Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
InícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Sala do Trono
Dom 3 Set 2017 - 16:34 por Adrian Ivashikov

» Green path - Central Park
Dom 3 Set 2017 - 15:39 por Tohru Kuran

» Royal Kinnokate
Dom 2 Jul 2017 - 11:01 por Makie

» Clã Sorel - Roma
Sab 1 Jul 2017 - 16:43 por Master

» Galpão - Fazenda Casa Grande
Sab 1 Jul 2017 - 16:11 por Master

» A missão ?! - Cidade Alta
Sab 24 Jun 2017 - 21:16 por Makie

»  Lirion Gatemberg
Sab 24 Jun 2017 - 18:18 por Master

» Hall de entrada/sala da mansão
Seg 19 Jun 2017 - 18:15 por Dorii'

» Sala de Estar e Jantar
Dom 18 Jun 2017 - 21:50 por Dorii'

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Votação
Como conheceu Vampire Knight?
1. Através do mangá.
34%
 34% [ 23 ]
2. Através do anime.
66%
 66% [ 44 ]
Total dos votos : 67
Top dos mais postadores
Dorii'
 
kagura
 
Lohanne
 
Master
 
Aga-chan
 
Fabi
 
Fernanda Shanira
 
Marcelo
 
Hauro
 
Alucard
 
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 >:: Corredor ::<

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis Montgomery

Lya Frantini Merelin

Aldoph Magnus

Lorde Drei Dreizahl

Kyoshiro Sugawara Dreizahl

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2389
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: >:: Corredor ::<   Dom 4 Out 2009 - 20:12

Relembrando a primeira mensagem :



~* Narrador Master *~
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
Dorii'
SP
SP
avatar

Feminino
Char RPG : Sakura Tsukino Ruri Yuriev Caio Trigoli Dante Falleneaves
Humor : O novo prefume da natura ;)
Localização : Na banca de jornal mais proxima de você!
Posts: : 4567
Inscrição : 18/04/2009

MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Sab 31 Out 2009 - 20:56

Sakura


Após sair do quarto de ariza, ela andou calmamente pelos corredores em direção a seu proprio quarto

" julio... será que as coisas realmente são assim?.. se você morre.. com alguma dor..algo forte... vc arrasta isso com vc para sempre, tentando uma forma de fazer mal a essa pessoa? "

Ela parou, no meio do cmainho, se encostando em uma parade pensativa

" eu pude senti-lo... aquilo causou dor.. se for auiloq ue ele sente.. eu quero ajudá-lo... para impedir que mariza se machuque e que ele mesmos e fira com isso. De certa forma, ele não tem culpa... ele não sabe a verdade... "

Olhou pela janela a lua, sua grande companheira. Mesmo que temsse a noite sozinha, ela gostava da lua e das estrelas...
pasou a mão por sua marca de nascença no pescoço em formato de lua, enquano olhava o céu.
A marca era o simbolo de seu poder oculto, o dom dos tsukino e mesmo que ela não soubesse, em seu sangue corria toda essa herança

~ hikari no tsuki soshite hoshi... " o birlho da lua e das estrelas.. "

Ela respirou fundo, dando meia volta e correnod em direção a saida do dormitorio... havia algo ao qual não tinha esquecido...

" toori "

os pássaros. Ela tinha que cuidar para que nascecem bem. Correu em direção ao lago da forma que podia



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ise
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora
Humor : instável
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 806
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Seg 2 Nov 2009 - 6:36

~* Liriel *~

Era tarde e o corredor estava vazio pois todos os alunos estavam na festa de halloween caminhou lentamente de volta ao quarto após o banho, sua mente ainda estava zonza por causa dos enjoos e todo aquele momento sufocante passava por sua cabeça deixando-a ainda mais irritada.

E agora mais essa... Quando penso que vou ficar em paz e viver sussegada com Axel vem um e atrapalha... Esse... Tio...


Seus olhos ficam arregalados sua voz some diante dela as sombras giravam sobre os pés da enorme criatura envolta em seu manto e máscara ele veio até ela.

_Ax..el..

A voz era sussurrante, não sabia o por que, mas estava imóvel e apavorada.



"No mundo atual, o importante não é o que você sabe,
mas a velocidade com que você aprende."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Master RPG
Recem Criado
Recem Criado
avatar

Feminino
Char RPG : NPCs
Posts: : 160
Inscrição : 30/08/2009

MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Seg 2 Nov 2009 - 6:45

Uthred

Dé pé no corredor tirou a máscara e sorriu a ela, coloca o dedo indicado sobre os lábios para informar do silêncio. Logo em seguida some nas sombras, sorrindo dizendo enquanto desaparecia.

_Logo encontrarei com todos vocês... Mesmo que não queiram... Eu os encontrarei... rs...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ise
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Char RPG : Narradora
Humor : instável
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 806
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Seg 2 Nov 2009 - 7:24

~* Liriel *~

Sai logo daqui...

Não sonsigo...

Vamos, está amolecendo... Grita, faz algo...

Viu por fim ele sumindo nas sombras e aspalavras apesar de serem suaves foram em certa foram ameaçadoras, sua mão rapidamente tocou o ventre e as lágrimas rolaram.

O que está acontecendo?

Você está mais sensivel... Deve ser isso...

Conseguiu dá um passo e cambaleou agachando e sentando, encosta-se na parede do corredor e fica ali com o olhar vago e perdido, sua mente só vinha imagens das pessoas que ama mortas... Loran... Rose... seus pais... Axel... e sua filha...

Nãooo...

Sacudia a cabeça negando isso, levou as mãos as temporas e abaixou a cabeça.

Não posso ficar assim...

Não podemos nos defender... É por isso que estas assim?

Não sei... Medo Angelus...

Esqueceu quem tu és? Uma Kristan...

Sentiu um toque em sua barriga e assustou-se olhando para os lados.

O que??

Ficou imóvel por uns instante e novamente sentiu um novo toque no ventre.

Angelus... Ele está aqui??

Sua boba é sua filha...

COMO??? Eu..uu... Não pode, está muito cedo para um bebê mexer... Ou é normal...? o.o

Você carrega um bebê meio vampiro, sua gravidez nunca será normal u.ú

Afagou a barriga e deixou a mão sobre ela para sentir e lá estava o toque de dentro para fora, Liriel sorriu e ficando fascinada...

Ela mexeu... *-*

u.ú

Naquele momento todo o medo e pavor que sentia sumiu e todo corpo foi invadido por um instinto de furia e proteção estava diferente, sentiu força e a coragem necessária para defender agora e ainda mais o bem mais valioso que tinha sua filha e o amor de Axel Ela ergueu a cabeça e por fim enxugou as lagrimas, levantando.

Já passei por coisas piores... Essa criatura não vai conseguir o que deseja...

Tocou novamente a barriga.

_Née... Filha, tu madre e tu padre nunca permitiram que atrapalhem o que conquistamos, que é viver o nosso amor e agora com o presente que temos que é você ...

Voltou a andar um tanto confiante seus olhos se aguçaram, ali estava a caçadora pronta e determinada, retornando ao seu quarto.



"No mundo atual, o importante não é o que você sabe,
mas a velocidade com que você aprende."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Qui 12 Nov 2009 - 14:45

~Marshall~

*O menino correu pelo corredor quase esbarrando em uma das estátua mas se desviou a tempo, viu ao longe Tohru e então gritou por ela*

- Tohru-chan! Matsu kudasai! - ele disse e então correu na direção dela, parando quando finalmente a alcançou. Ofegava mas seu rosto estava pálido. Ele segurou o braço dela, olhando-a nos olhos.

"Ela... não parece bem... talvez eu devesse esquecer... talvez... não devesse aborrecê-la com isso... Ela me contaria se fosse uma daquelas coisas... Além do mais... talvez ela esteja com medo de mim, pelo que ouviu..."

*Ele soltou o ombro dela e recuou um passo, se sentindo confuso. Sabia que ela havia ouvido ele falar sobre matar Lohanno*

- .... daijoobu de suka?... - ele perguntou num tom de voz baixo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tohru Kuran
B
B
avatar

Feminino
Char RPG : Tohru Kuran
Humor : otimista
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 758
Inscrição : 11/04/2009

MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Qui 12 Nov 2009 - 23:14

Marshall disse

[quote]- Tohru-chan! Matsu kudasai! - ele disse e então correu na direção dela, parando quando finalmente a alcançou. Ofegava mas seu rosto estava pálido. Ele segurou o braço dela, olhando-a nos olhos.[/quote]

*Tohru olhou pra ele, sentindo que ele estava estranho e confuso. Lembrou que ele havia ido atrás de Arashi. Teria ela dito algo sobre sua verdadeira identidade? Mas outra coisa a angustiava agora também*

Marshall disse
Citação:
Citação :
.... daijoobu de suka?... - ele perguntou num tom de voz baixo.
-

</SPAN>

__ Iee...Marshall-kun...*sacudiu a cabeça,aflita.*__Me diga ...Me diga que não é verdade o que disse a Arashi! Você é um rapaz bom e gentil! Não pode se tornar um assassino!*Sua voz subiu uma oitava, mas ela logo baixou o tom de novo.*__ Não pode ter sido Lohanno-san...Foi ele próprio que matou seus pais? E se não foi porque? Quanto ao outro eu reconheci a marca sim e isso me apavorou, mas não significa que tena sido ele que matou minha mãe!Marshall-kun, onegai... Não faça nenhuma bobagem!!*agarrou a camisa do uniforme dele. Então notou que ele a olhava de modo diferente e recuou um passo.*

__O ... O que foi? Por que me olha desse jeito como se me avaliasse?*então, sua intuição lhe disse que ele já sabia de algo que não podia saber, que ela queria ter contado, mas temera o momento acima de tudo...*

__ Eu queria...Precisava mesmo lhe perguntar algo...Parece que andou falando com Arashi-san, não foi? Também está achando que sou uma de suas "aberrações"? *Fechou os olhos , inspirou e expirou, ansiosa.*__E..E...Se eu fosse? Se eu fosse mestiça, como Arashi-san, que tem sangue de youkai? Se eu fosse filha de um vampiro, falando por hipótese? Você realmente seria incapaz de amar como agora? Todo o sentimento, tudo que vivemos até agora nada representaria pra você? *Tohru, quase em pânico, agora já falava quase gritando de aflição e dor.*

*Em razão do silêncio e da expressão chocada dele, ela teve certeza da resposta. Suspirou. Nada mais importava agora... Acabara.*

__Iee...Não sou uma vampira, Marshall-kun, fique tranquilo...Pelo menos , ainda não...E meu pai, nunca foi, não é e nunca jamais será um monstro!!Mas você sim se tornará um, caso se torne o mesmo que os assassinos de nossos pais!! Alguém injusto o bastante pra culpar e condenar alguém pelo simples fato de ter nascido! Você é igual aqueles delinquentes que queriam me fazer mal a 3 anos na saída da escola!* Gritou e virou as costas, andando depressa.Um pouco mais à frente, voltou-se. A expressão agora, vazia e triste.*__ Não se preocupe, Marshall-kun...Não vai ter que se dar ao trabalho de me matar...

*Baixou a cabeça e se virou rumo ao seu quarto.*


               Tohru e Kyoshiro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Sex 13 Nov 2009 - 8:44

~Marshall~

*Apesar de afastado ele ainda continuava a olhá-la nos olhos, ouvindo as palavras dela*

"Então é isso... ela está preocupada com o que eu disse... Droga! Não deveria ter dito nada daquilo... Mas Akaoika-san parece odiar essas coisas tanto quanto eu! Foi como desabafar com alguém que me entenderia..."

*Ele pensou continuando a ouví-la. Não sabia ao certo o que lhe dizer mas não queria mais continuar mentindo*

- Não o defenda... - ele começou, desviando os olhos para o chão - Você está certa, ele não matou meus pais, foram os pais dele que fizeram isso... demo... eles já foram mortos então eu decidi que me vingaria fazendo o mesmo que fizeram comigo, matando a família deles. Laurence-san pode parecer alguém gentil ma tenho certeza que é exatamente igual seus pais, assassinos impiedosos! - ele voltou a olhá-la, seu rosto passará do pálido ao vermelho, sua voz tinha um pesado tom de raiva e as palavras saíam entre os dentes. Ele fechara os punhos, apertando a grava em sua mão com toda a força, assim como a alça da mochila - Gomenasai demo... cada vez que o defende é como se... se algo se ferisse dentro de mim... sei que é alguém boa...

"Dhampir..." - a palavra ecoou na mente dele, fazendo-o parar de falar no mesmo instante em que ela agarrou sua camisa. Ele olhou nos olhos dela, sentindo um aperto no peito.

- Tohru-chan... me peça qualquer coisa menos... isso... eu disse que não era alguém bom... - ele falou, soltando a grvata no chão e pegando a mão que segurava sua camisa e a afastando.

" Filha de um vampiro com uma mãe humana..."

*Ele a olhou mais uma vez, apreensivo*

"Eu... não... não vou perguntar nada..."


*Ele temia perguntar se ela era realmente filha de um vampiro mas isso não foi necessário, Tohru começou a falar logo em seguida*

- ...

*Ele ouviu a frase, uma onda de choque passando por sua expressão, sua garganta se fechando a medida que ele sentia seu estômago revirar e seu rosto ficar gelado, assim como suas mãos*

"... por favor não continue..."


~ watashi ha anata wo ai suru koto ga dekinai kunarimasu ... eto...watashi ha shinarai... - ele disse que não seria mais capaz de amá-la mas depois mudou, dizendo não saber, sacudindo a cabeça confuso, se encostando na parede, ficando em silêncio, enquanto as palavras dela chegavam confusas à seus ouvidos. Ele abriu a boca para responder novamente mas nenhum som saiu.

"Por favor diga que está mentindo..."

- ... você não pode me julgar... agora entendo porque os defende tanto, porque você é uma deles... pare de me comparar à outras pessoas! Só quero vingar o que me aconteceu e isso é justo! Se acha que eu vou ser igual à eles então simplesmente se afaste! - ele disse batendo o punho fechado na parede, com força, trincando os dentes.

"Eles... eles continuam tirando tudo de mim! Até ela! Não posso acreditar!"

*Ele a viu se afastar sem fazer nada*

"... é bom que ela ache que eu seja um mosntro... mas ela... também será!"

*Ficou olhando o chão e então ouviu sua última frase*

"Trabalho de matá-la? Do que ela está falando?!"

*Ele ficou olhando-a ir, indeciso entre seguí-la ou não. Fechou os olhos, sentindo-o úmidos pelas lágrimas. Era como se um buraco houvesse sido aberto em seu peito e agora ele não sabia o que fazer, mal conseguia respirar, a garganta parecia ter se fechado e o estômago parecia querer sair pela boca. Apertou mais os olhos, as lembranças daqueles últimos dias enchendo sua mente como um turbilhão. Cada gesto dela, cada sorriso, cada palavra tentando animá-lo, dizendo que o amava. Ele sentiu o aperto no peito aumentar mais, socando novamente a parede, tntando se distrair com aquela dor física mas era impossível*

"Não adianta pensar nisso... ela me acha um monstro... ela não é como eu... eu acho ela um monstro..."

*Ele hesitou por alguns minutos e então largou a mochila no chão, ao lado da gravata e saiu correndo pelo corredor, não sabia bem o que faria mas algo lhe dizia que tudo aquilo estava errado e eles ainda precisam conversar*

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   Qua 2 Dez 2009 - 9:59

~Marshall~ (noite do desafio com Arashi, após ter deixado Tohru no quarto)

*Após ter deixado Tohru no quarto, Marshall caminhava pelo corredor em direção à sua ala do dormitório. Se sentia totalmente derrotado em vários sentidos e agora tinha um sentimento de perda tão ruim quanto o que tivera quando seus pais morreram. Ele ainda tinha esperanças de que a qualquer momento acordaria de um pesadelo ou coisa parecida e então estaria ainda vestido com a fantasia de cavaleiro, dormindo aos pés da cama de Tohru e que ela acordaria sorrindo como sempre fazia e não com aquela expressão triste que vira ao deixá-la no quarto. Ela ainda estaria lá lhe dizendo que as coisas poderiam ser de uma forma melhor e ele mesmo tendo certeza de que deveria afastá-la para seu próprio bem, sentiria vontade de ficar com ela. Mas aquela esperança ia se esvaíndo a medida que aquele dia foi passando sem dar mostrar de que algo naquela nova cruel realidade mudaria. Agora também havia sido derrotado por Arashi e no fundo começava a se arrepender de ter que ser seu pupilo*

"Ela também não é humana... Tohru também não... Quem são os humanos daqui afinal?"

*Seus pensamentos só o deixavam mais confuso. Ele parou em meio ao corredor olhando para fora. Sabia que estava quebrando as regras ficando fora de seu quarto após o toque de recolher mas não se importava com aquilo, no fundo poucas coisas importavam naquele momento. Ele olhou distraidamente para as fitinhas que estavam presas em seus pulsos e começou a considerar a idéia de tirá-las mas logo sacudiu a cabeça, aquilo não mudaria em nada, só o deixaria mais distante da pessoa que ele queria estar perto*

"Eu não posso simplesmente esquecê-la..."

*Ele encostou um dos pulsos no rosto e fechou os olhos, lembrando-se do momento em que tirara as fitinhas do cabelo dela, na enfermaria. Parecia um dia bastante distante mas mal se havia passado uma semana. Sentiu a mesma vontade de abraçá-la e beijá-la como naquele dia, em que ela estava frágil e precisava que ele a protegesse*

"Akaoika-san disse que ela precisará que eu a proteja... que aqueles que vieram atrás da mãe dela podem voltar... Talvez ela saiba se defender sozinha..."

~não... não posso deixar ninguém se aproximar dela para ferí-la! - sussurrou com raiva entre os dentes, dando um soco na parede.

"Se alguém tentar algo contra ela... não importa quem... eu..."

*Ele respirou fundo, sentindo uma onda de raiva encher-lhe a alma. Lembrou-se de Alucard passando por eles, dos olhos fixos do menino sobre Tohru e deu outro soco na parede*

"Eu deveria deixá-la em paz..."

*Ele voltou a andar pelo corredor, quase arrastando os passos, respirou fundo mais uma vez e então sentiu um doce perfume. Olhou em volta procurando por Tohru mas não havia mais ninguém no corredor, então se deu conta de que o cheiro vinha dele mesmo. Naquele breve momento que havia ficado com ela em seus braços, ela havia deixado seu cheiro na roupa do menino*

"..."

*Marshall se segurou para não voltar naquele mesmo momento e pedir desculpas por tudo que havia feito e dito naquele dia, mas no fundo sabia que nada mudaria. Será que ele conseguiria conviver com o fato de que ela poderia se transformar, a qualquer momento, na criatura que ele mais odiava?*

"O pai dela... nossos inimigos são as mesmas pessoas... ele me investigou... mesmo depois de tudo que fiz ele ainda me acha digno dela... o certo seria que ele viesse e cortasse minha cabeça fora... eu faria isso se visse alguém magoá-la como eu magooei... demo... sempre disse que não era bom para ela... agora sei que sou ainda pior e que ela também não poderá ser boa para mim... não que eu a merecesse de qualquer forma... ainda que nada tivesse acontecido no passado..."

*Ele parou diante da porta de seu quarto sem sequer perceber que havia chegado ao seu destino. Era amdrugada, ele teria que ser silencioso para não acordar seu companheiro de quarto e tentar dormir para as aulas do dia seguinte*

"... eu não posso simplesmente esquecê-la..."

*Ele tocou a maçaneta e a girou, empurrando a porta em seguida*

"... mas ela poderia tentar..."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: >:: Corredor ::<   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
>:: Corredor ::<
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
 Tópicos similares
-
» Corredor (E lavabo)
» Os peões da guerra. (Crônica Oficial)
» [Comum] UAOM - In The North of The Island
» [CLIPE] MARINA AND THE DIAMONDS - LIVING DEAD
» Corredores de pedra

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Cross Café :: Sol-
Ir para: