Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Sala de Estar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis Montgomery

Lya Frantini Merelin

Aldoph Magnus

Lorde Drei Dreizahl

Kyoshiro Sugawara Dreizahl

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2382
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Sala de Estar   Qui 5 Maio 2011 - 23:05

Relembrando a primeira mensagem :

:§ SALA DE ESTAR §:



~* Narrador Master *~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
Fabi
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1423
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 19 Set 2015 - 0:57

~*Lily

Ela fez mais uma careta ao olhar para Aidou e voltou a atenção para os dois. Ouviu então o outro rapaz se apresentar. Cannigan? ........... Ah, sim! .......... Ela nunca tinha ouvido falar. Não conhecida ele mesmo. Ia dizer alguma coisa, mas outra aura daquelas chamou a atenção da menina e ela olhou para trás no momento que Charles se sentava despojado em um dos sofás. Ela ficou curiosa. Ele parecia ser o único além dela que estava à vontade naquele lugar chato. E ela não fazia ideia de quem era Marshall e porque daquele alvoroço todo, então fez o que sempre fazia quando não sabia de algo: deu de ombros. Ela voltou a olhar Rose, com uma careta aborrecida.

- Não era pra vocês sangues puros serem raros ou algo assim? Já tem três em menos de 10 minutos, parecem até que estão dando cria - ela não tinha a menor noção de como se portar com a etiqueta de um nobre - Nah, se dessem cria assim eu já teria visto algum antes - ela concordou com a cabeça como se falasse consigo mesma.

Ela então prestou atenção no que Daryl falou, com aparente curiosidade, mas franziu a testa com a última fala dele. Ela já estava ficando possessa com toda aquela idiotisse de escolha de liderança.


- Você é idiota? - ela perguntou sem nem sequer pensar no que estava falando - Primeiro: se alguém despreparado está no poder, é porque alguém o colocou ali. A culpa não seria dele, seria de quem o elegeu, que prefere reclamar ao invés de ajudar o líder a melhorar. Segundo - ela ergueu dois dedos - O dever de manter a ordem não é só do líder, deve vir de todos os envolvidos. Terceiro - ela acrescentou outro dedo à conta - Se alguém despreparado enlouquecer com o poder do líder, é só tira-lo da liderança. Não há líder sem grupo ou seguidores. Se não está satisfeito, deixe de segui-lo e, ou escolha outro líder, ou torne-se um. Se teimam com tudo isso, vocês são trouxas!

Ela jogou as mãos para o alto. Será possível que todo mundo ali era realmente trouxa daquele jeito? Se não tá satisfeito com que o outro faz, faça você! Não adiantava ficar parado de mimimi.


- E quarto... - a postura dela mudou e ela passou um braço pelos ombros de Daryl e apertou a bochecha dele, sorrindo com sorriso sapeca e olhar doce - Sorri, seu bobo - ela puxou o canto da boca dele pra cima - Vai ter um treco de tanto nervosismo. Parece até que vai pra forca. Relaxa aí - ela o soltou e deu um tapinha em seu peito.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C
avatar

Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)
Posts: : 484
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 19 Set 2015 - 3:44

A garota tinha um ponto.

De um dia para a noite tinha visto mais sangue puros num único lugar do que em qualquer festa que já participara. E eles eram bem menos cheios de mistérios (e regras) do que esperava.

Aí... o xingamento entrou em sua mente como uma bala venenosa, começando a corroer a boa vontade que tinha segundos atrás.

"O que essa garota está dizendo?", pensou.

Daryl fechou a cara para Lily enquanto ela enumerava seu posicionamento sobre um líder. O lado perverso alimentava uma raiva contínua conforme falava. Ela o havia chamado de idiota, assim, sem nenhum tipo de cerimônia ou palavras ocultas. Depois começou a achar que sua locutora não tinha entendido direito. Ela talvez não estivesse entendendo a gravidade da situação! Como poderiam ajudar um vampiro que talvez nem entendesse o que eles falavam? Apesar de que (e isso foi muito bom para que ele deixasse de ter aquele pensamento raivoso) ela tinha uma certa razão sobre deixar de seguir os outros ou tirá-lo do poder... tinha que admitir que ela era alguma coisa positiva que ele não conseguia admitir (corajosa) e que nunca havia pensado naquilo sob a perspectiva dela. Era tão simples assim? Ou talvez ela não tivesse visto demais...?

Enquanto pensava nisso, não imaginava que o "pior" estava por vir. Apertou os olhos quando Lily mencionou que havia uma quarta e derradeira fala. Preparava-se para um argumento muito irritante quando ela encostou nele com o braço e depois...!?

Não tinha como se preparar para aquela reação nem em 300 anos. Os olhos surpresos fitaram e repararam pela primeira vez no olho verde e o outro azul da garota. Isso somado às mechas e os dedos que faziam um movimento em sua bochecha poderiam terminar de defini-la como uma maluca.

Entreabriu os lábios para responder. Qualquer coisa. Mas não pensou em nada e ela já lhe dava um tapinha amistoso no peito.

Baixou o rosto por um segundo, para esconder um riso curto que mais parecia um suspiro.
Ao erguer, não a fitou mais, como se desaprovasse, mas a verdade é que não entendia ainda o que tinha sido aquilo e por que tinha conseguido com isso afastar aquela agonia que era ter os pensamentos do "outro Daryl". Pensava em uma resposta.

- Eu não sei em que grupo de vampiros eu te colocaria ... - ele se adiantou antes que ela o interrompesse com mais um discurso sobre a igualdade e bla bla - Provavelmente nenhum - mas deu um meio sorriso, achando graça e como se concluísse para si mesmo. Era um jeito esquisto de elogiá-la como sendo um ser autêntico, e só então se voltou a Rose, como forma de seguir adiante no assunto e aquilo não parecesse estranho demais. - De qualquer modo... - falava em tom mais normal e leve. - Em resumo, estou à disposição para ajudar os senhores no que precisarem. Certo? - não havia exagero polido, somente educação normal.  Diante de uma atitude tão calma da puro sangue em relação à outra, ele não poderia achar tão errado assim ser mais tranquilo... Bem, talvez tivesse sido bom ir para aquela escola...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B
avatar

Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 675
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 19 Set 2015 - 6:55

Quando Daryl fala sobre se candidatar para manter a ordem na escola ela faz uma leve expressão de desgosto.

- Deixo para ser líder que quiser ser, no caso eu não quero esse tipo de responsabilidade... - Dizia inconscientemente pegando em uma mecha de cabelo e entrelaçando nos dedos, seu olhar se volta para Loran quando dizia.

Em seguida ouve Lily dizendo sobre a quantidade de puros sangue na sala e ela solva uma discreta risada.

- É, esse de agora eu não conheço. Esse colégio parece nos atrair de alguma maneira.

Depois Lily fala sobre a escolha do líder e Rose de certa forma concorda.

- Realmente, se algo não está indo bem só precisamos troca-lo por alguém que acharmos capaz de fazer o serviço.

Ela via o quanto o garoto ainda estava nervoso mas não dizia nada, não era a primeira vez que alguém se comportava de maneira parecida perto dela.

Quando ele falou sobre a classificações de vampiros Rose pensava mentalmente que sabia exatamente que classificação daria a ela. Se essa garota se comportasse assim perto de alguns puro sangue que conheceu ela já estaria morta. Mas preferiu não falar sobre isso.

Seu pensamento é interrompido pela fala do menino sobre estar a disposição.

- Agradeço sua ajuda. Se ela for necessária será bem vinda. 

Volta a olhar em volta e analisar os vampiros da sala.

- Esse ano tem bastante gente se candidatando...


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lohanne
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Lohanne - Hunter
Yan Yuriev - Vampiro Puro Sangue

Posts: : 3153
Inscrição : 15/05/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 19 Set 2015 - 10:03

Marshall não pode deixar de esconder sua surpresa ao ouvir o apoio de Charles Lutont.

- Domo arigato Lutont-san – ele fez uma pequena reverência e então olhou para os demais alunos. Muitos estavam incrédulos e outros se questionavam o que os puro sangue e uma Kuran estavam fazendo ao lado de um level E. Era certo que nem ele mesmo sabia.

“Influência maldita...” – ele não pode deixar de lembrar dos inúmeros discursos sobre poder e manipulação de Yuriev. – “Era importante manter uma postura, você não esta mendigando nada, você esta tomando o que é seu” – e Yuriev havia tomado bastante coisas. Sera que Loran o apoiaria se soubesse quem era o responsável por Katsuya? Sera que até mesmo Tohru apoiaria Marshall se soubesse a quem ele servia agora?

“Eu só preciso de um pouco mais de tempo, isso vai acabar logo” – ele pousou então os olhos em Tohru.

Por um instante tudo ao redor parecia desvanecer e só a imagem da frágil vampira estava diante de seus olhos
.
Olhos verdes e brilhantes, quase sempre marejado pelas emoções. Adoraria que sua existência maldita fosse apenas uma ilusão, tal qual a dela e ambos fossem humanos. Teriam uma vida simples no Brasil ou no Japão, criariam Katsuya e aquela academia seria apenas um filme de terror para adolescente.

Era estranho como, antes dela, não havia nada mais a ser lembrado, sua vida era escura e cheia de revolta e era ainda mais estranho como, agora, sua vida voltava àquela escuridão onde sequer o amor dela, que uma vez fora capaz de leva-lo a luz, poderia salvá-lo.

“Cuide de seu pequeno kotori, o mundo ira traga-lo depois de sua morte” – uma vez Yuriev lhe dissera.

A cena estava clara em sua mente, o puro sangue de cabelos prateados estava sentando em um divã de veludo preto ornamentado em dourado, ele olhava pela janela de uma de suas muitas salas em seu castelo da Romênia, havia lacaios sentados à sua volta, ou fazendo a segurança da sala.

Havia também, em uma das paredes, um quadro de Tohru com o uniforme da Night Class.

“A gentileza dela me lembra de algo” – confessara Yuriev uma vez, quando ele fora procura-lo, há muito tempo atrás – “algo que eu quero esquecer” – ele completou enquanto mudava seu olhar do quadro para Ruri.

A puro sangue, tão prateada e delicada quanto o irmão, encheu-lhe novamente a taça com sangue, sem dizer qualquer palavra.

“Você vai mata-la?” – Marshall perguntara de forma direta e Yuriev dei um meio sorriso.

“Você gostaria que eu matasse?” – ele retribuiu com outra pergunta- “Gostaria de vê-la morta ao invés de enfeitando meu palácio com graciosidade e servidão?” – Yuriev tomou um longo gole de vinho, sorrindo com seus próprios pensamentos.

“Ela é um troféu não é? É só isso?” – Marshall insistira e então o outro vampiro deu de ombros.

“Há outro como você, melhor que você na verdade, que vai fazer o meu serviço...” – Marshall não entendeu ao que Yuriev se referia, mas Yan parecia satisfeito com o que estava ou estaria para ocorrer.

Teria alguém disposto a derrubar a família Kuran.

“Escute Kurosaki” – Yuriev agora caminhava pela sala- “Eu posso lhe garantir a vida eterna de um modo... como ninguém mais poderia”

“Vai deixar que eu o beba até secar?” – Marshall tentava conter seu temperamento, mas era impossível diante da podridão que havia se metido.

Yuriev soltou um riso baixo e então suspirou, parecia compadecido de sua ignorância.

“É um segredo de família que talvez, com o preço certo, eu possa partilhar com você. Dois corações por dois” – Yuriev passou um dedo sobre os próprios lábios, um filete de sangue escorrendo onde a unha cortara.

Os olhos de Marshall se ascenderam. Onde aquele maldito queria chegar?

“Há tarefas que devo fazer mas não posso me expor e você, quem o consideraria uma ameaça? Você não é nada em nossa sociedade e sabe disso... Mas você pode ser. Pode ser um câncer, corroendo por dentro...”

Ruri então havia retornado a sala, na verdade Marshall sequer notara que ela saíra, com uma pasta parda e então entregou a Marshall, junto com uma bolsa de sangue, sangue dela ou de Yuriev.

Ela postou-se ao lado do irmão e então ambos os encararam.

Marshall abriu os arquivos, seus olhos se passando por fotos e dados e então ele entendeu o que Yuriev queria.

- Eu farei questão de cuidar de Tohru e Katsuya se algo der errado – ele completou e então delicadamente tomou o braço de Ruri.

Ambos pareciam um quadro perfeito quando estava juntos, mas Marshall sabia que não havia amor entre eles. Havia uma ligação intensa e infinita, mas ele não era capaz de dar um nome.

“Tohru...” – de qualquer modo ele precisava lhe garantir segurança e agora que teria chance de conhecer melhor aos Kuran poderia finalmente escolher se faria o que estava naquelas pastas, ou daria início a uma nova guerra.

Spoiler:
 
Marshall então voltou a realidade, respirando fundo, os aromas na sala não afetaram tanto quanto deveriam.

- Eu sei que pareço não ter condições de lidar com meu pequeno “problema” – ele então falou em voz alta – ainda mais depois do pequeno incidente de hoje, mas eu tenho muitos conhecido na Day Class e isso pode tornar o diálogo com eles mais simples. Além disso, alguém com minha condição precisa manter a mente ocupada – ele sorriu, parecendo sem jeito.

- Estou aprendendo tanto quanto vocês – ele completou e então caminhou até Tohru, ficando ao lado dela, tomando delicadamente sua mão e pousando um beijo na palma, fechando-a em seguida – kotori-chan... eu prometo... – ele disse, mas não completou a frase, aguardando o impacto de sua fala sobre os demais.





"We greeted death as an old friend"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1423
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 19 Set 2015 - 11:18

~*Lily


Ela notou que o menino havia rido baixo e deu um largo sorriso para ele, o incentivando a sorrir também.

- Viu? Fica bem mais bonito quando não está de carranca - ela concordou com a cabeça.

Então os olhou sem entender. Ela não entendia o que ele havia falado sobre classificação ou algo assim. Era completamente ignorante quanto aquilo, aquilo tudo, toda convivência na sociedade vampírica, porque Nero tinha um ciúme doentio dela perto de outros vampiros. Queria ela só pra ele, junto dele, longe de todo o resto. Ela mal tinha modos até mesmo para uma humana... Não que não houvesse aprendido etiqueta, só escolhia não usar mesmo. O rosto dela ficou triste de repente e ela olhou para o chão, com o coração apertado. O que faria sem Nero? Ela suspirou. A falta dele, mesmo que tivessem se visto a poucos minutos, já começava a bater. Ela balançou a cabeça para afastar aqueles pensamentos e sorriu de novo. Não deveria se abalar. Nero a mandara se comportar, e se comportar não era ficar chorando por ele, era? Ela o veria em breve, isso...


- Eu não me candidataria nunca - Lily falou depois de ouvir os comentários de Rose e Daryl - Não cuido nem de mim mesma, o que dirá de outros - ela riu.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis Montgomery

Lya Frantini Merelin

Aldoph Magnus

Lorde Drei Dreizahl

Kyoshiro Sugawara Dreizahl

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2382
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 19 Set 2015 - 12:39

Loran, viu aquele outro sangue puro chegar e se despojar no sofá de forma não tão formal, olhou uns instantes já que aparentemente o seu servo estava praticamente anunciando a sua entrada, como se fosse um astro do rock, se bem que pela cara dele lembrava mesmo.

Ele o encarava o tempo todo, Loran retribuía o olhar de forma vaga sem dá a entender que o intimidava, era mais uma forma de dizer. "Só é mais um entre esses..."

Mas aquele vampiro não se importava, era certo isso, Loran sentia tudo naquele ambiente, a sua sensibilidade e sentidos muito mais ampliados lhe dizia exatamente como cada um o via naquele momento, era como quase ler a mente deles, só que seria as emoções. Charles ali tinha para ele a mesma emanação de quando ele próprio não ligava para aquele mundo de vampiros e suas disputas de poder.

Quando por fim ouve Charles votar em Marshall, sorrir, sim ele tinha a impressão certa daquele vampiro, ele pouco ligava para aquilo tudo, isso fez se interessar pelo sangue puro.

Sua atenção é voltada pelo pequeno discurso de Marshall, aquele vampiro decainte era realmente interessante, não seria impossível que ele fosse até mais focado a todos naquele dormitório no intuito de ajudar.

Olhou para Aidou e todos que estavam esperando pelo que ele diria, realmente aquele momento era decisivo e pensou nas palavras vindo a mente algo que sempre ouvia de sua mãe humana:

"Seja vampiros ou humanos nessa nossa existência aquele que souber lidar com suas fraquezas são dignos de uma chance, seja pra fazer algo melhor ou até destruir tudo de uma vez..."


_Boas palavras Marshall-kun, realmente representa o dormitório é uma responsabilidade, já que falara por nos junto a direção dessa academia.

Olhou todos em volta e falou a princesa Dragomir.

_Para meu ver não precisamos que tenha escolha de somente um, sugiro que seja a Princesa Dragomir e Marshall a nos representar.

Viu uma certa insatisfação nos olhares de todos que desejavam que ele fosse o líder.

_Imagino que queria que fosse a eu, mas não sou veterano e pouco conheço da academia, mas estarei aqui para ajudar.-Olhou para Marshall e a princesa Dragomir e finalizou._Então, acredito que está decidido quem são os nossos representantes, até porque ainda temos aula para assistir.

Olhou todos aguardando que aquilo tudo acabasse.

_Aidou espero que assim como todos essa escolha seja de certa forma mais correta possível.

Esperou que todos se pronunciassem.


~* Narrador Master *~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Luthica
C
C
avatar

Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)
Posts: : 484
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 19 Set 2015 - 18:36

Daryl experimentava os efeitos de uma atitude tão leve quanto a de Lily e tão suave quanto Rose. Estava calmo pela primeira vez no dia. Assim, veio a conclusão dos líderes após o discurso de Marshall. 

Deveria dar uma chance para aquela pessoa? Depois de tanto conversarem ali nem se atrevia a ser contra em voz alta. Podia ver o que aconteceria... E usar como estatística depois como exemplo do que nunca fazer.

Pelo menos havia uma princesa entre eles! Essa não era difícil de respeitar.
Não concordava ainda com a escolha de Marshall. Acima de tudo, acreditava que isso ameaçaria a integridade dos demais. Lily e Rose tinham conseguido abafar os pensamentos meramente relacionados à condição de level E do garoto, mas não conseguia ainda achar que era uma boa ideia. Olhou então a princesa Lissa e fez um cumprimento com a cabeça, em aprovação com um sorriso.

Então viu que a vampira estava triste. 

- Ei. - chamou. Não era o rei da empatia, mas conhecia olhares tristes e sabia que desviar a atenção ajudava. E Daryl quis retribuir. - Foi você que disse que ninguém precisa saber cuidar de si mesmo quando tem ajuda... Ou aquele monte de besteira parecida com isso - deu um meio sorriso, num falso deboche do discurso de a pouco, apenas em tom de brincadeira. - Bem... Acho que estamos no fim disto aqui. - e olhou em volta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tohru Kuran
B
B
avatar

Feminino
Char RPG : Tohru Kuran
Humor : otimista
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 756
Inscrição : 11/04/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Dom 20 Set 2015 - 3:25

Loran Ojii-Sama e Charles-kun apoiavam Marshall.Tohru estava cada vez mais surpresa e não sabia o que pensar.Queria muito que pudessem ter finalmente um ano tranquilo após tantas atribulações e sofrimentos. Queria poder se dedicar a pesquisar uma solução para o estado de seu amado para assim eles poderem criar seu Ka-chan juntos...Só queria poder ser feliz.
Marshal fora até ela após seu eloquente discurso, o qual a deixara emocionada e orgulhosa e lhe depositara um casto e terno beijo em sua palma, fazendo-a corar e sorrir e ouviu sua promessa implícita. Ela sorriu e apenas o olhou nos olhos, que  transbordavam com todo o amor que ela sentia por ele.Palavras eram desnecessárias ali.
"-Aishiteru, Anata...", pensou, encantada.


               Tohru e Kyoshiro
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3618
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 8:24

Desconfiança? Desaprovação? Talvez sentisse isso a minha volta, e até Trevor parecia ainda confuso pelas minhas palavras de apoio ao level E. Mas o que fazer? Cabia a quem não queria segurar a tocha, jogá-la a outro não? E que escolha melhor teria se não Marshall? Não desejaria ter um líder, admito. Mas desobedecer um Kuran em determinações acadêmicas, soaria bem menos mal do que questionar um ex-humano. E, bem... Obedecer ordens nunca fora exatamente minha cara.

Principalmente as de Kaname e sua pseudo-monarquia. Mesmo que aquele que me encarava, soasse mais do que uma versão bugada do antigo ancestral. Por que não divertida? Já que parecia concordar com minha ideia a ponto de até nomear o menino e uma princesa qualquer para o cargo. Definitivamente, aquele não era Kaname Kuran, mas parecia muito mais interessante. Conclui finalmente, antes de ouvir seu nome. Loran Kuran. Estranho... Nunca havia ouvido falar, mas whatever, também não me importava em ler notícias políticas ou em conversas do conselho, aquilo provavelmente era algo que devia ter me passado em branco.

-Vamos lá parabeniza-los e cumprimentar os novos líderes.

Sugeri para um Trevor ainda congelado em choque, dando um sutil "pedala Robinho" antes de me levantar. É claro que normalmente, eu não me interessaria por isso, mas, por agora, queria sondar o ambiente cheio de rostos novos. E, por que não, o Kuran, que parecia diferente e mais interessante que o habitual para aqueles como nós.

-Tohru-san, é bom te encontrar de novo por aqui.

Falei assim que me aproximei do grupo, em um cumprimento muito mais formal que o esperado por minha antiga conhecida. O velho Charles nunca usariam aquele tipo de lixo de etiqueta para falar com as pessoas. Mas em minhas novas condições, bem... Digamos que tenha mudado muito mais do que queria nos últimos dois anos, e minha aura não deixava de nega-la, quando virei meu olhar para Marshall.

-Marshall-san, meus parabéns.

Estendi-lhe a mão da mesma forma, já me sentindo doente de ter que atuar com tanta cerimônia e mimimi dignos de um almofadinha mimado em público.

-A senhorita também, Dragomir-san.

Dei o meu melhor sorriso para a loirinha de face desconhecida, peitos grandes e nome importante. Teria sido divertido te-la conhecido em outros momentos, mas ali... Ali aquilo tudo se tornava um porre que só me fazia querer tomar alguns goles de Vodca ou fazer qualquer coisa mais divertida.

Apesar de todo o revirar os olhos internos e a vontade de vomitar com tantas cerimônias, minha postura se mantinha altiva e elegante todo o tempo. Até mesmo quando encarei novamente o puro sangue que me sondava, com o rosto do Kaname, ignorando quase totalmente o seu servo barulhento.

-Bela escolha a de Kurosaki-san, muito embora tenha sentido uma onda de decepção coletiva em alguns nobres que pretendiam segui-lo. - Falei de maneira relaxada, embora sem perder a formalidade e o respeito em minhas palavras. Como se o sondasse também. -Prazer. Sou Charles Lutont. - E estendi-lhe a mão de forma amistosa. Embora se apresentar fosse algo desnecessário depois daquele triste escândalo de Trevor.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Lohanne
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Lohanne - Hunter
Yan Yuriev - Vampiro Puro Sangue

Posts: : 3153
Inscrição : 15/05/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 9:28

A sensação e vitória fora bastante agradável a Marshall, fora muito mais fácil do que imaginara e, agora com seu novo cargo entre os dedos, poderia conhecer um pouco mais sobre Loran e caminhar mais livremente pela academia entre os turnos com a desculpa de fazer inspeções nos prédios.
 
Seria o mais dedicado e insuspeito possível.
 
A única coisa que lhe fazia pesar o coração era a dedicação e o amor de Tohru, mas, em sua mente agora tão deturpada pelas ideias do clã Yuriev, ele era incapaz de ver que o que faria poderia até salva-lo e garantir-lhe a eternidade, mas certamente faria com que Tohru se afastasse.
 
“Ela vai entender...” – ele pensou, soando fraco para si mesmo, olhando então para Loran por uns instantes.
 
A monarquia Kuran vinha de longa data e era responsável por selar a paz entre humano e vampiros, tentando manter um modo de convivência atrás de um sonho utópico.
 
Ele respirou fundo, sentindo um calafrio com a presença de Loran e dos demais vampiros e uma amarga lembrança de seu passado cortou o fino véu do esquecimento para se alojar em sua mente.
 
A morte de sua mãe diante de seus olhos, a longa viagem para o Brasil para ficar com seus avós.
 
Ele se aconchegou mais ao calor e perfume castos de Tohru.
 
“Kotori-chan, na hora certa eu a farei entender... Yuriev estava certo, não é possível haver paz quando uma raça domina a outra” -  ele a manteve protegida junto a seu peito, notando então a aproximação de Charles.
 
- Prazer Lutont – ele parecia um tanto confuso quanto ao outro. Havia uma sutil diferença em sua aura e além disso não havia o “outro” – Fico feliz que esteja mais um ano conosco – ele seguiu naquele jogo de etiquetas entre os vampiros, havia aprendido com maestria ao longo do tempo que estivera com Yuriev.
 
Marshall então voltou-se para Loran e fez uma leve reverência.
 
- Kuran-sama, domo arigato, sua ajuda com certeza me colocou nesta nova posição e farei o possível para não decepciona-lo demo, as aulas vão começar em pouco tempo e gostaria de me recompor um pouco mais antes – ele se virou para Tohru – Kotori-chan – disse com carinho – eu vou até o meu quarto descansar um pouco e a encontrarei o mais breve possível – ele a beijou nas bochechas e desceu suavemente até seus lábios.
 
- Lutont-san – ele fez outra reverência e então se afastou de todos, caminhando em direção a escadaria do dormitório.
 
Mal havia se afastado de seu grupo quando seu celular tocou, retirando-o do bolso  ele olhou para o visor, identificando de quem era a chamada e atendendo prontamente.
 

- Sim – foi tudo o que ele respondeu, apressando mais seus passos.





"We greeted death as an old friend"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tohru Kuran
B
B
avatar

Feminino
Char RPG : Tohru Kuran
Humor : otimista
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 756
Inscrição : 11/04/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 11:36

Tohru estava feliz por Marshall, embora apreensiva pelas implicações futuras. De qualquer forma, estaria ali com ele para ajudá-lo no que fosse possível,  bem como Loran-Ojii-Sama, que felizmente a tratara com respeito e ainda os apoiara.
Sentiu Marshall aconchegá-la mais ao peito,  se aninhando ali e querendo nunca mais sair.Estava tão cansada! A viagem,  a saudade do filho, a volta aquele ambiente escolar,  o incidente com Sakura e todo sangue que perdera. Invejava os alunos da turma diurna que agora poderiam subir para seus quartos e descansar. 
Charles, então, se aproximou, cumprimentando-os e ela correspondeu, sincera e gentil como sempre:
- Charles-san, fico muito feliz por tornar a encontra-lo e vê-lo assim tão... bem, referindo-se à inesperada aura de Sangue Puro.- Que este seja um ano mais tranquilo para nós, meu amigo.
Marshall,  então, pediu licença para subir e a deixou com os outros. Lembrou-se do tempo em que ele desconfiava e odiava tanto aos vampiros que jamais a deixava só se pudesse evitar. Pensou em segui-lo, mas se fosse achava que não teria forças para voltar e não queria faltar logo no primeiro dia. Ainda bem que pedira que deixassem as malas no quarto e já estava com seu material escolar. Aquele seria um ano letivo normal se os deuses ajudassem e queria começar com pé direito. Só esperava não dormir na aula...
Olhando as escadarias por onde Marshall subia ,teve uma visão de Yuriev subindo com ela nos braços quando ela se sentira mal no baile da Academia de Toronto. De repente a figura de Marshall e Yuriev se confundiam, sobrepondo-se uma à outra.
Tohru piscou repetidas vezes e aquela visão absurda desapareceu. Devia estar mesmo cansada...
Tomou duas pastilhas de sangue da caixinha que trouxera em sua bolsa e bebeu com um pouco de água. Procurou se tranquilizar. Marshall estava bem agora após beber dela. Ele só fora até o quarto,  logo voltaria. 
Sorriu para Charles, Loran e o grupo de Aidou, o grupo fiel ao Kaname/ ancestral Kuran. Conhecia-os de vista e gostava deles. Era bom que estivessem lá. Tudo ia ficar bem... Foi cumprimentar a princesa estrangeira e sua amiga, dando-lhes as boas-vindas. 
-Parabéns, princesa Dragomir. Sou Tohru Kuran, esposa de Marshall,  seu parceiro de cargo. Espero que gostem da Academia e que possamos ser amigas.
Sentou-se em uma poltrona próxima para aguardar que todos se reunissem para irem para as aulas.


               Tohru e Kyoshiro


Última edição por Tohru Kuran em Ter 22 Set 2015 - 3:01, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B
avatar

Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 675
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 14:05

Rose ouvindo Lily dizer que não conseguia nem cuidar de si mesma acha graça, mas apenas olha para ela erguendo uma sobrancelha como sinal de descrença.

- Quando estamos motivados cuidamos de todos sem perceber... - Diz fazendo mais uma auto reflexão que de fato dizendo a garota.

Em seguida vê Loran apoiar o level e que havia se candidatado, percebe que apenas ela dos puros sangue ainda não havia se manifestado, pede licença para os dois e vai até a direção de Loran falando:

- Apoio a indicação dele. - Diz olhando para Marshall que já estava se retirando do local.

Após isso ela se senta ao lado de Loran e diz com a voz baixa:

- Isso será interessante de acompanhar. - Dizia vendo o garoto pegando o celular e apressando os passos.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1423
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 14:47

*~Lily


Ela ergueu os olhos para Daryl quando ele a chamou. O encarou por alguns segundos, apesar de perdida em pensamentos. Quem a protegia não estava ali naquele momento e isso a fazia se sentir insegura. Ela analisou o rapaz e depois Rose quando a sangue puro falou. Uns cuidando dos outros. Será mesmo que iriam querer cuidar dela quando ela tivesse uma crise? Que iriam ainda querê-la com eles. Ela comprimiu os lábios enquanto acompanhava Rose sair com o olhar. Ela esperava que sim. Olhou para Daryl de novo e sorriu docemente para ele.

- Obrigada - ela agradeceu a tentativa de animá-la. Já que tudo havia se resolvido ela poderia logo ir embora para guardar as malas. Sequer se importou de cumprimentar os novos líderes do dormitório, que ela pouco se importava, ou os outros puro sangues - Eu vou procurar o meu quarto - ela pegou a mala dela e recolocou a mochila nos ombros. Então deu aceno de despedida para Rose e começou a caminhar de volta para o corredor.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Cíntia Gregório
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!
avatar

Char RPG : Beatriz Hotz (VTM)
Vasilisa Dragomir (Lissa) (VK)

Posts: : 37
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 15:15

*Olhando para Daryl e retribuindo o aceno de cabeça e o sorriso*
*Olhando com curiosidade o Vampiro a que me tinha acabado de cumprimentar...
Charles? é esse o nome dele? como pode se eu tinha acabado de conversar com ele no auditório, uniforme da turma de dia...
*me aproximando do Charles... com o brilho de curiosidade nos olhos... 
Olá, me chamo Vasilisa Dragomir, mas se preferir pode me chamar de Lissa, apenas... me perdoe a indiscrição mas, interessante como você se parece com o aluno da turma da manhã que conheci a pouco... Willian James Kluterz ... sim era esse o nome, não tem como esquecer, um rapaz muito sompatico e cortês (Sorrindo) Vocês são tão identicos que poderia se passar pela mesmo pessoa... chegando bem proximo a ele e saindo de perto.
Desculpe meus maus modos, não irei pertubar -lo mais, Bom Sr Charles, foi um prazer conhece-lo. 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C
avatar

Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)
Posts: : 484
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 16:20

Daryl fez apenas um cumprimento cortês para as damas que se retiravam e percebendo a movimentação de vários para ir ao dormitório, Daryl pegou a maleta e também saiu para seu quarto.
A vitória de pelo menos uma princesa - que parecia ciente de seus deveres, visto que agora conversava com um puro sangue - o acalmava, mas além de tudo tinha conseguido se acertar com as pessoas com quem tinha conversado ali. O que era absolutamente inesperado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis Montgomery

Lya Frantini Merelin

Aldoph Magnus

Lorde Drei Dreizahl

Kyoshiro Sugawara Dreizahl

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2382
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 17:26

Loran faz um gesto para Marshall que concordava e o ver se retirar para o seu quarto, ouve sua amada cochichar e dá um sorriso respondendo Rose.

_Mas a intenção é essa...rs

Nesse instante ver aquele outro sangue puro se aproximar e até formal, mas não como os outros, ele ja havia notado que de certa forma aquele sangue puro estava quebrando padrões.

Academia Cross era um lugar onde deveria haver somente os kurans que no fundo eram participantes ativos daquele ideal.

Quando ele estendeu a mão para cumprimenta-lo fitou um momento, ai a segurou fazendo um gesto típico de comprimento de roqueiros, foi rápido mas ao ponto de somente os dois ali reconheceriam.

_Digamos que Charles -sam que todo devemos ter oportunidades para mostrar quem somos e para que viemos a esse lugar. -Deu seu sorriso despreocupado, não demonstrava afrontar, era mais de curiosidade com aquele sangue puro._ Quanto a decepção, isso não me preocupo ainda estarei aqui para ajudar. -Olhou para Aidou e os outros com um sorriso suave._Essa é minha noiva Rose valentine.-Apresentou-a.

Ele estava ansioso para sair dali, não por ter falado com aquele sangue puro e sim por escapar um pouco daquela formalidade toda, já estava no seu limite e ainda tinha a aula para aguentar. Era certo que após a aula ele irá fugir, andar na sua moto e beber algo para relaxar longe um pouco daquilo tudo.

_Charles-san, peço sua licença, mas eu e minha noiva vamos nos prepara para aula.-Andou um pouco e disse a Rose para ir a frente, voltou a Charles e diz por fim._Só estou um pouco curioso, mas depois conversamos.

Sai andando deixando aquele vampiro para trás, iria ficar de olho nele, aquela academia realmente atraia assim sem nenhuma intenção, duvidava muito, mas estava sondando tudo e todos. Então perdido nesse pensamento ele segue até a escada, sem antes notar aquela pequena ruiva no canto sentada junto com outro vampiro que não conhecia, não se importa muito e vai até ela com um enorme sorriso no rosto, esse até então não havia sido mostrado.

_Frey-chan, ou melhor, pequena dama, nunca poderia imaginar você aqui...-Levou a mão aos cabelos dela fazendo um leve afago, sentiu por dentro um certo alivio de ver pelo menos alguém que era próximo a ele.


~* Narrador Master *~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Makie
E
E
avatar

Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg
Lirion Gatemberg
Aidan Becker
Lilac Löfgren
Juliet Glotieb
Posts: : 340
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 18:02

Freya sorriu ao sentir o cabelo bagunçado por loran, afinal ele a reconheceu e não se intimidou com a pressão social.


- neh neh, loh-kun! que bom que está bem, foi duro ficar longe de todos...
disse um tanto feliz com a situação, era verdade que queria felicitar loran pela sua situação com a rose, a muito o devia isso. mas sabia que ali não era o melhor lugar.

deu um cutucada com o dedo entre as costelas do vampiro apenas para provocar cocegas e velo se mexer enquanto os vampiros saiam
- conversaremos outro momento, aqui tem muitas orelhas


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis Montgomery

Lya Frantini Merelin

Aldoph Magnus

Lorde Drei Dreizahl

Kyoshiro Sugawara Dreizahl

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2382
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Seg 21 Set 2015 - 19:32

Loran Sorrir com o gesto dela.

_Orelhas até demais, conversamos depois..- Piscou para ela, fez uma reverencia um tanto exagerada, na verdade era mais para faze-la rir e sai subindo a escada para ir ao seu quarto.

Ele sentiu-se bem por um momento andando pelo corredor, quando sente uma pontada de dor na cabeça, para um momento levando a mão a sua cabeça, a dor era fraca de primeiro momento. Olhou a sua volta e viu que estava sozinho naquele lugar. Volta a andar e a dor começa aumentar, duas pontada fortes vem seguidas de uma imagem turva aparece em sua mente.
Spoiler:
 

Encosta na parede do corredor com a mão sobre o rosto.

"Kaname..."-A voz era suave uma voz feminina.

Ele suspirou fundo e voltou a andar indo para seu quarto.

***********


Rodada Encerrada : Pontos:
 


~* Narrador Master *~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3618
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Ter 22 Set 2015 - 13:42

Willian... Willian... Porque amavam tanto falar daquele humano imbecil? Como se já não bastasse ele ter roubado parte do meu tempo e de minha existência, assim como diversas qualidade, ainda ousava surgir no mesmo lugar que eu, naquela porcaria de academia só para me levar a presença de nosso avô. Ok. Ok. Minha raiva pelo menino não tinha culpa na pergunta da nova líder, mas talvez, pelo brilho dos meus olhos, parecesse que fiquei insatisfeito. Mesmo que mantivesse minha postura educada e inabalável, como aprendi a manter.

-As pessoas sempre fazem essa confusão, somos realmente parecidos, não é? - Respondi de maneira o mais amigável possível. Embora amaldiçoasse o outro menino internamente.

Logo a menina Dragomir também saiu e a minha frente só sobrou Loran, Tohru e a outra vampira que aparecia, também emanando alma de puro sangue.

-Prazer em conhecê-la, senhorita Rose.

Essas foram minhas ultimas palavras e, após elas, simplesmente fiz uma pequena reverência. Eu ia vomitar. Se todo aquele mimimi chato continuasse, eu realmente ia vomitar ali sem qualquer receio. Pensei, enojado por todo aquele engomanismo que era obrigado a usar. Mas que, por sorte, logo acabou, quando todos começaram a se despertar. Ótimo. Agora chegara a hora de brincar um pouco com a bela adormecida. Pensei com um sorriso malicioso e mal intencionado. Mesmo que minhas intenções se bastassem no simples encher o seu saco.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado
avatar

Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 147
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Ter 22 Set 2015 - 21:05

Antes de seguir Lissa,Rose sorriu para Tohru e a cumprimentou com um sorriso amigável.
-É um prazer conhecê-la, Tohru! Posso chamá-la assim? Sei que os japoneses são muito formais, mas enfim, cá entre nós...Acho ótimo que aqui os nobres tenham que engolir alguém que eles conideram inferior... - revirou os olhos.- Pra mim, toda essa formalidade não passa de uma grande  besteira.Somos vampiros e pronto! Algumas famílias são mais importantes, mas e daí? Legal a atitude do seu tio...
Reparou,então que a menina parecia estar exausta e sugeriu antes de subir para o quarto que dividiria com sua amiga:
-Ei, ainda temos um tempinho antes do início das aulas. Por que não sobe também e toma uma ducha? Tenho certeza que se sentirá melhor e mais descansada. Também pretendo tomar uma pra conseguir ficar acordada! Até mais tarde!


Indo até sua amiga Lissa, a pegou pela mão e a puxou para se apressarem.
- Vamos, Lissa! Vamos ver como é o quarto e nos arrumarmos para a primeira aula! Pelo que vi, é com aquele professor gatinho, que tava ao lado da diretora Mellany. Alfonso, eu acho. - piscou o olho, cúmplice, sabendo que a amiga ia se interessar.


"Eles vêm primeiro."


Última edição por Rose Hathaway em Qua 23 Set 2015 - 22:02, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tohru Kuran
B
B
avatar

Feminino
Char RPG : Tohru Kuran
Humor : otimista
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 756
Inscrição : 11/04/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Ter 22 Set 2015 - 21:34

Tohru achou a colega estrangeira muito simpática e divertida e achou que ela tinha razão, não  apenas em relação ao formalismo mas quanto a subir para se lavar.Realmente um banho seria muito bom e poderia trocar de roupa caso houvesse ficado algum vestígio de sangue em seu uniforme. Sem contar que não conseguia deixar de se preocupar com Marshall...Pensando bem, o vira pegar o celular e subir apressado. E se fosse algo com Ka-chan, o seu amado bebê?
Levantou-se,então, e subiu rumo ao quarto reservado ao casal.


               Tohru e Kyoshiro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1423
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Qua 14 Out 2015 - 19:41

+ Nero


Ele acompanhou aquela garota humana com o máximo de paciência que conseguia. Entendia que ela era monitora e serviria como guia para eles até o dormitório, mas para alguém que já conhecia o caminho, e sendo acompanhado por aquela garora, Nero sentia como se estivesse sendo escoltado para que não fizesse nenhuma gracinha.


Suspirou impaciente e olhou Louis. Entendia que ele não falava nada a Magnus por querer, mas era realmente importante que aquela víbora não tivesse mais nenhuma informação.


Já estava impaciente quando chegaram naquela sala luxuosa e ele olhou o relógio. Ao menos tudo parecia bem, já que o assistente da diretora não os alardou sobre nenhum acidente ou pelo menos nenhuma morte...


Agora era esperar a boa vontade daquela pirralha de deixa-lo ir.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis Montgomery

Lya Frantini Merelin

Aldoph Magnus

Lorde Drei Dreizahl

Kyoshiro Sugawara Dreizahl

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2382
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Qua 14 Out 2015 - 21:00

Liriel caminhava um pouco a frente seguida por eles, algumas vezes olhava para trás e sorria gentilmente, sendo receptivo pelo vampiro de longos cabelos negros. O de cabelos vermelhos era mais fechado.

Louis olhava-a um tanto intrigado, a garota tinha duas auras, parecia ser duas pessoas em uma só, resolveu falar com ela para sondar se havia algo acontecido. Se a filha de Nero, não visse nada ao menos ele saberia de algo ou tentaria vasculhar o local.

_Srta Kristan sou Arthur Lambrisck e fiquei imaginando como deve ser o serviço de monitora, claro que sabe quem somos...

_Lambrisck-san...-Sorriu_Eu não acho difícil somente trabalhoso, existem regras na academia e todos ficam cientes que as quebrarem sofrem consequências, sim os monitores tem conhecimento de sua natureza.

_Que bom, fico aliviado que tenham esse controle. -Louis falava com muita naturalidade, ele tinha esse dom de fazer o outro se sentir a vontade para falar._E uma jovem tão pequena dá conta desse trabalho?

_Claro, eu sou treinada e além do mais tenho isso.-Mostrou a blood rose por dentro do casaco. _Dificilmente alguém vai querer arrumar confusão, além do mais aqui é um lugar para promover a união e paz, certo?

_Interessante...-Olhou no canto dos olhos para Nero_Se a srta tem uma dessas nem preciso dizer que é uma hunter.

_Hi... Mas como disse aqui temos os mesmo objetivos coexistência.

_Que bom, fico despreocupado com isso... E imagino que o único trabalho dessa noite está sendo nos acompanhar.

Ficou um pouco em silêncio antes de responder, aquela noite fora um caos e ela ainda não entendia porque Loran estava lutando com aquele vampiro que sumiu depois do ataque de Rose.

_Tudo na perfeita ordem

Liriel analisava o vampiro, e ficou intrigada, pois ele tinha o lacre que somente hunters colocavam em vampiros para domesticar, e o que acompanhava ele não era hunter e muito menos teria acesso a tal magia.

"Esse ai é perigoso..." -Angelus deu seu alerta.

_Chegamos. -Ela entrou no dormitório e apresentou o local depois virou para ele e curvou-se._ Lilian-san sabe onde me procurar caso precisem de algo., boa noite!

Angelus olhou diretamente a Louis, fez questão que soubesse que fora visto por ele.

Louis viu a segunda aura da garota olhar para ele e se arrepiou, mas disfarçou com um breve sorriso. Assim que ela saiu ele soltou o ar em desabafo.

_Que garota estranha, ela tem duas auras como se fosse duas pessoas em uma... E pior a segunda aura dela me olhou como se soubesse que a via.-Se arrepiou_Então vamos ao quarto de sua filha?


~* Narrador Master *~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1423
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Qua 14 Out 2015 - 21:19

+ Nero


Ele apenas observou a conversa dos dois em silêncio. Não estava ali para flertar com ninguém e ainda estava nervoso, então seu humor não era dos melhores. Nero estreitou os olhos ao ver aquela arma com a menina. Caçadora. Como ele odiava aquele tipo de humano. Sempre metendo o bedelho onde não devem e estragando os planos dos outros. Mas ele não estava ali também para arranjar confusão.


Talvez se não estivesse com tamanho mal humor pudesse admirar melhor o carisma de Louis. E não gostou nada da pausa que a menina fizera antes de responder. Aquilo era um mal sinal...


- Obrigado, senhorita - ele sorriu de leve, esforçando-se para ser minimamente simpático. Assim que a menina se foi, o sorriso sumiu - Duas auras? - ele estranhou. Aquilo era incomum. Mas poderia pensar no assunto mais tarde - Vamos, sinto o cheiro de Lillian por perto...


Ele saiu da sala de estar para o corredor e seguiu, sentindo o cheiro da menina.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado
avatar

Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   Sab 7 Nov 2015 - 8:15

A viagem tinha sido longa, exaustiva, cansativa, extremamente chata, mas era a viagem para o novo mundo que iria entrar, ela estava sentada no banco da frente do carro de sua mãe olhando em volta as coisas passarem, enquanto via que não era mais fácil do que tinha imaginado que fosse.  Sua mãe resolvera fazer a viagem toda de carro, e ela aceitara, só que pedira uma coisa antes, que a deixasse na escola antes de ir ao encontro da pessoa que olharia o apartamento.


Como a viagem estava longa e cansativa, ela não ligou para isso e continuou a mexer no celular, enviando sempre mensagem para seu melhor amigo. Pelo menos uma distração. Ela viu que o carro parava em frente ao um grande edifício, e so poderia ser a tal escola que estudaria. Despediu da mãe rapidamente, pegando suas coisas, e umas duas barras de doces dela, antes de ir em direção ao dormitório da Lua, que seria a sua casa a partir de agora. Ela deu um sorriso quando viu uma pessoa na entrada, e entraram juntos conversando calmamente, já no que seria uma sala de estar eles pararam conversaram mais um pouco, e foram cada um para seu quarto, ela já sabia onde ficaria e tudo mais. 


Assim que o sol chegou ela resolveu levantar, estava um pouco acostumada por causa dos treinos de sua mãe com ela, mas tinha se esquecido que não teria treino naquele dia, pensou em voltar para a cama, mas descaradamente pegou um livro e deitou em um dos sofás, onde estava lendo tranquilamente um dos seus livros favoritos, de uma autora chamada J.K.Rowling, ela lia para se distrair, enquanto comia uma das barras roubadas de sua mãe, que provavelmente estava dando aula a essa hora na escola para a turma da Day Class.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sala de Estar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sala de Estar
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Hall e Sala de Estar
» Sala de Estar
» SALA DE ESTAR CONJUGADA COM A SALA DE JANTAR
» Sala de Estar
» [Dojo da Reine]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Academia Cross :: Dormitórios :: § Dormitório Lua §-
Ir para: