Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Victoria - Alta Costura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Victoria - Alta Costura   Dom 22 Maio 2016 - 18:19





Spoiler:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D


Última edição por Master em Ter 28 Jun 2016 - 19:04, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Ter 28 Jun 2016 - 16:31

Coquetel e Desfile de Inauguração
Alta sociedade Vampírica convidada


Inauguração sempre são eventos trabalhosos e aquele não seria diferente, Victória estava se lançando naquela cidade, após uma ampla pesquisa de seus assessores que informaram a ascensão da monarquia vampírica no local. Ótimo para seus negócios, afinal precisava está a frente e sempre se manter no auge de seus investimentos e assim não deixar sua família ruir devido aos frutos podres que tinham. Outra situação irritante para Vick, ela precisava limpar o nome de sua família e decidira eliminar os frutos podres. Caçava pelo mundo aqueles que não eram dignos de usar o seu nome e os eliminava para assim a família que tinha por destino dominar a Inglaterra fora jogada na lama. Os Montgomerys eram outrora a história por trás da história da Inglaterra e foram jogados ao esquecimento devido aos frutos podres. Soubera por uma investigação que havia na cidade algum dos descendentes da família e já havia enviado lacaios para encontra-los e assim eliminá-los.

A noite começara e com ela muitos convidados se reunião no salão principal onde seria o desfile inaugural e também o coquetel de inauguração. A vampira puro estava elegantemente vestida em um longo branco desenhado por ela e apresentava aos convidados a sua nova coleção. A alta aristocracia vampírica estava reunida e aguardavam a presença dos Kurans a festa.

Vick caminhava entre os convidados seguida de seu assistente particular Gê que lhe passava todos os detalhes de quem era quem na recepção dos convidados.

Gê:
 
_ Aquele vampiro é o que comada o banco central da região... Outro é dono de uma agencia de publicidade e que ficou encarregado das propagandas espalhadas na cidade do atelier... - Gê estava elegantemente vestido e seguia Vick que olhava altiva tudo e todos com sorriso simples e convidativo.

_Perfeito... Essa noite espero que tenhamos uma ótima inauguração.

Caty:
 
Catarine passava entre os convidados e estava aparentemente entediada.

_Vick, será que minha novas amigas virão?

_Nãos e preocupe tanto, logo terá com quem conversar, acredito que virão sim já que você as convidou lembra? - Sorriu gentil a filha.

Caty voltou a bebericar o refrigerante e esperava que as amigas novas aparecessem.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sex 1 Jul 2016 - 23:32

Um convite delicado, porem de bom gosto com detalhes bem sutis, essa era a forma na qual Lirion descrevia aquele pequeno pedaço de papel entre seus dedos. Sentado em seu sofá tomando uma dose de whisky, o moreno sorriu de canto de boca  sentindo a leve fisgada para lhe chamar a atenção. O convite foi deixado de lado e então com um sorriso ladino e uma dor latente, o vampiro acariciou os cabelos da jovem que o satisfazia.


— ora ora, parece que alguém aqui quer chamar a minha atenção.
Em uma única golada,  o liquido havia sido sorvido e o copo vazio colocado sobre a cômoda para que então  o vampiro se erguesse. Com a mão estendida, tomou a mão da jovem e a deitou sobre o sofá do quarto. A jovem tinha os olhos marejados de luxuria enquanto o moreno se colocava sobre seu corpo.

— estarei ocupado mais tarde, portanto seremos breves.



...


 A barba mostrava ter sido feita a poucos dias, mas desta vez era proposital. Seu terno negro bem cortado e ajustado ao corpo davam características mais elegantes a seu porte. Estava tudo pronto, resolveu que por esta noite não iria de carro, o taxi era mais conveniente para o clima  local.  Seu relógio marcava que estava elegantemente atrasado para o inicio do evento. O telefone do hotel tocou avisando que o veículo o esperava. Com calma, recolheu a carteira, as chaves e o celular, fechou a porta do quarto e caminhou em direção ao elevador.


...



Ainda estava elegantemente atrasado (contando pouco mais do que 10 minutos após s i inicio do evento). O moreno saiu do taxi, guardando o restante do troco na carteira e retirando do bolso o convite para o evento. Não eram lá grandes coisas, mas ainda sim era um evento social, principalmente por quem havia o convidado. Era uma obrigação sua ir e prestigia-la. Assim que entrou, apresentou o seu convite e se apresentou, podendo entrar no evento. Não estava lá com bom humor (essas festas sempre tiravam seu humor), mas haveria bebida de qualidade ( e isso foi logo a primeira coisa que tomou assim que lhe serviram) e queria tirar a duvida, se quem havia encontrado era tudo isso que havia sentido ou era apenas frustração pela abstinência.


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Seg 4 Jul 2016 - 14:11

Mais habituda à nova vida e querendo honrar seu convite para o casamento do ano, Euphemia não relutou em sair de casa naquele dia de coquetel no ateliê de Victoria.



Usava um elegante vestido branco com detalhes metálicos adornados por pedras. Uma aquisição de Casper, é claro, pois ela não teria saído de casa para comprar um vestido por causa de uma festa que não fosse o casamento real. A seu lado, o próprio tinha arranjado um conjunto cinza para participar daquele evento à altura.



Menos espalhafatoso, o menino estava adequado ao evento social, sorrindo o tempo todo, mas sem gritar pelo evento. Cumprimentava absolutamente qualquer um que olhasse para ele. Já Euphemia fazia uma linha mais lady e apenas o acompanhava em silêncio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Ter 5 Jul 2016 - 20:55

+ Victória + Gê + Caty +

A estilista andava entre os convidados e por vezes parava para cumprimentar alguns dele, uns elogiavam a nova loja na cidade e outros perguntavam sobre investimentos deixando contatos com a vampira puro.

Caty estava ao seu lado um tanto chateada estava entediada e olhava a hora a cada minuto. Vick percebeu a postura dela e fez uma expressão de desaprovação.

Gê sorria gentil aos convidados e olho para a menina a chamando para lhe ajudar a ver se os artistas que iriam se apresentar enquanto o desfile não começava haviam chegado.

Se viu por uns instante sozinha quando pegou uma taça de champanhe deu um leve sorriso quando avistou o vampiro que havia visto no hotel naquele dia. Sua curiosidade falou mais alto e claro que pela bela aparência também, caminhou até ele elegantemente e parou na sua frente bebendo um gole do liquido espumante levemente adocicado com sangue humano da longa taça em sua mão. A pose da puro não era de imposição e sim receptiva a ele.

_Sr Gatemberg, aprecia moda, interessante...

Olhava-o com aqueles olhos azuis brilhantes demonstrando interesse no vampiro a sua frente.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Dom 10 Jul 2016 - 16:32

Lirion segurava o copo com whisky com leves tons d sangue humano, e por alguns instantes pensou que aquilo havia estragado a bebida. Anos de treinamento em conter sua sede o fizeram apreciar algumas coisas da sua forma mais pura, principalmente quando a fermentação e o cozimento não estragavam os sabores.


Seus olhos levemente acinzentados focaram a beleza que se aproximava, seu andar dizia muito sore ela mesma, mas fingiu não analisa-la tão a fundo enquanto bebericava mais um pouco de seu copo.


— bem, acho que prefiro mais as modelos... – com um sorriso de canto de boca enquanto se curvou formalmente— mas sim gosto de me vestir confortavelmente bem.


Seus olhos focaram com os da Puro sangue com um tom levemente zombeteiro, sim seu aroma era incrivelmente atrativo, mas comparado a beleza, parecia as vezes um tanto excêntrica. A beleza vampírica e mundana nunca fora o maior atrativo para o vampiro, mas facilmente se encantava com os detalhes  que passavam desapercebidos pela maioria, e a forma na qual Vick caminhava era um desses detalhes que traziam um certo interesse ao vampiro.  


— está graciosa my lady, agradeço pelo convite.
Seus olhos focavam em seu corpo, de forma que não escondia que a observava de cima a baixo (porém o fazia de maneira a não causar constrangimentos a ninguém). Seria abuso demais para alguém em sua posição? Talvez, mas Lirion não queria pensar nas consequências ( ou talvez estivesse e isso o deixava ainda mais interessado). Um sorriso ladino surgiu novamente em seus lábios, ela era delicada porém ao mesmo tempo demonstrava ser mais forte que sua aparência. Estava ansioso para o que viria a seguir.



— parabém por sua nova Loja.


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qua 13 Jul 2016 - 12:05

O rosto do maldito avô ainda jazia guardado em sua mente, assim como aquele sorriso gentil que dificilmente conseguia enganar Charles. Um puro sangue como os outros e com as mesmas segundas intenções de sempre e com a conversa fiada sobre herdeiro. Esse era Murtagh. E desde que o conhecera e começara a tentar regrar sua vida, Charles o odiava. Assim como odiava a maioria daqueles puro sangues almofadinhas e cheios de regras que conhecia.

Ele trazia um convite, claro. Do coquetel, o mesmo que ele havia recebido pelo correio e se recusado a ir por preferir estar com Sakura. – Isso é um evento para Lord Crow, não para Charles comparecer. Juro que prefiro comer merda a aguentar uma hora daqueles nobres lambe bosta tentando puxar meu Saco. – Lembrava-se de ter falado, com os braços envolta da menina, com uma expressão quase entediada diante do convite para aquele coquetel. Era obvio que aquela frase não fazia nenhum sentido, já que ele mesmo era o bilionário banqueiro conhecido como Crow, além de um puro sangue. Mas quem disso que novamente ele não poderia delegar essa função para Jason? Não seria um insulto por obvio, já que mesmo não sendo um puro, ele tinha o sangue nobre. Além do mais, para toda a imprensa humana, era o seu servo que passava por si. Nada mais justo, então, que eles tivessem a presença do falso Crow não é?

Mas não, para o velho não era, já que os joguetes ou interesses pessoais do vampiro não lhe interessavam muito. O que lhe interessava era Charles, e sua presença no evento. E, infelizmente, esse tinha alguns bons argumentos irrecusáveis que acabaram culminando naquele evento. E em uma “mudança repentina de ideia” do vampiro.

Ele teria que ir naquela merda.

Ryan tinha sorte em poder recusar, e também de não estar no foco de atenção do velho. Não deixava de pensar o loiro pestes a sair.

Ele vestia uma bela camisa escura, coberta por um terno negro que ficava bem em si. Não colocava gravata, no entanto, elas lhe incomodavam. Mas o caimento do tecido lhe caia muito bem. E mesmo que não fosse dos mais elegantes, ninguém poderia dizer que o puro sangue não estava deslumbrante, ou inadequado, quando entrou no ateliê de braços dados com sua irmã, adornada com um vestido branco, com detalhes e bordados feitos de ouro puro. Rostos pálidos, olhos violetas e cabelos dourados.  

Duas apresentações perfeitas e sobre-humanas eram eles ao entrarem, emanando suas auras pesadas de puro sangues. Essas eram duas das crianças Lutont-Fallneaves, apesar de tão contrastantes devido as expressões mais sérias do garoto e os sorrisos fáceis que a menina expressava.

Afinal, isso vai ser uma bosta. Pensava Charles, arranjando uma taça de Uisque para si, e alguma espécie de coquetel de morango com leite condensado para a menina, tomando cuidado para não se dignar-se a trocar olhares com Murtagh, sentado em uma das mesas, ou com seu assistente loiro que observavam o casal. – Não sei como alguém pode gostar desse bando de almofadinhas pés no saco. – Soltou em voz baixo para a menina, enquanto tomava um longo e demorado gole. – Por isso que nos contos de fada, existem príncipes e cavaleiros, Char-chan... – Melissa riu infantilmente, enquanto experimentava sua bebida, só então puxando o braço do irmão para poderem chegar mais perto do desfile.  


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Seg 25 Jul 2016 - 13:39

+ Victoria +

Tomou mais daquela longa taça de champanhe quando ele lhe respondeu, deslisou um pouco o quadril de lado fazendo uma pode suavemente inclinada para lhe da atenção. Ignorou a sua colocação sobre as modelos e abriu um sorriso nos lábios pintados em um vermelho aveludado intenso.

_Imaginaria que o interesse sobre moda não lhe caberia sr Gatemberg, mas espero que aproveite o evento.

Olhou-o no cantos dos lábios um tanto provocativa. Estava naquele fim de mundo e a menos havia algo interessante para se distrair, aquele nobre de jeito um tanto abusado ao falar com um puro sangue.


_Fico grata por ter comparecido e prestigiado, a loja vem com uma especialização para nossa “especie”, espero que aprecie muito a moda que aqui se apresentar.

Falou com certa ênfase no final em ele apreciar a moda que havia naquela loja. Fingiu não reparar naquele olhar do nobre a si, realmente ele tinha um certo jeito "abusado" mesmo sendo bem elegante e discreto ao demonstrar.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qua 27 Jul 2016 - 16:58

++ Freya++


Mais um dia como outro qualquer, mais uma festa como outra qualquer. Esse era o pensamento da ruiva assim que se olhou no espelho naquela tarde. Seu vestido era simples, era vermelho, mas tão escuro que poderia ser confundido facilmente com o preto. Seu corte era um pouco mais ajustado ao corpo e mesmo assim terminava acima dos joelhos. Ele continha uma pequena gola que cobria estrategicamente seu selo no pescoço, mas com um generoso decote frontal (porém nada que pudesse ser considerado impróprio). As mangas 3/4 fechavam à composição da roupa juntamente com seus sapatos altos nudes é uma pequena carteira de mão que levava a tira colo.

Seus cabelos caiam com leves cachos delicadamente delineados pelo babyliss enquanto seu rosto mantinha uma maquiagem tão delicada que pareceria não usar nada. A vampira sabia que não era ninguém ali dentro, não poderia ser alguém ali dentro... Não queria chamar mais atenção do que a necessária e se tudo acontecesse como devia ser, passaria mais uma noite como uma representante da família.

Tudo isso teria sido verdade se no momento que entrou na festa não tivesse avistado lirion. Ele estava ali com uma outra pessoa. Muito poderosa e cheia de olhares, provavelmente seria a dona da festa, mas isso não era algo que realmente se importava! Seus passos silenciosos a guiaram para dentro depois que reparou o olhar de seu meio irmão, por educação fez uma leve reverência e então continuou seu caminho quando encontrou alguém que a muito não via.

Um pouco maior mas seus olhos doces não a enganavam(mesmo que no fundo eles ainda tivessem um certo brilho de perigo, talvez isso um pouco fosse sua sina). Tomou da mão do garçom dois copos de bebida. Ambas pelo cheiro eram fortes, mas a ruiva pouco se importava(e nem mesmo havia prestado atenção no que o cara dizia)


- então parece que ficar entediado neste tipo de lugar não é uma coisa exclusiva dos impuros...


Dizia se aproximando com o copo estendendo um para charles enquanto o olhava atenciosamente de maneira zombeteira. Seus olhos se viraram na pequena figura loira(não tão mais pequena quanto antes)


- ora ora, parece que um pequeno botão floresceu entre os espinhos 
Disse desta vez olhando para Melissa com um sorriso gentil que parecia doer os músculos da face por não fazê-lo a mais de um ano, de alguma forma se sentia aliviada por ver rostos conhecidos do lugar como aquele.

- Não sabia que estava na cidade? Charles por que não contou? Se soubesse teria levado alguns doces para tomarmos um chá.



** Lirion**


- é sempre bom saber sobre material feito sob medida my lady. Espero que alguns deles sejam resistentes a grande umidade.

Com um gesto suave apoiou o copo vazio sobre um pequeno aparador próximo. Ele havia notado a forma na qual ela se movia é isso era de certo fascinante, talvez esta noite não seria um completo  desperdício. Com um passo curto se aproximou um pouco além da distância respeitável para alguém daquela posição ( mas isso nunca foi impedimento à sua família muito menos para a sua linhagem quase pura). Seu salto a deixava alguns poucos centímetros mais alta, porém isso não significava algum obstáculo para ele.

- me parece que meus instintos não estavam verdadeiramente entorpecidos. É sempre uma grande honra conhecer alguém de sua magnitude. Principalmente sem interrupções indesejadas.

A aproximação permitia que ele sentir melhor o aroma que Victoria
Exalava, e de certa forma aquilo o deixava um tanto curioso sobre sua personalidade.

- se não houve nenhum contratempo gostaria de marcar um momento para que se possa tirar minhas medidas. Apreciaria imensamente vestir uma de suas ideias.


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qui 28 Jul 2016 - 1:12

+ Victoria +

A vampira deslizava suavemente seu corpo naquele ambiente e atenta observava cada detalhe daquele nobre. Gostava do tom e jeito até atrevido na voz, estigava seu instinto natural de puro em impor presença, mas por hora se conteria para ver até onde iria aquela conversa.

-Resistência à água , acredito ter material para criar peças com essa resistência .

Notou aproximação dele e silenciosamente permitiu olhando nos olhos fixos e até felinos aguçados . Tomou um gole de seu champanhe e sorriu leve com a observações dele.

-Começo a acreditar que terá uma surpresa a esse respeito, mas ...-a mão de dedos longos , finos e de pele alva quase translúcida tocou o ombro dele deslizando e tocando a lapela de sua roupa. -Material de ótima qualidade vejo que tem excelente gosto para roupas apesar de serem clássicas . -Voltou a beber mais um gole do champanhe sem tirar a mão de seu peito sobre aquele paletó . -Será bem interessante tirar suas medidas e criar algo exclusivo.

Afastou um passo, mas sem sair do Campo de visão dele, estava achando divertido aquela provocação .


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sex 29 Jul 2016 - 21:54

++Charles e Melissa++

-Príncipes e cavaleiros... - O loiro parto de falar, saboreando a bebida um pouco amarga em seus lábios. Não é que aquela era interessante, mas... O vampiro riu. Mas ele não era nenhum dos dois. - Acho que nesse caso deve incluir os mercenarios tambem. - o puro sugeriu, acariciando levemente o cabelo dourado da irmã, que já havia pego a segunda bebida de morango sem álcool aquela altura e agora prestava atenção no desfile chato em si quase empolgada de,ais para o próprio bem.

-Mas mercenarios também são cavaleiros - Insistia a pequena já não tão pequena assim - Eles usam espadas e elmos, e também podem salvar princesas...

Dependendo da motivação, pensou o vampiro, embora seu rosto apenas assentisse para a pequena. Ele podia sentir aquele cheiro e os olhares, ele o observava de longe, seu irritante avô junto com o irmão. É por instantes Charles até se sentiu disposto a encara-lo de forma desafiadora, para indicar que ele não era um daqueles carrapatos que o seguiam até o inferno. Mas talvez simplesmente tivesse esquecido quando cruzou o olhar com Freya Gattemberg e suas bebidas.

-Não me encaixaria em certos rótulos devido ao meu sangue, embora me surpreenda que também tenha sido carregada para esse tipo de lugar. Veio servir? - Respondeu com desdém, embora tenha usado uma sutil provocação no final apenas por costume, antes de pegar a outra bebida que a mulher oferecia, entornando um gole calmo.

Melissa por sua vez parecia agitada quando a viu, soltando um belo e grande sorriso. -Freya-neechan, é tão bom vê-la! - Anunciou tomada por felicidade, indo até a outra e abraçando sem qualquer cerimônia. Mesmo com sua forte aura de puro sangue e corpo desenvolvido, ela não deixava de ser a criança de antes de alguma maneira.

Charles apenas tossiu própriopositalmente como para chamar atenção em meio ao circo que a irmã armara. Com certeza Murtagh observava insatisfeito pela forma calorosa que a menina tinha de agir, pode supor, mas de qualquer forma ignorava esse fato. - Dessa vez, ela não é fruto meu, o velho decrépito que me chama de seu neto resolveu me fazer uma surpresa... - E ele tomou outro gole.

-Sim. O vovô resolveu se mudar para cá... E... - Ela por instante olhou para os lados e se afastou. - Desculpe-me por dó e por amassar suas roupas, Freya-neechan, está linda. - Melissa pegou outra bebida de frutas sobre a mesa, embora essa tivesse cheiro mais forte. - Mas sim, eu adoraria comer doces... - Seus olhos brilhavam diante daquela palavra.

Exceto pela aparência, Melissa realmente parecia parada no tempo e em meio à sua inocência e seus contos de fadas.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sex 29 Jul 2016 - 23:15

++Freya++

Charles escreveu:
-Não me encaixaria em certos rótulos devido ao meu sangue, embora me surpreenda que também tenha sido carregada para esse tipo de lugar. Veio servir?


O que esperar de Charles além das suas piadinhas? Ora, criado entre as víboras esse tipo de comportamento era incrivelmente mais comum do que a maioria imagina... se não o conhecesse tão bem, e não fosse quem é hoje, teria ficado terrivelmente ofendida.
- mais é claro que vim servir my lord, não percebe que compreendi sua ânsia por uma bebida forte e prontamente vim atendê-lo?


Com um sorriso zombeteiro e uma piscadela a ruiva se virou para ela, Melissa, estava mais bela do que nunca ( talvez ela realmente fosse digna de títulos de beleza que são dados aos sangues puros, kagura realmente era uma linda flor com espinhos e veneno).


Aquele agito e aquele abraço tão doce quanto o de uma criança, em pensar que por anos odiou os vampiros, porém depois de tudo não conseguia mais odiá-los. Sua mão livre envolveu o ombro da pequena boneca e a apertou forte por alguns instantes, e logo a soltou, apoiando sua bebida próximo a Charles.


Seus pedidos de desculpas a deixavam ainda mais encantadora, e tudo o que conseguia fazer era sorrir. Freya então se agachou (não precisaria se abaixar tanto, visto o quanto a menina havia crescido).


- não precisa me pedir desculpas, veja... não está amarrotado- com um sorriso continuou- por favor, é melhor que não me abrace assim na frente de tantos estranhos my lady ou ficarei vermelha recebendo tanto olhares.
Seu rosto demonstrava uma leve timidez, mas apenas disfarçava o temor de ser o objeto de atenção de quem não devia, principalmente dela sofrer alguma consequência por sua causa. Freya sabia que tal intimidade entre os pertencentes de castas diferentes era má vista, principalmente quando estes eram os dois extremos.
Tomando seu copo entre os dedos, Freya olhou para a reação de Charles, e logo voltou seus olhos para Kagura.

- quando puder, me avise e tomaremos chá com alguns dos doces especiais, se não me engano gosta daqueles de chocolate recheados com sangue não é?

Adotando uma postura mais relaxada a ruiva tomou uma longa golada daquela bebida, o álcool era forte, porem aguentar aquele tipo de reunião merecia um tanto de álcool.
- apesar que não sei, não era aquele seu avô que diziam ser um pouco ... como dizer... antiquado  com algumas informalidades?  Afinal Charles agora trabalha... o que podemos considerar um milagre e eu não havia encontrado seu nome na lista de alunos da academia, não estudará lá este ano?


**Lirion**
Por mais que vestisse um terno completo de três partes, suas roupas pareciam ser todas desenhadas sob medida. Casa costura e dobra eram proporcionais ao seu tipo físico e principalmente a sua personalidade. Seu aspecto vaidoso por vezes era confundido com outra coisa, entretanto nada dizia em resposta. Sua musculatura rígida por debaixo da roupa era percebida ao toque, aquele não era o corpo de um homem simplesmente vaidoso, mas sim de um guerreiro, talvez algumas cicatrizes espalhadas pelo corpo e excesso de cuidado para que sua real natureza nunca aparecesse, Vick poderia tirar suas próprias conclusões com relação ao cheiro de lirion entre outras coisas.


- como disse, não sou chegado a moda mas gosto de me sentir bem, faz parte do que sou.
Com os braços levemente abertos, parecia se mostrar a Vampira para que ela pudesse devora-lo com os olhos, seu ego se inflava principalmente quando alguém de tao elevada posição se sentia atraída por ele. No final aquela pequena conversa nada mais era do que uma cantada barata(ou nem tao barata assim). Surpresas agradáveis era o que o moreno gostava, seus olhos azuis desceram ate o devote da vampira e logo se voltaram para seus olhos, uma leve erguida de sobrancelha e um sorriso sedutor dizia que estava ansioso para a surpresa.

— aparecerei por aqui então amanha para marcar um horário apropriado. Espero que a agenda esteja disponível.

Aquele único passo para trás indicava um jogo, lirion estava sendo observado portanto não daria aquele paço naquele instante, porém, aproveitou para medir suas curvas aquela distancia. Aquela sensação era boa e de fato aquela inauguração seria uma pequena tortura. Levou uma das mãos ate o bolso e  com a outra se serviu enquanto o garçom passava. Seus olhos a devoravam sem disfarçar o desejo que sentia por ela participar daquele pequeno jogo, deu então um passo mais longo ficando perigosamente próximo a Victória e então erguendo o copo para brindar com ela, talvez apenas aqueles que os observasse o tempo todo perceberia o quão atrevida foi a aproximação do vampiro, que logo brindou sem mesmo permitir que ela se negasse, e então bebeu um gole daquele drinque, dand um passo para trás novamente mantendo a distancia respeitável.



- acho que começarei a apreciar um pouco de moda depois de observar vosso talento.


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sab 30 Jul 2016 - 8:05

+ Victória +

Ela estava gostando daquela brincadeira, fazia tempo que não abria espaço para outro vampiro, agora desde o dia do hotel que o encontrou sentiu vontade de estiga mais aquele nobre.

-Fico grata pelas suas observações, e claro que poderei ver se encaixo um horário apropriado para lhe mostrar algumas ideias que posso criar para vós. 

Empinou o nariz bebendo mais do seu champanhe notando aquela postura desejosa do nobre que aparentemente não fazia questão de esconder.

-Sr Gatemberg acredito que muito desejem ter acesso ao que crio, não é qualquer um que consegue, prefiro demonstrações de que vale a pena perder meu tempo com algo que crio a algum futuro "cliente". - Inclinou o corpo e fez um giro para finalmente dar atenção aos demais convidados, ainda que tivesse curiosidade com aquele vampiro. -Será que posso perder tempo com o senhor?

A vampira mantinha um olhar fino e até sensual ainda não usava sua presença para atrai-lo, mas a sua posição e até pureza de sangue era o suficiente para despertar o desejo pelo sangue daquela puro, além claro de o desejo que ele tinha a cada olhar para seu corpo.

- Aprecie a festa e o desfile, fico grata por ter vindo prestigiar a festa.

Afastou andando de forma sensual e despreocupada sem se importar se ele iria ou não segui-la com olhar, apesar de ter certeza daqueles olhos sobre ela. Aproximou-se de outros convidados fazendo a anfitriã que era. 

Gê se aproximou e ela falou-lhe em italiano.

-Amanhã a noite após as 22 h não marque nada, não atenderei após esse horário.

Gê pegou o ipad e anotou algo e concordou voltando a falar de outros convidados e indo apresentar a estilista.

*****

+ Loran + 

Aquele tipo de evento não atraia muito a atenção de Loran, por isso ele não iria, pediu então para Rose representar o clã Kuran no evento e junto a ela foram Tohru, Urbi, Siara e Kitwana.

*****

+ Magnus +

Era uma reunião de vampiros e o mafioso tinha enorme interesse que aquele evento fosse marcado com sua presença, assim ele saltou do carro com o convite em mãos, seguido de sua bela vampira acompanhante Valery e de seus assistentes Nero Sorel e Richard.

O lugar estava cheio e eles entraram após conferirem o convite e permitirem a sua entrada, havia comprado a presença ali e assim ficou apreciando o lugar e claro avistando o seu alvo, Victória.

No lado de fora deixou dois de seus seguranças que foram guardar o carro no estacionamento e esperar pela saída de seu chefe.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Tohru Kuran
B
B


Feminino
Char RPG : Tohru Kuran
Humor : otimista
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 705
Inscrição : 11/04/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sab 30 Jul 2016 - 12:01

Tohru, sentia-se pouco à vontade em festas como aquela mas sabia que Cathy, sua nova amiga, fazia questão de sua presença e seu tio Loran havia pedido que ela fosse com sua esposa Rose acompanhando Urbi e as outras mulheres do clã de Puros africanos. Elas estavam encantadas com tudo e Tohru estava feliz com a animação delas. Elas disseram que ela precisava se divertir e seu tio concordou. Não custava fazer a vontade delas, poderia ser divertido e era bom estar com suas amigas. Viu a alguma distância o pai de sua amiga Lily e sorriu, num cumprimento discreto  e olhou em volta. Será que Lily e Naru estariam ali também?

Sua amiga Rose Hathaway também fora junto a seu pedido. Sentia-se segura com a presença forte e descolada da ex-guardiã (Achava que seu tio ia chamá-la pra isso de novo). 

Finalmente viu Cathy a um canto parecendo muito entediada e ansiosa pela chegada delas. Chamou Urbi e Rosemarie e pedindo licença a Rose-Sama foram até ela.

-Kombawa, Cathy-chan! Como vai? - sorriu para ela.- Desculpe a demora. ^^


"-Você é carne ou espírito?
 -Eu sou tristeza."
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sab 30 Jul 2016 - 14:08

++Melissa e Charles++

Piadinha ou falta de educação? Realmente não era sua culpa. No fundo, Charles sempre odiara lugares como aqueles e suas frases zombateiras tinham um real papel melhorar seu próprio humor, não a intensão de ofender ninguém. E não seria Freya acostumada com seus modos informais também?

-Me servir? - Um sorriso quase zombeteiro e sugestivo surgiu em seus lábios, embora em realidade não passasse de uma brincadeira. - Me sinto lisongeado. - E novamente ele tomou um gole, acabando com o copo de bebida em suas mãos, enquanto seus olhos procuravam os sinais de algum garçom. Preferia ter muito mais bebidas naquela noite, pelo menos para encarar a encheção de saco daquela tal festa sem graça.

Melissa por sua vez mantinha sua expressão alegre e sorriso largo em seu rosto pálido como o de uma vermelha, embora mantivesse a cabeça um pouco inclinada para baixo, como para se desculpar de seu erro. Não. Uma lady não poderia agir daquela forma, nem submeter outra a se submeter a algo assim. -Nao, é só que talvez isso possa te causar problemas. - Falou um pouco inserta, embora seus olhos tenham se iluminado com a próxima frase. - Sim. E aquelas tortas também. - Falou um pouco mais empolgada pegando a quarta bebida no modo automático.

Charles apenas olhava Melissa de lado, observando a bebida que a irmã tomava, então esticando a mão e também pegando um daqueles coquetéis desconfiado. Álcool, vodca provavelmente misturado a algo doce demais para sentir-se o sabor da bebida. Não era dos seus preferidos, mas, já que também tinha pego... Um pouco mais de álcool não cairia mal. -Antiquado não é exatamente a palavra. - Dessa vez foi a voz de charles a falar, enquanto expressava caretas para aquela bebida extremamente doce é enjoativa. -Embora essa tenha sido uma das razões pelas quais pretendo me manter longe de meu clã e de toda essa baboseira de puro sangue, e também porque não pretendo usar da ajuda deles para me manter. - não. Ele era tão rico quanto qualquer coisa que permeasse seu nome de família.

Falando em família... Charles encarou novamente Melissa incomodado. Aquela bebida que ela tomava uma atrás da outra....

Melissa por sua vez apenas continuava a pegar um copo do coquetel de frutas atrás do outro sem notar. - Não, ele é apenas um pouco tradicional demais, mas Jean-chan se dá bem com ele, quanto à academia. - Mais um gole - Vovô me inscreveu por lá só agora, devo voltar a estudar lá quando as aulas começarem, acha que vamos ser colega de classe Freya-neechan

E então as pequenas mãos da menina foram em direção às bebida da mesa novamente, antes de serem paradas pela mão de Charles. - Não, já está bom... Vamos pedir um suco de morango com leite para você.

++Murtagh++

O homem apenas observava seus dois netos a distância, sentado em uma mesa mais afastada, com olhares quase atentos. Desviando a atenção vez ou outra para alguma figura importante que achasse que a merecesse.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sab 30 Jul 2016 - 14:39

+ Nero +


Nero se perguntava o que estava fazendo ali. Não que não tivesse recebido convite, ficara extasiado com a oportunidade de conhecer a tão famosa estilista e sentia-se honrado de ter sido convidado. Moda era algo que o ruivo apreciava há muito tempo, estar na inauguração do ateliê de Victória era quase um sonho. Não fosse um pequeno detalhe...

Magnus. Por que diabos aquele humano iria também àquele evento? Teoricamente somente vampiros haviam recebido tal prestígio. E, era claro, o traficante havia mexido seus pauzinhos para descolar um convite. Nero sentia como se alguém tivesse jogado um balde de gelo em cima dele. O que deveria ter sido um momento de êxtase havia se tornado um pesadelo. Acompanhar Magnus. Que alegria (sarcasmo). 

Apesar de estar sempre com um sorriso leve nos lábios, o olhar demonstrava o descontentamento. Estava indignado de seu barato ter sido cortado, mas não tinha o direito de reclamar, não era louco o suficiente para contestar ou negar a ordem do chefe. Já que Magnus estaria ali, Nero vetou que Lily e Naru fossem ao evento pela segurança das meninas. Não queria de jeito algum aquela criatura odiosa no mesmo lugar que suas filhas. Quanto ao genro, ficou por conta dele mesmo escolher ficar de olho nas garotas ou comparecer ao evento.

Entrou após apresentarem seus convites, mantendo-se ao lado do humano Richard. O lugar era magnífico. E ele estava ali a trabalho. Não conseguiu conter um suspiro baixo e um olhar desanimado ao outro. Viu então a menina Tohru ao longe e a cumprimentou com um aceno com a cabeça. E mais além, era impossível não sentir a presença imponente da puro. Seus olhos brilharam, era mais bela ainda pessoalmente. Gostaria de poder ir cumprimentá-la, mas devia ficar ao lado de Magnus como um bom cãozinho adestrado que fingia ser. Então permaneceu perto do casal, em silêncio. 




Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sab 30 Jul 2016 - 18:48

**Lirion**


Teria sido repreendido por ser um tanto inconsequente com sua aproximação? Não ela o fazia para provocar, tinha certeza por conta de seu leve curvar e a pea visão de seu busto delicado... se o moreno não fosse experiente no auto controle, teria a certeza que naquele momento se encontraria em uma situação um tanto constrangedora. Seus olhos friamente observaram  cada detalhe, principalmente seus olhos  e seus lábios, o desejo de toma-los crescia, queria provar daquela arrogância que a fazia erguer seu nariz em um ar soberbo. Lirion era paciente e apreciaria todo aquele jogo.
- acredito que só existe uma forma de saber my lady.

Com um comprimento sutil com o copo levemente erguido como se brindasse  respondeu aquela pergunta com uma charada, ela iria provar por si própria se ele valia apena? Ou ignoraria tudo aquilo?
- da próxima vez que nos reunirmos poderá tirar suas próprias conclusões.


Em um cumprimento formal se curvou em despedida, observando à forma no qual seu quadril se movia, e assim que se afastou voltou a caminhar.  Trocou seu copo de beida e logo pegou o celular que vibrava no bolso, então com passos calmos se dirigiu ao espaço do desfile, se sentando em uma das cadeiras frente a pequena passarela improvisada, atentamente lia algumas mensagens e prontamente as respondia.

++Freya++


- boa menina
Freya dizia tocando a face vermelha da pequena a sua frente, com um sorriso confiante enquanto delicadamente erguia seu rosto.
- nunca o abaixe, é sinal de fraqueza, uma mulher da sua posição nunca deve ser fraca.
Naquele instante se lembrou do olhar um tanto desdenhoso de Elizabeth, a mãe de lirion lhe acertando as costas com um dos chicotes usados para equitação.

“- uma dama nunca abaixa seu rosto, nunca ergue sua voz além do sussurro, nunca desafia com o olhar se este não for um flerte, e principalmente, nunca demonstram ser fracas. Seja delicada como uma rosa, mas tenha espinhos para se proteger”

- sim! As tortas, Claro, como poderia me esquecer.
Com os olhos observou as mãos de Charles e ele degustar a bebida doce, e pela reação do loiro, a bebida continha álcool. Com um sorriso um pouco arteiro, Freya aproximou sua mão sem tocar n braço de Charles, por vezes os de sua classe não eram nem mesmo permitidos a tocar na realeza, apesar dela mesma ser uma herdeira do trono real da Dinamarca, ainda sim era uma bastarda.

- ora ora, Charles, por que não a deixa  se divertir um pouco? A meninao não costuma aprontar tanto quanto você e de qualquer forma vai levar a culpa não é mesmo?
- de qualquer forma kagura-chan, não sei se ficaremos na mesma sala, afinal acredito ter repetido de ano. Mesmo assim nos veremos por ai. A academia é grande mas como agora pertenço ao dormitório lua, poderemos nos ver sempre que quiser.

com um ar levemente inocente, voltou a bebericar seu drinque enquanto observava a reação de Charles.


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Sab 30 Jul 2016 - 23:44

-Rose-


A bela puro chega à festa acompanhada da sobrinha de Loran e as mulheres puras do clã africano. Na entrada ela nem ao menos precisou mostrar o convite, a mesma era um dos rostos da nova coleção que estava sendo lançada na festa.
Vestida com uma das peças exclusivas, o vestido negro caia com perfeição sobre seu corpo e com o andar leve que Rose tinha o vestido acompanhava os movimentos com maravilhosa perfeição.


Vestido:
 

 
Não fazia muita questão de ser extremamente simpática com todos daquele lugar, e Victória sabia disso, mas sabia também que Valentine nunca a deixaria passar vergonha. Ela sabe agir de acordo com a situação. Sua presença já era algo a ser notado pelos outros, ainda mais ela sendo a futura soberana por causa de Loran.
 
Pegando uma taça de champanhe, sabia que deveria ao menos andar durante algum tempo pelo salão por causa do vestido, então preferiu permanecer em pé durante alguns minutos.
Ao longe via Victória sendo uma boa anfitriã e falando com os convidados, deixou que ela terminasse, provavelmente notaria sua presença.
A vampira também nota que a sobrinha de seu noivo já estava acompanhada por Catherine, o que era um bom sinal.
 

Enquanto bebia o champanhe ela observava discretamente as pessoas no recinto.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Dom 31 Jul 2016 - 8:59

++Charles++ ++Melissa++

-Sim. Eu sei. – Confirmou a menina quase abaixando a cabeça. A criança não poderia ser mais uma criança, não vivia mais em um conto de fadas. Se recordava das frases do avô. – É só que... É algo novo. – E voltou a tentar levar o liquido a boca, quando olhou a expressão de Charles a segurar sua mão um pouco confusa. – Mas isso é mais gostoso que o suco...

O menino por nenhum tirou a expressão séria do rosto. – Mas o suco... – Deu um suspiro quase vencido – Eu não vou me responsabilizar por isso. – E pegou um copo de uísque forte para si próprio, tomando. Sim. Álcool não seria o problema, aquele lugar era um porre mesmo.

Melissa sorriu, agarrando Charles com um abraço, embora tivesse que esticar o braço para alcançar seu pescoço devido a altura do irmão, em seguida pegando outra daquelas bebidas doces que tanto gostava. – Sim será ótimo... Embora provavelmente vá ficar em uma sala cheia de desconhecidos.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qua 3 Ago 2016 - 9:41

Daryl

Daryl tinha optado cuidar das garotas e só não compareceu àquele evento social porque quis garantir que a vampira não teria um acesso de curiosidade e apareceria de sopetão na festa. Além do mais, seria indelicado deixá-la sozinha. Nero já estaria no evento para investigar qualquer situação suspeita. Por conta disso, pensou em comparecer com a namorada em outro dia mais calmo para comprarem as roupas do casamento.


Vilhelmina

Com toda a exuberância, Vilhelmina compareceu ao evento em pessoa, mas com a aparência trocada, de Jourdan. Tinha um longo vestido preto extravagante e caminhava pelo local com toda confiança. Agora que tinha um aliado certeiro, não precisava temer seus filhos puros. Pelo contrário, poderia até abusar um pouquinho. Seu ego sempre foi um problema e logo ela abandonaria aquela farsa custosa. A ideia de revelar-se para Casper e Euphemia parecia cada vez mais divertida e por isso achava menos necessário se portar humildemente.

Sorriu a qualquer um que estivesse por perto e capturou logo uma taça para iniciar a noite.
Vestido:
 


Euphemia & Casper

Euphemia se colocou em um canto, bebendo de leve para ter algo o que fazer naquela noite. Sua vontade de estar ali começava a baixar a cada minuto que se passava.

Casper, por outro lado, apontava pessoas, acenava para elas e tentava ser o mais alegre possível, aos poucos perdendo aquela postura séria que tentou implementar em respeito ao evento.

- Euphie! Olha, é a senhorita Melissa! - dizia ele, acenando para as pessoas. Ele não queria deixá-la completamente só e por isso não se aproximava de ninguém para conversar. Secretamente, a vampira agradecia aquele gesto, pois a tristeza estava mais forte ao observar tantos casais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qua 3 Ago 2016 - 15:20

+ Victória +

Ela olhou de lado, realmente estava sendo muito divertido brincar com aquele nobre, e ao que parece estava muito interessado em continuar aquela divertidas provocativas, mas a puro não é de ter determinada atitude por tanto tempo, possivelmente algo lhe dizia que seu próximo encontro teriam alguma surpresa.

-Aguardarei sua visita a loja Sr Gatemberg .

Pouco depois com alguns convidados falava sobre a nova coleção quando viu sua top principal chegar, claro que além de ser a garota modelo de sua marca, era a soberana dos vampiros e essa presença deve ser valorizada. Pediu licença aqueles convidados e se aproximou de Rose sorrindo.

-Belíssima minha soberana rs – sorriu um tanto provocativa sabendo que aquele título dava um certo desconforto a amiga. - Estamos quase na hora do desfile, então aquele seu Kuran realmente não veio? Bom, se não fosse seu pedido de desculpa formal, iria ficar chateada com a ausência de nosso soberano. - Abriu novamente o sorriso suave para alguns convidados que se curvavam em respeito a puro.

+ Cathy +

Sorriu e quase eufórica quando viu alguém que pudesse lhe fazer companhia.
-Ahhh... Tohru-chan que bom que veio, isso aqui está um tédio, mama deveria animar as coisas colocar agito, mas ela falou para ter paciência que a noite só está começando.
Inclinou o rosto de lado sorridente e pegou uma bebida.
-Como estás amiga? E nossa pequena cria nessa barriga, anda aprontando? Rs

+ Urbi +

vestido Urbi:
 


Chegou junto a mãe e a madrasta e estava encantada com tudo, era sensacional ver um desfile como aquele de perto, sua mãe sorria para todos que se curvavam para as puros.

- Olá Cathy, que bom que estamos juntas, esse lugar é maravilhoso.

*********

+ Magnus +

Estava muito a vontade naquele lugar lotado de vampiros, não estava se importando pelo fato de ser humano, sabia que logo chamaria atenção de quem viera procurar.

-Valery fique atenta, logo teremos que sair.

Olhou Nero e fez um gesto para se aproximar.

-Não pretendo demorar, até porque algo me diz que será uma visita rápida, se afaste e circule pela festa, observe tudo qualquer informação que obter Sr Sorel será muito útil.

Magnus avistou Victória e como se ela sabia que ele estava presente a puro o olhou, sua expressão sorridente mudou e ela fez um gesto a Rose que iria se afastar.

+ Victória +

A puro se aproximou suavemente andando até ele, não tirava os olhos de cima do humano, sua expressão era de puro ódio.

-Aldoph Magnus... Ousadia vira até aqui... - A puro estava próximo dele. -Saia, antes que mande lhe expulsar. - Virou procurando um segurança.

+ Magnus +

-
Não precisa chamar seguranças Vick...- Ele tomou um gole do wiski que pegou de um garçom e ainda encarando a puro voltou a falar. -Somente queria ver como estás depois de 1200 anos.

Sorriso sínico a face denunciava que ambos provavelmente iriam se digladiarem a qualquer momento.

-Sabe, vosso pai estaria orgulhos de tão bela e claro poderosa vampira se tornaste.

+ Victória +

-Victória pra você traste... - Ela falava baixo, no entanto tentava não denunciar que estava havendo uma pequena discussão iniciando. - Dobre a língua ao falar de meu pai, miserável, sai daqui antes que lhe mande expulsar.

A vampira estava perdendo a compostura.

+ Magnus +

-Seu pai foi um tolo achando que seu plano daria certo, bom de certa forma preciso lhe agradecer, ah sim... - fez uma pausa finalizando o último gole do wiski. - Se ele não tivesse morrido no processo ... rs

Ele se afastou e deu o braço a Valery se retirando do lugar.

- Até breve Vick, logo voltaremos a conversar.

Sai do local com um sorriso vitorioso, os seguranças voltam e trazem o carro. Pouco depois vai embora, mas deixa Nero para que possa colher informações do evento e levar a Magnus.

+ Victória + Gê +

Logo que ele fala novamente do pai, a vampira tenta avançar nele, mas e contida por Gê que chama atenção referente aos convidados. 

-Calma Baby, esse desgraçado queria isso lhe fazer perder a compostura. 

Victória sentia um rosnar de ódio brotar no peito, conteve-se e pegou outra bebida para poder voltar a seu normal. Viu o maldito deixar o lugar e voltou o olhar a o local do desfile.

-Vamos Gê, precisamos começar o desfile...- caminhou entre os convidados indo para a área onde estavam as modelos se preparando para o desfile. -Aquele desgraçado mesmo humano o maldito ainda nos afronta, realmente, papa foi muito tolo achando que seu sacrifício pararia esse maldito.

Gê olhava tentando confortar e lembrando-a que tinha aquele evento para inciar.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Adrian Ivashikov
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Adrian Ivashikov
Humor : Bipolar
Localização : Em seus sonhos , baby...^~
Posts: : 27
Inscrição : 09/03/2016

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qui 4 Ago 2016 - 3:32


Não foi surpresa para Adrian receber o convite da nova Maison de Madame Victoria. Sua tia-avó, ou aquela que acreditava ser sua tia-avó, a rainha Tatiana Ivashikov de St.Vladimir, era uma das principais e diga-se de passagem, das mais exigentes clientes exclusivas daquela famosa estilista. Ele mesmo gostava de usar modelos da linha masculina, afinal apesar de seu jeito despojado gostava de se vestir bem. Além disso havia bebida de graça e poderia ver sua provável irmã. Seu novo tio, atual soberano supremo dos vampiros, não o queria muito próximo dela até que seu parentesco com os Kuran fosse definitivamente comprovado, mas era mais forte que ele. Ele precisava ficar perto dela. Nem ele entendia porque.Só precisava. A aura pura e radiante dela era um mistério que o fascinava e parecia ter um efeito harmonizador sobre seus poderes.
Seus dons estavam bem aflorados aquela noite e a grande concentração de pessoas tornava isso ainda mais angustiante mas a rainha Tatiana o mataria se ele não cumprimentasse a estilista Puro Sangue e desse uma olhada na coleção por ela. Ele esperava que algumas(muitas) doses de vodka e champagne, talvez um vinho batizado com sangue, quem sabe, o ajudassem...Tohru possivelmente estaria lá com os Kuran, embora não conseguisse imaginar Loran naquele ambiente.Ele sorriu se lembrando que ele não parecia se dar muito bem com a Puro.  Enfim, aproveitaria a noite da melhor forma possível.
Após dar umas voltas pelo salão e beber algumas taças de champagne, observando os convidados e suas respectivas auras avistou Victoria enfim, conversando a nova rainha dos vampiros, a xará de sua ex,Rose. Tohru conversava mais adiante com a filha da estilista. Depois falaria com ela. Seguiria o protocolo e falaria com a dona da festa e a soberana em primeiro lugar.
Com um sorriso charmoso, ele se aproximou com seu andar de felino e aguardou uma oportunidade de abordagem elegante. Ele bem poderia ser um modelo se quisesse, sua tia sempre lhe falava isso.
-Madame Victória... Majestade...- ele fez uma reverência graciosa para as duas Puros, abrindo seu sorriso mais encantador.- Venho apresentar meus cumprimentos em nome da rainha Tatiana. Sua nova Maison é magnífica, Madam. Minha tia gostaria muito de poder estar aqui para apreciar sua nova coleção, porém negócios de estado urgentes a retiveram em nosso pequeno país. Estou aqui em seu nome e ansioso para apreciar sua arte.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Tohru Kuran
B
B


Feminino
Char RPG : Tohru Kuran
Humor : otimista
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 705
Inscrição : 11/04/2009

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qui 4 Ago 2016 - 3:59


Tohru sorriu para Cathy feliz também vê-la.
-Confesso que me sinto um pouco deslocada, mas não podia deixar de aceitar seu convite, Cathy-chan! Bom que assim faremos companhia umas às outras. Devo dizer também que a nova sede de sua mãe é maravilhosa. tenho certeza que a coleção deve estar incrível.
Ela corou e seu sorriso se tornou ainda mais doce, daquele jeito sonhador e radiante que só as futuras mamães mostram.
- Estamos bem...- disse, acariciando o ventre ainda liso dos poucos meses de gestação.- Sinto que ela fica cada vez mais fortalecida e não senti mais nenhum mal-estar desde que Kyo-Sama...Bem, você sabe...


"-Você é carne ou espírito?
 -Eu sou tristeza."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qui 4 Ago 2016 - 22:29

**Lirion**


o trabalho de  alguém na sua posição nunca acabava, ele sabia disso, mas por aquela noite ele não perderia muito da sua paciência. Seu alvo principal e anfitriã da festa estava dando atenção ao restante dos convidados, seria deselegante se ambos  conversassem durante toda a noite quando ela teria que fazer as honras, afinal todos ali presentes eram seus convidados. Com as mãos ainda sobre o aparelho celular, o moreno digitava rapidamente as ordens que passaria a seus subordinados. Antes estava sentado, mas todo aquele problema que tentava resolver de forma rápida tomava um pouco de sua paciência, logo ele se levantou e caminhou em direção a algum garçom com bebidas, foi quando caminhava entre algumas mesas que percebeu aquela presença tímida. Freya não estava tão distante de onde estava, mas não queria se aproximar dela naquele instante, principalmente pela companhia na qual se encontrava, um breve avistamento a senhorita melissa o moreno reparou algo de diferente, e com o loiro a tiracolo, sabia que alguma coisa havia ali. Preferiu deixar para outro momento ao perceber a presença desconhecida.  
 
Seus passos foram diretos porem suaves, ao que parecia os dois eram puro sangue1 e principalmente a menina parecia se alguma forma acanhada. Aquilo era um pouco de surpresa para ele, sempre acostumado ver vampiros daquela casta agirem tão cheios de si, tão imponentes, que ve-la assim lhe despertava um tanto de seus instintos mais protetores. Sim seria deveras ultrajante faze-lo por isso não o faria... ao menos descaradamente ele se aproximou do casal e fez uma breve reverencia.
- perdoem-me a intromissão, gostaria de me apresentar aos senhores My Lord, My Lady... me Chamo Lirion e pertenço a Família Gatemberg. É uma honra encontrar distintos puros-sangues.
 
Com os modos bem moldados por provavelmente algum instrutor muito severo, o moreno se curvava elegantemente como um nobre que era com uma posição relativamente privilegiada que tinha.
 
++Freya++


— lembre-se, se a cabeça começar a girar, não olhe para cima, e principalmente tente não rir.


Freya parecia estar se divertindo ao encontrar conhecidos, principalemente por não ter que encarar uma festa chata e longa sozinha, no fundo preferia a compania de outra pessoa, mas esta...
Seu coração estava na verdade pesado apesar de sua expressão vele demonstrar outra coisa,  esta noite não dava ouvido as vozes, nem a nada, o álcool ajudava a abafar suas duvidas e medos, , principalmente, a fazia esquecer de coisas que não queria lembrar.
— por que essas reuniões precisam ser tão  monótonas?  Poderia ter uma banda mais animada,  e tudo mais,  entretanto se formos depender deste bando de velho, o ponto forte da festa vai ser quando alguém cometer alguma gafe.
— espero que comesse logo o desfile da coleção principal,  vamos ver se assim as coisas se aquecem por aqui!
 
~~Lilac~~
Lilac:
 

O que fazer quando se esta estudando com aquele seu pijama favorito , os cabelos amarrados sem pentear e com suas meias coloridas de bichinhos e seu telefone toca? Principalmente quando havia aparecido um desfilo em algumas poucas horas, para uma anfitriã de luxo? Resposta? Jogue tudo para o ar e se arrume como um velocista! Bem pois foi isso que fiz.

Corri para um banho  para espantar o sono, em seguida passei uma chapinha no cabelo para tirar o amassado do coque. Logico, a estação era mais morna então era muito fácil ficar suada. Correndo contra o pouco tempo que tinha, preparei a minha pele num ritual bem rápido ( como era de noite, não usaria os protetores solares, nem luvas ou óculos) meus olhos hoje estavam mais violetas do que nunca, meu cabelo estava branco devido ao inverno que pelos céus não havia queimado os fios. Não passaria nenhuma maquiagem, afinal deveria estar de cara limpa para o maquiador. Uma calça jeans, um par de mocassins e uma camisa larga acompanhadas de uma bolsa era um look simples para que pudesse entrar sem ser percebida. Peguei as chaves e o celular fechando o apartamento (e rezando para que o meu toc fosse apenas um medo, e não uma realidade de ter esquecido a válvula do gás aberta).
 
Peguei o primeiro taxi que vi pela rua e logo dei o endereço dos fundos. A corrida não foi tão cara ( e por sorte não havia esquecido a carteira) quando entrei por uma porta dos fundos me apresentando, em nome da agencia de modelos. Esse não seria meu primeiro desfile, porém eu sou modelo fotográfica e não de passarela, esperava não cometer gafes, porém nada que não pudesse fazer. Logo retirei a roupa e me cobri com um roupão enquanto o maquiador me preparava(logicamente com pouca coisa, e este estava estranhamente assustado ao me ver e temer não haver algo em sua paleta para o meu ton, mas logo ele tirava alguma corta da manga e começava a produção ( como sempre eu pareceria muito mais um fantasma do que sou rs)

 Normalmente branco era a minha cor de desfile , como se fosse uma disputa dobre o que seria mais puro?  A roupa ou a modelo? Mas desta vez sua cor seria escura, o longo vestido negro vinha acompanhado de saltos sofisticados e uma maquiagem exagerada. A deixando mais parecida com algum ser místico ou uma boneca do que de fato uma modelo ( mas afinal o que ela seria alem de uma boneca?). no fundo desejava usar o modelo azul, ou o verde, mas estas já tinham suas modelos mais altas e esguias, e este portanto  era o único que cabia em seu corpo mais baixo do que a maioria. Cada uma das meninas que modelavam era exuberante, com uma beleza fora de série, e tudo o que ela tinha a seu favor era o exótico da pureza da pele humana, juntamente com seus olhos violetas tão raros quanto seu nome. Faltavam os últimos retoques antes que pudesse de fato entrar, e o sinal de que o show iria começar. Preferi então passar aqueles momentos de tensão no celular, mandando algumas mensagens para o meu agente, explicando a situação, enquanto ele mandava palavra de incentivo a essa nova empreitada.


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Qui 4 Ago 2016 - 22:43

+ Nero +


O vampiro olhou intrigado para Magnus quando este o chamou discretamente e pediu que ficasse de olho em tudo. Acenou com a cabeça em resposta e se afastou, pegando uma taça de champanhe no caminho para fingir que estava socializando. Na verdade, Nero estava era de olho no próprio chefe ao invés de observar os demais. Queria saber o que o traficante estava aprontando, se ele queria informações teria apenas o mandado, não teria vindo pessoalmente para sair logo em seguida. Algo nessa situação não se encaixava como deveria. 

Enquanto fingia estar observando os convidados, Nero ficou atento à discussão entre Magnus e Victoria. Ficou bastante confuso. O pai dela teria sido assassinado por Magnus? O que o traficante teria aprontado para aquela pura? Com certeza havia sido na época em que ele ainda era um vampiro. Era preocupante, muito preocupante. Obviamente Victoria era mais uma inimiga de seu chefe e agora ficaria de olho nele. Podia ser arriscado, mas talvez aquela puro pudesse ajudar na destruição de Magnus, junto a quem quer que fosse o vampiro que Magnus pretendia cometer o fowlon. Dois contra um era mais interessante quanto um mano-a-mano. Talvez ela pudesse dar cabo do outro puro também. Contatá-la no momento oportuno poderia ser uma estratégia interessante, só precisaria conseguir os contatos certos ou alguma reunião com ela, o que não seria difícil.

Agora estava com a pulga atrás da orelha. Talvez fosse interessante repassar aquela informação para Marlon para ver se eles descobriam quem era o tal pai assassinado da pura. Porque se algo acontecesse a um dos dois, o outro teria que estar pronto para acabar com aquele desgraçado. 

Depois que o traficante foi embora, Nero passou a circular pela festa e foi se aproximando do palco até ver Rose por ali. Deu um grunhido baixo. Havia recebido o convite e sabia que deveria ir falar com a futura rainha, mas ele ainda achava aquela mulher abusada demais. Não estava com disposição para trocar farpas e gracinhas com a amiga de sua filha, tampouco era algo sensato de ser feito.  Portanto permaneceu quieto e pegou outra taça de champanhe enquanto aguardava o início do desfile.


< Lewis >


Lewis achava aquele evento uma perda de tempo, porque tinha que ir em um desfile de moda? As modelos nem ficavam bonitas naquelas roupas estranhas que nem sairiam das passarelas. Mas agora que era um vampiro puro de novo e representante do clã, era obrigado a comparecer em tudo quanto evento de gente importante que o convidasse, principalmente se o convite vinha de outro vampiro puro. Além disso, sua aliada iria naquele evento. Bem, era isso que aliados faziam, não era? Um protegia o outro. Era dever dele ir por ela também.

Vestiu seu melhor terno - como odiava aquele tipo de roupa - e foi para o local no horário indicado no convite. Já havia muitas pessoas, seu amiguinho estava ali com a irmãzinha dele. Depois cumprimentaria o cabeça de palha. Mas havia um cheiro familiar que o atraía. Sorriu quando a avistou e foi até Jourdan, abraçando sua cintura chegando por trás.

- Será que a bela dama gostaria de companhia? - sussurrou em seu ouvido. 


(Lucius)




Um convite para um evento social. Aquilo era novidade e Lucius considerava um bom sinal. Eles estavam ficando importantes e ficariam ainda mais quando conquistassem seu objetivo. Era claro que Lucian não iria querer ir. Não era seu irmão o gêmeo social. Bem, Lucius não se importava de ir sozinho. Assim, arrumou-se e seguiu para o evento, deixando Lucian fazer o que ele bem entendesse naquela noite.

Assim que chegou no local, pegou uma taça de champanhe e ficou observando a movimentação. Como ele gostava de ver tantos puros juntos. Principalmente aquele ruivo que acabara de chegar. Sorriu de lado. Era melhor manter-se observando de longe. Terminou a primeira taça e pegou uma batida dessa vez, o mesmo que Melissa pegava da bandeja do garçon. Olhou-a e sorriu simpático para ela.

- Olá, florzinha - a cumprimentou.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Victoria - Alta Costura   Hoje à(s) 11:06

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Victoria - Alta Costura
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Victoria - Alta Costura
» Anti Lag - Alta Prioridade
» Cataratas Victoria
» [CLIPE] VICTORIA JUSTICE - TEA TO PUT LIFE
» VICTORIA JUSTICE - VICONIC WORLD TOUR

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Central-
Ir para: