito triste...

Citação :
Daryl
- Devo admitir que é diferente do que eu esperava - respondeu. - Pensei que seria um local mais... pacífico por assim dizer.  

_Quanto aquele evento, estou já resolvendo... Não costumo deixar passar... -Olhos de Loran teve um brilho gélido ao finalizar aquela frase, virou a face a Nero que lhe respondeu:

Citação :
Nero

- Nos mudamos a menos de um mês. Ainda está tudo bem recente - respondeu um tanto distraído, relembrando os motivos que o levaram a chegar até aquele lugar.

_Vieram de longe? Essa cidade não é muito atrativa, apesar de ser um bom lugar para se esconder do mundo...

Olhou-o, quando o vampiro sangue puro se aproximou.

Citação :
Charles
-Kuran-san... - Ele fez uma falsa referencia formal para Loran. -Desculpe a demora, estive um pouco "ocupado" até o momento. 
E pegou uma taça de sangue para si, a tomando com calma em um fingimento de formalidade em relação ao outro puro sangue em público,embora seus olhos claramente pudessem ser lidos como: Consegue se livrar da atenção? Tem algo que quero te mostrar. 

"Cara de pau..."

Ele olhou Charles por cima do copo enquanto bebia mais um gole daquele "ponche", deu um sorriso no canto dos lábios e depois estendeu a mão, assim que Charles aperta ele diz:

_Charles-sama, ótima festa... tediosa, mas ótima festa ...rs

Notou que ele queria lhe dizer algo, mas com todos a sua volta parecia ser difícil.

Citação :
Selene
- Boa Noite, peço perdão em atrapalhar. Sou Selene Luna D'Angelys McWolf, ao seu dispor. - fez uma reverencia para o vampiro Nobre (Loran), e para as pessoas que estavam juntas dele, logo em seguida olhando para Rose. - Recebei abias corpus para poder lhe procurar, e andar com você na festa. - disse fazendo uma carinha fofa, do tipo, desculpa pela mancada do meu pai mais cedo. 

Ele deu um pequeno aceno, realmente vampiros eram um bicho estranho, ou reverenciavam ele como um Deus (o que ele detestava) ou fingiam que ele não era nada ou outro qualquer.
_Prazer Sta McWolf... -Fez um gesto a vampira morena que acompanhasse a amiga, que parecia mais entediada que ele, ao menos chateada estava. Voltou atenção a Charles.

_Quero conversar com Charles-sama... Podemos ir ao seu escritório ou algo assim?

Fez um aceno a Nero e Daryl.

_Senhores me dão licença, quero conversar algo com meu nobre amigo aqui... - Curva-se rapidamente e coloca as mãos nos bolsos andando despreocupado, depois de deixar a taça vazia sobre a mesa.

Raiven o seguiu, ele não fez nenhuma objeção para que ela não o seguisse.

*********

+Layla+

Citação :
Aidan
- não se preocupe, apesar que sou o mais inútil deste grupo. – disse enquanto suspirava de preocupação. - não creio ser indicado pra este tipo de combate mas.. Fazer o que, ordens são ordens...

- é o nosso dever, no final das contas não é?

Ela sorriu do jeito dele, e ficou analisando a situação, aquele dia tinha sido muito intenso, a situação na pensão na cidade baixa fora complicada e agora eles estavam ali tentando evitar algo que nem faziam ideia que teria ou não problemas.

_Acho que não seja inútil, de alguma força somos uteis mesmo que seja para ajuda a fugir rs

Ela olhava envolta e depois para a mansão, era algo que soava surreal, em todo os lugares que andou pelo mundo não havia presenciado dessa forma uma festa de vampiros onde ela seria uma segurança.

Mas as leis do tratado eram clara e os vampiros em Ambarantis deveria segui-las, ou seria uma guerra declarada contra os humanos.

_Nosso dever... Será que esse seria nosso dever? Sinceramente Aidan, não gosto desse falsa civilização que tem entre humanos e vampiros... Ainda tenho a sensação que pode ocorrer o caos a qualquer momento...- Estremeceu um pouco, parecia algo como uma premunição.

Olhou-o de novo e com seus olhos castanhos deu um leve sorriso.

_Mas ordens são ordens ...rs


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 20:18

Rose fica assustada vendo Lily virar em poucos goles o vinho. Ela mesma ainda nem havia começado a beber o seu. Ela seria realmente fraca com bebidas? Não era possível.

Logo a seguir quando olha para o lado vê Loran sair do recinto com Charles. Novamente ele a deixa por fora dos assuntos. Como ele pensa em ganhar a confiança dela fazendo essas coisas? Estava realmente chateada ele acha que ela é inútil para seus assuntos? Fora criada para suportar qualquer tipo de situação, não aceitava ser menosprezada daquela maneira. Ainda mais pela pessoa que ama. Já que ele estava muito "ocupado" com seus assuntos com Charles, realmente iria se divertir naquele lugar. Então ela entrega a própria taça para Lily.

- Pode beber essa, eu já irei pegar outra para mim. - Diz com uma voz melodiosa. 

- Será mais divertido com um pouquinho de álcool. Essa quantidade não faz mal a ninguém. - Dá um leve sorriso para a vampira.

Ela dá uma olhada para o palco com a banda inglesa. Rock era uma ótima música de fundo para o que estava sentindo no momento.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 20:22


+ Naru +


Os olhos azuis da garota arregalaram bastante  enquanto ela tentava balbuciar para Lily para que não bebesse, mas um efeito sobrenatural causado por Rose fez com que no instante seguinte também estivesse segurando uma taça.

- T-tem certeza...? - murmurou olhando tristemente para o copo. Não era como se conseguisse ser muito enérgica.

Corou ao observar as duas se divertindo tanto com um gole. Respirou fundo e cheirou. Sabia que estava desobedecendo ordens. Quando Rose insistiu que ela bebesse mais, ela arregalou mais os olhos.

- N-não acho que....que seria uma boa ideia... porque...porque o senhor Cannigan disse que... er... - não ousou olhar Rose, com medo de tê-la "desafiado"



+ Daryl +


- Reforço que poderá contar comigo, senhor Kuran. Não esqueci a cara daquele sujeito.

(...)

- É claro - fez uma breve reverência com o rosto e olhou Charles...  imitou o gesto do sangue puro. - Ótima festa.

Observou Selene finalmente. Parece uma garota tão comum que ele nem desconfiaria de sua nobreza não fosse um sobrenome diferente.  Mas afinal, Lily também era um pouco assim. Talvez ela fosse gostar de conhecer a outra vampira.

- A propósito, senhorita McWolf, sou Daryl Cannigan  - resolveu dizer por educação a Selene. Era bom que pelo menos gravasse o nome das pessoas por perto, pois achava que precisaria.

Quando ele saiu, aproveitou para beber um pouco mais. Agora era uma situação um tanto desagradável. Queria voltar para Lily, mas agora estava cercado de pessoas. Sem Loran, provavelmente elas se distanciariam.

Olhou de soslaio para Nero. Não sabia o que conversar com o "sogro", mas sabia que ele estaria tão curioso quanto ele. Achava que muito mais estava acontecendo na academia do que seu interesse por Lily logo no primeiro dia tinha lhe permitido descobrir. Observou Rose e Selene. Talvez até elas soubessem mais do que ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 20:51

~*Lily


A vampira lambia os lábios, satisfeita ainda com o sabor da bebida. Deliciosa. Olhou na direção do pai. Bem, ele parecia não ter visto. Aquilo deu uma sensação a ela. Prazerosa. Era divertido desobedecer as ordens dele. Ele também não vivia fazendo coisas erradas? Era a vez dela. Ela tinha direito depois de tudo que haviam passado por causa dele. 

Mal havia terminado a bebida e Rose a oferecia outra taça. Normalmente hesitaria, diria que era melhor não, que era melhor não abusar... Mas ela já não estava normal. A bebida havia lhe deixado em um estado de prazer por fazer algo errado. E a música tocando naquele ritmo também a convidava a sair da zona de segurança. Então ela aceitou a taça.


- Obrigada.

Dessa vez fechou os olhos e tomou um gole mais lento, apreciando o sabor. Quando abriu os olhos, o olhar da menina estava com um brilho estranho, selvagem, e ela deu um sorriso afiado, mostrando as presas. Ouviu a voz de Naru e olhou sorrindo para ela com aquela expressão estranha.


- Não se preocupe, minha amiga... Estou muito bem - falou com uma voz diferente, em um tom que parecia mais uma adulta do que a jovial Lily que tinha um comportamento infantil.



___________________________________________



+ Nero


O ruivo não se importou de se apresentar às outras vampiras. Era óbvio que elas não tinham interesse algum neles, então não perderia seu tempo. Apenas deu um aceno com a cabeça a elas.


- Nero Sorel - falou distraído apenas porque aquele moleque havia se apresentado também. Então voltou a olhá-lo.


O encarou direto e sem disfarçar dessa vez. Não tinha o dever de manter as aparências com aquele moleque e não estava com paciências para joguinhos com um engraçadinho que queria roubar sua filha.


- Vamos parar com esses joguinhos de etiqueta, Cannigan, nós dois sabemos que isso não passa de faixada - o ruivo foi direto com o rapaz - Sejamos diretos, sim? - falou sério, girando a taça pela metade na mão.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 22:00

-Sim, eu agradeço, Alteza. Err...Loran-Sama.- se corrigiu rapidamente para a forma de tratamento que costumavam usar  por ali.- Irei sim visitá-la o mais breve possível.-Fez uma reverência respeitosa para o PB.
Quando Charles  se   aproximou, Rose fechou um pouco a cara quando Charles se aproximou, fazendo um aceno de cabeça pra ele.-Senhor Lutont...
Abriu,então um grande sorriso para a chegada de Selene.
- Ora, ora, que maravilha! Grande professora D`Angellys! Eu ia mesmo te procurar, sabia? 
-vendo-se dispensada  pelo Kuran, apontou a pista de dança.- - Vamos nessa, amiguinha! Vamos dançar!




"Eles vêm primeiro."


Última edição por Rose Hathaway em Ter 17 Nov 2015 - 22:17, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 17 Nov 2015 - 22:01

Rose percebeu que Naru estava nervosa ao falar com ela sobre a advertência de Daryl sobre a bebida com Lily. Ela apenas dá um leve sorriso para a pequena fazendo com que a atmosfera ficasse mais leve.

- Vamos apenas nos divertir hoje, esqueça o Daryl. Ele acabou de nos deixar sozinhas, né. - Ela dizia pegando agora uma taça para si.

Juntamente com o Loran, completa mentalmente. 

Vendo a Lily falar percebe a súbita mudança de voz e comportamento. Ela riu internamente. Que rápida! A própria já estava na quinta bebida e só estava começando a sentir o efeito agora, mas mesmo assim era algo muito leve. 

Achou melhor parar de dar vinho para ela por enquanto para ver como iria se comportar.

- Já ouvi essa banda. Loran gosta desse estilo de música e as vezes me coloca para ouvir junto dele. 

Ela falava para tentar introduzir algum assunto com aquelas duas, Naru parecia ter medo dela e ela estava tentando demonstrar que, ao menos por enquanto, não havia necessidade disso.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Hoje à(s) 21:20

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mansão Lutont
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Assustador! - Episódio 1 "A Mansão Velha"
» o {Mansão} ? Descrição da Mansão
» Capítulo 3 - A Mansão do Inferno
» Garagem da Mansão
» Fachada Da Mansão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Alta :: Mansão Lutont-
Ir para: