Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Mansão Lutont

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Mansão Lutont   Sab 3 Out 2015 - 20:28

Relembrando a primeira mensagem :

Mansão Lutont


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 9 Nov 2015 - 17:33

++Ryan++

Ele não queria ficar naquela merda de festa. É definitivamente não ia ficar. Por que mesmo seu irmão decidirá lhe arrastar para aquele evento social que odiava. Por que ele tinha que estar ali no meio daquele fingimento. E principalmente, o que aquele maldito do Charles estava pensando? O ódio lhe consumia eternamente junto a ira, não exatamente por estar ali, mas pela situação. Quando lhe falará sobre Melissa, naquela manhã, o outro apenas ignorará dando os ombro e dizendo para tomar suco de maracujá como uma piada. Suco de maracujá? Quem ele pensava que era só por ser puro sangue? Quem ele pensava que era para ignorar Melissa? No fim, Ryan apenas tinha gritado, com os nervos à flor da pele e partido uma das mesas de vidro da sala com um chute.

E agora ele estava ali, trancado em um dos quartos, com o controle do Xbox One na mão e a maior carranca que poderia existir na cara de um vampiro. Conseguir alguma coisa? Não exatamente, apenas uma chuva de risos do outro. -Acho que a festa poderia ser uma boa maneira de gastar sua energia, ou prefere que contrate uma garota para te "iniciar"? - Lembrava do mais velho sugerir de brincadeira. E desde então, tinha se trancado ali.

A música ao longe podia-se ouvir e o cheiro de sangue estava quase insuportável de resistir, mas ainda assim ele se recusava a se mover dali. Estava com uma camisa branca e uma calça Jeans que ficavam bem em si, mas seu terno formal e sua gravata jaziam abandonados do outro lado do sofá onde se sentava.

-Senhor Lutont, não quer mesmo descer e tomar alguma coisa? - Um daqueles puxa sacos de seu irmão perguntava entrando no quarto, muito embora Ryan não tivesse se preocupado em saber o seu nome no momento, apenas levantando a mão e mostrando o dedo do meio de forma desrespeitosa. -Quantas vezes já disse para não me incomodar? -Viu a si mesmo gritando, antes de se levantar. Pensando bem, essa era até uma boa, poderia sair daquele inferno de casa pelos fundos. Aquele odor de sangue já se tornava irritante o suficiente para ele virar um pacote de pastilhas na boca e sua garganta conseguir a arder.

-Inferno... -Viu a si mesmo resmungar, pisando firme no chão e quase empurrando o moreno enquanto saía e seguia em direção a escada.

Falando nisso, para aqueles que o viam descendo no salão, aquela era uma imagem estranha para uma festa daquele calibre. Um menino sem terno, com cara irritada e cabelos loiros esbranquiçados arrepiados de aparentes quatorze anos, alto e forte apesar de tudo. Era um vampiro nobre, sua presença anunciava, muito embora não estivesse com humor de agir como um, enquanto andava atropelando as pessoas por aí, e desaparecendo em uma das portas antes trancadas,

Havia um molho de chaves em sua mão, com um chaveiro do pacman que ele logo colocou no bolso, assim que acabara de abrir umas três portas até a saída dos fundos. Alguns funcionários ali, pensaram em perguntar, mas, diante de sua expressão de poucos amigos, apenas ficaram calados até que passasse, até que pudesse sentir o ar puro e seus olhos não estivessem mais vermelhos.

Quer dizer, até sentir aquele cheiro irritantemente atraente. -**** que pariu, até aqui essa maldita está! -Viu a si mesmo resmungar, pulando atrás de um arbusto, pouco antes que Lohanne passasse um pouco mais afastada de seu grupo de hunters. O que afinal ela estava fazendo ali? Se perguntava incomodado.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 9 Nov 2015 - 17:54

+Loran+

Ele sorriu a pequena vampira e recebeu o abraço dela com carinho, gostava do jeito da menina e assim que ela se afasta faz um afago em sua bochecha.

_Sempre autentica, nunca mude isso espevitada rs

Piscou o olho a ela e voltou atenção aos demais, fez um gesto para a outra vampira que era amiga dela e sorriu. A postura dele era sempre cordial e a sensação de conforto a sua presença começou a ser sentida por todos ali a sua volta, Loran conseguia deixar qualquer um bem a vontade com sua presença e ainda mais quando ele simpatizava com aqueles que conhecia.

Quando ouviu de Lilian que o ruivo era seu pai, seus olhos voltaram a ele, demonstrou uma surpresa rápida e voltou a fala com o vampiro ruivo.

_Que mundo pequeno, Nero...-Chamou-o pelo nome, gostava desse nome tinha poder, mas também certa dose de loucura, já que o imperador tocou fogo em Roma._E apesar de ser uma festa formal ou nem tanto, não me importo que me chame pelo nome ... Loran... Até porque o que organizou a festa é meio parecido comigo, odeia formalidades rs

Voltou a beber do vinho passando o braço na cintura de Rose e cochichando em seu ouvido:

_Já disse que está linda...? -Ele sorriu._Tenshi... daisuki... (eu te amo - japonês) - Ainda abraçado a ela voltou a beber o vinho e suspirou entediado._Será que essa festa vai ser esse tédio todo até o final? 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Seg 9 Nov 2015 - 23:21

*Daryl e Naru*

Naru quase morreu de vergonha com o abraço e depois com a atitude de Nero de beijar sua mão. Ele não parecia nem um pouco hostil e era ainda tão lindo!!! Balbuciou alguma coisa , mas baixou o olhar com os demais acontecimentos.. principalmente Rose! Quando ela apareceu, quase perdeu o ar. Como ela era bonita. Como o casal puro sangue era lindo!


Daryl não se importava de verdade com o que acontecia a Naru. Mas sabia que Lily não ficaria feliz com isso.  
Então apareceram os líderes. Ele não pode segurar um sorriso quase orgulhoso quando foi "notado" ali, e com Lily..... e Nero não perdia tempo. Já estava bem enturmado com eles, aparentemente.

- Não me lembro se me apresentei apropriadamente, mas sou Daryl Cannigan -
Cumprimentou de forma cortês e disse aquilo especialmente para Loran, sem querer parecer um crápula interesseiro como sentia o cheiro em Nero.

Era difícil não ser uma marionete diante dos sangue puro, mas Lily parecia fazer isso ser tão fácil! Ou talvez fosse o jeito de Loran mais natural... mais admirável... Ele até riu de leve quando sua "espevitada" soltava Loran e imitou o gesto do líder para aproximar-se da namorada, orgulhoso. Em seguida, aceitou uma nova taça. A festa começava a ser como estava acostumado, mas com um toque bem mais leve.

- P-p-prazer - murmurou Naru como se estivesse repetindo apenas, quando foi introduzida. Em seguida era invadida por uma paz incrível por causa do casal puro sangue. Corava, mas era de encantamento. - Mas... - começou, encabulada, mas achava que poderia falar isso - é até bom que tudo esteja em ordem, não é? - o jeito desconfiado com o qual disse isso deixava claro que ela se referia a toda essa "confusão de vampiros" e o quanto ela estava fora daquele universo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 2:43

Rose sorriu para sua nova amiga, embora lançasse um olhar de vez em quando para Lissa e Charles...Ele começava a ficar mais ousado...Bem, se ela estava feliz tudo bem, mas preferia mil vezes o esquisitão do Christhian Ozera, ex-namorado dela do que esse Charles...Tava na cara que ele só queria se divertir com ela. hum, ok...Lissa também. E pensar que ela fora ainda pior do que a Lissa...Pelo menos até conhecer um certo instrutor russo linha-dura...

Voltando ao presente, Rose agradeceu à professora e sorriu para o conde, respondendo ao comentário dele.

- Obrigada, Senhora D'Angelys...Pode parecer meio estranho mesmo para a maioria, senhor conde, mas para pessoas como nós, esse é um assunto normal e divertido. Não é mesmo, professora?-deu uma risada breve,olhando para Angell.

Riu para Selene.
- Certo, amiguinha...Podemos falar sobre o que quiser, afinal, você tem razão. Estamos numa festa e por enquanto, ainda estou de folga...




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marcelo
SP
SP


Masculino
Char RPG : Hinomaru - Hunter
Humor : Calmo quase o tempo todo...
Localização : Algum lugar. . .
Posts: : 1176
Inscrição : 08/11/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 12:16

Hinomaru

Spoiler:
 

Hinomaru, devido a um caso de falta aguda de diversidade no guarda-roupa, se encontrava em meio aos outros caçadores, vestindo seu uniforme da Academia Cross. A única diferença de vê-la na escola era o fato de que, para sua alegria, estava finalmente sem aquela sacola porta-espadas sufocante. Ao invés disso, a espada Hinomaru se encontrava exposta ao ar novamente, carregada nas costas da menina Hinomaru, graças a uma alça na bainha.

Em meio aos outros caçadores, encarregada da segurança em uma festa de vampiros, Hinomaru se sentia incomodada. Exatamente como na academia, Hinomaru estava mais uma vez em um ambiente em que os inimigos da humanidade se reuniam. E mais uma vez, não tinha permissão para fazer nada. Coexistência... Tudo que podia fazer era vigiar então.

Seguiu as instruções de Kaito, o caçador em comando da missão, e acompanhou um jovem de nome William para vigiar o lado leste da mansão. Hinomaru olhava com atenção tudo a seu redor, determinada a não ser pega por uma provável armadilha. Havia um bom número de caçadores ali, mas isso não a fazia sentir-se segura. Não estava acostumada a trabalhar em grupos, de qualquer forma. Em grande constraste, o senhor William parecia estar andando quase sonâmbulo. "...Senhor William, por favor, mantenha-se alerta. Hinomaru não quer que o senhor se machuque por desatenção." Estaria ele tão confiante que sentia-se à vontade para dormir ali mesmo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 12:44

+ Lily e Nero +


A menina sorriu para Loran quando ele falou para ela nunca mudar e afagou sua bochecha como se fosse um irmão mais velho. Queria mesmo que fosse sempre assim, gostava de ser quem ela era e não ficar mantendo aparências que nem a maioria dos outros vampiros ali, inclusive seu pai. Sabia que ele era muito mais extrovertido, ao menos com ela, mas no momento tinha uma pose nobre ao manter.


Olhou Rose e o jeito que ela havia ficado sem graça com o abraço súbito e deu um sorriso pequeno a ela como se pedisse desculpas pelo gesto, não pretendia deixar a amiga desconfortável.


Ambos sentiam-se menos tensos com aquela aura de paz em volta do sangue puro. Nero deu um leve sorriso de lado com seu cortumeiro ar arrogante quando Loran o olhou com surpresa. Realmente era sorte demais todos aqueles acontecimento convergindo em paralelo. Ergueu mais a cabeça quando o outro o chamou pelo nome, seu ego e o orgulho pelo nome o faziam assumir uma postura menos submissa do que a que deveria ter diante de um puro.


- Como desejar, Loran - o vampiro falou despreocupado, não se importando nem um pouco de jogar a formalidade para o lado.


Lily fechou os olhos quando Daryl afagou sua bochecha e sorriu docemente para ele, apreciando o carinho. Se aproximou mais dele, cheirando seu pescoço sem cerimônias, deixando claro que estavam juntos, ignorando o olhar repreensivo e ciumento de Nero. Olhou Daryl travessa e roubou a taça das mãos dele, tomando um gole. A que ela bebia já havia acabado e sido levada a muito tempo. Deu um sorriso maroto e depois de mais um gole devolveu a taça a ele.


- Lillian... - Nero a avisou, bravo.

- O que? - ela perguntou sem entender e lambeu os lábios, mal percebendo o sabor do vinho em meio ao sangue - Um gole não faz mal...


Nero olhou para cima, soltando um suspiro com uma expressão de "dai-me paciência...". Não discutiria com ela ali no meio da festa mas ela ouviria quando chegassem em casa. Lily percebia aquilo pela expressão dele e não se importava nem um pouco.


A voz de Naru os despertou da implicânci um com o outro e ambos olharam na direção da menina. Achavam realmente que acabariam entediados como Loran se a festa continuasse daquele jeito, mas como a menina falara, era melhor continuar entediada mas em ordem.


- Sim, também estou feliz de nada ter acontecido - Lily comentou com um olhar receoso ao se lembrar do que havia acontecido na aula e estremeceu de leve. Só queri que tudo corresse bem em sua primeira festa.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Cíntia Gregório
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Beatriz Hotz (VTM)
Vasilisa Dragomir (Lissa) (VK)

Posts: : 37
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 15:28

ouvindo Charles dizer: - Fico lisongeado que me confunda com Lord Crow, mas meu nome não alcançaria a importância de ter uma festa como essa.

Ah sim, me desculpe, fiquei tão ansiosa em vê-lo novamente que nem percebi o nome do destinatário...
Hum, vinho de safra especial, adoro vinho... não estás querendo me embebedar não é Charles? *disse num tom de brincadeira e complementando... até pq vc não precisa disso, é só dizer o que vc quer...
uma dança? é claro que eu aceito e olhando em volta, adoraria matar as  pessoas de inveja por estar dançando com o vampiro mais lindo desse lugar...
*sentindo uma mão na coxa e fechando os olhos e sentindo cada pelo do corpo ficar totalmente arrepiado* 
*retribuindo o olhar malicioso do Charles* e falando no ouvido do vampiro: Charles, charles... mais tarde... claro, a hora que vc quiser, acho que temos vários... hum... negócios a tratar mesmo, eu estou ansiosa pra... conversar a sós com vc, e tenho certeza que serão muito proveitosos a vc e que vc não irá se arrepender... *mordendo de leve o lóbulo da orelha do Charles*


ah! minha guardiã? não, eu hoje vou deixa-la a vontade e sem minha companhia, é melhor pra ela se enturmar, ela precisa fazer novos... "amigos" alem de mim... vamos fazer o seguinte, vc me da a honra da sua companhia em uma dança, pois até pq foi vc mesmo que a sugeriu e eu o deixo livre por agora (rindo) mais tarde, quando a festa acabar, estarei a sua espera pra continuarmos nossa conversa... *chegando perto do ouvido do Charles* não tenho nenhuma pressa de voltar ao dormitório... poderia nem voltar por hj, adoraria dormir numa mansão luxuosa como essa, e muito bem acompanhada, o que seria muito mais agradável, do que dormir com a minha amiga Rose, vc não acha? (piscando o olho)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thy
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Mikato Sayuto
Erick Benvenoli
Humor : inesplicavel
Localização : Cross Academy
Posts: : 36
Inscrição : 21/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 15:49

Assim como outra pessoa que estava realizando aquela missão de vigia, eu não tinha roupas além da que vim para a escola, e o uniforme. Então sem opção, vinha com o uniforme, que era preto e causaria uma impressão não tão informal, minha espada e a plan B.

Ouvia as ordens de Kaito, que dizia os grupos e os lugares a serem vigiados por cada, e logo em seguida me reunia com os meus companheiros e partia para a parte Oeste, onde já começava a rondar por aquela área.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 16:02

Eu olhava ao meu redor, observando as pessoas, enquanto conversava com aquelas lindas damas. Minha esposa como sempre sendo direta, e começando a me irritar um pouco, mas logo em seguida vem minha filha falando asneira e querendo me irritar mais ainda. Tinha que me postar como um verdadeiro Conde, e não um pai que quer matar a filha, e um marido que quer matar a esposa.

Mas isso é irrelevante no momento, o que me chocou mesmo foi o que a garota Hathaway falou para mim, aquela garotinha sabia ser petulante, e ainda ia andar com minha filha, tenho dó de mim quando ela for para casa nos fins de semana. Arrumei minha postura, olhei para a jovem antes de fazer qualquer coisa, senti a mão de Angel em minha lapela, e sabia que era para ficar calmo. Suspirei então e em um tom calmo, mas não muito amistoso.

- Srta. Hathaway, como jovens dama, devem ser portar como tal, e com isso se mostrarem figuras dignas de seus pares. - falei lembrando de uma velha aula de etiqueta que ouvi para mulheres, isso quando ainda estava na Escócia. - Realmente minha filha, esta uma festa admirável. - falei, mesmo com um pouco de tedio, mas não falava isso, a postura e comportamento eram tudo para um nobre.

Quando pensava nisso observa a minha volta, e sentia a presença de sangues puros, o que era normal em uma festa como essa, mas o que me admirava era a postura das outras pessoas em volta, pensando que somente por serem sangues puros devemos ficar fazendo isso. Uma coisa e ser um nobre, outra coisa é se rebaixar em excesso sendo um Nobre, e isso não era coisa que iria fazer.

Se na festa tinham sangues puros, eles que aproveitassem a mesma, deveria esta ali para se divertir, assim como eu, no meu caso para negócios, e quem eu queria conhecer e conversar era o tal Lord Crow, que ainda não tive o prazer de conhecer o anfitrião. E se as informações de Mostif, e as que a jovem Hathaway, deu estiverem certas, um dos sangues puros que ando sentido era do tal Loran Kuran, então sei que ele esta presente por causa do que a jovem falou.

Acho que estou divagando demais, voltei a me concentrar em minha doce esposa, em minha filha, e na jovem no qual estava junto a gente, quando olhei para uma parte da festa e vi que a tal Princesa como era chamada, estava a vontade demais com um dos convidados. Olhei para a jovem Hathaway, e dei um fino sorriso.

- Minha cara, seria audácia minha falar, mas aquela não é sua protegida? - falei apenas indicando o rosto em direção as duas pessoas e nada mais.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 16:26

Rose discretamente faz negativo com a cabeça como quem dissesse que não havia problema enquanto Lily educadamente pedia desculpas com o sorriso. Ela apenas não estava acostumada a ser abraçada por outras pessoas além de Loran. Nem seus pais faziam isso com ela.

Nero parecia ser exatamente um daqueles vampiros interesseiros. Uma diferença relevante entre a personalidade dele com a sua filha. Que tipo de criação ele deu a ela? 

Percebe um certa intimidade entre a vampira e Daryl com ele afagando a bochecha dela. Ela olha com curiosidade a cena depois vendo Lily cheirando ele e pegando do vinho dele. Eles estariam namorando? Pela cara de Nero diante a situação apostaria que sim. 

Quando Loran cochicha em seu ouvido as palavras ela cora levemente, abaixando um pouco a cabeça para disfarçar a situação. Em seguida ela levanta a taça até a altura do rosto discretamente olhando para ele de dizendo com uma voz muito baixa em sua língua nativa.

- Me too. I love you. - Ela termina de dizer com os cantos dos lábios sugerindo um sorriso contido.

Voltando a prestar atenção na conversa sobre o local estar parado ela acrescenta.

- Esse tipo de reunião, na maioria das vezes, é sempre assim. Isso quando não chegam os velhos do conselho para piorar...


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 17:12

Angel observava a festa calmamente, vendo sua filha, sendo uma 
verdadeira diplomata, e vendo que ela estava quase a ponto de 
matar o marido. mas naquele momento quando ela escutou as 
palavras do mesmo, quase teve um acesso de raiva, mas 
para disfarçar passou a mão sobre a lapela do terno dele, antes 
de ver um garço passando com sua tentação e pegar descaradamente
um doce com chocolate por cima. 


Assim que fazia isso, ouviu as palavras de Norman sobre a jovem
 a quem a Srta. Hathaway protegia, aquilo para Angel foi a gota 
d'agua naquele momento, Norman não deveria ter falado tal coisa.
Suspirando e olhando para a jovem.


- Peço desculpas pela indiscrição de meu marido, ele as vezes, 
se esquece que algumas coisas não são da conta dele. E que você
apenas a protege do perigo, e que não é a mãe dela para lhe dar 
ordens ou acabar com a diversão da mesma. - ela disse em um tom
calmo, mas extremamente irritado com Norman, e o olhava feio. 


Angel sabia que ele tinha sido indiscreto demais, e isso a deixava com
muita raiva, tanta que somente chocolate melhorava, e ela aproveitava 
as bandejas que passavam perto dela com algum doce com chocolate, e 
comia delicadamente cada um deles. Se ela ficasse mais irritada, Norman,
que saisse da frente. 


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 17:23

Ate que Selene achava que a festa estava divertida, tinha achado alguém com quem conversar, e isso era bom, mas ter um pai como Norman que falava aquelas asneiras justo em uma hora como essas, ele pensava que estavam em que seculo? Bem pelo que ela sabia estavam no seculo vinte e um. Olhou para o pai com a maior face palm do mundo, vendo as asneira que ele dizia, e não era somente isso, pouco depois ele queria ou melhor achava que era de utilidade publica, ou pelo menos da utilidade da Rose, saber que a Princesa estava fazendo com outra pessoa. 


Nessa hora, Selene queria esconder sua cara, onde quer que fosse, para não ouvir seu pai falar mais asneiras, mas pelo menos ele parou, o melhor de tudo foi que assim que ele tinha falado as asneiras, sua mãe, na maior cara de pau, responde a altura fazendo ele ficar calado, isso foi uma cena epica, digna de grava com o celular, mas pode fazer tal coisa, ia da muito na cara, assim que sua mãe terminou de falar, ela olhou para rose e com toda a cara meiga do mundo.


- Desculpe meu pai, ele esquece que estamos no seculo XXI as vezes. - ela disse baixinho, mas em sua mente. - "Isso para não falar sempre, quando se trata de comportamento." - pensava ela com um suspiro.


Como a mãe resolveu assaltar alguns dos chocolates, estava começando a ficar com a mania da mesma de comer chocolate, ainda mais em momentos como esse.


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 18:14

+Loran+

Observava tudo e a todos, cada gesto e cada palavra era captada e analisada. Por algumas vezes sentia a mente acelerar nesses devaneios e analises, ele estava vendo quem era quem naquele lugar. Quem ele poderia “usar” e quem poderia ser somente um bode expiatório.

Mantinha a imagem de um sangue puro cortes e receptivo a todos era a tática que permitiria aqueles nobres se aproximarem e a partir disso poderia ter o que queria, informações.

Quando Rose sussurrou discretamente as palavras, ele sorriu, acariciando sua cintura para que entendesse o quanto gostou de ouvir isso, bebeu outra taça de vinho por fim.

Notou a forma como a pequena espevitada agiu com o vampiro e a onde de acontecimentos seguidos, cenas até divertidas de se ver. E resolve atiçar um pouco a situação, já que pelo visto a única animação daquela festa era aqueles que o cercavam.

_Pai ciumento... Cuidado Daryl-san... Mantenha a linha ... rs...

Piscou para Lili que olhou de imediato. Era claro que a pequena já estava enamorada daquele vampiro e o pai ali do lado nada satisfeito com cada atitude dela, na certa a espevitada devia está aproveitando pelo fato de seu pai não poder fazer algo contra naquele ambiente.

_Só não coloque fogo na mansão Nero... Como o imperador fez com Roma..rs

Voltou a sorrir e diz antes de beber o último gole de vinho da taça.

_Se bem que seria um agito e tanto por fogo nesse lugar rs... Festa chata... E Charles disse que seria legal...
Olhou envolta e para a mesa de cascata de sangue, agora sim iria aproveitar e beber daquela fonte, virou para os dois vampiros e disse:

_Vamos deixar as garotas com papos de garotas? – Deu um beijo na testa de Rose ._ Tenshi, vou circular um pouco, tudo bem?

Se afastou e andou:

_ Nero... Daryl... Vamos...?


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 18:46

+Aiden+
O moreno permanecia de pé em seu posto de vigia, mas aquilo era cansativo, detestava os serviços de segurança, principalmente os que teria que ficar esposto e de pé, a arma que carregava era chamativa demais para ir a qualquer lugar, principalmente ficar de pé parado, se sentia um alvo fácil.

- ora ora, ao menos podiam nos servir água ou alguns petiscos... bando de vampiro ingrato!- dizia para descontrair o clima.

Já irritado com a situação, resolveu caminhar por onde deveria vigiar sem se afastar muito do grupo
 
+Lirion+
 Alguém havia dito alguma coisa que não havia prestado atenção. Confuso se realmente era com ele ou outra pessoa, Lirion apenas erguei o olhar, fitando o cosplay de caixa de suco de uva com seus olhos tão azuis que pareciam transmitir frio. Estranhando um pouco observou o vampiro de cima a baixo. Seu semblante relaxava levando a mão a testa e esboçando um sorriso.
- desculpa, eu estava distraído

Era engraçado ver que alguns vampiros ainda se portavam de maneira extravagante, e por mais que a cor ainda fosse escura, Lirion ainda achava aquilo engraçado. Com a mão sobre o copo , moveu o liquido viscoso e o bebeu em uma única golada.


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 21:04

*Daryl e Naru*

Daryl sorriu com o gesto da vampira, deixando a guarda aberta para que ela lhe roubasse a taça.

- Lily...  -  acompanhou o pai dela na repressão, mas falou apenas levemente apreensivo. Daquela vez estava concordando com o Nero. Não queria controlá-la, mas depois a própria vampira ficaria chateada e cheia de culpa por beber.

Balançou a cabeça, meio que se rendendo temporariamente ao charme dela quando ela lhe devolvia a taça e lhe fez uma brincadeira, colocando no alto, sinalizando que ela não poderia pegar mais e lançou um ohar divertido a Loran.
- Pode parecer que estou me comportando por causa de vocês, mas agora você me descobriu - riu de leve.

E ele não fazia ideia do quanto aquela afirmação sobre o imperador fazia sentido. Terminou com a própria taça.  Diferentemente dos demais, Daryl gostava daqueles eventos. Quer dizer... não exatamente ele. Mas a outra pessoa que habitava sua mente adorava aquele tipo de intriga nas entrelinhas e rir internamente de absolutamente todos os presentes.

Querendo ou não, aquele convite era irrecusável. Tanto por ele parecer uma pessoa agradável quanto... bem, era óbvio.

Naru congelou por dentro. Tinha um certo medo de ficar sozinha, mas afinal, Lily era sua amiga e a outra moça era simplesmente encantadora.

- Claro - Daryl tinha um certo ânimo na voz. - Lily, vou deixar Naru cuidando de você. Acho que não vai sentir minha falta então - sorriu e olhou então a lacaia, baixando a voz - É sua missão da noite.

- Sim!! - falou uma Naru bem alegre e corada, realmente sentindo-se importante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Ter 10 Nov 2015 - 21:45

+ Lily e Nero +



Lily ignorou quando Daryl a chamou atenção também e rolou os olhos.


- Nossa, como vocês são chatos - ela reclamou e foi a vez de Nero rolar os olhos igualmente.


Ela sorriu com a brincadeira de Daryl e lhe fez cócegas quando ele esticou o braço. Sorriu travessa com as palavras de Loran e Daryl. As bochechas de Nero coraram levemente de raiva enquanto olhava o garoto.


- Não é na mansão que quero tacar fogo - Nero deixou escapar entredentes enquanto olhava Daryl com o canto dos olhos.


Quando Loran o chamou, Nero olhou para Lily com uma visível preocupação no olhar. Não gostava de deixá-la solta sem sua supervisão, principalmente em uma festa. Olhou Rose. Bem, ela não estaria sozinha afinal. Esperava que a sangue puro pudesse cuidar dela. Antes de se afastar tocou o ombro de Naru para que a menina o olhasse, já que Daryl já havia a ordenado cuidar de Lily.


- Não a deixe beber nada alcoolico - pediu enquanto encarava a menina intensamente nos olhos. Então voltou a olhar Rose e fez uma leve reverência com a cabeça como se pedisse licença e olhou Lily.

- Já sei, já sei, nada de beber, pode ir agora - ela o cortou e fez um sinal com a mão para ele ir logo embora.


Nero semicerrou os olhos e apertou uma das bochechas dela por aquela audácia antes de se virar e seguir Daryl e Loran.


- Superprotetores - Lily bufou enquanto massageava a bochecha vermelha.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 11 Nov 2015 - 1:29

Rose não entendeu bem porque o conde parecia tão indignado com ela. O que teria dito de errado dessa vez? Visto que costumava provocar esse efeito nas pessoas na maioria das vezes, só não queria ter feito nada errado agora bem na frente da professora D'Angelys. Droga!, pensou, corando diante do nobre, ainda mais depois dele perguntar sobre Lissa.- "Ai, e agora? O que devo dizer?, pensou, embaraçada.

No entanto, Angel não pareceu se importar e chamou a atenção do marido, com muita classe, por sinal.

- "Ela me ensinaria isso também? Que dama!", pensou, impressionada,

Sorriu para Selene e Angel, ainda um tanto sem-graça.
- Está tudo bem...Eu entendo e dou graças a Deus que meu pai não esteja aqui ou ele ia aprontar algo constrangedor se ouvisse aquilo...- lembrando do velho Abe Mazur, que provavelmente iria fazer uma cena...Não era fácil ser a filha de um mafioso...
Inspirando fundo, Rose deu seu mais belo sorriso e respondeu ao nobre.
- Milord, peço desculpas se disse algo que o ofendi. Realmente não tive a intenção de me comportar inadequadamente. E quanto a Lissa...Bem, como sua esposa muito bem disse, meu dever para com Lis...a princesa vasilisa se  resumem a seu bem-estar e segurança, a maneira como se comporta, adequada ou não, não me cabe discutir...Bem, se me dão licença, acho que vou circular por ai- fazendo uma breve reverência para o casal e piscando discretamente para Selene, com um sorriso.




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 11 Nov 2015 - 10:12

Rose ficou um pouco incomodada quando Loran diz beijando sua testa que iria se afastar. Não queria ficar longe dele, pois andava muito estranho e isso fazia ela querer sempre ficar de olho. Ainda mais nessa festa com interesseiros e ele não estar acostumado com essas situações. Mas no fundo sabia que ele conseguiria se virar.

Vendo-se sozinha com duas vampira sendo uma lacaia e a outra alguém que não tem muita noção das coisas, termina uma taça do vinho e é servida com outra. Sabia que iria precisar de bastante álcool naquela noite.

Pensando nisso lembrou da advertência de Nero com Lily sobre a bebida.

- Você não pode beber? - Pergunta com curiosidade sobre o assunto, Rose sempre gostou de beber. Era de uma época que não havia restrição de idade para beber. Então desde pequena está acostumada com vinho.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 11 Nov 2015 - 14:38

Ora, quando disse aquilo minha esposa e minha filha tinham que vim reagindo dessa maneira comigo, como se eu fosse o culpado, se o culpado e a tola garota que estava se comportando mal, e a jovem Hathaway não estava conseguindo controla-la. Faça-me o favor, sim. Receber uma bronca de minha esposa, mesmo que disfarçada, e uma bronca de minha filha na cara de pau, deu uma louca vontade de pegar aquelas duas e mostrar do que sou capaz.



Respirei fundo três vezes, e não foi o pior, a jovem Hathaway ainda teve a audácia de falar tal coisa comigo? EU um nobre, alguém de postura, refinamento, etiqueta, e acima de tudo finesse, quem era aquela baixinha para falar tal coisa comigo? Quem? Respirei fundo novamente, pelo menos ela estava indo embora, isso era um alivio, não teria que ouvir mais sobre coisas idiotas como lutas e nem nada disso. Olhei para ela enquanto saia e apenas cordial como um verdadeiro nobre, que suas palavras não atingiram.



- Esta dispensada minha jovem, como você mesmo disse, pode 'circular por ai'. - falei num ar de total nobreza como se fosse eu quem tinha dispensado a jovem de nosso convívio, e não era quem saiu por vontade própria. 


Naquele momento olhei para minha esposa, que me olhava com cara de poucos amigos, não poderia fazer nada, aquela garota loura ao fazer tal cena que começou tudo. Vendo sua face com raiva, e vendo que comia muitos chocolates, algo tava errado, e eu era o culpado e sabia disso, mas nunca irei admitir isso. Vendo sua cara fechada.


- Da proxima vez, faça com que seus alunos tenham mais finesse, mais postura e educação, e saibam como tratar os membros da nobreza. - falei naquela hora, e logo me arrependi ao ver a cara dela e de minha filha, por sinal olhei para a mesma. - Espero que seus futuros amigos, sejam mais educados do que essa jovem. - realmente dessa vez coloquei os pés pelas mãos, mas nunca iria admitir isso, jamais.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 11 Nov 2015 - 16:30

Angel estava começando a ficar irritada, e olha que isso era uma 
coisa rara, naquele momento quando ouvira sua filha falar, mas 
em seguida a jovem Hathaway dizer tal coisa a Norman, foi muito
bem merecido, ela olhava para o marido, que na maior cara de 
pau, ainda teve a ousadia de responder que ela ele quem estava 
dispensando a jovem, e ainda veio falar com ela daquela forma.
Contando ate dez, para não querer matar seu marido, Angel
olhou para a filha, e depois para o marido, assim que a jovem 
saiu, falando baixo somente para ele escutar.


- Jamais ouse fazer o que fez agora, isso foi de uma falta de
educação maior do que toda a etiqueta que aprendeu, e não
ouse repreender qualquer pessoas que seja pelo comportamento
so seu não é um dos melhores. - falou ela olhando o marido.


Sim, Angel estava extremamente irritada com norma, nem seus 
chocolates, que pareciam aparecer por magica pelo dela, a cada minuto, 
estavam resolvendo a situação. Esgotada pelo comportamento dele, 
segurando sua bolsinha.


- Com licença vou ao toalete. - ela se retirou de perto de Norman, 
no caminho perguntou onde se encontrava o toalete das damas, e 
foi na direção indicada. Só sentia sua filha a seguindo.


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qua 11 Nov 2015 - 16:54

Quando escutou a resposta dada por Rose, seu pai bem que merecia aquilo ele tinha sido cara de pau demais ao falar uma coisa que nem era do gabarito dele. Isso tinha deixado ela extremamente magoada com o pai, e naquele momento, quando viu rose ir embora , e ver sua mãe falar algo que não escutou para seu pai, ela quase começou a chorar de raiva, mas segurou, e olhou para ele assim que sua mãe afastou dizendo que ia ao toalete. Selene se aproximou do pai, e falando no ouvido dele, baixinho.


- Se eu não tiver amigos, a culpa vai ser sua. EU TE ODEIO. - ela falou saindo de perto dele logo em seguida, seguindo a mãe em direção ao toalete, ela estava com muita raiva, e isso a deixava mais nervosa ainda do que estava. 


Por causa de seu pai, poderia perder uma futura amiga, e isso por que ele foi estupido e problematico, tipico dele sendo ele mesmo. Deu uma raiva na garota. Acompanhando sua mãe, foi ao toalete das damas.


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qui 12 Nov 2015 - 7:56

+ Naru +


- S-sim senhor... - Naru assentiu nervosamente. Estava determinada a impedir que Lily bebesse. Mas não queria estragar a amizade entre elas.  Agora, com apenas meninas no lugar, ficava mais tranquila.

- Minha mãe era japonesa e não gostava que eu bebesse também, mas na verdade eu mesma nunca gostei muito, só dava goles quando era alguma comemoração importante. As pessoas que bebem ficam esquisitas... mas vocês parecem aguentar mais esse tipo de coisa.


Fotinho da Naru:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Qui 12 Nov 2015 - 11:11

~*Lily


A menina negou com a cabeça diante da pergunta de Rose e sorriu com o jeitinho fofo de Naru.


- Ah, esse é o problema. Eu não aguento porque não to acostumada com bebidas alcoolicas. Sempre que eu bebo eu... bem... - ela ajeitou uma mecha do cabelo, nervosa - Eu sempre acabo ficando bêbada e fazendo uma besteira... - suspirou - Papai tem medo que eu beba por causa disso. Eu perco o controle sobre meus poderes e acabo fritando toda rede elétrica ao redor.


Ela deu um sorriso sem graça e ergueu as mãos.


- Mas eu to bem, to bem, dois goles só não vão me deixar doidona - garantiu Lily. Era difícil saber se ela estava ou não sob o efeito da bebida com o jeito pouco convencional dela - Prometo ficar só no sangue - o problema era saber o que não estava batizado ali.


Olhou na direção de onde os 3 haviam ido e riu baixo, abraçando os braços.


- Devem ter esperado que nos comportássemos como menininhas e pássassemos a fofocar sobre coisas fúteis como vestido, cabelo, maquiagem... Homens não são engraçados? - ela negou com a cabeça e voltou a olhar as duas.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sex 13 Nov 2015 - 3:22

Aborrecida, Rose, ficou andando pelo salão sem rumo certo. Estava gostando de conversar com a Professora D'Angelys...Finalmente, encontrara alguém que falava sua língua, ou seja, gostava de falar de assuntos como aquele: lutas, treinamento, técnicas de combate, essas coisas...Mas aquele tiozinho doido tinha que cismar com ela! E o que ela tinha a ver com o comportamento da Lissa? Virara guardiã de sua castidade também agora? Nunca lhe disseram que esta seria sua função, ora bolas! Selene, a filha deles era uma menina legal também. Só esperava que não tivesse que se afastar dela também por causa de "seu comportamento inadequado". Que coisa! 
Bufou, entediada, pegando um cálice  e tomando um longo gole. Olhou em volta. Lissa estava...hum...ocupada e a mataria caso se atrevesse a se aproximar e além disso não gostara nada do olhar que seu nobre acompanhante lançara para ela e Selene...O que era aquilo...Uma não era o suficiente pra ele? E pensar que gostara de tipos como aquele antes...
Não longe dali, viu a Sangue-Puro, noiva do Kuran, que era sua xará conversando com uma menina que não conhecia e uma outra que não lembrava bem o nome (Lily) e se afastando um pouco, aparentemente circulando também, estava o Kuran, o rapaz que a cumprimentara na aula do professor Alfonso (como ele estaria?), Daryl, se não estava enganada e um outro que não lembrava de ter visto.
Apropriado ou não, resolveu se aproximar deles, pois queria muito perguntar uma coisa.
Se acercando de Loran, com o cuidado de fazer uma reverência respeitosa, o cumprimentou, cordialmente, antes de tudo, procurando ser o mais discreta possível.
- Bom vê-lo, Alteza, como está? - e em voz mais baixa: - E sua sobrinha Tohru? Ela está bem?




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Sex 13 Nov 2015 - 18:58

Rose olha para Naru quando esta fala. A garota parecia ser tímida pela forma que se comportava. E tinha acabado de virar babá da Lily. Realmente parecia ser alguém fácil de enganar.

Apesar dela fazer essas observações não pensava em fazer nada, Rose simplesmente tinha a incomoda mania e ficar mentalmente avaliando os outros quando estava entediada. E agora um pouco chateada com o afasto do noivo.

- Não, acho que tudo é questão de costume. Se Lily tivesse o hábito de tomar um cálice de vinho todos os dias se acostumaria com o tempo.

Ela para olhando para a taça. Percebe que aquela já era a terceira que estava para terminar.

- Se eu exagerar também fico alterada.

Logo em seguida ouve a Lily falar sobre fofoca. Ela fica realmente irritada com isso. Será que Loran estaria achando isso? Nunca fez isso na vida. Ela olha para noivo frisando o olhar. Dava para as duas vampiras perceberem a reação dela.

- Nunca fiz isso... - Dizia voltando a beber e a olhar para as duas.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mansão Lutont   Hoje à(s) 21:19

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mansão Lutont
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Assustador! - Episódio 1 "A Mansão Velha"
» o {Mansão} ? Descrição da Mansão
» Capítulo 3 - A Mansão do Inferno
» Garagem da Mansão
» Fachada Da Mansão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Alta :: Mansão Lutont-
Ir para: