Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Seg 1 Fev 2016 - 18:28

As Areias do Tempo
Diário de Viagem
Loran Kuran e Rose Valentine
 1º Percurso - Pérsia Oriente





Pérsia - História:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Seg 8 Fev 2016 - 19:03

Após os eventos que ocorreram na Academia Cross e na festa da mansão de Charles, o puro resolveu tomar algumas decisões, em uma conversa com seu pai humano, fez lembrar de um dos ensinamentos que sempre recebia de seu pai : Se não há remédio remediado está! O melhor era ser mais estratégico e já que não tinha poder suficiente para enfrentar os que lhe atormentam, busca aliados, crie meios para que lhe ajudem, procure criar ao seu redor forças que lhe forneçam segurança e apoio.

A família Kristan irá ajudar, mas com o único intuito de se manter o tratado de paz entre humanos e vampiros. Loran tinha ciencia disso e fez o pedido a família de retirar o lacre que o domestica feito pelos caçadores para evitar que ele use para algum fim mais pessoal. O problema para Rocco e Shimizu era que o tiro que Loran levou na cabeça fez um abalo no lacre, era uma bala preparada, com isso tiveram certeza que não queriam mata-lo e sim romper esse lacre. Loran está por um fio, a tal magia hunter está fraca e ele está mudando mais e mais, pode sentir a presença de um puro só de olhar para o jovem Kuran.

Loran resolveu procurar apoio e seguir o conselho do pai humano, passou a pesquisar sobre os sangues puros que ainda restavam no mundo e quais deles poderiam lhe apoiar, lógico que teria que ter bons argumentos para essa ajuda e que muitos deles iriam querer algo em troca.

Antes daquele eventos que trouxeram caos e mortes na Academia, Loran pouco ligava para  monarquia e muito menos pela sua estrutura e fundamentos, mas se viu obrigado a estudar mais sobre isso e a história da família Kuran.

Acervo clã Kuran:
 
Loran não conseguiu ir adiante nas leituras quando se deparou com a parte onde havia sido dado como morto e os Kurans esconderam a "troca", ele estava naquele lugar e estava perdendo seu último fôlego de vida e mesmo assim ninguém o viu, nenhum deles? Havia essas perguntas que ele mesmo não queria saber da respostas, afinal quem as daria? Se todos aqueles envolvidos já não existiam mais e a única Kuran que poderia responder, mal presenciou algo quanto mais saber da existência dele.

Fez uma longa pausa sentando na varanda da casa que fora criado desde a infância e puxou de sua memória, talvez se tentasse recordar daquele período, mas a sua mente só mostrava a dor e agonia de ver sua vida indo embora, do pavor de sentir seu sangue sendo dado e quando foi largado como um trapo no fundo daquele túmulo perto de virar cinzas. Abriu os olhos e estremeceu aquela cena ainda latejava a mente como se tivesse vivido no mesmo momento que fechara os olhos, quando olhou envolta viu as flores de cerejeiras começarem a cair no jardim e suspirou. Não tinha como ele evitar aquela família de hunters podia ter deixado ele ali, mas não o fez, Shimizu quase morreu para ele poder viver, ao menos devia a eterna gratidão.

Pegou novamente aqueles arquivos e voltou a ler, mas preferiu focar na estrutura monárquica e no conselho dos anciões, então veio-lhe uma ideia, poderia ter sim essa estrutura, mas com apoio de todos os sangue puros, um conselho somente de sangue puros. Lógico que para isso ele precisaria que esse conselho fosse em comum acordo e que tivessem os mesmos ideais. O ideal que Loran queria era o mesmo afinal, paz que o clã Kuran desde o inicio lutou para ter.

Ele não tinha nada contra humanos, sabia que havia humanos tão cruéis e perversos quanto os vampiros, o que ele não queria era uma disputa louca onde entes queridos morressem para prevalecer o mais forte.

Com ataque na mansão de Charles e o ataque na Academia Cross, ficou claro para ele que era um sonho piegas e utópico, então o que ele poderia fazer era tentar argumentar, ver um meio termo, algo que seja viável a ambos os lados, vampiros e humanos pode existir, uma raça não pode aniquilar outra sem razões, afinal vampiros precisam de humanos, seu sangue é vital a raça. E humanos podem muito bem viver sem vampiros, não somos vitais a eles.

Isso era o ponto chave que Loran entendia bem e queria fazer que compreendessem isso, não era possível que somente ele pensasse assim.

Spoiler:
 
Loran finalizou aquela leitura, havia mais e mais documentos, mas o que precisava saber iria lendo aos poucos, no momento só o que poderia fazer era reunir com outros puros e ver se havia alguma chance de manter a paz ou ao menos evitar uma guerra como no passado. Não queria ter que escolher um lado, ele gostava de alguns vampiros que conhecera e tinha a Rose que amava.

Decidiu então enviar pelo mundo contatos através de alguns vampiros de sua confiança que foram enviados para fazer a ponte e até  investigar quais clãs e povos poderia ter a permissão de entrar nas regiões e o direito a conversa para mostrar-se e expor seus pensamentos e vontades.

Por alguma semanas não recebia resposta até que surgiu o primeiro enviado com algo positivo, segundo ele o príncipe vampiro da Pérsia aceitara a visita dele e gostara de sua proposta, então concordara com a visita. Logo de imediato confirmou a sua ida a cidade e sentiu esperançoso. Poucos dias antes da viagem recebera mais duas respostas, o Rei vampiro da Tanzânia na África e Imperador vampiro Pequim na China oriental aceitaram a visita de Loran. Assim seu roteiro de viagem fora traçado, lógico que haviam outros vampiros, mas como a resposta não havia chego preferiu ir até aqueles que aceitaram sua presença.

Pouco antes de partir Shimizu preparou presentes para que Loran levasse, haviam estuda sobre aqueles países e concordaram que era melhor fazer a política da boa vizinhança e mostrar que estava predisposto a acordos e melhor forma de melhorar as relações entre os vampiros.

O avião partiu no horário e Loran junto com sua noiva estavam voando para mundo diferentes, com culturas e costumes diferentes, onde poderiam ou não agradar, mas só estando com esses monarcas para saber. Haviam ido com eles dois grupos vampiros e hunters para demonstrar que havia como poder estarem cooperando entre si.

Logo que chegam a cidade da Pérsia, são recebido por um grupo de vampiros que tinham leve sorrisos aos lábios e pareciam felizes com a presença dele e Rose, estavam no aeroporto da cidade e era noite por volta das 23 h quando chegaram. O homem moreno estava com mais 3 vampiros que ao que pareciam eram seguranças.



_Sr Loran Kuran, seja bem vindo a nossa cidade, o príncipe Jihard lhe aguarda, sou seu conselheiro me chamo Cihro Mustamed muito contente em recebe-lo em nome do nosso senhor. - O vampiro muito bem vestido em roupas típicas andou os guiando para o carro. _ Essa seria sua bela noiva, certo? - Olhou Rose e reparou o cabelo. _ Não quero ser insolente com vos, mas em nossa terra as damas cobrem seus cabelos. - Ele falava em inglês pois, podia imaginar que não conheciam o idioma local.

Loran pegou o lenço que havia mostrado a Rose e pede para colocar, entregando-o a ela.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qua 10 Fev 2016 - 15:33


Rose percebia que a cada dia que se passava a aura de Loran ficava mais forte, estava ficando nítido que quando o tal lacre se rompesse ele se tornaria poderoso.
Junto com ele pesquisou sobre a família Kuran, mas omitindo o fato de já tê-los conhecido brevemente no século passado. Achou desnecessário.
Também o ajudou a pesquisar sobre as famílias puras que poderiam o ajudar, alguns já tiveram contato com o Valentines no passado.
Tendo havido o primeiro contato, os dois foram até o país conversar pessoalmente para falar da proposta.
 
Chegando ao destino foram recebidos por vampiros que pareciam ser alguns guarda e um representante.
 
Vendo-o se apresentar repara que ele foca o olhar em seus cabelos, ela por um momento fecha o rosto o ouvindo pedindo para colocar o véu e Loran prontamente lhe entregando um. Ela olha para seu noivo por um momento como quem não acreditasse que realmente teria que usar aquilo. Mas vendo certa suplica no rosto dele ela pega o véu a contragosto e coloca.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qua 10 Fev 2016 - 21:37

+ Loran +

Ele sorriu para ela e de certa forma viu que ela ficou até bonita com aquele véu.

_Não ficou tão ruim, pelo contrário, está muito bonita, vamos ser cordiais e afinal é outra cultura será uma forma de conhecer e saber lidar com vários tipos de vampiros.

Loran sabia que ela não gostara daquilo, mas ele preferia fazer a linha da boa vizinhança e tentar adaptar as maneiras deles do que simplesmente impor-se, ele queria aliados e não pessoas temente a ele por ser um Kuran. Naquele momento a guardiã deles chega trazendo o carrinho com as malas deles, Raiven já estava com o véu e tinha seu olhar apático e sério para eles.

_A cultura dessa região diz que o o ato de cobrir a cabeça está associado a modéstia e recato, O principal objetivo do véu é ocultar aquilo que poderia ser considerado sexualmente atraente para os homens. - Ela curva-se a eles.

_Essa bela senhorita seria? - Cihro olhava com certo brilho pelas explicações da vampira guardiã.

_Nossa guardiã, Raiven, Senhor Mustamed.

_Guardiã?! - Ele a olhou como quem tivesse inúmeras perguntas, já que mulheres na sua tribo apesar de serem fortes, elas não assumiam essa função que era exclusiva para os vampiros machos. _ Interessante, acho que será muito fascinante saber mais dessa sua cultura senhor Kuran. _ Deu um leve sorriso e apontou o caminho para que o seguissem.

Logo que chegaram ao estacionamento, havia carros esperando, eram negros até os vidros, mas para eles que são vampiros a visão através de vidro negro não era nada difícil. O motorista abriu a porta para eles e Loran esperou que Rose entrasse, Raiven assumiu o banco oposto ao do motorista e assim o carro partiu em comboio de três sendo o deles que ficava no meio.
_Preciso estudar mais sobre os povos que iremos visitar, não acho justo aparecer querendo quebrar tradições, mas achei um tanto divertido ver como esses vampiros são diferentes.

Olhou Rose, sabendo que ela soltaria algum comentário mal humorado, mas ele olhava-a com certo brilho no olhar, realmente ela ficara linda com aquele véu.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qua 10 Fev 2016 - 22:42




Ela mantinha o semblante fechado, realmente ficava bonita com o véu roxo que contrastava com os olhos verdes que no momento pareciam querer fuzilar todos os árabes que estavam no local.
 
- Como se só as mulheres tivessem cabelos... – Ela dizia áspera enquanto Raiven falava sobre a cultura. E resolveu parar de reclamar na frente do Mustamed, não queria virar um empecilho na negociação.
 
Quando Loran começa a falar sobre respeitar as tradições durante o trajeto no carro, ela revira os olhos, era fácil ele falar sobre respeito quando ele não era considerado um objeto na cultura daquele país.
 
- Quando alguém vai até o meu país, nós não o obrigamos a mudar sua cultura. Aqui eles obrigam. Eles é que são extremamente intolerantes e radicais.
 
Ela começa a olhar para a janela com a cara emburrada e depois volta a falar.
 

- Só faltam eles não me deixarem participar da conversa por eu ser mulher... – Ela para por um momento refletindo. – Sei que essa reunião é importante, irei me comportar. – Ela mexe no véu ajeitando a franja que também não podia aparecer.

- Vai dar tudo certo, você verá. - Ela diz dando a mão para ele e alisando delicadamente com os dedos.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Sex 12 Fev 2016 - 12:41

+ Loran +

Ele suspirou baixo, como dizer a ela que ele não via aquilo como algo ofensivo, mas ao mesmo tempo tinha que concordar no fato de a mulher naquele país era praticamente um objeto.

_Não lhe disse que era obrigada, seria mais uma gentileza em demonstrar que respeita as tradições deles, mas entendo essa sua pequena "revolta", ninguém gosta de ser tratado como objeto, vamos fazer o que precisamos fazer e continuarmos nossa viagem. -Ele deu um leve sorriso a ela e olhou pela janela, ele não queria se indispor com ela e esperava que tudo corresse bem. mas no fundo sentiu-se incomodado com a postura dela, porque era tão intolerante e sempre levava para o lado pessoal tudo de forma tão radical? Poderia ser mais sensata? Anda não estava muito satisfeito e queria mesmo descobrir uma maneira dela ser mais maleável e que ponderasse as coisas. Afinal apesar dela saber se portar na sociedade, havia momentos que tinha a sensação que ela iria matar um só com o olhar. Esses pensamentos tomaram naquele pequeno percurso e ouviu ela novamente reclamar pelo fato de não permitirem que participe da reunião por ser mulher. _ Quanto a reunião isso eu irei resolver, mas quero ao meu lado quando conversarmos com o príncipe. - Segurou a mão dela levando aos seus lábios dando um suave beijo demonstrando que estava com ela e a entendia.

O comboio de carros atravessou a cidade tomando rumo a uma área mais nobre daquele lugar, logo estavam perto de um enorme portão e muros altos, foi aberto para entrarem, segundo informado pelo motorista era a morada do príncipe Jihrad e com certeza ele estava esperando por eles.


Cihro saiu do carro e logo todos estavam enfrente a entrada principal, o conselheiro do príncipe aproximou deles mostrando o caminho para que o seguissem.

_O príncipe virá recebe-los. - Mostrou aos dois puros e sua guardiã o salão principal daquele enorme palácio.

Logo que eles sentaram para aguardar foram servidos por algumas servas do palácio. nesse momento um vampiro aquele que dirigiu o carro deles estava um tanto deslanchado no seu vestir entra no local e sorri a eles sentando em uma das cadeiras.

_ Vieram ver o príncipe, certo? - Ele estava todo largado na cadeira e olhava para Rose fixamente.

Loran reparou, mas deixou passar e respondeu ao vampiro.

_Sim viemos ver o príncipe Jihrad. -Loran olhou e sorriu pelo jeito dele, aquele vampiro não era muito bem focado em protocolos e etiquetas, muito diferente dos que vinham falando com eles desde que chegaram aquele país.

O vampiro sorriu meio de lado para Loran e ainda estava com os olhos fixos em Rose quando pronunciou.

_E a senhorita, está um tanto emburrada, ainda é sobre o lenço?

Loran olhou para Rose e esperou, ainda estava pensando em como ela responderia mas como aquele vampiro ali estava sendo solista a eles e sem muita frescura esperou que ela falasse algo por educação para evitar algum mal entendido.



~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Sex 12 Fev 2016 - 13:57




Ela se mantém calada enquanto Loran falava sobre a situação dela, ao menos ele entendia como era bizarro o fato das mulheres serem apenas objetos naquele lugar. Então preferiu parar de falar naquele assunto, já estava com o véu, quando mais cedo fizessem a reunião, mais cedo ela se veria livre daquilo, então se comportar era fundamental.
 
Quando chegaram ao palácio era difícil não de deslumbrar com aquilo, a arquitetura de lá era realmente bonita, bem diferente dos lugares que estava acostumada a ir. O estilo medieval do castelo de sua família era bem rústico comparado aquilo.
 
Ela seguiu com seu noivo e os demais para a entrada do lugar chegando ao salão. Ela se senta junto a ele esperando o tal príncipe quando vê o motorista do carro se sentar completamente sem compostura na cadeira perguntando se era pelo príncipe que estavam lá, ouve Loran responder. Mesmo com seu noivo respondendo ele não parava de olhar para ela. Ela tem um estalo quanto àquela situação.
 
“Ah droga...” Era a única coisa que conseguia pensar naquela hora. Ele ouviu toda a conversa do carro.
 
Quando ele lhe dirige a palavra perguntando sobre a sua expressão facial, ma verdade já não estava emburrada, mas sim surpresa pelo que estava acontecendo. O primeiro pensamento que lhe vem a mente é tentar suavizar o que havia ocorrido no carro.
Então ela o olha focando seus belos olhos verdes no dele e abrindo um belo e singelo sorriso que fazia com que seu rosto parecesse calmo e inocente.
 
- Imagine, só estou um pouco cansada pela viagem. Quanto ao véu, até que ele é bonito. Para usar por hora vejo que combina bem com a minha pele.
 
Por um curto momento ela olha para a ponta do véu que cobria seu ombro.
 

- Não acha?


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Dom 14 Fev 2016 - 17:45


+ Loran +

Ele observava a noiva responder aquele motorista não acreditando na maneira que ela agia, aquela postura o surpreendera, nunca tinha visto ela agir assim e ficou se perguntando o quanto ela poderia ser diferente daquela que se mostrava para ela.

Olhou para o vampiro e notou o olhar dele para ela, aquilo o incomodou, conhecia bem esse tipo de olhar, era de quem cobiçava algo, sim ele cobiçava tinha certeza.


O motorista se ajeitou na cadeira e ficou com certo brilho no olhar quando ela falava, aquela mulher de olhos cor de jade, ele estava encantado com ela.

_ Imagino que seja cansativo essa viagem. - Seguiu com o olhar os dedos dela brincar com a ponta do lenço. _Sim minha senhora fica muito bela com esse lenço.

Se ligou que estava na presença de Loran e sorriu sem jeito levantando e se desculpando.

_Desculpe-me pela intromissão, já me falaram várias vezes que sou um pouco abusado com os convidados.

Nesse momento Cihro aparece na sala e vai até o "motorista" e fala com ele em seu idioma local:

_sayidi qad yati alttarhib bialdduyuf kama bihdhih alttariqata? bwastt eala' , yjb 'an yakun al'amir baladay airtifae alhali lal mmalak fi almustaqbal. (Meu senhor como pode vir receber os convidados dessa forma? Por Ala, meu príncipe deve ser apresentar a altura do nosso futuro monarca.)

_
siru ya sdyqy aleaziz w almustashar bihajat 'iilaa 'ann taraa kayf 'annahum kanuu 'awwal waqabl kull shay' , wa'ana 'aetarif bi'annani 'uhibb ma ra'aytah . (Chiro meu caro amigo e conselheiro, precisava ver como eles eram antes de mais nada e confesso que gostei muito do que vi.)

Ele andou até o vampiro e estendeu a mão.

_É um enorme prazer em conhece-lo sr Loran Kuran, sou Jihrad Murramed Moran 3º príncipe persa da dinastia Moran os nômades da área.

Loran levantou e segurou a mão daquele vampiro em um aperto de cumprimento que fora pausado quando ele se apresentou.

_Estava no carro conosco, interessante. - Olhou Rose dando um leve sorriso.

_Desculpe-me por isso, até foi uma certa grosseria minha agir assim com vós, mas minha raça é desconfiada por natureza e gosto de ver como são aqueles que vou conviver sem saber sobre mim pelo menos ante a frescuras de etiquetas. - Deu uma gargalhada divertida, sacudindo o braço e dando um abraço em Loran. _Eu gostei de vocês.

Loran estranha a postura dele e resolve ir de acordo com a ocasião, retribui o abraço aonda estranhando a postura do principe.

Jihrad se afasta de Loran e vai até Rose, estende a mão e segura a dela dando um suave beijo no dorso da mesma.

_Tão bela nossa futura soberana, fico agraciado por sua presença. - afasta dela ainda fixo no olhar.

Loran sorrir e observa o principe, interessante como ele era diferente, mas ainda assim não gostava da forma como olhava para Rose.

_Acredito que seu pequeno papel de fingir ser o motorista lhe deu alguma informação sobre nós, achei interessante essa sua postura sr Jihrad.

_Isso o incomodou? - falou olhando para Loran.

_Não muito, mas surpreso que incomodado, enfim espero que seja somente essa a sua surpresa nessa minha viagem. - Sorriu um pouco mais despreocupado.

_Os empregados irão acomoda-los e preparei logo mais um banquete, iremos conversar com certeza. - apoio a mão sobre o peito e curva-se um pouco para reverencia-los. _Agora irei me retirar e vestir-me adequadamente conforme o meu conselheiro falou. - Se retirou seguido de Cihro.

Logo depois uma vampira juntamente com outro vampiro ambos indumentados nas vestimentas locais se curvaram e apresentarem como empregados que iriam servir a ambos durante a estadia no palácio.



_Nadijha serei sua serva sra Valentine, esse é meu irmão Mustafa será seu servo Sr Kuran.

O casal de servos guiou os puros para seus aposentos, mostraram para Raiven qual seria o seu quarto que ficava no mesmo corredor do quarto dos puros e depois os levou-os ate o quarto assim que entraram se depararam com um local ricamente decorado.




_O banho de vossas altezas já foi preparado assim como as suas malas desfeitas e arrumadas no quarto ao lado que seria o guarda roupas. - Mustafa mostrava o local a Loran e a sua irmã mostrava a Rose. _Caso precisem de nós é só nos chamar pelo telefone é linha direta para comigo e minha irmã, aproveitem a estadia estamos honrados com vossa visita. - Eles se despedem deixando junto com a irmã o casal a sós. - Loran anda até o quarto onde era o banheiro e chama Rose.



_Vamos quero saber suas impressões do que via até agora? - Olhou a banheira e sorriu. _Com certeza vou aproveitar a estadia rs - Andou pelo lugar e abriu uma porta. _ Veja temos nossa própria piscina rs




~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Seg 15 Fev 2016 - 11:06



Ela continuava a manter a pose de inocente na frente do motorista, para ela já estava clara a situação, então era melhor amenizar o ultimo acontecimento. Ele parecia interessado nela de alguma forma, talvez achando engraçada a súbita mudança de comportamento. Mas ela tinha que de alguma forma parecer mais agradável naquele lugar.
 
Então o obvil aconteceu, ele se apresentou como príncipe, não sabia se Loran havia percebido isso antes. Mas retribuiu o sorriso que ele lhe dá.
 
- Curiosa essa situação, né. – Ela lhe responde mantendo as aparências.
 
Ela os observa se abraçando e achando aquilo realmente estranho, contato físico com alguém que acabou de conhecer...
A vampira tem a mão beijada pelo príncipe e responde:
 
- Obrigada pelo elogio. - Ela diz educadamente.
 
Rose sente que ele não tira os olho de si, e isso a incomoda um pouco, mas não transparece o sentimento. Então resolve permanecer calada apenas observando a conversa.
 
Depois disso já nos aposentos apresentados pelos criados do local, de fato, fica um pouco deslumbrada com a quantidade de coisas douradas naquele local. Era realmente impressionante.
Quando os servos os deixam a sós a primeira coisa que Rose faz é tirar o véu e jogar sobre a penteadeira, sua franja estava um pouco bagunçada por causa dele.
Em seguida é chamada pelo seu noivo que estava no banheiro, ela fica um pouco estatelada quanto ao cenário. Tem almofadas perto da banheira? Em seguida uma piscina. Já tinha visto esse tipo de arquitetura em revistas, mas de perto é bem diferente.
 
- É bastante luxuoso... Extravagancia é com eles mesmo.
 
Ela se senta em uma das cadeiras próximas à piscina, tentava endireitar a franja com uma das mãos.
 
- Realmente esse príncipe foi esperto. Se passando por motorista... Por um momento pensei que tivesse estragado tudo.
 
Ela desiste de endireitar o cabelo, depois do banho faria isso.
 

- Espero que ele não seja de ficar fazendo essas coisas sempre. Se não será difícil de confiar em alguma coisa desse lugar.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Seg 22 Fev 2016 - 20:23


+ Loran +

Ele andou até ela e sentou ao seu lado reparando a maneira que ela ajeitava a franja, admirando-a na verdade.

_Não gostei muito da postura dele, mas se foi uma forma de nos conhecer sem a formalidades oficiais faremos o jogo dele...-Olhou a piscina e o reflexo da lua batia na água. _Eu espero que seja somente isso e que as negociações com ele corram bem. 

Ele olhou-a novamente e sua mão afagou sua face. 

_Entenda se algo não for de seu agrado, quero saber sempre, sua opinião é muito importante para mim.

Beijou o rosto na altura da bochecha e levantou.

_Acredito que as formalidades estão só por começar, mas antes...- segurou a mão dela e a puxou levando-a para o quarto a qual nem parou seguindo direto para o banheiro. _Vamos tomar um bom banho, não vamos desperdiçar essa mordomia rs

Momentos depois já arrumados após o banho...

Loran terminava de se vestir quando ouviu suaves batidas a porta e pedido de permissão para entrar, assim que ele permite, o vampiro que lhe servia entrou e curvou-se em cumprimento e ao levantar o corpo informa que o príncipe esperava ambos para um banquete.

_Estamos prontos. - Olhou Rose e estendeu o braço para que ela segurasse e assim ambos seguiram o servo.

Logo que chegaram diante da enorme porta dourada do lugar, Loran já imaginava ser mais um daqueles lugares exageradamente decorado como todo o castelo do príncipe. As portas se abriram e se depararam na verdade com os aposentos do príncipe, havia uma sala reservada e bem preparada com mesa e alimentos típicos da região e lugar para sentarem, enormes almofadas e ricamente enfeitado. 

_Meus caros amigos, sejam bem vindos ao meus recluso canto, venham sentem-se.- Jihrad apareceu logo em seguida dessa vez bem vestido e cabelo arrumado, esperou que ambos sentassem e sentou em seguida de frente para eles._ Então, gostando de nossa Pérsia? Sr Kuran pode se servir. -Olhou Rose e deu um leve sorriso estendendo a ela um prato e algumas iguarias da região, como pão círio e apontou algumas pastas em potes de cerâmica trabalhada em detalhes de ouro. _Experimente com essas pastas são saborosas.

Ele se serviu e esperou que ambos se servissem.

_Agradeço que tenha nos permitido vir e conversarmos. - Loran pegou um prato e se serviu. _Quanto a cidade, o pouco que vi, já achei incrível, um lugar diferente e ao mesmo tempo atraente.

_Pérsia é magnifica, mas não ficaremos aqui no Castelo, quero levá-los a minha tribo, logo que terminarmos iremos até lá. - Olhava para Rose vez ou outra. _Eu gostei do que me enviou, acredita que conseguira reestruturar a monarquia sr Kuran?

_Eu pretendo iniciar uma reorganização, mas para isso gostaria de apoio e claro de opiniões que possam ser feitas. - Loran olhava para o príncipe e reparou que ele olhava muito para Rose.

_Entendo, sabe bem que para toda mudança há sempre uma consequência...- Ele virou o rosto para Loran e sorriu. _ Os conselheiros do meu povo querem ouvir o que tem para dizer, por isso assim que terminarmos essa refeição partiremos, não queremos viajar com dia claro pelo deserto rs

_Fico contente dessa oportunidade sr Murramed.-Loran começava a se sentir incomodado com os olhares de Jihrad a Rose. _Posso fazer uma pergunta?

Ele mastigava o pão e voltou a face a Loran.

_A mulher realmente em seu país não tem valor, quero dizer, não opina ou algo do tipo?

Ele pensou um pouco e olhou novamente para Rose, lembrando das palavras dela no carro.

_Mulher sempre tem o valor maior sr Kuran por trás de um grande homem há sempre uma grande mulher.- Sorriu a eles. _Aqui as mulheres são vista como submissas, mas na verdade é questão de recato e se preserva ao seu marido, visto que a opinião dela é sempre dada a ele, mas levamos em conta sim a opinião de uma mulher. 

_Entendo... Porque pretendo que minha noiva esteja comigo nesse encontro, não quero ela de fora, caso isso o ofenda, mas essa é unica imposição que pretendo lhe colocar.

Ele olhou os dois e deu um largo sorriso.

_Sem problemas, claro que a srta Valentine estará ao seu lado.

_Agradeço, não quero impor ou quebrar regras, somente mostrar como somos respeitando a sua cultura.

_Sr Kuran...- Ele suspirou baixo e fez uma expressão um tanto mais séria. _ Eu realmente me admiro com a sua simplicidade e temo por isso também. - Jihrad tomou um gole de vinho e voltou a falar. _ Será o monarca de todos nós vampiros, sua vontade será a máxima, sinto que há algo em vós que não lhe permite entender isso.

Loran franziu a testa e suspirou olhando para a sua taça de vinho.

_Eu quero lhe contar sobre mim, deu para notar que não sou muito dado a formalidades, enfim você que me viu de primeiro momento sem saber quem eu era, o que pensou de imediato? 

_Achei interessante a postura de um servo agindo daquela forma, mas ...

_Isso... tem o mas... Eu não tinha muita credibilidade na minha tribo sr Kuran, era o filho mais problemático, o que trazia desgraça e sem credibilidade. 

Loran não respondeu apenas esperou pelas palavras dele.

_Sua posição é algo que lhe acarreta grande responsabilidade e não pode fraquejar diante de nada e nem ninguém. - Ele olhou para Rose. _Minha mãe me disse isso, era sabia, que Ala a tenha. -Beijou a ponta dos dedos fechados em punho e apontou o céu. _Essas palavras me mostraram que não teria mais como ser como era antes, mas eu não queria deixar de ser eu, perder a minha essência, mudei tudo, quebrei regras e reformulei minha tribo, foram anos para conseguir que me olhassem com respeito.

_Posso imaginar.-Loran sentiu aquelas palavras e o peso do que ele estava lhe contando, não iria conseguir aquela mudança de imediato, ele sabia disso.

Jihrad sorriu novamente.

_Não fique assim sr Kuran, o caminho que está fazendo é o primeiro passo, buscar e conquistar. - Ele apontou o dedo para ele e diz: _O que está disposto a fazer para conseguir isso?

Loran olhou-o pensativo, que grande merda, pensou já havia pensando tanto sobre essa situação que lhe impuseram que não havia chego a nenhuma conclusão, na verdade estava agindo de forma praticamente mecânica.

_Alias sr Loran, o quer realmente quer fazer sobre isso? Porque, peço desculpas pela minha indelicadeza, mas não sinto do senhor vontade em fazer o que lhe estão pedindo para fazer. Quer mesmo ser o monarca de todos nós?

Loran gelou por dentro, aquele vampiro era esperto demais e pode ver em tão pouco tempo o que ele temia demonstrar.

_Eu...- Engoliu seco. _Sinto muito, mas...

_Sinta sim sr Kuran, porque se não tiver uma força dentro de vós que faça os demais vampiros olharem para o sr e aceitar lhe seguir sem muito esforço, então não valera a pena ter vindo até aqui.

Percebeu que Loran não parecia bem com aquela situação. Deu uma gargalhada alta e um tapa no ombro dele.

_Calma... tem a eternidade para descobrir... Eu conquistei minha tribo em 2 séculos e olha que atualmente ainda olham torto para meus modos, mas o bom que dou aquele olhar fatal e me respeitam rs

Olhou Rose e sorriu de novo.

_Você não está sozinho... esse é o lado bom...
- piscou para a vampira puro.

Loran deu um meio sorriso a ele e bebeu novamente o vinho tentando relaxar, passou a mãos nos cabelos e depois afrouxou a gravata, retirando-a e colocando sobre a mesa.

_Sr Murramed - olhou Rose. _Realmente não estou sozinho...- segurou a mão de Rose dando um sorriso.

_Isso mesmo e vamos beber que é o que estamos fazendo aqui. rs


As horas passaram e o príncipe contou a eles sobre o que fizera para conquistar o respeito de sua tribo, teve que por muitas vezes impor a vontade a força e outras conquistando apoio de muitos que o servem atualmente.

_Me conte srta Valentine, depois disso tudo que ouviu, gostaria de saber sua opinião? Sobre seu noivo e essa monarquia.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Ter 23 Fev 2016 - 12:09




Ela ouvia seu amado falar sobre a postura do príncipe. Estava obvil que ele ficou a encarando e talvez aquela pergunta dele tivesse a ver. Ou não.
 
- Você sabe bem que quando algo me incomoda eu sempre te falo. – Ela coloca sua mão por cima da que estava lhe afagando. – E também quero que você me conte quando se sentir assim.
 
Em seguida é levada para o banheiro para ambos aproveitarem a estadia.
 
Já mais tarde, na presença do anfitrião. Novamente usando o véu. Ela se manteve sentada observando a conversa dos dois. Aceitou de bom grado a comida e realmente achando-as deliciosas.
Enquanto comida ela permanecia em silêncio ouvindo o que eles falavam, percebia os olhares que Jihrad lhe dava vez ou outra. Aquilo estava realmente constrangedor naquela situação, mas sabia que a melhor coisa naquele momento era fingir não estava reparando naquilo.
 
No momento em que Loran toca no assunto sobre as mulheres naquele país ela para de comer e passa a olhar para ambos com firmeza no olhar, como quem mostrasse real interesse no assunto.
Vê que Jihrad olha para ela quando começa a responder. A resposta dada por ele era o que já sabia, a figura da mulher escondida atrás de um homem, imagina o quão invisível deva ser então as que não são casadas.
Achou melhor deixar seus pensamentos para si e voltou a comer deixando com que Loran falasse. Provavelmente se abrisse a boca naquele momento poderia deixar as coisas com um clima ruim. Sabia ficar calada quando era conveniente.  Ao menos ele permitiu que ela participasse da reunião. Seu animo já deu uma melhorada naquela hora apesar de não estar transparecendo o incomodo desde que a conversa começou.
 
Sobre a breve história que o príncipe lhes contou sobre a vida dele ela achou interessante. Imagina o nível dos problemas que ele deveria dar a família, ainda mais se ele for muito antigo. Também imaginou se ele era pró-humano que nem Loran. Era difícil alguém com mais idade ser, mas tinha Axel para mostrar que sempre tem alguém para mostrar o contrário.
 
Sentiu o desconforto de sou noivo quando foi bombardeado de perguntas sobre o que faria ou deixaria de fazer. Ela também ficou curiosa com a reação dele. Claro que se ele se enrolasse na hora de falar ou algo do tipo ela intercederia na conversa, mas percebeu que não foi preciso, pois o árabe mesmo contornou a situação.
Ela esboça um sorriso quando ele a cita indiretamente.
 
Quando lhe faz a pergunta sobre o que acha de Loran e a monarquia ela o encara com seus olhos verdes, bebe um pouco de vinho e começa calmamente a falar:
 
- Loran é diferente de qualquer vampiro que eu já tenha visto. Se for paz que ele procura, com certeza ele conseguirá. Mesmo que leve alguns séculos. A monarquia atualmente anda um pouco abalada por causa dos últimos acontecimentos. Mas não é nada que não possa ser resolvido. – Mesmo se for necessários métodos brutais, ela pensa. – Ele ainda é jovem, e já tem uma grande capacidade, imagine em algumas décadas. Ele só precisa se acostumar com o poder que lhe foi dado.
 
Ela começa a mexer na ponta do véu enrolando com os dedos, da mesma forma que ela costuma fazer com o cabelo.
 
- E, pode ter certeza, senhor Murramed, eu não sou apenas a noiva dele. – As palavras saiam com suavidade e elegância mostrando a firmeza de seus pensamentos. – Eu não preciso que me permitam algo para agir.
 

Ela termina de falar dando um sorriso para ele. Não sabia se ele conhecia os Valentines, mas se ao menos tivesse ouvido falar, saberia da natureza de suas palavras.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qua 24 Fev 2016 - 11:51

+ Loran +

Se algo que ele pudesse admirar era aquela vampira, ela era capaz de se adequar a qualquer situação, mesmo que nada daquilo a agradasse sempre tinha uma postura exemplar. Seria de fato alguém a quem seguir quando falasse. Uma puro com a postura e atitude que se esperam de um puro sangue.

Loran olhava-a falar com um brilho no olhar de admiração falou dele sem ao menos deixar intimidar. E ele ainda demonstrava fraquejar diante de tanta insistência daquele príncipe em bombarde-a-lo de questões que ao que parecia demonstrava com a clareza da água que corria diante dele.

_Rose realmente não é somente minha noiva sr Murramed, ela é minha companheira e parceira. 

Ele sorriu a noiva que mostrava aquela postura indiferente e de forma bem firme para o príncipe daquele lugar.

+ Jihrad+

Ele olhava-a atento a cada palavra da puro, seu lábios sorriam ao falar de seu noivo. 

_Eu posso acreditar que a monarquia atual está decadente, mas acredito que com o apoio certo vocês terão sucesso. - Ele pegou a taça e bebeu mais um gole do vinho. _Não sou detentor da palavra e nem da verdade sr Kuran, somente quero lhe mostrar que terá que ser muito convincente para dissuadir vampiros a segui-lo.

Olhou para a puro de olhos verdes e comentou:

_Srta Valentine a forma como falou é admirável, será uma excelente rainha para nós vampiros.

Ele comeu mais um pouco daquela refeição e se levantou.

_Eu acredito sr Kuran que até chegarmos a minha tribo terá refletido sobre nossa conversa de agora pouco, falo isso, pois os membros anciões da tribo irão fazer várias perguntas e deve está pronto em responder sem titubiar rs.

+ Loran +

Esperou ele terminar e se levantou também, após finalizar a sua refeição.

_Eu entendo a sua preocupação, estarei refletindo e me preparando para o encontro com os membros de sua tribo.

Ele fitou Rose e sorriu.

+ Jihrad +

_Estaremos partindo em 30 minutos, tempo, creio eu suficiente para se prepararem. - Ele se afastou e abriu a porta para ambos saírem. _Ah mais uma coisa, não iremos de carro, eles não trafegam na areia, iremos de camelo, então sugiro roupas apropriadas.

+ Loran +

Loran sorriu a ele e concordou com a cabeça, estendeu o braço a Rose e andou saindo do carro, já no corredor com ela ficou um tanto calado até chegarem ao quarto.

Sentou na cama após fechar a porta e suspirou. Ele tinha muita coisa a pensar, estava sozinho em suas próprias decisões. Como fazer se impor a um bando de vampiros? 

_Então... Acredita mesmo que eu consiga algo aqui? 

Ele mesmo começava a duvidar de seu plano e que iria dar errado.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qui 25 Fev 2016 - 23:05


Jihrad parecia convencido pelas suas palavras o que era um bom sinal, havia ficado preocupada com a reação que Loran acabara de demonstrar. Ele só precisava de apenas uma má impressão para desistir da parceria. E isso deveria ser evitado a todo custo.
O que ela havia acabado de falar nem era uma mentia, realmente acreditava no potencial de seu noivo, ele só precisa em um empurrão as vezes para aprender como funciona as coisas naquele meio, algo que ela já estava habituada, uma vez que seu pai a levava em negociações depois que chegou em certa idade para aprender com ele como atuar nesse tipo de situação.
 
Ela volta a beber o vinho ouvindo-os falar sobre a viagem e os preparativos para as negociações, ela sorri discretamente para Loran quando este faz o mesmo.
 
Já no quarto ela olhava suas roupas procurando uma calça, acostumada desde que nasceu a usar vestidos (até pela época em que nasceu) tinha poucas calças. Achando uma, ouviu a pergunta de Loran. Ela se vira e anda em direção a ele sentando-se ao seu lado. Ela mantinha o olhar fixo nele enquanto falava.
 
- Altas chances de você conseguir, eu creio. Já tem a simpatia do Jihrad, acredito que isso já tenha um peso sobre o olhar dos outros. Você só tem que usar isso ao seu favor.
 
Ela joga seu corpo na cama jogando seus braços abertos para os lados.
 
- Você só precisa ter mais confiança de quem você é. Alguns podem não gostar do seu tom informal ou falta de experiência. Por isso que você deve analisar a situação antes de fazer qualquer movimento.
 
Ela volta a se sentar, olha para ele esperando alguma reação. Em seguida com sua mão direita acaricia o rosto dele com as pontas dos dedos.
 
- E é lógico que eu irei ajudar no que puder.  


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Dom 28 Fev 2016 - 23:41

+ Loran +

As palavras dela poderiam confortar, mas o jovem puro ainda não se sentia seguro. Houve uma época que ele não se preocupava com isso. Sentia a segurança e a imponência de um puro. Suspirou baixou e deu um sorriso a ela. 

_Fico feliz que pense isso, me da força pra continuar.

Levantou e andou pelo quarto ainda preocupado.

_O que quero mostrar a eles que há formas de humanos e vampiros ficarem em.um lugar sem um prejudicar o outro. 

Ele olhou para ela e pensou um pouco.

_Não seria o que Cross prega, acho isso utópico demais, o que eu pensei e numa existência dupla nenhum dos dos lados interferia na existência do outro.

Sentou ao lado dela.

_Rose há humanos tão cruéis quanto há vampiros, mas a verdade é única, os humanos vivem perfeitamente sem nós ... já nós... dependemos do sangue deles pra viver. Não acho justo uma raça escravizar a outra indepentemente de ser vampiros ou humanos.

Ele segurou a mãos dela.

_Tem que haver coerência no que estou pensando, certo?


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Seg 29 Fev 2016 - 21:53

- Rose -


Ela o ouvia falar em silêncio. As ideias utópicas dele era do tipo que ela acreditava que nunca iria acontecer. Como falar isso para ele? A grande maioria só vê humanos como refeição ou meios de conseguir outras coisas como dinheiro, etc.
Além de que também não era muito favorável a isso. Não entendia o sentido de defendê-los, mas ele foi criado junto aos humanos então ele achava que fazia parte daquele mundo.
 
-Loran...
 
Ela discutia internamente o que falaria para ele. Não queria o decepcionar, mas não poderia ficar mentindo para ele, ainda mais estando noivos. Não queria construir um casamento baseado em mentiras e ele tinha o direito de saber com quem estava casando, por mais que doesse imaginar ser rejeitada por ele nessa situação.
 
Sua boca se contorcia um pouco, ela focava o olhar no chão não querendo o encarar. Ela não achava seus pensamentos errados, mas gostava demais dele para o ver triste pelo que iria dizer.
 
- Como você pode acreditar nesse convívio pacífico se necessitamos do sangue? Claro que depois que há um casamento entre vampiros eles tendem a parar de caçar. Mas aqueles que não encontraram seus parceiros sempre irão caçar humanos para viver. Como você acha que eu vivi antes de te conhecer?
 
Ela dá um leve suspiro e o olha de relance mantendo a cabeça baixa.
 
- É uma visão muito utópica... Não sei como os outros vampiros pensam sobre esse assunto, mas arrisco dizer que uma minoria concordaria com você. Você teve uma experiência de família humana que nenhum de nós tivemos.
 
Ela junta suas pernas as abraçando e colocando a cabeça apoiada nos joelhos.
 

- Você deve estar me achando um monstro...


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qui 3 Mar 2016 - 3:53

+ Loran + 

Loran ouvia a principio seu ânimo decaiu sobre o que ela dizia. Realmente poderia ser algo até ilusório afinal vampiros são feras que vivem do sangue humano e a maioria via humanos como gado no pasto.
Ele notou que a noiva não era muito diferente da maioria e se ela não gostasse de conviver com a família humana dele? Afinal além de não ser o normal no conceito de vida dela a qual sempre foi criada, eles eram caçadores da sua própria raça. 
Suspirou baixou e ficou analisando as palavras dela, entendia que sua natureza não tinha como ser negada, era negar ao leão devorar cervo que passeia a sua frente enquanto ele esta faminto.
Loran sentiu na pele a sede de sangue e de como animalesco ficou sem enxergar nem mesmo a noiva na frente, depois daquele evento ficou analisando a situação dos vampiros e chegou a conclusão que seria pior negar a eles o direito de se alimentar. Tinha que haver um meio termo. Mas qual?
Ele viu ela se encolher e murmurar o fato de ele achar que ela é um monstro. Sorriu e aproximou dela tocando seu joelho e depois seu rosto fazendo a olhar pra ele.
_Não penso isso de você, sei de nossa natureza e necessidade se alimentar de sangue humano e a nossa nnecessidade a questão é um equilíbrio entre as raças. - passou a mão nos cabelos dela e sorriu. _ Quero agradecer por seu esforço em aguentar a presença dos Kristans, posso imaginar o quanto deva ser difícil para você em conviver com eles.
Levantou ao ouvir a batida na porta e o chamado do empregado informando que a comitiva estava pronta para leva -los ate a tribo do Príncipe Jihrad.
_Vamos, não podemos deixa -los esperando. - estendeu a mão para que segurasse._ Andar de camelo deve ser interessante rs.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Dom 6 Mar 2016 - 15:15

- Rose -

Ela ainda encolhida ouvia-o dizer sobre como deveria ser difícil ficar junto da família dele. E, de certa forma, era, aquele ambiente não deixava de ser tenso para ela quando conheceu a família dele pela primeira vez, mas ele, Liriel e Axel faziam as coisas com tanta naturalidade que acabou por se acostumar àquele ambiente.
 
- Só foi um pouco estranho no inicio, hoje já não ligo...
 
Então são interrompidos pelo empregado avisando que estavam os esperando.
 

- Aposto que deve. – Ela diz dando a mão para ele e indo junto em direção à comitiva.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Dom 6 Mar 2016 - 18:18

+ Loran + Jihrad +

A viagem até a aldeia do príncipe fora de certa forma tranquila, ficaram conversando por todo caminho ao longo da primeira hora da noite, Jihrad falava do passado de sua tribo e como eles dominaram aquela região e começaram as escondidas comandar a Pérsia com seus reis humanos, ajudando-os a conquistar cada vez mais territórios.

Após algumas horas andando pelas montanhas de áreas do deserto Jihrad que estava em um camelo ao Lado de Loran, olhou para Rose que vinha logo atrás, aparentemente eles conseguiram se adaptarem ao animal. 

_Sr Loran deve ser um felizardo com tal flor preciosa que tens rs.

_Considero com sorte, se está falando de Rose. - Loran olhou-o um tanto preocupado. 

_Caso a oferta sobre o que pretende fazer for satisfatória adoraria saber se aceitaria me passar a sua flor preciosa. 

Loran olhou-o estranhando aquela conversa.

_Não entendi... aliás entendi o que quis dizer... Não.

_Não?!- O principe olhou para ela. _ Nem ouviu minha oferta e já a negou.

_Simples, ela nao é um bem para ser negociado Sr Jihrad.

_Entendo... talvez ... -Estendeu a ele um pedaço de papel dobrado. _Se ainda tiver interesse, me  responde mais tarde.

Loran não quis ver o papel, para não lhe dar tanta confiança colocou no bolso do casaco e ficou quieto o resto do caminho.

Pouco mais de uma hora e meia avistam do alto da montanha de área o que parecia tendas naquele deserto, pouco depois se aproximavam e já havia alguns vampiros esperando por eles, alguns servos também humanos.

_Sejam Bem vindos. - Um vampiro aparentemente seria um dos representantes da tribo chegou juntamente com alguns servos para recebe-los.

_Preparem tudo para a festa de boas vindas do nosso futuro monarca. - Jihrad pedia aqueles que ali estavam para preparem tudo. _ Vamos sr Loran e Srta Rose.


Chegaram em uma tenda e ali o príncipe informou que logo começariam as conversar de negociação e apoio deles para o novo monarca. Assim ele deixou o casal a sós e foi até outra tenda que seria o tal encontro.

Loran esperou o príncipe sair para resmungar algo e sentou pegando um copo com água e algumas pastilhas de sangue, tomando em seguida após diluir no copo.

_Estou achando que isso tudo foi perda de tempo.

Tirou o casaco jogando sobre uma almofada e o papel que o príncipe havia lhe dado caiu aberto do lado da mesma.

Ele sentou sem notar isso e ficou ali bebendo daquele copo.



~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Dom 6 Mar 2016 - 19:28

- Rose -

Durante toda a ida ela se manteve calada, queria que Loran e Jihrad conversassem mais a vontade. Andar de camelo não foi tão difícil quanto pensava, uma vez que já era habituada a andar de cavalo, só teve que ser instruída como guiar o animal de forma que ele obedecesse.
 
Chegando ao destino ela novamente se surpreendeu com aquelas cores no meio do deserto. De fato, apesar das tradições daquele lugar, a arquitetura e a cultura era algo belo para os olhos.
 
Quando o príncipe saiu de perto deles, ela ouve Loran resmungar alguma coisa e ir se sentar. Ela o observa dizer sobre a perda de tempo e estranha. Seria ainda o nervosismo?
 
- Imagine, você ainda nem falou com eles. Não comece a se precipitar. – Dizia andando em sua direção.
 
- Você não pode os deixar perceber que está nervoso. – Enquanto dizia ela sentava-se ao seu lado percebendo o papel ao lado do casaco.
 
Então ela pega o papel e vê o número que está escrito nele. Não sabia o que era aquilo, mas o número era bem alto.
 

- O que é isso? Quanto zero... – Ela pergunta com curiosidade.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qua 9 Mar 2016 - 2:22

+ Loran +

Ele olhou incrédulo para a mão dela, quando Jihrad lhe deu o papel, não havia visto antes devido a ficar irritado com a insinuação do Príncipe. Ele achou aquele pedido ofensivo. Vender alguém como mercadoria era algo realmente inaceitável. Levantou e andou até ela e pegou o papel olhando por um tempo, ficou pensando em como dizer a ela sobre isso sem provocar nela algo como um pequeno "apocalipse". Conhecia o que ela achava da cultura com as mulheres daquele lugar e com a certeza que ela iria atrás dele.
Quando olhou a quantidade de "zeros" ficou até espantado nunca tinha visto tantos zeros em um valor que fosse oferecido a ele. Isso irritou-o mais ainda.
_Realmente perdemos nosso tempo... -pegou e amassou o papel._Vamos embora, assim que der, por favor não fica chateada até porque eu já dei resposta a ele. - fechou a face e soltouo que o chateava.
_Esse valor e o que ele me ofereceu para ... -engoliu o seco._"comprar" você.
Ficou apreensivo com ela.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Qua 9 Mar 2016 - 9:52

- Rose -

Por um momento, Rose não apresentou qualquer reação, seus olhos ficaram fixos em Loran como se estivesse fazendo alguma brincadeira, ou algo do tipo. Pois pra ela aquilo era surreal. Não era possível que Jihrad havia feito aquilo. Querendo a comprar como se fosse um objeto de decoração ou um cachorrinho em uma loja, e pior, achar que Loran era dono dela. Ela não tinha dono.
Ela começa a respirar fundo, seu rosto se fecha e seus olhos passam a olhar para a entrada da tenda, as sombras começavam a se mover, era possível que do lado de fora as sombras também estivessem se comportando estranhamente.  
 
- Ele me ofendeu... – Ela começa a se levantar, sua voz parecia presa na garganta, claramente ela estava furiosa. – Ele acha que eu sou comprável...
 

Ela começa a andar em direção à saída da tenda. Seus passos eram firmes e as sombras seguiam seus pés sua aura estava visivelmente perturbada. Ela estava à procura do príncipe.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Sab 12 Mar 2016 - 14:30

+ Jihard + 



O local havia sido preparado para a recepção dos puros que seriam os próximos monarcas de todos os vampiros, Jihrad conversava divertidamente com alguns outros vampiros de sua tribo e esperava pela presença de seus convidados.

Aquele dia seria marcante, iriam forma aliança afinal com aqueles que governariam a todos, mas antes precisavam entenderem os reais objetivos deles.

O príncipe estava ansioso para aquela reunião começar e conforme a ocasião mandava ele dessa vez estava muito bem vestido e mostrando a todos a formalidade que necessitava o momento.


+ Loran +

Ele sabia que a fúria dela estava só aumentando, seguiu-a para evitar algo pior, segurando em sua mão sentindo a oscilação das sombras.

_Calma, eu já disse que isso é impossível, não faria isso com você e acredite achei muito desrespeito conosco, não vamos mais ficar aqui, pretendo partir assim que voltarmos a cidade.

Ele tentava, mas sabia que ela iria adiante, o que poderia fazer era se fosse o caso se colocar entre ela e o príncipe e evitar criar inimigos em vez de aliados.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Sab 12 Mar 2016 - 15:36

- Rose -

As sombras dançavam aos seus pés, ela em ao menos sentia que Loran estava segurando sua mão, estava apenas focando na aura de Jihrad e indo em direção a ele.
Encontrando-o junto com outros vampiros ela parou por um momento encarando-o, as pessoas no recinto poderiam sentir uma aura pesada vindo dela, seus olhos verdes tinham uma coloração viva fitando o príncipe.
 
Sombras começaram a deslizar pelas pernas de Jihrad sem causar dano, mas ele poderia sentir algum incomodo como se a sensação se assemelhasse a cobras pela leve pressão causada.  Com a expressão bem séria ela passou a andar em direção a ele.
 
- Diga-me senhor príncipe, eu tenho um preço?
 

As sombras nas pernas do príncipe subiam cada vez mais sobre o tronco dele já conseguindo chegar ao seu quadril. Ela não ligava para os outros que estavam olhando para ela. Era visível a irritação no rosto dela.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Sab 12 Mar 2016 - 16:08

+ Jihrad +

Ele sorria com o grupo de vampiros anciões de sua tribo quando a futura rainha chegou, ela estava um tanto diferente e ele notou de imediato, sentiu algo correr suas pernas e ficou sério olhando-a por um momento.

A pergunta veio com a mesma fúria que ela demonstrava, ele pode perceber então o que seria, o jovem futuro monarca havia lhe participado de sua proposta.

_Srta Valentine... Que honra te-la conosco, os senhores aqui presente estavam aguardando a chegada de voz e seu noivo, o nosso futuro rei.- Ele se mantinha imóvel apenas observando as reações dela. _Quanto a sua pergunta, isso se me lembra uma outra coisa anteriormente que poderia lhe questionar, srta Valentine tem preço?

Ele não se intimidou com o poder da jovem vampira, ali parado apenas a olhava esperando por sua resposta.

~*~*~*~

+ Loran +

Ele a segue e nota que a situação não era nada boa, aproxima dela e a segura pelo braço fazendo-a olhar para ele.

_Deixa isso para falarmos depois, não queremos criar inimigos aqui, já desisti desse trato a partir do momento que ele me ofereceu. - Loran dizia sério a ela.

~*~*~*~

Nesse momento algo começou a acontecer, as áreas começaram a dançar de forma ao um rodopio em torno deles, alguns dos vampiros que conversavam começaram a ficar apreensivos.

_Não pode ser... ela está aqui...- um dos anciões resmungou chateado com a situação e agora tinha aquele problema que aparentemente eles sabiam o que era.

Jihrad tirou os olhos de cima da puro e olhou em volta, ele estava também apreensivo e voltou a falar com o casal de puros.

_Sr Kuran sugiro que tire sua noiva desse local... a situação ficará pior a partir desse momento...- Olhou Rose. _Infelizmente teremos que continuar nossa conversa depois.

Ele fez um gesto e as areias moveram sobre seus pés libertando-o das sombras que ela criou com certa facilidade. Chamou alguns de seus guerreiros que lhe trouxeram as espadas do príncipe.

Loran não pode fazer muita coisa a não ser tirar Rose de perto do príncipe e abraça-la logo que um redemoinho de área os circularam como um forte vento em uma rajada que levantou tudo no lugar, jogando as mesas e tudo ao chão.

Diante deles surge uma figura que apesar de está com o turbante e véu no rosto mostrava nitidamente ser uma figura feminina.


_Kadja...- Jihrad anunciou seu nome e correu em sua direção com a espada em punho e ambos se atacaram.

Loran criou então uma cortina de gelo para parar aquele redemoinho de areia.

_Vamos sair daqui... isso parece briga deles, não quero nos envolver nisso.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Sab 12 Mar 2016 - 16:54

- Rose -

Rose se mantinha com a postura firme diante dele esperando uma reação, ela ouvia suas palavras educadas para que os outros pudessem ver sua fina postura diante a ela. Quando ele a retrucou fazendo a mesma pergunta que ela havia feito a ele sua boca se abria para responder quando é interrompida por Loran segurando seu braço, forçando, assim, a ela o olhar.
Por um momento havia esquecido que estava lá para negócios, sabia que se fizesse algo ela poderia acabar condenando a ela e a Loran a morte. Mas mesmo assim ele deveria ser punido de alguma forma pela ousadia que ele teve, ela tentaria dialogar, mas mais uma vez é interrompida, dessa vez pelo que parecia ser uma tempestade de areia.
Ela se deixa levar pelo Loran para tentar se proteger da areia.
 
Quando a figura que parecia ser a responsável apareceu, Rose fixou os olhos nela, não estava entendendo o que era aquilo. Mas parecia que o alvo era o príncipe. E, de certa forma, aquilo era interessante.
 
Em seguida vê ele contra atacar a figura de turbante.
Nessa hora ela não consegue esconder o sorriso que brota em seus lábios.
 
- Seria uma pena se ele se machucasse.
 

Logo após isso uma sombra tenta se agarrar nos pés do príncipe para fazê-lo desequilibrar durante a investida da mulher de turbante.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo   Hoje à(s) 21:18

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Diário de Viagem - Viagem de Loran e Rose pelo mundo
» Viagem só de ida - missão OP difícil para Dammyen H. Lewth
» [D20] Os Desejos dum Gênio - Forgotten Realms
» [DIÁRIO] Moleskine de Viagem
» Recomendações de leituras

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: World Places :: World Places-
Ir para: