Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Hospital Geral de Ambarantis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Hospital Geral de Ambarantis   Ter 17 Nov 2015 - 22:06

Relembrando a primeira mensagem :

Hospital Geral de Ambarantis



Spoiler:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D


Última edição por Master em Dom 13 Dez 2015 - 6:45, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
Dorii'
SP
SP


Feminino
Char RPG : Sakura Tsukino Ruri Yuriev Caio Trigoli Dante Falleneaves
Humor : O novo prefume da natura ;)
Localização : Na banca de jornal mais proxima de você!
Posts: : 4560
Inscrição : 18/04/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Sab 12 Dez 2015 - 21:58

Sakura Tsukino





Ao mesmo tempo que minhas forças se focavam em atacar aquela vampira eu se quer sabia de onde elas vinham. Eu tinha que me proteger e, acima de tudo, eu tinha que proteger aquelas outras pessoas e principalmente Will, que como eu, parecia ser o alvo daquela criatura.
Kami-sama, eu ia precisar da sua ajuda, de toda a sua força e talvez a lua, no céu, fosse dar a força que eu precisava.



Mas will... ele parecia não resistir a ela. Parecia que aquela aura o afetava.
~Ie!! - eu gritei, no momento em que lancei meu ataque espiritual sobre a vampira. EU tinha que impedir isso.



E por um momento, eu consegui. Eu senti que a atingi, senti que ela foi para trás, mas eu também não tinha forças eu não consegui continuar.
Eu cai, sem forças, sendo segurada somente por will que lgoo retomou seu caminho me arrastando para o carro.
Mas não era só isso.... EU senti a raiva na vampira, senti sua energia se direcionando a mim, embora eu já não pudesse fazer qualquer coisa para atacar ou me defender.
Eu tremi sentindo aquele calor me envolver e meus olhos se fixaram nos da vampira, mas foi apenas um segundo, um breve segundo e logo eu estava em um lugar completamente diferente.....
Diferente de tudo o que eu já havia visto.
Ela..... ela é.....



~ Hell....

Eu gritei, sentindo aquele calor penetrar a minha pele. Meus olhos se arregalaram enquanto minhas mãos lutavam para manter meu tronco erguido daquele chão flamejante a rachado.


- dokoka?!!? - eu não sabia como havia ido... para aquele lugar. eu estava completamente desesperada.


Aquele cheiro horrível entranhava nos meus pulmões assim como o calor escaldante. EU sentia algo ser drenado de mim... aquela lugar, aquela energia.... Eu não conseguia me proteger daquilo.
Ao me erguer, meus olhos prateados se encontraram com criaturas desformas e faminta que me olhavam com agressividade e desejo. 
Demônios.
Eu... eu estava no lugar onde existiam os demônios, os piores demônios.... aquelas que eram feitos dos pecados e da maldade. Eu estava no inferno.
Minha presença, minha aura clara chamaria a atenção do inferno inteiro só por existir, mas eu se quer conseguia pensar nisso. O pânico, o desespero tomava conta de mim. Eu ia ficar presa naquela lugar pra sempre... eu.....


~Kami-sama... kami-sama.... onegai kami-sama, watashi no mamoru, onegai.... - eu rezava, desesperada pedindo a proteção que eu se quer sabia se chegaria lá.


Não sei se foi deus ou o diabo, mas algo chegou até mim. Uma voz, um sussurro... algo forte e aterrador. Eu não saberia reproduzir o que aquela voz disse.... mas era uma sentença, uma sentença à mim .... algo que eu deveria pagar.


A vampira.... aquela vampira-demônio estava lá e seu toque em meu rosto não foi capaz de me causar mais arrepios do que todo aquele lugar já me causava. As lágrimas escorriam pelos meus olhos prateados.
Eu não entendi o que ela disse... Mas algo me dizia que ela brincava comigo e que ela era capaz de coisas bem piores que aquilo.





Eu gritei quando voltei. Meu corpo estava quente sob as mãos de Will, extremamente quente e... eu cheirava a enxofre. Um cheiro misturada  uma fumaça sobrenatural que saía de mim. 
Eu arfava, tentando respirar direito, uma mão indo ao ferimento em minha cintura que continuava sangrando e aquela dor....
Aquela dor era tão forte... tão forte dentro de mim... eu estava.... eu não conseguia mais....


Meus olhos prateados se focaram nos de will quando ele me pos dentro do carro e aos poucos, foram perdendo a cor, voltando ao turquesa de antes, como se soprassem aquele brilho das minhas íris....
Eu tentei falar para ele correr, tentei dizer para ele ir embora, meus olhos gritavam isso, mas logo eles se calaram, se fechando em um sono que eu se quer sabia se ia voltar.


Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Sab 12 Dez 2015 - 22:33

Demonios, vampiros e caçadores existem, e esse não era mais um dos sonho febril inventados por sua irmãzinha adotiva. Não. Aquilo era real. Tudo era real e agora ele estava metido naquele meio e sentindo o pânico e a aura pesada invadirem tudo à sua volta a ponto de não conseguir agir por vontade própria, enquanto carregava Sakura em direção ao carro mordendo os lábios.

Então surgiu um peso e de repente ela caiu com alguma coisa que a vampira fez, antes que, alguns segundos depois, ele a recuperasse em seu colo. Estava quente e febril e emanava um cheiro estranho que enrolava seu estômago. Enxofre. Concluiu, entrando dentro do carro em silêncio. O que a vampira tinha feito? Se perguntou diante de mais calafrios, colocando a cabeça da garota deitada em seu ombro e a apoiando junto a si. Sakura havia desmaiado e ele tinha um mal pressentimento quando o motor do carro começou a funcionar e o semblante de Elliot desaparecia a distancia com o celular na mão.

Will então se encolheu junto a Sakura, respirando fundo, tentando a difícil tarefa de se acalmar enquanto olhava para seu reflexo na janela. - Do que tem tanto medo? - Ele ouvia a voz do menino de olhos amarelados perguntar em sua mente enquanto lhe estendia as mãos sujas de sangue e morte.

-Do que tem tanto medo? - A frase se repetia, não apenas uma ou duas vezes, mas um milhão até o som do motor se cessar e seus olhos saírem do silêncio vazio. Tinham chegado em uma casa, em sua futura prisão, e Will não gostava nada disso.

***

Ainda no estacionamento do hospital, Elliot piscava, parado em seu lugar atônito, enquanto discava um número que tanto temia.

-Frederick-san... Por gentileza, pode me colocar em contato com Murtagh-sama? Tenho péssimas notícias.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Dom 13 Dez 2015 - 6:51

Sessão Encerrada


Syaoran + 2

Luan + 2

Caio + 2

Sibéria + 2

Charles + 2

Sakura + 3

Will + 3

Yumi + 2

Raphael + 3

Freya + 2

Erick + 2


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Qua 3 Ago 2016 - 15:54

Depois do Festival de Inverno...




> Leon <


O caçador passou um longo tempo em uma discussão interna até decidir ir até o hospital. Na verdade, ir até lá seria inevitável numa hora ou outra, mas não pelo mesmo motivo. Depois do mascarado ter invadido sua casa e de terem feito um acordo, Leon se decidiu. Ele precisava de mais tempo para poder descobrir tudo o que estava acontecendo naquela cidade. E tempo era algo precioso para aquele homem que perdia mais da saúde a cada dia que se passava.

Esperou até a noite, o horário que os vampiros eram mais ativos. Havia decidido ir procurar o irmão de Euphemia, talvez aquele puro pudesse tratá-lo e estabilizar a sua doença até que Leon houvesse resolvido todas as suas pendências. Chegou até a recepção e falou com o atendente.

- Por favor, eu gostaria de falar com Casper von Wright. Pode dizer a ele que estou aqui por indicação de sua irmã, Euphemia. Obrigado - então se sentou e aguardou esperando que o pequeno vampiro estivesse ali naquela noite.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Qua 3 Ago 2016 - 18:01

Nem sempre Casper circulava pelo hospital de Ambarantis, até para não levantar suspeitas, mas tinha um contato importante naquele lugar que agia como um "Laranja" para mascarar sua aparência de criança. Ele também servia para contar movimentações suspeitas no hospital, mas principalmente para chamá-lo se algo acontecesse. Como seu nome foi mencionado tão abertamente, ele recebeu um telefonema em sua casa e, deixando Euphemia sozinha, foi rapidamente ao hospital.

O secretário pediu para que ele aguardasse algum tempo e, depois, o encaminharam para um consultório sem dizer muito, onde, algum tempo depois, surgiu o garoto pela porta, com um sorriso.

- Boa noite! - anunciou fechando a porta atrás de si - Eu estava quase ansioso para um dia ser útil no hospital dessa cidade -  comemorou o baixinho, indo até a mesa e sentando-se, segurando as mãos em uma postura profissional que não combinava com aquele corpo. - Em que posso ser útil? Ahahaha. Desculpe, eu sei quem é você. A Euphie falou que você viria. Fiquei feliz por confiar em mim. - Então sua expressão feliz mudou de repente, agora concentrado - Conte-me o que o trouxe até aqui, por favor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Qua 3 Ago 2016 - 19:01

> Leon <


O caçador aguardou e depois seguiu para o consultório que fora encaminhado. Sentia-se desconfortável, odiava hospitais, o cheiro de éter e produtos de limpeza. Perdera amigos em hospitais após missões mal sucedidas, nem sempre conseguiam chegar a tempo de salvarem caçadores feridos. Conseguia se lembrar e até sentir o cheiro do sangue e a sensação dele em sua roupa. Estremeceu. Talvez fosse por isso que sempre se esquivava daquele tipo de lugar. Talvez fosse por isso que tivera o diagnóstico tão tarde de sua doença. 

Olhou sério para Casper e o acompanhou com o olhar até que o garoto se sentasse na cadeira em frente. Era muito estranho ser atendido por um vampiro. Mais estranho ainda ser atendido por um vampiro com cara de criança, mesmo que soubesse que o rapazinho deveria ser muito mais velho do que ele. Tentou não pensar no quão absurda era a situação para sua mente de humano e caçador.

- Boa noite - cumprimentou educado apesar de todo desconforto que sentia - Ela contou sobre mim? - perguntou levemente surpreso e até agradecido, aquilo fora gentil da parte dela - Bem... - pausou por um momento e suspirou - Vou ser direto com você. Estou morrendo, Casper. Tenho asma e câncer de pulmão. Não tenho medo da morte, mas ainda não posso me dar ao direito de morrer. Talvez você seja o único que possa me dar mais tempo.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Qua 3 Ago 2016 - 20:06

Casper apenas sorriu leve em resposta à primeira pergunta. Imaginou que talvez um humano como ele visse os vampiros como o bando de monstros insensíveis que eram.  Bem, até Euphemia via daquela forma, mas em todo caso, era tão raro a irmã "fofocar" sobre alguma coisa e o simples fato de dizer que alguém o procuraria já era um triunfo. Depois, continuou com a expressão séria.

- Hm... Entendo. Eu sinto muito ouvir isso. É muito triste quando vocês, que já têm uma vida tão curta, se deparam com esse tipo de doença. - acabou deixando o comentário escapar com um olhar triste. De fato tinha um apreço por humanos e por esse motivo fazia questão de manter hospitais. - Você se importa em fazer os exames de praxe? Eu quero estudar o seu caso separadamente. - Ele fez uma pausa longa e então continuou em tom mais sombrio - Existe também uma maneira mais imediata, senhor caçador, mas alguém como você deve saber que essa não é nada simples... nem ética... e transformaria sua vida de uma maneira que não deve desejar. Apenas para confirmar. Não cogita essa possibilidade, caso contrário pediria diretamente a Euphemia, correto?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Qua 3 Ago 2016 - 21:15

> Leon <


Leon deu um sorriso  amargo com as palavras de Casper. Não pelo que ele dissera, mas por ter sido o próprio caçador que desperdiçara tanto a própria vida. A doença era culpa dele, culpa de ter preferido se afundar em um vício para sobreviver ao estresse da vida como caçador, ao invés de procurar ter uma vida saudável e ter saído para descontrair como qualquer jovem na idade que tinha na época.

- Não sinta. Fui eu quem escolheu passar anos fumando cigarro atrás de cigarro. Estou colhendo o fruto podre das minhas escolhas, não mereço o dó de ninguém. As pessoas tem que lidar com as consequências do que fazem e eu não estou isento disso.

Casper poderia ouvir com seus ouvidos de vampiro que a respiração de Leon não estava normal, seus pulmões já não funcionavam mais como deveriam e isso o dificultava para respirar, o que somado à asma só piorava suas crises.

- Não me importo, sei que é procedimento padrão. Mas sei que devem estar piores do que os últimos exames que fiz - suspirou - Sei disso porque faz pouco tempo que comecei a tossir sangue em minhas crises.

Sua expressão ficou séria ao ouvir as palavras seguintes. Sim, ele poderia ter pedido para Euphemia para transformá-lo, apesar de não saber se a vampira aceitaria ou não aquele pedido. Tornar-se vampiro... Ainda não estava desesperado a tal ponto. Matar vampiros havia sido a sua vida, assim como cuidar de um que lhe virou as costas, e agora estava tendo que lidar com o sofrimento de ver a sua menina se tornar um deles.

- A minha filha foi mordida e transformada pelo namorado dela. Ele a abandonou. Agora, a cada dia que passa, ela está decaindo mais e mais. Em breve é provável que eu mesmo tenha que abatê-la como uma ex-humana sem consciência, como uma ranking E. Isso já é sofrimento o bastante para mim. A última coisa que precisamos agora é ter outro humano sendo transformado e perdendo sua humanidade.

Fechou os olhos e deu um sorriso triste.

- E você sabe que eu não teria muita chance de sobreviver a tal processo. Então vamos apenas recorrer à medicina por hora, por favor.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Qui 4 Ago 2016 - 8:30

Casper

- O senhor é bem autoconsciente - deu um leve sorriso. Era sua tentativa de tentar sempre trazer um "ponto positivo" por mais banal que fosse de uma situação ruim. - Mas não se culpe tanto. Há muitos humanos que fumam a vida inteira sem jamais passar por isso. De qualquer forma, estou aqui para tentar ajudar.

Casper ouviu todo o restante em silêncio, somente resolvendo intervir quando ele falou sobre sua filha. Euphemia não tinha contado nada daquilo. Ficou surpreso, mas também triste. Era só sofrimento que poderia haver entre um real envolvimento de vampiros com humanos. O ideal era respeito e um certo distanciamento.

- Lamento profundamente. - olhou para a mesa, sinceramente triste. Não perguntou quem fez aquilo, pois não era de seu feitio ser vingativo - Sei que este não é o assunto que veio discutir, mas preciso dizer que sua filha poderia ser ajudada com sangue puro como o meu e de minha irmã. Não é algo que nós podemos fazer, mas sinceramente? Não me preocupo com essas regras se for em benefício de alguém. É estranho dizer isso a um caçador. Você pode achar inacreditável que dois sangue puro lidem com essas questões sem dar importância, mas quando se vive muito, às vezes você precisa renovar os motivos para continuar aqui. Euphie achou um pouco em sua história, então eu fico disposto a ajudar. Então, antes de fazer seu trabalho como caçador, considere essas alternativas.

Ele saiu de trás da mesa e encaminhou-se até a maca. Precisaria subir pela lateral para fazer seu trabalho.

- Bem, por favor, venha até aqui para eu checar esse pulmão antes de encaminhá-lo aos exames. Continuando, fico feliz que não considere a possibilidade de tornar-se um de nós. Mesmo se conseguisse aguentar a transformação, nosso mundo é muito triste. Respire pelo nariz e solte pela boca. Hm...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Qui 4 Ago 2016 - 21:02

> Leon <


O garoto podia ter razão, havia pessoas que fumavam a vida inteira e nunca adquiriam câncer, outras adquiriam sem nunca terem fumado na vida. Mas ele não deixava de ter culpa de ter piorado a sua saúde quando já sabia que estava doente.

Quanto à filha, não queria falar sobre aquilo. Porém olhou surpreso por Casper oferecer aquele tipo de ajuda, e depois olhou com gratidão pela generosidade daquele jovem. Sabia que era arriscado que Lohanne bebesse o sangue de um puro e acabasse se tornando a lacaia dele. Mas, sendo sincero? Leon não sabia se preferia a filha viva servindo a um outro vampiro ou se preferia ela morta antes de torna-se uma decaída completa. De toda forma, não cabia a ele aquela decisão.

- Fico grato por sua generosidade, Casper. Não posso decidir por ela, mas posso conversar a respeito. Ela mesma tomará a decisão dela, mas agradeço pela consideração com uma estranha e uma família de caçadores - deu um sorriso triste e sem graça. Sabia que o mundo dos vampiros era triste, havia criado um. O loiro a sua frente sequer poderia imaginar sobre o que havia acontecido.

Levantou-se, caminhou até a maca e se sentou. Tirou o casaco e a camisa, e deixou o peito e as costas expostas para poder ser examinado. Inspirou. Expirou. O que Casper podia ouvir era preocupante. Os pulmões de Leon não pareciam nada bem. Mas precisaria dos exames e de um raio-x para ter certeza. Depois de inspirar e expirar algumas vezes ele tossiu, colocando a mão fechada sobre os lábios.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Sex 5 Ago 2016 - 9:28

Casper

Casper sorriu com sinceridade. Parecia banal oferecer um sangue puro e tão desejado quanto o dele, mas os dois estavam sozinhos e sem seus respectivos amores. Poder ajudar alguém, o mínimo que fosse, preenchia aquela lacuna existencial neles. Até hoje o vampiro se questionava se tinha valido a pena trazer Euphemia de volta, pois ela nunca fora tão triste. Para não pensar naquelas questões, preferia concentrar-se em algo produtivo, no caso, o trabalho e ser agradecido por isso era reconfortante.

Enquanto analisava o fluxo de ar em seu corpo, o vampiro perguntava-se se poderia fazer algo para curá-lo. Mas de fato investigaria. Era sua pequena missão pessoal. Por enquanto, sabia que havia algo que podia fazer. Colocou a mão sobre o peito do caçador e fechou os olhos.

Leon poderia sentir uma brisa circulando em seu corpo e liberando seus pulmões como um efeito broncodilatador, tão passageiro quanto, mas poderia ser reconfortante por algum tempo.

- Acho que acabei de estragar os resultados de uma função pulmonar... -
sorriu sem jeito, com aquela piadinha inocente. Simplesmente não conseguia ver sofrimento tão a seu alcance e não fazer nada. - Certo. Pode se vestir - ele voltou à mesa. - Você já se submeteu a algum tratamento, senhor Leon? - referia-se a radioterapia ou quimioterapia. - Existe também uma técnica nova à laser, para reduzir esses sintomas de sangramento... - estava realmente empenhado no caso. - Vou encaminhá-lo para alguns exames e avaliar a possibilidade de uma cirurgia. - Ele preencheu uma ficha burocrática do hospital e empurrou a ele. - São os seus exames.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Seg 8 Ago 2016 - 19:56

> Leon <


Leon se sentiu estranho quando o poder daquele vampiro começou a agir sobre seu corpo, de início sentiu-se alarmado, mas forçou-se a permanecer parado e a deixar que o suposto médico o tratasse da forma que achava melhor. Tossiu algumas vezes por causa da diferença de sensação de mais ar, depois inspirou fundo e fechou os olhos sentindo-se um pouco melhor por alguns momentos.

Vestiu-se quando permitido e voltou a sentar à mesa diante do pequeno vampiro e negou com a cabeça quando ouviu a pergunta.

- Nunca tive tempo para parar e fazer algum tratamento. Não poderia me dar ao luxo de ficar de molho por meses e meses por causa desses medicamentos fortes. Tinha que cuidar dos meus filhos, eles precisavam de mim.

Fez uma careta de desgosto ao ouvir sobre o tratamento a laser, demonstrando um visível estremecimento. Ele sentia calafrios ao imaginar algo invadindo seu corpo e queimando células, fosse o tal laser ou fossem as quimio ou radioterapias. A careta piorou ainda mais e ele ficou pálido com a possibilidade de cirurgia. Mas... Se era algo que ele deveria fazer para ganhar mais tempo, o jeito era tentar algum daqueles tipos de tratamento.

- Se fosse possível o tratamento só com medicamentos eu preferiria... - pediu, mas sabia que o caso seria grave e que talvez uma cirurgia fosse a melhor opção. Pegou a ficha e suspirou com a quantidade de exames - Como eu odeio hospitais... - resmungou desanimado. Se levantou e estendeu a mão para apertar a mão do loirinho - Obrigado, Casper. Volto assim que tiver feito toda essa tortura - grunhiu.

Apertou a mão dele e então saiu para marcar e fazer aqueles exames todos, os marcaria se pudessem todos naquela mesma noite, só dependeria do hospital. Assim que tivesse os resultados retornaria para falar com o médico.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Ter 23 Ago 2016 - 13:37

Teste de Casper
Ciencia + medicina + inteligência

5 + 5 + 4
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Ter 23 Ago 2016 - 13:37

O membro 'Luthica' realizou a seguinte ação: Lançar Dados


'D10' : 10, 10, 7, 5, 10, 9, 4, 10, 1, 5, 7, 2, 5, 5
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Ter 23 Ago 2016 - 14:01

Casper tinha feito um pedido especial para encaminhar os exames, mas o hospital entregaria para ele os relatórios detalhados que ele levaria para casa. Para não deixá-lo esperando, quando Leon voltou com raio-X básico, o garotinho já tinha se decidido em não prolongar muito aquele clima de hospital para o caçador.

- Muito bem, senhor Leon. Não quero julgar seu caso apenas pelo raio-X, então vou aguardar o restante dos exames. Estou otimista, então por favor, não desista. Ficarei estudando os seus resultados e enquanto isso, volte para casa e fique em paz. Entrarei em contato lhe oferecendo alguma proposta. Tudo bem? Até lá... pare de alterar meus resultados com o seu cigarro - disse dando bronca, com as sobrancelhas sérias, mas ao mesmo tempo seu rosto e voz infantis faziam soar como uma brincadeira, especialmente porque sorriu em seguida. - Meu telefone pessoal - e entregou o cartão de praxe, para que ele não precisasse fazer o trâmite de encontrá-lo através de funcionários.

O garoto continuaria analisando as possibilidades do caçador naquela sala e sua surpresa seria incrivelmente boa. Ficaria madrugada adentro estudando o caso e acabaria por ainda não ligar para o caçador pois precisava escolher uma forma adequada de tratamento que não o desagradasse tanto. Ele era o tipo de pessoa boazinha a ponto até de querer agradar naquele ponto e se esforçaria na pesquisa de efeitos colaterais para uma cura por um caminho menos doloroso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Ter 23 Ago 2016 - 14:55

> Leon <


O humano fez os exames e depois retornou para entregar o raio-x ao pequeno vampiro. Concordou sério com a cabeça sobre não atrapalhar novos exames caso fumasse. Havia prometido que pararia de fumar, e já havia parado. Mas a abstinência andava o irritando, as vezes sentia dores de cabeça dentre os outros sintomas. Tentara substituir por café e chiclete, mas não era a mesma coisa. Teria que se conter. 

Pegou o cartão de Casper e entregou seu telefone pessoal para ele também, não queria que o garoto ligasse para o número de casa e Lohanne acabasse descobrindo sobre os exames dele. Feito aquele acordo, despediu-se novamente do jovem loiro e voltou para casa, onde aguardaria o resultado dos exames.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Sab 15 Out 2016 - 22:26

Aquela noite estava um tanto agitada para um dia normal no hospital geral, porém a maior preocupação vinha da ala de estudos de infectologia, que a qual os médicos pesquisadores e alguns patologistas estavam intrigados com alguns pacientes internados.


Os pacientes apresentavam sintomas de raiva e descontrole emocional, além claro de uma baixa imunidade no organismo que fazia eles ficarem sedentos, muitos queriam beber água sem parar.

Os patologistas estavam intrigados, pois encontraram no exame de sangue desses pacientes a mesma enzima que ao ter contato com o sangue provocava reações no cérebro provocando nos pacientes ataques epiléticos e surto de raiva e fúria.

Gaspar ficou encarregado das pesquisas e estudo dessa enzima e com isso passar uma forma de combater com medicamentação.



~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Ter 18 Out 2016 - 19:38

Após Leon ir embora do hospital, Casper gastou um bom tempo pensando no tratamento menos invasivo possível, mas mais efetivo, e estava emocionalmente envolvido com o caso agora. 
Não bastassem seus problemas paralelos, naquela noite a área de infectologia estava especialmente perturbadora. Seu contato e informante lhe contou que surtos de raiva pairavam nos quartos e os sintomas lhe davam calafrios.

Otimista, Casper não quis associar esses sintomas à falta de sangue de um vampiro, mas era inegável que todos os problemas vinham do sangue e negar aquilo era ser infantil.

Teve que fazer uma pausa em sua pesquisa no caso do humano com câncer no pulmão e agora encontrava-se debruçado há horas madrugada a dentro no laboratório para estudar aquelas enzimas. 
Precisava unir seus conhecimentos de farmacêutica com alguma dose de criatividade para criar um remédio eficiente para todos eles.


off: não sei se estou rolando certo, mas vamos repetir a dose

Teste de Casper
Ciencia + medicina + inteligência
5 + 5 + 4
(especialização: Farmacêutica)
(Especialização: Criativo)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Ter 18 Out 2016 - 19:38

O membro 'Luthica' realizou a seguinte ação: Lançar Dados


#1 'D10' : 6, 6, 9, 1, 1

--------------------------------

#2 'D10' : 1, 4, 4, 4, 5

--------------------------------

#3 'D10' : 8, 3, 5, 3
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Hospital Geral de Ambarantis   Hoje à(s) 11:05

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Hospital Geral de Ambarantis
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» ? Hospital Geral
» Hospital Presbiteriano de Nova York
» [SUGESTÃO]Geral pt.2 >NEW
» [Konoha] Hospital
» Tópico Geral

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Central-
Ir para: