Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6
AutorMensagem
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Seg 25 Abr 2016 - 11:03

Relembrando a primeira mensagem :

O aeroporto mais próximo de York era Leeds Bradford International Airport e naquela época do ano era uma sorte que ele não estivesse fechado pela neve. Depois disso, agora tinham mais uma viagem de quase 1 hora de taxi até a pequena cidade.


Daryl usava o presente natalino e tinha feito um esforço de comprar roupas modernas para poder caminhar com ela sem destoarem entre os comuns. O problema é que assim ficaria diferente da família. Mas esse era o intuito. O vampiro olhava a namorada a todo momento para ter certeza de que a viagem não estava sendo absurdamente chata. Também estava mais calado. Pois a todo momento lembrava-se que o objetivo principal era exatamente aquilo que ele detestaria fazer: conversar com sua família.


~ Flashback ~


Como parte do plano esperado por Orion para afastar Lily de Nero e evitar um desastre maior sobre o passado da garota, Daryl decidiu levar a namorada com ele para a Inglaterra e conhecer seus sogros. A única forma segura de fazê-la aceitar sair de casa por tanto tempo sem suspeitar muito.

O rapaz escreveu uma carta a sua mãe na moite seguinte a sua decisão e pediu para envio ultra-expresso, o que levaria cerca de três dias, segundo a pesquisa de sua ex-lacaia. Nessas horas via como fazia falta um ótimo celular em sua terra natal. O restante da família saberia por boatos.

Em uma visita à residência Sorel, Naru fez logo o papel de irmã mais nova e, na primeira oportunidade que estavam a sós, soltou a fofoca:

- Daryl disse que vai conversar com a mãe dele para que eu não seja mais uma lacaia. Ele quer ir pessoalmente e... - murmurou, como contando um segredo -vai te convidar para ir junto - Naru contou para amiga após relatar como tinha sido a conversa entre eles sobre deixar de ser uma lacaia (sem mencionar a parte em que Orion apareceu, é claro). Não estava tão empolgada quanto poderia, pois aquilo era uma pequena farsa. Mesmo assim, ficava feliz em poder se tornar membro da família.
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Qua 2 Nov 2016 - 22:20

Lillian sorria largamente, satisfeita. Adorou quando Daryl interveio e lhe deu toda a razão. Abraçou o namorado como se dissesse que aquilo tudo agora a pertencia. E olhava para Amanda com o ar de superioridade de alguém que havia vencido uma batalha e se orgulhava daquilo. Não deixou de acenar alegre para a outra que saía e dizer em alto e bom som.

- Não se preocupe, meu amor! Ninguém que provou algo de qualidade é louco por trocar por coisas estragadas! Licença concedida! – zombou.

Voltou a atenção para Amanda e gesticulou que não havia problemas.

- Não se preocupe, eu já esperava por algo do tipo. Mas fico feliz que ao menos alguém tenha me aprovado – sorriu divertida e piscou para ela – Infelizmente não tenho irmãos para oferecer – riu de leve.

Terminou a taça que bebia, entregou a vazia para um garçom e pegou a cheia das mãos de Daryl. Se aproximou dele para beijar sua bochecha, mas com a outra mão em suas costas, o vampiro pôde ouvir quando ela estalou os dedos.

Quando Lily tocou o cabelo da loira, havia deixado uma estática ali para uma pequena vingança. Agora que Christine havia se afastado, pôs sua traquinagem em prática. Usou seus poderes e, ao estalar os dedos, lançou a estática necessária para reagir com a no cabelo da loira e... Fazer com que os cabelos dela ficassem arrepiados como se houvesse levado um choque.

Assim que o estrago fora feito, ela se afastou e olhou para Daryl, sorriu e deu uma piscadela sapeca.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Qua 2 Nov 2016 - 23:06

Foi uma reação bem espontânea. Os cachos da loira viraram tufos macabros e ela soltou um berro afetado que fez muitos olharem naquela direção.

Christine olhou para trás, enraivecida, mas logo uma mulher, que antes conversava com o pai de Daryl, desceu correndo e a pegou pelo braço. As duas saíram rapidamente.

- Nossa! Ei, preciso ir, tenho que emprestar meus lencinhos para alguém no toalete. Acabei de comprar um celular, preciso tirar uma foto disso. Até mais - Amanda saiu rapidamente atrás da irmã. 

Daryl riu, olhando para ela com uma pitada de doçura, como se fosse uma criança levada que ele admirava.

- O que eu faço com você? - brincou. - Não vou mais querer ir embora daqui só para ver que tipo de terror você vai causar nos meus familiares.

Ele a puxou para perto e a beijou. 

- Desculpe por tudo isso. Tá bem? Quer dar uma volta para ver se nos deixam em paz?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Qua 2 Nov 2016 - 23:53

Lily riu abertamente ao ver o estrago que havia feito na loira, não fez nenhuma questão de esconder que fora ela quem aprontara aquilo. Era bom mesmo que soubessem do que ela era capaz.

Viu Amanda ir correndo pra tirar sarro da irmã, então voltou sua atenção para o namorado. Sorriu ainda mais sapeca com as palavras dele e mordeu o lábio inferior. Se aconchegou nele e correspondeu o beijo com carinho, depois se aproximou mais para poder sussurrar em seu ouvido.


- Ah, não, você não vai querer ficar aqui durante toda a noite – mordiscou sua orelha e completou em tom sensual – Deveria é estar curioso com o que eu vou fazer com você quando estivermos sozinhos entre quatro paredes...

 Depois se afastou dele com um sorriso malicioso e entrelaçou seus braços.

- Tudo bem, vamos fugir um pouco dos seus parentes. Pra onde vamos? – perguntou e terminou a segunda taça de sangue.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Qui 3 Nov 2016 - 9:47


- Já quero ir embora agora - murmurou de volta, segurando sua cintura para prolongar o contato.

- Ah, você vai ver - comentou divertido, deixando a taça em um canto e levando-a para passear.

O casal cruzou o salão pelos cantos, enquanto algumas pessoas dançavam e já se distraíam normalmente sem prestar muita atenção. Ele fez o caminho de volta para a entrada e foi conduzindo a garota pelas escadas. Em comparação à casa de Daryl, era bem mais espaçoso e com um ar de "limpeza". Os passos ecoavam, também transmitindo uma sensação de que estavam sozinhos, apesar do som da festa lá embaixo.

- Esse lugar é entediante... Eu nunca senti como uma casa minha - comentou, fazendo uma curva para um dos corredores da parte superior da casa.

O corredor, aliás, parecia de algum hotel chique, com várias portas de acesso ainda que mantivesse aspectos vitorianos.

De repente ele parou e a mediu cuidadosamente, encostando-a na parede, entre uma porta e um quadro. Aproximou o rosto, desviando-se para o pescoço, sentindo o cheiro dela e entreabrindo os lábios.

- Me faz sentir um adolescente - admitiu em um sussurro, acariciando seu rosto. Ele afastou-se para olhar em seus olhos de cores diferentes e tocar seus lábios com o polegar. Pressionou o corpo contra o dela e a beijou.

Estava realmente se sentindo um adolescente que foge para "namorar escondido".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Qui 3 Nov 2016 - 12:11

Lily agradeceu internamente que a atenção já não estivesse mais voltada para eles. Não queria encontrar mais primas falsas ou oferecidas, nem homens que a olhassem de forma indevida. Ficou intrigada quando o namorado a conduziu para a parte de cima, esperava que fosse levá-la para o jardim ou algo do tipo. Será que ele pretendia levá-la a algum quarto? Sem vergonha.

Notava a diferença do clima daquela casa, mas não podia dizer que era exatamente mais agradável. Era mais limpo, chique, porém ali ela não poderia ser ela mesma. Começava a sentir falta de sua casa, seu castelo onde podia transitar livremente e só receberia esporro caso fizesse bagunça demais. Sorriu de leve. O que o pai e a irmã diriam se soubessem o que ela acabara de fazer? Naru com certeza ficaria horrorizada e Nero orgulhoso.

- Talvez porque aqui não tivesse ninguém que te fizesse sentir pertencer a esse lugar – ela respondeu o olhando com carinho.

Olhou curiosa para o namorado quando ele a parou e deu um sorriso ao ser encostada na parede. Deu um leve riso ao se arrepiar quando ele cheirou seu pescoço. Se sentir como um adolescente... Bem, ela ainda nem adolescente era para o padrão dos vampiros, mas aquilo não deixava de ser divertido, ainda mais ouvindo as palavras da boca de alguém tão certinho e cheio de manias.

Sorriu para ele e depois correspondeu o beijo, passando os braços ao redor do pescoço dele. Começava a cogitar se não seria melhor se dessem alguma desculpa ou fugissem logo da festa, queria ele, só ele, queria voltar ao momento de paz com o seu amado. Iria com Daryl para onde ele quisesse naquele momento.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Qui 3 Nov 2016 - 17:31

Daryl estava mesmo se divertindo com aquela situação meio "escondida". Não conseguia parar de beijá-la, escorregando a mão pelo contorno de seu corpo. 

- Vem aqui, só um pouco - murmurou. Era uma mentira que ele tentava se convencer, já que estava difícil de se controlar. Ele finalmente se afastou e, segurando a mão dela, abriu a porta do quarto, que era muito espaçoso, com decoração em azul e bege, mais uma vez com um ar moderno com toques vitorianos. Não era um quarto de hospedes... Nem  tinha o cheiro dele.



Ele sorriu, fechando a porta atrás deles e segurando ela pela mão, agora andando de costas. Estava ansioso. Queria tanto uma coisa, mas suas "regras pessoais" o freavam. Não achava que a estava respeitando devidamente daquele jeito, trazendo-a para um local que ela não conhecia, no meio de uma festa... Mas agia por impulsos agora, ainda tentando manter-se 'decente', 'gentil'...

- Não pergunte - adiantou, meio rindo. Apenas queria entrar ali. Algo nele quis muito isso. - Já vamos embora... - tentou se convencer de novo, falando mais baixo e aproximou-se dela mais uma vez, segurando-a pelo rosto e beijando-a novamente. Respirou fundo então e moveu de novo a boca para o pescoço dela, hesitando, meio que pedindo uma permissão. Ele girou o corpo com o dela e a empurrou para a cama, sorrindo e ficando por cima com o apoio de joelhos. Daryl a examinou de perto, ajeitando o corpo para poder cheirá-la no decote e passear as mãos em seus seios, subindo o rosto para seu pescoço, para mordê-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Sex 4 Nov 2016 - 1:36

Lily correspondia os beijos e se arrepiava conforme sentia o toque suave de seu namorado deslizando pelo contorno dela naquele vestido. Sorriu divertida e cúmplice ao ser puxada para dentro do quarto que ela não fazia ideia de quem era. Não tinha o cheiro de um quarto de hóspedes, de quem seria? Poderia pensar que era o quarto de Daryl ali, não fosse ele parecer tão nervoso e de sentir falta do cheiro do namorado no cômodo.

Ao contrário do nervosismo de Daryl, Lily estava achando aquilo tudo muito empolgante. Aquele gostinho de perigo a excitava e ela estava se divertindo com aquela travessura, mesmo que temesse ser encontrada “se pegando” com o namorado no quarto de um desconhecido. Quanto ao cavalheirismo dele, ela não parecia sequer pensar ou se importar com o excesso de decência e gentileza, o que queria mesmo era que ele deixasse de frescura e voltasse logo a beijá-la.

Riu de volta e negou com a cabeça como se dissesse que não iria fazer perguntas. Também não acreditou que ele fosse realmente querer ir embora rápido depois de ter chegado até ali com sua pequena aventura. Abraçou a cintura dele quando o namorado se aproximou e correspondeu o beijo. Como gostava daquele carinho, daquele jeito suave dele apesar de tudo... Seu príncipe sem cavalo branco. Seu anjinho de cabelo encaracolado.

O beijo em seu pescoço rendeu um suspiro e ela ergueu mais a cabeça dando a permissão silenciosa que ele desejava. Riu sapeca ao ser jogada na cama e puxou ele pelo colarinho para si enquanto sorria mordendo o lábio inferior. Gemeu baixo e se arrepiou quando ele cheirou seu decote, uma mão deslizou até os cabelos dele e puxou de leve seus cachos. Outro gemido escapou quando ele acariciou seus seios e ela voltou a erguer a cabeça para deixar o pescoço exposto para ele.  Lily era toda sua, para o que ele quisesse fazer.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho   Hoje à(s) 11:03

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6
 Tópicos similares
-
» Oneshot: Um lírio entre fogo e espinho
» Zuações... Entre no topico se vc faz.
» O Formigueiro pegou fogo....
» [Tutorial]Tipografia de fogo
» Só entre aqui se tiver coragem

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: World Places :: One-Shot RPG-
Ir para: