Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Mansão Lutont

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Mansão Lutont   Sab 3 Out 2015 - 20:28

Relembrando a primeira mensagem :

Mansão Lutont


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
Lohanne
SP
SP


Feminino
Char RPG : Lohanne - Hunter
Yan Yuriev - Vampiro Puro Sangue

Posts: : 3146
Inscrição : 15/05/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 18:05

A visão de Lohanne ficou turva por um momento, os aromas da festa, a presença dos puros-sangues, tudo aquilo havia despertado aquela terrível sensação e, para piorar, um odor em particular se sobressaía aos demais: Ryan.
 
Ele entrava no salão, ela podia dizer aquilo sem sequer precisar olhar para trás. Por falar em olhares, ela sentia muitos sobre ela, afinal era uma caçadora e estava em meio a muitos vampiros, com uma adaga de prata na mão. Aqueles olhares quase lhe queimavam sobre a pele, mas mesmo eles e mesmo Ryan não foram o suficientes para precavê-la do futuro.
 
Ela virou-se no exato momento em que Ryan surgiu atrás dela, seus olhos estavam violetas, como daquele vampiro ruivo que ambos tanto odiavam e seus lábios rosados não mais escondiam as presas brancas e afiadas. As roupas gastas e sujas da poeira da estrada lhe davam um ar ainda mais selvagem.
 
Ainda com a estaca em mãos, ela apanhou sua Nightshade das mãos de Ryan, seus olhos ainda fixos naquele rosto de mármore mal humorado e nos olhos azuis ainda mais descontentes. Ele erguia um copo no ar, mas ela pouco prestou atenção ao líquido escarlate no copo: seus olhos desciam para o pescoço branco de veias azuis pulsantes. Por que aquele sangue tanto lhe atraia?
 
Ela sabia porque, mas limitou-se a engolir em seco e negar com a cabeça. Um grande erro, ou talvez um grande acerto pois, em suas mãos, suas armas ainda reluziam a luz do salão.
 
Mas seus olhos agora estavam num intenso vermelho. O odor do sangue de um puro enchia o ar e ela sentiu um rosnado brotar de seu peito, seus lábios se entreabrindo e ela desviando o olhar de Ryan que agora segurava seu pulso, como se já soubesse o que se passava com ela.
 
O copo cheio de sangue estava caído e esquecido, o líquido escarlate agora descia numa estranha mancha pelo chão, ligando os pés de Ryan, em meio àquela poça, aos pés de Lohanne.
 
Ela parou por um momento, fechando os olhos e tentando respirar devagar, tentando acalmar aquela avalanche de sensações, afinal ela já havia se servido naquela manhã.
 
Ela abriu os olhos lentamente. A lembrança daquela manhã, daquele ataque tão brutal a alguém que ela simplesmente... divinificava. Aquilo a deixou amarga e seus olhos estavam violetas novamente, mas agora estavam sobre o casal de puros sangues em meio à pista. Algo estava errado, estava muito errado.
 
Charles e outra puro sangue que Lohanne não conhecia se acercou de Loran Kuran e da estranha vampira que Lohanne não conhecia, pareciam trocar farpas em sussurros, o ar e o clima do salão estavam tão tensos que chegava a ser palpável.
 
- Ryan... – ela ia dizer algo ao vampiro quando inúmeros vultos encheram o salão, sua garganta sendo apertada com força. Num instinto quase animal de sobrevivência Lohanne bateu os cotovelos para trás, afastando seu atacando, girando num movimento rápido e fluído, enfiando a estaca de prata no peito do demônio.
 
Ao se virar, ela notou que Ryan também estava preso e, sem hesitar, Lohanne aponta sua Nightshade para a cabeça do demônio. Sim, ela sabia que poderia acertar Ryan e que poderia ser fatal, mas aquele demônio também poderia perfura-lo com suas garras e aquilo seria ainda pior. Lohanne jamais se perdoaria em qualquer uma das situações.
 

Certeira, o tiro acertou a cabeça do demônio, empurrando-o para trás. Num breve instante ela encarou Ryan, torcendo para que ele estivesse bem e intacto, então virou-se de costas para ele e deu alguns passos a frente. Não deixaria nenhuma daquelas criaturas ataca-los.





"We greeted death as an old friend"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 19:42


Uma fração de meio segundo entre olhar para Tuomas e se deparar com algo bizarro a sua frente apertando seu pescoço, foi a cena de Lirion presenciou  ficando assustado pela surpresa ruim que apertava seus dedos ossudos em sua garganta.

- ma.. oq...


 confuso  com aquilo, a reação do vampiro foi segurar os punhos da criatura fortemente  enquanto seus olhos azuis se tornavam mais intensos e mais claros, quase brancos como o gelo.  O moreno podia sentir a criatura tentando apertar mais e mais seu pescoço, enquanto tentava suportar o golpe, quase rosnando de ódio pelo ataque. Seu poder saia levemente do controle, congelando tudo aquilo que o tocava, suas roupas e ate mesmo a criatura. O gelo que se encontrava vagamente apenas na camada superficial foi se alastrando pela criatura que se debatia enquanto o vampiro a segurava, a congelando como se nitrogênio liquido vertesse de uma fonte e escorresse pelo corpo demoníaco.  As mãos de lirion então apertaram fortemente contra a peça de gelo a sua frente,  fazendo com que seus pulsos se quebrassem  e que o corpo congelado caísse no chão, espatifando em  grandes blocos como uma escultura  de gelo quebrada.



Tão certo quanto  a noite, era o pressentimento de que algo ruim acontecia, os séculos foram o suficiente para saber quando alguma coisa ruim estava por vir, uma calmaria, muitas falas mansas, muita gente importante no mesmo lugar, eram receitas imbatíveis para problemas. Esse era um assunto no qual Tuomas conhecia. Não sobreviveu atoa  por alguns conflitos sanguinários da história simplesmente atoa.


O loiro conversava vagamente sobre algum assunto no qual ele fingia interesse quando o ambiente ficou pesado, e então compreende o que acontecia, seus olhos focaram para onde lirion estava  mas logo se estreitaram quando viram seu filho sob ataque. Não é uma cena que gostava de assistir, mesmo que não fosse o pai do ano, ainda sim era seu sangue, sendo o suficiente para esgotar sua cota de bom humor.


A temperatura ao seu redor começava a cair rapidamente enquanto via que os demônios se aproximavam e esganavam a todos a sua volta, principalmente as meninas que começavam a reclamar de frio.  Mas o loiro simplesmente não ouvia o que elas diziam, apenas seus olhos se focavam na cena, que parecia passar em câmera lenta.  Uma fina crosta de gelo se formou no chão a sua volta, juntamente com alguns poucos insetos que congelavam e caiam no chão. O liquido nas taças   continham uma pequena camada de gelo , a água presente na bebida se congelava  a medida que Tuomas se enfurecia.  As convidadas que antes se incomodavam pelo frio, passaram também a reclamar da pressão em sua garganta, agora se debatendo em pânico tentando se soltar daquelas criaturas horrendas, uma delas apenas envolveu o pescoço do puro sangue, sem ao menos perceber que ali não era um vampiro ordinário, mas sim o patriarca de todo um clã, seus olhos cor de âmbar se iluminaram  a ponto de  quase ser confundido com a cor dos olhos de um demônio, mas não, não eram iguais. Acriatura usou sua força para apertar o pescoço  e quando percebeu, seus dedos haviam se partido e caído tilintando sobre a camada de gelo, juntamente com o restante de seu corpo que se congelava, caindo sobre o chão, destruindo a si, e as outras meninas e seus algozes, como delicados bibelôs de vidro. O vampiro se mantinha intacto apenas observando seu filho, um pouco preocupado com freya, enquanto o sangue voltava a fluir e a temperatura a se equilibrar. Com o restante do ambiente.
 

“você teme a morte?” era o que Davy Jones perguntava aos marinheiros do barco naufragado no filme. Eu temia a morte? O que eu responderia a ele nesse momento?
Não, ela me é bem vinda!


Tudo aconteceu num tempo que transitava entre os segundos e as horas,  parecia correr rápido demais e lento  simultaneamente Loran estava ferido,  “LORAN FOI FERIDO!!!” sim ele foi e eu fiquei apática, aquela não era a minha luta, aquela não era mais a minha luta.
Ou ainda era?


“-será?”

uma estranha voz ecoava em minha cabeça, parecia soar tão perturbadora quanto o fato de uma voz em meu subconsciente falar comigo.  Algo veio em minha direção apertando meus pescoço, mas eu simplesmente olhei aquela cena a frente. Senti minhas pernas tremerem e meu corpo fraquejar.



“- você teme a morte?”


Mais uma vez aquela voz perturbadora  ecoava em minha cabeça, o que eu devia dizer, sim? Não? Eu iria morrer ali? Ou teria que escolher entre morrer nas mãos de meus amigos?


“- ou você teme cair?”  


Meus olhos se tornaram vazios, a lagrimas pela dor que se formavam em minhas pálpebras pareciam secar enquanto agora observava a face da criatura que me atacava, eu podia ver meu rosto, retorcido pela sede, com as presas  projetadas para a frente, os olhos insanos e um sorriso diabólico.  Talvez qualquer outro vampiro chorasse ao se deparar com a realidade a sua frente, e implorasse misericórdia aos céus, mas freya... dava leves risadinhas frente ao seu futuro mais do que acertado, qual a diferença em morrer pelas mãos de um demônio ou pelas de seus amigos, quando ela própria se tornaria uma criatura tão vil ou digna de pena?, não importava o futuro que escolhesse,  nenhum deles seria bom


“- então por que não se diverte? Vamos eu sei que quer...  por que não se liberta destas amarras tão simplórias? Não ve? Não é nem mesmo humano, quem poderia te julgar mau?”


Entre os risinhos, freya não se incomodou muito com as mãos entorno de seu pescoço, então apoiou as próprias entorno das mãos do demônio, as segurando para que não a asfixiasse.


Exorcizamus te, omnis immundus spiritus, omnis satanica potestas...—  sua arthemis que estava escondida no coldre por debaixo do vestido pareceurasgar sua pele (e o fez), drenando um pouco de seu sangue e de sua energia, enquanto recitava em latim aquelas palavras num tom zombeteiro. Caules escarlates desciam por sua perna, rastejantes feito uma serpente apenas se erguendo com suas folhas e espinhos.


— omnis incuriso infernalis adversarii, omnis legio, omnis congredatio et secta diabolica…—quase como num bote de uma víbora, os espinhos explodiram subindo pelo ar. Seus espinhos arranhavam, cortavam e dilaceravam a pele da besta, se alimentando de seu sangue demoníaco  e sedento por mais. Alguns dos tentáculos carmecins empalavam a criatura e rasgavam de dentro para fora seu peito, enquanto algumas folhas brotavam por outros orifícios juntamente com os espinhos que saiam em cascapa pela boca da criatura.  Fazendo com que pequenas gotas do sangue imundo caísse  maculando seu vestido verde  de pura seda.


Os olhos de freya se mantinham  esmeraldas  olhando fixamente para o rosto do demônio empalado pendendo para o lado enquanto as mãos da criatura eram afastadas de seu pescoço pos dois pequenos ramos.  Um misto de curiosidade cientifica com uma travessura  se formava no semblante da vampira que se mantinha imóvel observando  quanto tempo levaria para que a criatura parasse de agonizar e morresse.

 
Spoiler:
 


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 19:52

Estava tudo bem, ate que não somente minha esposa falando sobre isso como também isso era constrangedor, ela sempre foi dessa forma, nunca acreditei nela quando a isso. Olhei para Angel, e naquele momento vi algo estranho na pista de dança, não somente isso, mas uma coisa ao meu lado me chamou a atenção, e isso não iria ficar sem uma explicação mais tarde, pois naquele momento, sentia sobre o meu pescoço uma mão gélida, de algo saído das sombras.
Isso era irritante, seria que nenhuma vez poderia ir em uma festa sem qualquer qualquer tipo de tumulto. Isso era estressante, e estava me deixando mais irritado ainda, quando vi que não era somente comigo, e sim com Angel, que estava ao meu lado, e mais a frente com nossa filha, ai mesmo que fiquei nervoso, como eles ousam atacar minha família dessa forma, olhei para Angel, que parecia esta tranquila, antes de ver que minha filha poderia esta em mals lençóis, e isso era complicado, tinha que me livra disso antes.

Talvez não fosse o certo a fazer, nunca use muito essa técnica, e nem sou muito bom nela, mas ia fazer de tudo para dar certo, coloquei minha mão sobre a mão do que estava tentando me estrangular, e com força comecei a concentrar minha energia naquele ponto deixando ela cada vez mais quente, sabendo que seria muito mais forte se tivesse controle, o que não tenho sobre ela. Olhei novamente para Angel, e usando meus poderes de vampiro, colocava cada um detalhes em mente. queria mandar esse bicho estranho para o espaço, e faria isso, usando essa técnica, espero que funcionasse, esquentava cada vez mais minhas mãos, deixando o calor fluir por ela, e liberaria no momento exato.



off. jogada...
Poder Fogo - Fogos de Artificio - mega concentrado.
Vigor: 3
Briga: 2

Esquiva: 2
total = 7 dados.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 19:52

O membro 'Norman McWolf' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 10, 7, 4, 10, 6, 8, 9


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 20:14

Angel sabia que não seria certo, zoar com seu marido, mas naquela hora foi engraçado.
Assim que ela viu como estava a cara dele ao falar aquilo, ela continuou ainda com sua 
regia postura, quando percebeu que ele estava olhando para o salão, foi ai que tudo começou
uma coisa dentro dela ficou com muita raiva, mas mesmo assim manteve-se calma, ainda
mas quando uma mão gélida tocava seu pescoço como fazia com todos do local, isso não
era muito bom, não era nada bom. Olhando para Norman manteve a postura quando 
sentia que ia se sufocar, não sabia o que iria acontecer, mas faria de tudo para não
acontecer nada consigo mesma e com sua filha que estava logo a baixo, bem a frente
dela olhando para todos. 


Angel manteve a calma, e viu o que Norman, estava fazendo, era arriscado, mas era a 
melhor saída para se livrar dessas coisas. Mostrei com os olhos o que estava fazendo
a ele, e continuamos assim, esse ataque ia chamar a atenção, mas era melhor do que
nada, nunca tinhamos usado ele em local fechado, mas pelo que parecia aquelas coisas
não eram faceis de matar. Ela suspirou então.


Tudo tinha que sair perfeito, e ser perfeito, e isso era o que mais importava, naquele 
momento era se livrar dessas coisas e ajudar nossa filha, que estava lá em baixo, olhei
para ele pela ultima vez antes de continuar a esquentar minha mão.


off. jogada
Vigor: 4
Briga: 2

Esquiva: 3
total - 9 dados


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 20:14

O membro 'Angel D'Angelys' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 9, 7, 4, 2, 4, 9, 6, 9, 3


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 20:30

Selene estava com os olhos vermelhos, e quando percebeu isso, voltou para os seus lindos olhos verdes, os mesmos de sua mãe. Na pista estava ficando muito estranho as coisas, pois podia observar de perto de ver o que estava acontecendo, aquela mulher estava aprontando alguma coisa, e isso não era muito bom. Olhou para Rose e para Dimitri para ver se tinham alguma reação, e naquele momento queria esta perto da sua mãe, para ter as forças dela. 


Quando observou que estava acontecendo na pista, viu algo incrível acontecer, monstros saindo das trevas, e cada um atras de um convidado, isso era muito estranho, quando percebeu, tinha um atras de si mesma, apertando com força o seu pescoço, ficou com medo naquele momento, queria sua mãe por perto, mas ai se lembrou que ela sempre esta olhando por ela, e deveria esta acontecendo o mesmo com ela. Selene respirou fundo, e sentiu uma nevoa em sua boca, isso era bom, ainda bem que tinha tomado muita água na festa, e ainda tinha água pelas proximidades. Dando um fino sorriso, ela apenas colocou sua mão sobre a mão da coisa que a estrangulava, parecia que um filete de sangue estava escorrendo pelo aperto, e baixinho começou a soprar.


Ela iria tentar congela aquele ser, e depois quem sabe um golpe de luta seria uma boa, mas no momento, um bom congelamento, era tudo o que ela precisava para sair desse aperto. Ela continuou a assoprar baixinho fazendo a mão bem firme em seu pescoço começar o que ela queria.


- "Vamos brincar de Mrs. Freezer." - pensava ela dando um fino sorriso.








Off. jogada
Vigor: 3
Briga: 2

Esquiva: 3
total - 8 dados


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 20:30

O membro 'Selene D'Angelys' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 8, 10, 9, 6, 8, 1, 5, 10


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dimitri Belikov
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Dimitri Belikov (Vampire C | Guardião)
Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Posts: : 46
Inscrição : 18/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 20:45

"Eu não sabia o que fazer quando vi o reporte na televisão, dizendo a hora e o local, e a razão." Tá voei aqui agora, mas estava concentrado em minha rosa que estava ao meu lado. Vi os olhos da amiga dela, quando percebi que ela estava observando a cena na pista de dança, uma coisa que todo mundo fez, ou pelo menos todos que estavam perto, mas pelo que pude notar todos em volta pareciam olhar a cena da pista. Quando dei por mim, algo estava atacando a minha Rosa, mas senti na mesma hora algo me sufocando, forte e pesado como se quisesse me matar olhei para minha Rosa, ela estava indefesa, e não poderia chegar mais perto, esses monstros estavam querendo realmente matar as pessoas. 

Parecia que nem mesmo minha estaca de prata que estava na parte de trás do meu casaco iria resolver isso, teria que ser mais sorte do que isso. Sabia que aquilo ia ser obvio, nunca tinha usado em um local fechado, mas iria fazer de tudo quando e forma para conseguir isso. Esquentei minhas mãos da melhor forma que pude, iria mandar esse bicho pelo ares, e salvar minha Rosa.


off. Jogada...
Vigor: 3
Briga: 2
Esquiva: 2
total - 7 dados


Dimitri Belikov | 24 anos | Vampire C | Guardian
(*) Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 23 Nov 2015 - 20:45

O membro 'Dimitri Belikov' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 6, 8, 4, 9, 1, 8, 3


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 24 Nov 2015 - 0:54

Rose observava a contenda entre o jovem monarca Loran Kuran, que começava a aprender a respeitar e aquela mulher de aura estranha. Que vontade de atacá-la...Como se atrevia a ferir o Kuran e ainda acusá-lo?
Foi então, que a coisa toda explodiu como uma declaração de guerra: com ela ameaçando o futuro casal real e cada convidado daquela festa.

-Merda!- praguejou , mas antes que pudesse fazer qualquer movimento em favor daqueles que amava, sentiu como se duas tenazes apertassem fortemente seu pescoço. Seus olhos procuraram Dimitri, que se encontrava em situação semelhante como cada pessoa naquele maldito salão.

Lutando para respirar, pensou rápido, ou ainda reagiu aos anos de treinamento desde à infância. Naquele dia, tivera a infeliz ideia de colocar os sapatos altíssimos de salto agulha que Lissa lhe dera de aniversário.Isso não lhe dava muita agilidade, mas quem sabe...

Primeiro, enquanto a vaca vampira-demônio se pavoneava, certa de seu triunfo, ergueu uma densa névoa em torno de si e seu atacante. Em seguida, Erguendo rápido o joelho, enterrou com toda força, a ponta do salto fino num dos pés da criatura. atingindo-o, em seguida, com violência com o cotovelo no plexo solar e erguendo o punho para tentar atingi-lo na cabeça.

- Sai pra lá, feioso!


Off:
rolar dados:
vigor 3
briga 3
esquiva 3
total:9 dados


dificuldade 7
dois acertos




"Eles vêm primeiro."


Última edição por Rose Hathaway em Ter 24 Nov 2015 - 1:05, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 24 Nov 2015 - 0:54

O membro 'Rose Hathaway' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'D10' : 7

--------------------------------

#2 'D10' : 7

--------------------------------

#3 'D10' : 5

--------------------------------

#4 'D10' : 3

--------------------------------

#5 'D10' : 3

--------------------------------

#6 'D10' : 4

--------------------------------

#7 'D10' : 7

--------------------------------

#8 'D10' : 6

--------------------------------

#9 'D10' : 6


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 24 Nov 2015 - 20:45

+Loran/Lya+

Aquela situação estava fora de controle, a maldita estava atacando e sua mente atordoada pela sede de sangue, Loran não conseguia concentrar, aquela altura pela perda de sangue estava entrando em frenesi, sedento não conseguia ver uma rota, uma saída, mas sua mente ainda estava com o foco na vampira morena...

O braço sangrava e os demônios atacavam, o que estava atrás de si, não pode sequer mexer-se, tornou-se gelo negro ao tocar no puro, Loran se afastou vendo Rose se desvencilhar do demônio, sabia que ela conseguiria.

_Mate quantos puder, não deixe que matem mais convidados da festa...-Sua voz era baixa quase um sussurro a sua noiva, os olhos dele estava opacos, mas ainda se mantinha firme olhando a vampira sendo arremessada por Charles que usara uma mesa para tirar ela de sua cola.


Era a hora, iria arrastar a maldita para fora, usou ainda o que restava de suas forças e avançou, atacando-a com uma enorme lamina de gelo negro.
_Charles, salve os convidados, vou cuidar dela...

Lya ainda debochava vendo os vampiros apavorados, os demônios obedeciam a sua voz e com uma palavra começaram a estrangular os convidados, alguns vampiros reagiram e conseguiam se desvencilhar das bestas demoníacas e passaram a atacar para salvar quantos podiam. Aquele salão virou um pequeno campo de batalha, onde vampiros atacavam as bestas que avançavam sobre o comando dela.

Nesse momento o vampiro loiro consegue soltar-se dela, sem antes ter as garras dela rasgando ainda mais seu braço na tentativa de livra-se da maldita. A surpresa veio em seguida, uma mesa fora arremessada contra a vampira que para se proteger coloca seus braços a frente do corpo, mas a força daquele arremesso joga-a contra a parede atordoando-a.

Lya levou a mão a sua cabeça, sangue escorria e ao olhar para frente viu seus demônios ficarem atordoados, estavam sem rumo, precisava centra-los e ordenar que atacassem, mas mal pode abrir a boca e recebeu um novo ataque. Lâmina de gelo atravessou seu corpo e a vampira gritou segurando a ponta com força para evitar que perfurasse seu abdome, seus olhos amarelos brilharam e um calor intenso fez aquele gelo começar a derreter.

Ela ergueu-se usando a força e empurrou Loran para tentar sair de perto da parede onde estava acuada e sem defesa.

_Acredita que com esse mero golpe pode derrotar-me? – A voz da vampira era roca e grunhia de ódio ao ataque dele.

_Minha intensão é simples... –Loran soltou a lamina e agarrou os braços da vampira e ambos foram cercados por uma nevoa que lembrava uma pequena nevasca, que circundava ambos como um redemoinho. _Vamos terminar nossa dança my Lady...

Ela sorriu e agarrou o braço ferido do vampiro e ambos foram sugados para fora daquele sala, a nevoa negra dissipou e não haviam mais a presença de ambos naquela sala.

******************
+Kaito / Daniel+

Ambos faziam a ronda quando ouviram barulhos de dentro da mansão e depois gritos. Trocaram olhares como quem diziam a si mesmo que aquela noite não seria calma ao que mostrava vir de dentro da mansão.

_Reuna os demais Daniel, acho que essa festa não esta correndo como deveria...

Mal terminou de falar e viu passar por ele dois vultos envoltos em um ar frio que arrepiava a alma e ambos os vultos caíram rolando no jardim.
_Mas que diabos...?!!-Daniel falou sacando a espada.

kaito arregalou os olhos ao ver que era o Kuran e uma vampira morena, ambos estavam feridos e aparentemente estavam lutando, não era aparente eles batalhavam.

Os convidados da festa estavam atordoados, e os vampiros mais fortes derrotavam os demônios um a um, quando um dos convidados olhou pela janela e gritou avisando aos demais que o Kuran estava no jardim da mansão.

************

+Lya / Loran+

_Maldito Kuran... Pode ter levado nossa “dança” para longe dos olhos de seus puxa-sacos, mas ainda assim eu o destruirei essa noite... será a vergonhosa derrota de um Kuran.

Lya invocou seus cães do inferno e surgiram a frente dela um grupo de 10 feras que rosnavam pronta para atacar Loran.

O barulho daquela luta fez todos os Hunter chegarem. Aquela cena para Lya era perfeita, um palco a qual ela era a atriz da peça e ele o seu espetáculo para ser derrotado diante de todos.

Loran não falava mais, sua mente focava nela, criou em uma das mãos uma katana de gelo negro e armou seu ataque, esperava a oportunidade iria destruir aquela maldita.

_Olha só irá me atacar? Que ilusão, você não pode usar mais o seu poder, sinto cada vez mais fraco, acha que pode vencer minha feras com essa espada?

Lya gargalhou e enviou o bando de cães ao ataque e mais daqueles demônios.


Lembranças escreveu:
“Loran... Em uma disputa com a katana, o sacar da espada é que define o final da luta...Saque rápido, limpe sua mente e saque rápido, verá de onde vem cada ataque quando sua mente se torna única com a espada...

Não entendo porque deveria aprender isso... – a criança puro olhava a mulher de kimono com a katana branca fazendo uma posição de ataque. _Eu sou um vampiro e tenho poderes, não preciso disso.

E se um dia não puder usar seus poderes?! Se um dia precisar defender alguém e seus poderes não lhe servir? –Ela olhou-o no cantos dos olhos.

Ele fez um bico de criança mimada.

Ela sacou da espada tão rápido que ele precisou aguçar seu olhar e ver a sucessão de ataques e o boneco de madeira caiu aos pedaços atrás dela.

Loran arregalou os olhos, uma humana como ela podia fazer isso?! Pensou ao chegar perto da jovem Shimizu.

Chegou a ver cada um dos meus movimentos... Sei que sim, seus olhos de vampiro lhe permite isso... Eu quero que treine, se torne um espadachin, se um dia falhar por acaso do destino, ainda terá a espada e o estilo de luta para se defender.”

As feras circulavam ele e ao comando de Lya atacaram Loran, o puro andou e começou a lutar com as feras desferindo como que por instinto os golpes e derrotando cada um daquelas criaturas.

Luta de Loran - Homenagem a Kenshin que amo s2:
 

**********

+Raiven+

A vampira correu até o rastro daquela vampira, sabia que a morena que dançava com Loran-sama era uma marionete e que provavelmente estaria por perto, sentou o cheiro de seu sangue e buscou seu esconderijo, tinha que acha-la.

Vagava pelos carros no estacionamento em busca da demônio, estava perto, sabia pelo odor de enxofre que exalava no ar.

Quando deparou-se com um carro preto e envolta dele cinco demônios protegiam o carro.

_Encontrei...

Ações dos char's:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 9:06

Tédio seria uma ótima definição para essa noite se não tivesse ao seu lado uma boa companhia para conversar. Por mais que os assuntos ainda assim envolvessem trabalho, caminhar pela entrada da mansão de noite com uma companhia era relaxante.


— eh, parece que hoje receberemos por não fazer nada, eu gosto quando as coisas  acabam assim.
com um sorriso bobo Aidan estava relaxado com as mãos para dentro dos bolsos do paletó olhando para o chão e observando  as sombras  que estavam sendo projetadas quando  um barulho de confusão parecia se arrastar da porta de onde havia saído.


— acho que falei cedo demais, será algum penetra?
O semblante do caçador havia se tornado duro e frio, como seu pai um dia foi. Sua mão correu pela bandoleira colocando seu rifle em pinho enquanto se aproximava apressadamente para o local onde vinha o barulho. Quando se deparou com a cena de dois vampiros lutando e... outras coisas que também não sabia direito o que eram.


— Que.... Layla cuidado!
A cena era algo um tanto bizarro para Aidan que estava até acostumado a caçar algumas aberrações,  porém dois vampiros  que pareciam ser poderosos lutando um contra o outro era a primeira vez, em quem deveria atirar? O moreno se lembrou e percebeu que um deles era o aluno da turma notura, mas a outra quem era? Quem deveria proteger? Obviamente o Kuran, querendo ou não a associação estava de olho nele, era alguém importante, e todos da área sabiam disso, o que restava pra ele é rezar para que a outra não fosse a mocinha da história, mas ambos eram vampiros e caçar vampiros era seu dever, então não importava quem saísse morto, o importante era um vampiro a menos.


As aberrações estavam espalhadas por todos os lugares eram numerosas e isso significava uma ameaça, por sorte chegou a tempo de ver e perceber quem estava causando a confusão toda.  “bem, um vampiro a menos é melhor que nada” pensava enquanto caminhava se posicionando num terreno mais firme e mantendo uma distancia segura do alvo.
O Hunter se ajoelhou sobre um dos joelhos no chão, apoiando a arma sobre a coxa, enquanto ajustava a mira acoplada de seu rifle, a pistola estava no bolso interno do paletó, caso fosse necessária, e esperava que esta noite ela não fosse. Seus olhos treinados para a caça noturna se estreitaram observando o movimento do vento pelas folhas que balançavam, não satisfeito o moreno pegou alguns pedaços de papel de bala que tinha em seu bolso e então os soltou a sua frente. Agora que sabia para onde o vento soprava era mais fácil calcular a trajetória, apoiou a coronha sobre o ombro posicionando o olho na mira que disparava um pequeno feixe infravermelho, visível pela lente especial da mira. focando a região do tórax da vampira, Aidan  respirou lentamente a ponto de poder sentir o pulsar do próprio coração.
“um”

o primeiro pulso e as criaturas  pareciam atacar sem distinção
“dois”
Ela estava na mira, mas teria que contar com a sorte que nada atrapalhasse
“três!”
O terceiro pulsar foi o sinal para atirar em seu alvo enquanto suportava o coice calculado pelo tiro e se preparava para seu próximo tiro.
 
[dados 16]

“mais... eu preciso de mais”


A criatura se transformava em pó enquanto lentamente os ramos se recolhiam, a ruiva se mantinha num delicado “transe” enquanto via as outras criaturas caindo uma a uma, juntamente com alguns outros vampiros que caíram  afetados pelo estrangulamento das criaturas demoníacas. Algo havia acontecia quando  percebeu que  um conjunto de sombras que formavam  ao redor de Loran e da outra vampira, algo ali parecia familiar, mas seus devaneios pelo desejo de extravasar seus instintos sufocaram a sensação de deja-vu. Fazendo assim que freya simplesmente ignorasse tudo a sua volta e seguisse o caminho percorrido pela nevoa negra que levava para fora da sala.


 Com os passos firmes, decidida em saciar seu desejo, freya continuou o caminho por entre os convidados apavorados e aqueles que tentavam recompor a postura enquanto observavam outros dos seus mortos aos seus pés, mas isso não mais a importava. Colocou as mãos sobre a saia do longo vertido e começou a ergue-la, enquanto caminhava, expondo sua pele de maneira inapropriada para uma dama enquanto sacava seu bastão de Artêmis do coldre da coxa, a segurando firme enquanto saia pela porta.


A cena que desenrolava do lado de fora, era apenas a continuação do que havia acontecido do lado de dentro, só que desta vez quem estava do lado de fora, parecia ter condições de se defender melhor do que muitos que estavam do lado de dentro.  Mesmo com seus sapatos delicados e seu vestido longo, freya não se intimidou expandindo sua Ártemis que ainda brigava com sua existência decaída, de alguma forma, da mesma maneira que brigava,  ela também se tornava voluntária ao desejo de destruir a criatura maligna. Caminhando por entre os caçadores, nem mesmo prestou atenção em quem era quem estava ali (se tivesse, perceberia a presença de Daniel), mas isso pouco importou enquanto o longo bastão prateado, uma arma básica para um caçador, se transformava no punho de um chicote, enquanto no restante, apenas um longo e grosso  ramo com espinhos, todo em rubro surgia em sua mão. Afrontando  a logica, freya se aproximava para destruir as criaturas que eram trazidas a aquela realidade.


[7 dados]


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 9:06

O membro 'Makie' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

#1 'D10' : 7, 6, 5, 10, 4, 9, 2, 8, 4, 4, 3, 1, 9, 2, 2, 1

--------------------------------

#2 'D10' : 2, 6, 6, 4, 3, 8, 5


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 12:26

Tendo sucesso em seu ataque o demônio cai morto aos seus pés com a cabeça decepada rolando para longe do corpo. 
  
Ela volta a olhar para Loran e vê que ele congela o demônio que também o ameaçava, ela fica um pouco aliviada mas estranha a coloração negra do gelo de seu noivo. O gelo que normalmente contrastava com a sua sombra estava tão negro quando ela. Porque a mudança de cor? O que ele havia aprontado e novamente estava escondendo dela? Mas a situação seguinte interrompeu os pensamentos da puro.
 
Ele visivelmente debilitado avançou na vampira inimiga em um ataque, internamente ela gritava o chamando de louco.
 
Mas antes Charles consegue jogar uma mesa em Lya a atordoando, nessa hora que Rose percebe. Os demônios ficaram atordoados. Das duas uma: ou os danos sofridos por ela refletiam de alguma forma nas criaturas, ou eles precisam dela os controlando diretamente para cometer alguma ação. Ou seja, ela é o ponto fraco de todos os demônios. Acabando com ela, provavelmente acabava com aquela guerra.
 
Rose assistia mantendo a atenção em alguma brecha que aquela mulher abrisse. Esperava o momento certo de atacá-la, mas Loran acabava a acertando com o golpe e em seguida fazendo ambos sumirem na névoa.
 
Rose fica desesperada vendo seu amado ferido, fraco e aparentemente fora de si tomando uma atitude egoísta como aquela. Como alguém que tem dois sangue puros para ajudar resolve lutar contra ela sozinho!?
 
Ela por um momento se concentra para sentir a aura de Loran pelo lugar e percebe que foram para o jardim, sem pensar duas vezes e sem muitos modos ela pula a janela com um equilíbrio perfeito e corre em direção dos dois.
 
Chegando ao local vê Loran lutando com maestria usando sua katana de gelo para derrotar as criaturas que pareciam com cães.
 
Então ela vê uma oportunidade, Lya estava sozinha e concentrada no Loran, claro que sabia que ela estava ali, mas não poderia adivinhar o que poderia fazer. Ainda um pouco longe da vampira Rose aproveitando que eles estavam e um lugar menos iluminado que no salão, usa das sombras do lugar para prender Lya em seus galhos espinhosos negros que saiam de várias direções prendendo a mulher pelos braços e pernas fazendo com que ela não conseguisse se movimentar para se defender ou fugir.
 

Vendo que ela estava paralisada Rose vai ao ataque correndo com velocidade e empunhando sua espada mirando no pescoço para efetuar o mesmo ataque que fizera anteriormente com o demônio.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 19:18

Aquele ser tocando meu pescoço não estava nada legal, o bom que eu consegui esquentar minhas não o suficiente para criar um pouco de vida, e com ela mirando nele, mesmo não podendo ver, mas sabendo onde estaria, enviei uma pequena, mas potente bola de fogo, para estourar com ele, fazer algo divertido, que acabou manchando meu terno de sangue, e disse eu não gostei. Olhei para Angel que estava fazendo a mesma coisa e virei para Crow, que parecia incapacitado de fazer alguma coisa, ele e o assistente. Virei para Angel que vi se soltar.

- Você sabe o que fazer, eu cuido dos outros, vai proteger nossa filha. - falei antes de ir em direção a Crow. - Desculpa a demora tive que resolver um assunto primeiro. - falei dando um sorriso de canto.

Dessa vez iria continuar o mesmo ataque, que fiz anteriormente, mas iria colocar um pouco a mais de concentração, mirrei então nos dois demônios que estavam atrás de Crow e Oliver, para então mandar alguns fogos de artifício.




off. jogada...
Poder Fogo - Fogos de Artificio - mega concentrado.
o mesmo que usei antes para sair do meu demônio.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 20:03

Em seu semblante não mostrava-se nada, nem mesmo um olhar 
diferente, ela olhava para as mãos enquanto com cuidado virou 
as mesma para trás em um rápido movimento, enviando uma 
bola de fogo para dentro do demônio que a sufocava cada vez 
mais. Ela somente sentiu a explosão, antes de ver seu lindo
e caro vestido ficar todo manchado de sangue de demônio, isso
a deixou extremamente com raiva. 


Ouviu as palavras de Norman, e viu que sua filha estava se 
virando muito bem, adorava saber que seus ensinamentos deram
certo para ela. Agora se livrando da mão do demônio, enquanto
ouvia as palavras de Norman, ela apenas assentiu, com um movimento
rápido das mãos rasgou o vestido deixando uma enorme fenda, e 
espaço para se mover finalmente. Ela olhou para as pessoas a sua 
frente e deu um passo rápido, indo em direção a filha, que estava se
soltando do bicho que tinha prendido ela. Olhando a garota.


- Fique aqui, e não faça nada idiota, vou ver o que posso fazer para
ajudar agora. - falou calmamente enquanto olhava para a filha. - Rose,
quero que ambas se cuidem, e exterminem esses demônios. - falou ela 
para a garota parecida com sua filha. 


Naquele momento ela virou para uma das mesas que estavam de ponta a 
cabeça, já que tinha visto todo o acontecimento ate agora, e arrancou com 
facilidade uma das pernas, poderia ser útil, testando o peso e a leveza
 do item. Olhou para o louro antes de acompanhar uma jovem que 
saia pela janela, ela então com um movimento rápido e preciso 
pulou aquela parte destruída indo em direção a Rose Valentine, uma
de suas alunas. 


- Desculpe a demora meu senhor, pequenos problemas me atrasaram. - falou olhando 
em volta, vendo animais brigando com o jovem Monarca, sabia que seria 
complicado.


Suspirando, dando um movimento com o corpo ao tirar seus sapatos,
colocou em uma postura defensiva/ataque, que tanto conhecia, falou 
baixinho ativando a chamas em suas mãos na barra que segurava, 
e então foi em direção a um dos cães do inferno, 
primeiro usaria a 'arma' que esta carregando com um bastão, para
mandar ele longe, em seguida mandaria uma das bolas de fogo 
para seu interior, como iria fazer isso, não sabia, mas iria fazer o 
melhor para isso acontecer. Já que estava sem suas armas gemeas,
e isso era um transtorno muito grande.


Via pela cara do Monarca que toda a perda de sangue não estava,
indo tão bem quando deveria esta indo, mas se arriscaria mesmo
assim, sabendo que seu sangue poderia ajudar se fosse preciso.
Tinha que ajudar ele de qualquer forma, isso já estava saindo do 
controle ao mandar tanto cães em sua direção, com perda excessiva 
de sangue.






off. jogada
Força: 4
Destreza: 3
Armas Brancas: 2
total - 9 dados

dificuldade 6
2 acertos


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon


Última edição por Angel D'Angelys em Qui 26 Nov 2015 - 9:55, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 20:03

O membro 'Angel D'Angelys' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 9, 9, 1, 5, 9, 10, 2, 5, 6


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 20:26

Selene tinha conseguido então fazer com que aquele monstro lhe soltasse, ela por sua vez fez ele quebrar todinho como pequenas pedras de gelo. Agora sabia que poderia aperfeiçoar essa nova habilidade para mais coisas em questão. Ela olhou para a amiga e para o gigante, vendo que eles estava em sua própria luta, antes de perceber que sua mãe chegara tão rápido perto dela. 


Ouvira as palavras da mãe para si mesma, e para sua amiga, quando percebeu que ela ia fazer algo, tentou segurar ela, mas já era tarde, sua mãe já pegava um pedaço da mesa e levava com ela, nisso ela tremeu de medo, não pelo gelo que tinha feito. Olhando para Rose, deu um sorriso, e ficou onde deveria ficar, ate que olhou para a pista e viu alguém ferido, ele ainda estava lá sozinho. 


Olhou para a amiga, e sendo mais rápida do que tudo. No meio do caminho, pegou um dos panos que cobriam uma das mesas, e se aproximando do rapaz louro, no qual tinha sido apresentada a pouco tempo e visto em aula, com cuidado foi ate ele levanto o pano para que estancasse o sangue, pelo menos ajudaria um pouco, vendo que estava fraco, e sabendo o que poderia ajudar 
ela olha para ele, antes de dar um doce sorriso.


- Precisa se alimentar, esta fraco, antes que vá atrás deles. - ela sem malicia ou qualquer coisa, foi somente gentil, levantou o cabelo do rosto, deixando a mostrar o fino pescoço.


Ela olhou para ele, expondo seu pescoço para que pudesse se alimentar rapidamente, antes de ir, brigar como sua mãe tinha ido, e aquela outra menina. Selene tinha medo de saber como estava o outro rapaz, o jovem monarca, já que o mesmo estava tão ferido. Ela sabia que sangue humano era bom, mas sangue de vampiro era mais forte e mais poderoso para se recuperar do que o humano. Ela não tinha medo, eles estavam lutando para livrar eles daquelas criaturas, então ela faria sua parte, sabendo que era fraca demais para lutar como a mãe ou o pai.


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dimitri Belikov
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Dimitri Belikov (Vampire C | Guardião)
Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Posts: : 46
Inscrição : 18/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 20:48

Eu somente sabia que era complicado se livrar daquele bicho, e ver minha rosa do jeito que estava, estava mais complicado ainda. Quando percebi que estava quente o suficiente, fui mais rápido e com um movimento enviei uma bola de fogo para dentro daquele demônio, fazendo com que ele se desintegrasse sozinho. Assim que olhei isso, vi que minha Rosa estava indo bem com o dela. 

Quando vejo uma mulher se aproximar, estava vestida elegantemente, mas parecia que agora não estava já muito bem vestida pela forma que estava sua roupa. Ela falou rapidamente com Selene, pelo que pude notar era a mãe dela, quando então falou com minha Rosa, e percebi que estava seria. Ainda mais quando vi que ela estava carregando um pedaço de metal nas mãos e indo para fora, olhei abismado isso. Parei de divagar, olhando para minha Rosa, e vendo que Vasilisa ainda estava Presa.

Antes que pudesse fazer qualquer coisa, vejo Selene corre para onde estava a pista de dança anteriormente e vejo que estava tentando ajudar aquele vampiro. Viro então para minha Rosa, e olhou para ela. 

- Fique com Selene, vou proteger Vasilisa, ela ainda esta presa com o demônio dela. - falei olhando para ela antes de me virar correndo e ir em direção a Vasilisa, tinha que proteger a princesa, era prioridade. 

Cheguei perto dela, vi o mesmo demônio que tinha nos atacado a atacando, e aproveitei para deferir o mesmo golpe que tinha feito com o meu, parecia que tinha dado efeito, e isso que iria ver agora. Olhei nos olhos do demônio, e iria mostrar por que era chamado de DEUS.

off. 
- Mesmo golpe de antes. 
- To imaginando a Vasilisa como uma NPC no momento para agir, então me desculpem se tiver errado.


Dimitri Belikov | 24 anos | Vampire C | Guardian
(*) Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 25 Nov 2015 - 21:13

+ Nero e Lily +


O vampiro continuou a segurar Naru firmemente em seus braços enquanto a protegia das criaturas e de suas próprias chamas, que a menina sequer sentia o calor. Aquelas chamas púrpuras ardiam por suas costas, braços e fazia com que seu cabelo parecesse chama viva como seus olhos. Ele rosnou para os espectros quando os puros sumiram e mais daquelas criaturas apareceram. Nero segurou a menina com apenas um braço e com o outro gesticulou e mandou uma parede de chamas arroxeadas na direção da filha e do genro para criar um caminho seguro para eles.


- Lillian! Daryl! - ele os gritou para que viessem em sua direção.



Lily eletrocutou a criatura, soltando outro grito apavorado ao ver mais daquelas criaturas vindo. Ela recuou e se encostou em Daryl tremendo com os olhos arregalados. Aquilo parecia uma cena de filme de terror!


Ela gritou outra vez de susto ao ver aquela parede de chamas vindo na direção deles, afastando os outros demônios. Ao ver a cor do fogo o coração dela saltou ao reconhecer e logo depois ouvir o pai os chamando.


- Vem!


Ela dispersou a eletricidade da mão e agarrou o terno do outro vampiro, puxando-o correndo na direção de Nero e Naru.


Enquanto isso o ruivo olhava pelo salão, para aquelas criaturas, analisando como conseguiria criar uma rota de fuga para eles.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qui 26 Nov 2015 - 3:17

Tendo nocauteado meu adversário, olhei, preocupada em volta para meus amigos e namorado.  Todos estavam bem e eu respirei aliviada. Nisso, A professora D'Angelys se aproximou e pediu que eu ficasse com Selene.

- Claro, professora! ela estará segura comigo e com Dimitri.


Então, antes que pudesse evitar, minha nova amiga corre pra socorrer Charles.Fiquei um pouco surpresa com tal atitude, mas, me ative a ficar observando e atacando um demônio ou outro que partia pra cima de mim. Queria ir socorrer a Lissa, mas Dimitri se prontificou e eu aceitei, ficando por perto para proteger Selene e Charles.




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qui 26 Nov 2015 - 17:50

Agora bem mais preparado para espancar aquelas criaturas se chegassem perto, Daryl puxou Lily para si, certificando-se de que ela estava bem (apesar do medo) e também estava pronto para contra-atacar as chamas por um segundo que levou para concluir que eram de Nero.

Ele deixou-se puxar, ficando atrás dela somente porque Nero estava na frente, e ele poderia garantir que nenhum outro se aproximaria por trás. Já não pensava mais em intervir naquele assunto de puro sangue, apenas em conseguirem se livrar da situação.

Pensava que poderia prender os demônios em uma corrente em chamas se fosse necessário, mas por enquanto só os seguia.

Naru corria quase que de olhos fechados, sem conseguir pensar em mais nada, apenas agradecia muitas e muitas vezes em sua mente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qui 26 Nov 2015 - 18:13

O grupo de Hunter que faziam a ronda, ouviram o barulho vindo da frente da casa e rapidamente todos se reuniram, um grupo da esquerda e outro da direita chegaram e se deparam com aquela quantidade de monstros e cães com aparência horrenda atacando aqueles vampiros.

Algumas criaturas avançaram para o grupo da Hinomaru e Willian que chegaram vindo da parte leste da mansão  e  Aidan, Layla e Mikato se reuniram vindo da parte oeste eles reagiram de imediato. 
Layla viu que Aidan prepara para atirar, mas seria em direção a uma vampira que ao que parecia era quem comandava aquelas criaturas.
Ela foi rápida e sacou sua arma e começou atirar nas criaturas que se aproximavam assim dando cobertura a Aidan.

_Essa vampira que está fazendo isso derruba ela... – Layla gritou enquanto matava as feras com tiros na cabeça.

Daniel acertava as criaturas com sua espada, em golpes certeiros decapitava-as enquanto usando alguns golpes chtava e derruva outras criaturas.



Kaito atirava sem parar, ele estava com duas pistolas e acertava as feras na cabeça, quando viu que Layla conseguia matar com um tiro na bestas que caiam mortas.

Era uma praça de guerra, nunca poderia imaginar que algo assim poderia acontecer. Precisavam de reforços.

+Loran+

O puro ainda matava as criaturas derrubando-as e acertando com a espada, rasgando-as ao meio ou degolando aqueles cães quando segurava-as com a mão.

Ele não percebeu a presença de uma vampira, era a sensei Angel, mas em seu estado de frenesi, não ouvia o que ela dizia, ao seu lado ele avançou para segurá-la.

Spoiler:
 




~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Hoje à(s) 11:06

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mansão Lutont
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 8 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Assustador! - Episódio 1 "A Mansão Velha"
» o {Mansão} ? Descrição da Mansão
» Capítulo 3 - A Mansão do Inferno
» Garagem da Mansão
» Fachada Da Mansão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Alta :: Mansão Lutont-
Ir para: