Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Sala de Interrogatório

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Sala de Interrogatório    Qui 31 Mar 2016 - 20:41

Sala de Interrogatório
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Interrogatório    Sex 1 Abr 2016 - 16:57

+ Kaito + Daniel +

Kaito havia pego algumas pastas com informações sobre a boate e a venda das pastilhas de sangue, ele sabia que haviam autorizado a venda naquele Pub's, mas a boate clandestina era novidade o que provocou certo clima ruim entre todos dentro da Associação. Por qual intuito Zero-kun liberou a venda naquele lugar?

Ele somente queria algumas respostas daquele vampiro, mas de certa forma sabia que não teria muito o que perguntar, era rotina na verdade, somente para mostrar que a Associação estava de olhos voltados para aquela situação e a forma de encobrir tudo sem despertar atenção dos humanos para os vampiros.

Aquela encenação do comparecimento do vampiro até a associação era somente para isso, tirar o foco das atenções de cima do ocorrido e dos vampiros.

_Espero terminar com  isso logo Daniel quero ver outras coisas mais importantes, veja se o sr Sorel já chegou.

_Claro irei a recepção ver isso. - Daniel levantou rapidamente da cadeira e saiu fechando a porta atrás de si e foi até a recepção.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Interrogatório    Sab 2 Abr 2016 - 2:32

+ Nero +


O vampiro ruivo estava nervoso. Haviam o instruído de que a Associação dera permissão para que o pub comercializasse aquelas pastilhas de sangue, mas não sabia se haviam descoberto que Magnus adulterara o produto para que se tornasse uma potente droga. Esperava que não, senão também já teriam interditado o estabelecimento muito antes da polícia humana.


No entanto, não era aquele o motivo que deixava o vampiro nervoso. Tampouco o fato de já ter matado dois humanos em Ambarantis  somente naquela noite. O que o preocupava era a sua extensa ficha criminal. Se aqueles caçadores pesquisassem sobre ele iriam descobrir que Nero já havia cometido crimes contra humanos e outros vampiros, mesmo que fossem apenas suspeitas não comprovadas. 


Só esperava que nessa busca não acionassem as filiais européias e as avisassem que o ruivo estava ali. Mesmo que já houvesse passado algum tempo após o incidente em Paris, o vampiro acreditava que aqueles humanos caçadores iriam querer vingança pelo que fizera contra eles. Ter aquele casal atrás de si naquele momento poderia estragar seus planos.


Mesmo com seus receios o vampiro não poderia deixar de comparecer ao local conforme fora intimado. Se Nero não aparecesse ou fugisse aquilo seria como confirmar a sua culpa e a culpa da Amadeus no que quer que aqueles caçadores fossem intimá-lo. E o vampiro não queria nem pensar no quanto Magnus ficaria furioso com toda a situação. A noite seguinte seria longa...


Depois de simular o acidente na estrada com Victor, Nero voltou para casa para tomar um banho e sumir com as roupas com cheiro de fumaça e sangue. Deixou o carro para que os empregados o limpassem também e dirigiu com a moto até a parte da cidade dominada pelos caçadores. Parou diante da Associação e entrou, nervoso, sentindo os olhares de cada um dos presentes o acompanhando. A presença daquelas armas especiais contra vampiros o causava mal estar.


Foi até a recepção e disse o motivo de estar ali, então seguiu para o local onde deveria esperar até ser chamado. Permaneceu de pé, inquieto, sentindo o desconforto daquele ambiente.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Interrogatório    Dom 10 Abr 2016 - 15:35

+ Daniel + Kaito +


Daniel chegou a recepção e logo avistou o vampiro, aproximou-se rapidamente se apresentando.

_Sr Sorel, sou Daniel estamos lhe esperando, me acompanhe.

Ele mostrou o caminho e assim ambos seguiram até a sala de interrogatório. Daniel abriu a porta e o fez entrar.

_Sente-se, logo Kaito-kun vem para conversarem. - Saiu e deixou o vampiro naquela sala muito estranha e fria.

Kaito pegava as documentações e olhava pelo vidro sabia que ele não podia ve-lo, mas ainda assim tem certeza que ele sabia que estavam ali observando-o. O hunter deixou o vampiro esperar um pouco e depois foi até a sala. Ao abrir a porta, olhou o vampiro e bufou, realmente não sabia o motivo que Zero ter mandando chamar aquele vampiro para perguntas, já que todas as informações necessárias foram pegas por eles na delegacia.

_Sr Sorel, ficamos contente com o fato de ter vindo prontamente a associação, geralmente a maioria foge. -Colocou uma pasta sobre a mesa. _ Mas não iremos nos demorar, afinal é só uma mera formalidade, para que não reclamem que não fizemos nada.

Olhou-o e depois abriu a pasta dele.

_Interessante... - Fechou em seguida. _Sr Sorel, nós autorizamos a venda da pastilhas no estabelecimento em que trabalha, a policia acredita que as pastilhas são drogas sintéticas para viciar humanos e vampiros. -Entregou um formulário para ele preencher. _Preencha esse formulário onde tem algumas perguntas sobre as pastilhas e poderá sair.

Ele se levantou e foi até a porta, antes de sair virou-se para ele informando.


_Logo um hunter irá fazer contato com o sr para maiores esclarecimentos.

Abriu a porta e saiu deixando o vampiro a sós, aquela situação era estranha, mas por ele está se sentindo mal naquele lugar responderia logo aquele formulário saindo o mais rápido daquele lugar.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sala de Interrogatório    Ter 12 Abr 2016 - 0:15

+ Nero + 


Nero cumprimentou o caçador com um aceno com a cabeça apenas porque era obrigado a ter um mínimo de educação dentro da toca daqueles leões. Ele não queria ter que lutar para matar seu leão diário ali. Seguiu o humano até a sala de interrogatório e estremeceu com a sensação fria que aquela sala passava.

Sentou-se quando foi pedido e cruzou os braços com calafrios, esperando que aquele tal Kaito viesse logo para acabarem com aquilo e ele pudesse meter o pé dali. Sentia o cretino o observando do outro lado daquele vidro, era a mesma sensação que tivera com aquele policial maldito na delegacia a algumas horas atrás. 

Ergueu uma sobrancelha quando viu o humano entrar bufando. Pelo menos ele não era o único a estar ali puto com a situação. 

- Não é como se eu não quisesse fugir também - Nero resmungou - Nenhum de nós gosta da ideia de entrar na toca de vocês... Mas é melhor vir do que ser caçado por algum mal entendido.

Quando Kaito abriu a pasta, Nero travou. Um calafrio percorreu a sua nuca ao imaginar o que poderia ter ali. Se fosse a sua ficha completa ele estaria ferrado e não teria como fugir sem correr o risco de morrer. Mas... O humano não citou nada sobre ele e sim sobre a Amadeus. Seria então que eles não encontraram sua ficha? Ou estariam brincando com o ruivo antes de executá-lo? Era melhor entrar no jogo dele. Não deveria levantar suspeitas, caso eles realmente não tivessem sua ficha.

Relaxou o máximo que conseguiu e pegou aquele formulário. 

- Está bem.

Olhou para a porta por um tempo depois que o caçador saiu e tentou manter a calma. Aquele lugar... Urgh, que sala desconfortável. Aquilo devia estar impregnado de magia de caçador. Tivera sorte de conseguir se alimentar de Victor antes de ir ali, bem alimentado era mais fácil manter o controle, mesmo que a sede ainda o incomodasse pela falta do sangue de Louis. 

Pegou o formulário e analisou antes de começar a responder. Não podia comprometer ainda mais o lugar, ou teria, no mínimo, o fígado arrancado. Após terminar ali, ele aguardou o caçador voltar, mostrando óbvio desconforto de estar ali.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sala de Interrogatório    Sex 15 Abr 2016 - 2:03

+ Kaito + Daniel +

O hunter que era braço direito de Zero na associação de caçadores saiu da sala e encontrou Daniel com a pasta na mão. 
_Não sei de onde vocês tiraram essa idéia em usar esse vampiro. - jogou a pasta na mesa para Daniel. _Zero -kun deu autorização a tirar essa pasta dos arquivos e a ordem de execução do Sr Sorel ali na outra sala. _Deixar um vampiro perigoso solto é loucura... Ele tinha que ser executado.
Daniel pegou a pasta e abriu olhou algumas folhas e fechou. 
_Você está se preocupando muito, sei o que faço e se quisermos pegar esse traficante temos que jogar pesado. - Olhou pelo vidro e depois saiu da sala. _Libere ele e vamos agir por fora.
Kaito puxou o ar prendendo um pouco a respiração e ao soltar mostrou-se insatisfeito, mas iria cumprir aquela ordem.
Voltou até  sala e olhou o vampiro.
_Sr Sorel esta liberado por hora, termine o questionário e entregue na recepção, aguarde nosso contato.-Saiu deixando a porta encostada.

***********
ENCERRADO

Nero +2


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sala de Interrogatório    Hoje à(s) 11:03

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sala de Interrogatório
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Sala de Jogos ? Local Público Oficial ?
» Sala de Armas [NOVA]
» Sala do Chefe do Departamento de Cooperação Internacional em Magia
» Sala de Gravidade Aumentada
» Sala de jogos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Baixa :: Associação dos Caçadores-
Ir para: