Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Club FIVE

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Club FIVE    Dom 10 Jan 2016 - 13:52

Relembrando a primeira mensagem :

[Lounge] [Bathroom] [BAR] [DJ] 



Spoiler:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D


Última edição por Master em Dom 7 Fev 2016 - 20:37, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
Andrômeda A. Walker
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Feminino
Char RPG : Andrômeda Athena Walker (Vampire B | Musica | Night Class)
Milli Muniz (Vampire B | Gerente | Empresaria | NPC)
Jane Watson (Vampire D | Assistente | Secretária | NPC)
Humor : Incostante / Caotico
Localização : Em seus sonhos...
Posts: : 20
Inscrição : 23/12/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 19:40


Andy estava no bar rindo junto a Tomo e Liwne, uma coisa era aquela vampira ser uma tapada as vezes, ate mesmo Andy via que Tomo era afim dela, Andy olhava para os dois e ria não baixo, mas alto mesmo já que a musica abafava suas risadas, ela olhou para os dois.


- Da para pararem de ficar apenas se encarando e jogando indireta, e vão ficar em algum lugar pelo amor de deus. - falou a garota para os dois. 


Liwne naquela mesma hora, ficou totalmente vermelha e Tomo somente olhou com odio para Andy, ela não ligou estava morrendo de ir ao ver a cara deles. Ano novo, vida nova não era esse o ditado? Então ela aproveitava também, mas quem ela queria estava longe de chegar aqui, ela deu um suspiro quando Liwne a provocou com algo.


- E você por que não esta com alguém? - falou a garota. 


Acho que a resposta era meio obvia, mas tinha que enfiar isso na cabeça da mesma toda as vezes, e como sempre quem dava risada no final era Andy.


- Tenho um cão de guarda como pai/irmão. Quer algo mais? - falou a garota suspirando e dando os ombros.


Ela olhou para o pai, e viu que ele estava ocupado com uma vampira pelo que pode notar, mas não gostou dela de jeito nenhum esperava que não cantasse ele, para virar sua nova mamãe, e um outro vampiro ruivo que pelo ar de importante só poderia ser um puro, como sempre esbanjando poder. 


Andrômeda Athena Walker | 17 anos | Vampire B
Cantora / Idol Vampírico / Night Class
(*) Milli Garcia Muniz (Vampire B | Gerente | Empresaria | NPC)
(*) Jane Liwne Watson (Vampire D | Assistente | Secretária | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 19:51



Eu mais uma vez observa minha esposa, graças aos céus ela não estava provocativa essa noite, então estava tudo bem. Prestava atenção em Walker, e via que o mesmo estava sempre ocupado. Por minha vez escutei minha esposa falar com minha filha que ela poderia se reunir com os amigos, como sempre ela falando algo que não deveria falar. Assim que Selene saiu eu me virei para ela, lhe abraçando a cintura e aproximando meu rosto do dela, como se estivesse cheirando seu perfume, o que eu também estava fazendo.

- Isso tudo para ficar sozinha hoje comigo é? Vai fazer a tradição do beijo a meia noite? - falei dando um sorriso safado para ela, e ela ainda mantinha a cara de seria. - Não adianta, dessa vez viemos para nos distrair e não para fazer sala, pode se soltar um pouco. - falei para ela, segurando sua cintura com as mãos.

Aquela mulher me tirava do serio e muitas coisas, e uma delas, era sempre manter essa postura fria e distante que ela mantinha, isso somente perto de mim, por que perto de nossa filha, ela era a melhor mãe do mundo se deixasse.

Olhava para aquela mulher linda em meus braços e tinha a maior das sortes. Sebastian que ficasse com inveja pois eu não iria dividir ela jamais com ninguém, ela é minha e de mais ninguém. Olhava com um sorriso sacana pra ela, enquanto a fazia se mexer ao ritmo de qualquer musica que tocava no momento.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 20:02


Angel de longe ficava vigiando a filha sem que ela percebesse, 
para dar chance dela fazer as coisas sem ter alguém atrapalhando
 a pequena. Naquele momento viu que Norman a agarrava pela 
cintura e encostava sua boca próximo ao seu ouvido, e falava sobre
 querer ficar sozinha com ele, mais rapidamente, logo depois falando 
que era uma festa para eles se divertirem. Dando um sorriso fino.


- Não é para ficar sozinha com você, somente para deixar nossa filha 
se divertir hoje, apenas isso. - falei sorrindo para ele. - Sei que é uma
 festa e não precisamos impressionar ninguém, mas essa sou eu.
falou ela para ele.


Angel voltava sua atenção a filha deixando que o marido ficasse 
movimentando seu corpo ao ritmo da musica, não ligava para isso, o 
importante era ver se sua filha estava bem, apenas isso, não foi atoa que 
ela aceitou vim para trazer a filha, senão nem teria vindo a festa. 


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 20:18


Selene adorou esta junto das duas, cada uma mais louca que a outra nesse momento, e tudo por que ela sempre adorava se divertir, mesmo que tivesse que ver a cara fechada do guardião de Lissa ou qualquer coisa do tipo. Dando um sorriso para as duas ela apenas pegou um champanhe que estava passando tinha bolinhas vermelhas, sabia o que era aquilo, tomou um gole, sabia se controlar.


- Rose-chan e Lissa-chan, como é que ta indo o regresso de vocês?? - perguntou a garota sorrindo para elas. - O meu ta meio chato, mas essa festa veio para animar. - falou ela sorrindo. 


Ela queria que Syaoran tivesse vindo, ele não tinha falando nada pelo celular se iria vim ou não, com isso esperava a chegada do amigo para ter mais gente com quem zoar nesse dia inesquecível. 


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vasilisa Dragomir
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Feminino
Char RPG : Vasilisa Dragomir (Vampire B | Realeza | Night Class)
Tatiana Marina Ivashkov (Ancião / Queen USA / NPC)
Humor : Alegre / Esnobe
Localização : Academia Cross
Posts: : 24
Inscrição : 25/12/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 20:30


Lissa olhava para a empolgação de Selene e Rose, e via a cara fechada de Dimitri. Ela descaradamente enquanto ouvia as palavras de Selene de como estava indo o feriado delas, ela pegou a bochecha do guardião e espremeu ate fazer ele dar um sorriso. 


- Pronto assim esta melhor. Rose, manda ele ficar com essa cara, pq cara fechada vai espantar o povo de perto da gente. E eu não quero isso. - falou ela já dando uma de mandona, um pouco pelo menos. 


Depois ela se concentrou nas palavras de Selene, quando ela pegou uma das taças de champanhe que passava e aproveitava naquele momento sorrindo. 


- Antes do feriado, foi uma chatisse só, depois quando foi buscar a Rose, juntos com os Kuran, foi ate que divertido demais para mim. Adorei. Ganhei um gatinho, o Salém, de um idiota que nem ficou para conversar comigo direito, mas de resto acho que ta indo tudo bem. - falou ela tomando um gole e bufando de raiva.


Christian nem para ficar um pouco mais, somente para dar o presente de natal. Logo saindo correndo, eu to com raiva disso, ele ta pior que o Dimitri que desaparece as vezes também. Dando um sorriso para Selene, ela tomou mais um gole. 


Vasilisa Sabina Rhea Dragomir | 17 anos | Vampire B
Realeza "Princesa" | Night Class
(*) Tatiana Marina Ivashkov (Ancião / Queen USA / NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dimitri Belikov
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Dimitri Belikov (Vampire C | Guardião)
Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Posts: : 46
Inscrição : 18/11/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 20:47


Minha Roza era realmente empolgada demais com tudo isso, eu gostava disso nela, e adorava ver como ela sempre parecia radiante, em qualquer momento, ate mesmo caçando vampiros. Aquela garota era linda, e eu tinha a sorte de ter ela para mim. Mas parando de coisas melosas.

Sinto a mão de Vasilisa em meu rosto, tentando fazer um sorriso no mesmo, ela ficava tentando, ate que sorri para ver se ela parava, e na mesma hora ela mandou ficar assim, para eu pudesse ter uma cara de não intimidação com alguém por perto. Quem dera se isso fosse possivel, minha aurea era de intimidação constante.

- Não faça isso denovo Princesa Vasilisa. Se presa suas lindas unhas. - falei olhando para ela com cara fechada novamente.

Logo vi que tanto minha Rosa quando Selene olhavam para mim, tentei limpar algo imaginário da cara achando que tinha ficado algo nela. Voltei a postura padrão dando um sorriso e esperando que minha Rosa também não começasse com isso. Peguei uma taça de champanhe que era oferecida, e tomei um gole, sabia que estava em serviço, mas elas estavam me chamando.


















Naquela noite em questão consegui voltar para a pequena cidade de Ambarantis, sabendo que provavelmente Lissa ia me matar por não ter chegado mais cedo, ou ter ficado ali desdo presente que lhe dei. Dando um suspiro, cheguei no apartamento, e soube por alguns guardiões que eles estavam em uma festa, e que tinha um convite para mim também. Peguei o mesmo, e naquele momento foi correndo para o tal local, correndo não de carro. 

Assim que mostrei o convite entrei no local, passando pela recepção e recebendo um cartão prateado com um determinado limite, coloquei no bolso do paleto, e logo fiquei procurando por elas, quando vi um poste de dois metros de altura chamado Dimitri, que se destacava na multidão e um grupo de garotas. 

Eu era anti-social, mas queria esta perto da minha Lissa, se eu foi no Baile, então acho que consigo ficar um tempo nesse local, ao lado dela. Vendo que estava em uma boa posição, e vendo que ela não me via, cheguei de leve perto dela, tampando seus olhos.

- Olha o que o ano novo lhe trouxe. - falei para ela em seu ouvido.

Esperava que isso fosse uma boa coisa, eu aparecer na festa, pelo menos isso, eu poderia fazer por ela. Destampei seus olhos, e sorri para ela de canto, olhando em seus olhos. 


Dimitri Belikov | 24 anos | Vampire C | Guardian
(*) Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 20:50

* ~  Vilhelmina


É CLARO! Sebastian A. Walker.

Sorriu amplamente.

Tinham sido anos ruins quase que se escondendo por aí, concluiu mentalmente como uma desculpa por sua confusão no início.

Ir àquela festa tinha sido uma de suas melhores escolhas nos últimos tempos. Afinal, era primordial manter uma rede de contatos de irmãos de sangue. Aqueles que mantinham integridade em suas veias. Vampiros sangue puro eram a maior preciosidade que existia na Terra. Mesmo aqueles que acabavam gerando crias impuras (como era o caso dele)

- Surpresas? -
Pareceu interessada como um corvo atrás de desgraças. É claro que não poderia assumir que alguma tragédia aconteceria naquele primeiro dia de descobertas, mas era bom pensar assim. - Você fará uma performance com  sua pequena? - apostou, também para agradá-lo pelo tom amistoso.

Então o ruivo apareceu entre eles. Certamente era a primeira surpresa. Sentiu um magnetismo por ele, assim como tinha sentido pelo ídolo vampírico. E se tinha acertado daquela maneira com o primeiro...

- Boa noite, senhor... -
seus olhos percorreram o casaco até encontrar o pingente, só queria uma confirmação. A frase foi completada somente em sua cabeça.

Murdock!

- Jourdan, é um grande prazer -
adiantou-se. Se não estivesse em um ambiente cheio de possibilidades de encontrar-se com suas crias ingratas, seria um prazer dizer "olá" aos dois com sua verdadeira forma.



*  ~ Naru

Quando recebeu a mensagem, Naru deu um suspiro de alívio. Podia relaxar um pouco mais, mas já que estava com uma taça na mão... precisava terminá-la não é!?

O que seus pais diriam sobre isso? Sentiu uma pontada de tristeza, mas focou-se em divertir-se como podia: comendo e bebendo um pouco.  Até que era gostoso agora beber sangue. Algo que ela tinha dificuldade de admitir.

Quando Lily jogou-se sobre ela, levou um susto tão grande que derrubou um pouco do líquido na taça e quase caiu do salto, agarrando-se à vampira com um grito.

- E-E-...LILY! -
até tinha esquecido o pronome de tratamento, mas soou alegre, embora surpresa - Você quase me matou do coração! - corou. - Quer dizer... você entendeu.  Hah...  Nossa, você está maravilhosa. E que sapato lin-do! Eu amo saltinhos assim.


~ * Daryl

Não era que ele simplesmente quisesse ter mandado Naru embora. Mas vestir-se sem parecer um daqueles vampiros clássicos dos contos era uma tarefa difícil, mas desde o Natal, quando recebera uma reeducação de moda, Daryl tentou prestar atenção em como poderia fazer aquela transição sem sair de sua zona de conforto.

Enquanto Nero o esperava, Daryl sentia-se ridiculamente como se estivesse em um encontro tradicional na década de 40, mas a diferença é que achava que deveria ter aprendido mais com os jovens 1950.

Olhou-se no espelho e automaticamente imaginou uma Lily estonteante pendurada em seu braço por alegria de vê-lo se esforçando. Isso valia.

A solução  foi usar um blazer, que simplesmente não abandonaria tão cedo, e uma camisa.


Vestes do Daryl
Spoiler:
 


Encontrou-se com Nero e uma resposta mal educada passou por sua cabeça "Não te pedi para me esperar", mas desistiu.

- OK, ok. Estou aqui. Avise-a que estamos indo para que ela não fique esperando, ok?

Não era a melhor tarefa para ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Qui 14 Jan 2016 - 21:00



A noite era cheia de expectativas uma delas seria a inauguração do clube Five. Lilac havia marcado com Lara dentro do clube, a festa de abertura juntamente com ano novo, seria perfeito.  Pegou as roupas que achou elegantes para um clube e que fosse compatível para um clima de ano novo, não iria comprar nada novo além de um par de sapatos, as vezes ganhava uma peça dos ensaios fotográficos e com isso mantinha um guarda-roupas em constante renovação. Optou por causas por conta do inverno, não queria correr o risco de beber demais e acabar caindo desajeitada com as pernas abertas (não depois que viu uma conhecida fazendo isso numa festa).


Então quando já pronta e preparada com a maquiagem e cabelos soltos, trancou o apartamento e desceu as escadas aquecendo o corpo. Caminhou p então para fora do condomínio e pegou por ali mesmo um taxi que passava. Com o convite em mãos caminhou então com os passos firmes em direção a entrada, mostrando que estava na lista de convidados. Quem estaria ali dentro? Por conta de uma sorte grande um dos convites havia sobrado quando chegou ao trabalho, na sorte havia conseguido conquistar o ultimo entre as modelos.



Demorou uns bons vinte minutos na fila esperando os outros convidados terem seus nomes verificados até que por fim entrou, estava feliz com aquilo, o local era animado e de certa forma aquele convite a permitiria algumas regalias e ela não perderia por nada, resolveu que então começaria a andar pelo ambiente e conhecer por onde poderia andar, primeira parada, a pista de dança, queria ver o clima e a animação antes de voltar ao bar e pedir seu primeiro drink.
Lilac:
 





O que tem de especial no ano novo? Nada, mas era a inauguração de um clube, e nada melhor que mudar os ares, por mais que não gostasse da ideia de que quase todos que conhecia foram convidados, Freya  resolveu ir mesmo assim, o tumulto de pessoas e da musica alta abafariam os pensamentos ruins . se vestiria de maneira um pouco menos formal, a ocasião não pedia, mas ainda sim manteria seu gosto e elegância acima de tudo.

Lirion não gostava deste tipo de festa, então provavelmente pararia em algum bar isso se não passasse com Tuomas. E isso a ruiva achava bom, os últimos tempos eles andavam muito juntos e desde que chegaram da Dinamarca haviam se afastado como se algo proibido tivesse acontecido e quisessem manter segredo, de fato aconteceu, e a forma que abalou ambos era algo no qual sentia que só iria piorar.



Sua aura havia se tornada um pouco mais densa do que da ultima vez que havia pisado na cidade, porém estava bem mais controlada que antes, sem sombra de Denis, principalmente sem Daniel, Lirion ou qualquer outro, iria sentir os cheiros da noite e então poderia voltar para casa e quem sabe esquecer quem era por algumas horas, talvez sua aura apenas afugentasse vampiros e humanos, mas os vampiros eram os que mais queria manter longe....


Com o convite eixado em seu quarto tomou um taxi e então entrou pelo clube, com passos firmes e com um certo ar de soberba  entrou ignorando a aparência dos seguranças, esta noite queria brincar com o perigo como uma adolescente comum, ou apenas seu lado Gatemberg estava aflorando? Seria algo que só descobriria com o passar do tempo. Já la dentro foi até o bar e pediu uma garrafa d’água e então caminhou para a área de dança com a garrafa na mão curtindo o som que tocava no ambiente.
Freya roupa ignorar a bolsa, ela não esta de bolsa :
 


mushu:
 
coisas que apenas o chat explica!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 1:20




Lewis sorriu para o outro puro e deu um aceno leve com a cabeça. Ainda não havia começado a sua diversão, mas certamente aquela noite seria uma boa distração em comparação a ficar sozinho em um quarto de hotel. Pelo menos ali haviam jovens muito belas por sinal. Talvez conseguisse alguém para esquentar sua cama já que sua companheira estava muito longe dali.


- Tenha certeza que apreciarei. Fiquei surpreso em ter recebido o convite tão rápido... sua equipe é eficiente - falou com uma certa satisfação.


Quando a mulher o cumprimentou, ele a observou e sorriu de novo daquela forma. Pegou em sua mão e levou aos lábios para um beijo, sem desviar o olhar do dela.


- O prazer é todo meu, Jourdan. 


Ele se sentia tentado a usar seus poderes para conseguir entender o que havia de errado com aquela mulher, mas não era o momento certo. Além disso, seria arriscado fazer algo tão perto do outro puro. Teria a paciência de descobrir em uma outra hora. Portanto soltou a mão dela e colocou as mãos no bolso do casaco.










Lily riu e segurou a outra menina para que não caísse no chão por causa da empolgação dela. Riu ainda mais com a tentativa dela de explicar o susto. Quando a outra a elogiou ela sorriu e se afastou um pouco para poder dar um giro para que ela visse sua produção.


- Obrigada! - ela agradeceu aos elogios e levantou um dos pés para trás - Não é?! Eu me apaixonei assim que o vi - disse com os olhos brilhantes.


Então prestou atenção em Naru e soltou um assobio baixo.



- Ah, você está tão linda *-* parece uma bonequinha!  Dá vontade de morder!


Ela apertou a garota e viu que ela estava já com uma bebida na mão.


- Nossa, você é rápida - ela riu - Vamos, eu quero pedir algo para beber também!


Ela cruzou o braço com o da menina e seguiu até o bar com ela, sorrindo. Parou ao lado de outras três pessoas, Andy, Tomo e Liwne e os cumprimentou.


- Oi, boa noite! 


Sorriu simpática e voltou a atenção ao barman. Abriu a boca para pedir alguma daquelas bebidas bonitas que estavam servindo, mas já sentia o possível olhar desaprovador de Naru e dos outros dois caso chegassem e a vissem bebendo algo alcoólico. Suspirou. Decidiu que não aprontaria naquea noite como havia aprontado no último baile com Rose e Naru.


- Poderia me ver algo não alcoólico, por pavor? Pode ser uma batida - ela pediu e deu um gemido frustrado.


Olhou para o lado de novo e então  finalmente reconheceu a cantora. Seus olhos bicolores brilharam e seu rosto se iluminou em um sorriso surpreso.

- OH.MY.GOD! Andrômeda Walker?! - ela reconheceu sorrindo - Eu sou sua fã! Você é demais! - ela pegou na mão da garota, cumprimentando-a em seu jeito espontâneo, empolgado e inocente de ser - Sou Lillian Sorel! - já foi se apresentando e apontou a amiga - Essa é a Naru! - e voltou a olhá-la - É um prazer conhecê-la! 








Nero deu uma boa olhada no figurino do rapaz e negou com a cabeça com uma careta de desgosto. As roupas velhas podiam sair dele, mas o espírito de velho não. Céus... Ele ainda tinha que aprender muito sobre moda.


- Assim eu pareço mais novo do que você - criticou.


Nero, mesmo mais velho, realmente parecia um jovem de 20 anos e se vestia de acordo com a moda da época. De certa forma ele e Daryl, para a idade vampírica, estariam quase na mesma faixa etária.


Pegou o celular e mandou uma mensagem para Lily, mas a menina estava distraída demais para atender. Suspirou e tentou o celular de Naru.


Citação :
Chegamos... Onde vocês estão? Lillian já está com você?

Mandou e enquanto aguardava a resposta já dentro da boate pegou uma bebida e provou, seguindo em direção ao local de onde sentia que vinha o cheiro de sangue.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 2:41

- Eu gosto desse seu jeito sério, Dimitri, mas Lissa, tem razão..Você podia relaxar um pouco mais ou vai acabar, espantando todo mundo...  - Rose riu, e piscou para Selene, fazendo sinal de "ele é sempre assim.".- Se bem que adoraria ficar sozinha com você, camarada...

Viu, então e sabia que Dimitri já deveria ter percebido que um certo nobre (Moroi, para eles) de quem Lissa muito gostava e com quem estava um tanto furiosa, acabava de chegar. Vi que ela nada notou e achei engraçado fingir que nada percebera. Deixa o esquisitão dar um susto na Lissa.

-  Vem, Dimitri, vamos dançar... Deixa os dois namorarem um pouquinho e vamos fazer o mesmo.Qualquer coisa, estamos aqui.




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 8:52

~ * Vilhelmina

Vilhelmina retribuiu o olhar na forma daquela ilusão. Também tinha muita vontade de vasculhar a mente dos dois. Ela o faria se tivessem em um ambiente mais privado, apenas não podia se expor demais naquela situação.


~ * Naru

- O-obrigada - agradeceu timidamente ao elogio da amiga e olhou a taça timidamente. QUase que não tinha percebido o quanto estava bebendo. - A-a-ah... Isso.. É que eu estava nervosa, sabe? Eu... bem

Quando a amiga pediu por um drinque sem álcool, a vampira lembrou-se que Lily não podia beber ou ficava... Diferente.


- Ai desculpa ! Eu prometo que não vou mais beber também, não foi para provocar!

Só que o assunto já era outro. Lily conversava com uma celebridade! Naru era muito nova no mundo vampírico e, como ficava apenas entre criados na mansão Cannigan, não a conhecia perfeitamente, mas é claro que já tinha ouvido seu nome e sua ansiedade foi às alturas.


COrou violentamente quando descaradamente ela as apresentava e instintivamente ficou um pouco atrás de Lily, querendo desaparecer, como se não tivesse o direito de chegar tão perto de uma pessoa famosa. Segurava as próprias mãos nervosamente, perdendo sua desenvoltura conquistada com pessoas íntimas.

Sentiu a bolsa tremer, mas estava distraída também com Andrômeda.



~ * Daryl


- Não ligo para essas bobagens - retrucou como um velho quase à contra-gosto. Lá dentro havia uma pequena dúvida se Lily desaprovaria também, mas felizmente seus anos de vida conseguiam driblar uma insegurança juvenil. Gostava, porém, de ter novamente a chance de sentir coisas assim.

Nem mesmo gostava de boates modernas. Mas pelo menos elas não exigiam um esforço político para interagir polidamente.

Quando viu Nero já sentindo-se em casa, também pegou uma bebida e olhou em volta, bebendo aos poucos até ficar impaciente.

- O que ela disse? - perguntou tentando ser casual, mas estava um pouco preocupado naquele ambiente cheio de bebidas, além de impaciente para vê-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sebastian A. Walker
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Masculino
Char RPG : Sebastian Ares Walker (Vampire PB / Vagante/ Musico)
Richard Wilson (Vampire B | Musico | NPC)
Tomo MIlicents (Vampire B | Musico | NPC)
Humor : Incostante / Caotico
Localização : Em algum lugar do mundo...
Posts: : 20
Inscrição : 15/12/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 13:59


Lidar com as pessoas era uma coisa interessante, ainda mais para mim, vamos dizer que adorava ver essa interação. Quando ouvi as palavras da garota para mim, levantei uma das sobrancelhas, querendo saber como assim pequena? Dando um sorriso para ela, pelas fui gentil para não dizer outra coisa.

- Algumas coisas são segredos. - falei calmamente, dando um piscar de olho. 

Ainda em minha cabeça estava isso dela chamar a pirralha de pequena, ela deve ter reconhecido depois que disse meu nome, mas deixa para lá por enquanto. Olhei para o ruivo, com olhos violeta, interessante combinação, ela falava sobre terem achado ele tão rápido, balancei a cabeça negativamente, antes de dar um sorriso de canto.

- Tenho que saber que territorio eu estou, e quem esta nele, por isso convidei, achei que seria interessante, muito dos quais da lista não conheço. e adoro manter uma boa relação com outros como eu. - falei dando um olhar calmo, e meu sorriso de canto característico. 

Ainda conversava com os dois vampiros, mas queria saber onde estava os dois que tinha convidados para essa pequena festa, queria a presença deles, ainda mais sabendo que um era tão jovem e já era da monarquia.





Tudo bem que eu não tinha que fazer isso, mas era divertido pegar no pé de Liwne, ficar atras dela, era em divertido, e ate mesmo tentador. Aquela vampirinha, me tirava do serio, desde o momento que Andy e Sebby salvaram ela naquele dia, eu por minha vez apenas faço provocações, mas ouvi as palavras de Andy, que ela me falou aqui e agora, foi complicado. 

- O que disse pirralha? Sabe com quem ta falando? Que apanhar? - falei para ela. 

Logo antes que a mesma pudesse me responder. Chega uma pessoa próximo a gente, e cumprimentando, eu mesmo somente fiz um aceno de cabeça, antes de fazer qualquer coisa, e ver que a mesma não iria pedir nada com álcool. Eu ouvi o Barman responder para ela.

- Uma batida de morango. É sem álcool. O cartão por favor. - falou o barman para a garota (Lily).

- Faça um para as duas para mim por favor Andrew. - falei para o barman apontando para Andy e Liwne, para que elas tomassem algo sem álcool também. Dando um sorriso para as duas. - Não adianta reclamar. Ainda não tem idade para isso. - falei sorrindo para elas, na cara de pau. 

Sim, eu sabia que provavelmente eu seria morto uma hora dessas por causa do que disse, mas era a vida, e era para ser arriscada como sempre. 












Sebastian Ares Walker | 840 anos | Vampire Pure Bloody
Vampiro Vagante / Musico profissional / Idol Vampírico
(*) Richard "Rick" Wilson (Vampire B | Musico | Compositor | NPC)
(*) Tomo Milicents (Vampire B | Musico | Compositor | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Andrômeda A. Walker
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Feminino
Char RPG : Andrômeda Athena Walker (Vampire B | Musica | Night Class)
Milli Muniz (Vampire B | Gerente | Empresaria | NPC)
Jane Watson (Vampire D | Assistente | Secretária | NPC)
Humor : Incostante / Caotico
Localização : Em seus sonhos...
Posts: : 20
Inscrição : 23/12/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 19:08


Andy e Liwne tomava a champanhe alternativa, e maior cara de pau, mas tinha que vim o palhaço do Tomo atrapalhar as coisas, como se ela não fosse capaz de beber algo tão leve. Naquela hora, Andy colocou a mão em um dos ouvidos e tentou sorrir, a menina tinha gritado no seu ouvido. Liwne somente tinha virado para outro lado e dando uma risada antes de voltar a olhar para a garota de vestido branco e vermelho e cabelo multi colorido. Dando um sorriso para ela.


- Prazer Lily. Espero que esteja curtindo a festa. - falou a garota loura dando um falso sorriso. 


Andy queria era outra coisa, queria que ele viesse a festa, para vê-lo, mas algo lhe chamou a atenção algo foi mais forte do que ela, um cheiro de humana, sutil, mas não parecia humana, parecia uma delas, algo chamou a atenção da garota para ela. Olhando para as pessoas em volta.


- Com licença. - falou se levantando e pegando uma taça extra de champanhe comum. 


Ela não sabia por que estava fazendo isso, mas seu corpo a puxava para ficar chegar perto dela, sua pele era tão clara, tão linda, seus cabelos claros também, seu jeito quase que meio perdido no meio daquela confusão, ela somente sorriu indo em direção a uma albina. Algo lhe puxava ate ela, algo muito forte, não sabia o que era. Dando um sorriso, lhe estendendo uma taça de champanhe.


- Olá. - disse com calma. - Veio sozinha? - perguntou Andy olhando para ela, de forma a ver quem era aquela garota, queria saber, o por que de ter lhe chamando tanto a atenção assim, são raras as pessoas que faziam isso com ela. 


Aquela garota tinha algo que hipnotizava Andy, algo nela, deveria ser algo, não so por ser humana. Seu sangue talvez? ou apenas magnético. 


Andrômeda Athena Walker | 17 anos | Vampire B
Cantora / Idol Vampírico / Night Class
(*) Milli Garcia Muniz (Vampire B | Gerente | Empresaria | NPC)
(*) Jane Liwne Watson (Vampire D | Assistente | Secretária | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Norman McWolf
Recem Criado
Recem Criado


Masculino
Char RPG : Norman McWolf (Vampiro B / Nobre / Empresário)
Gabriel Mostif (Vampiro C / Servo / NPC)
Anabelly Finningan (Vampiro C / Secretária / NPC)
Humor : Incontrolavel
Localização : em algum lugar da casa.
Posts: : 56
Inscrição : 27/10/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 19:32


Eu pensava que ela não iria me responder dessa forma, mas deixa para lá, vamos apenas ignorar um pouco, essa cara fechada dela, quando é dança de salão essa aqui arrasa, isso pode ter certeza, Dando um pequeno sorriso para ela, olhei em seus olhos quando lhe entreguei uma taça de champanhe alternativa, antes levar ela para perto da mesa do bar.

- Aperitivos para acompanhar por favor. - falei passando o cartão na mesma hora o Barman, me atendeu.

Enquanto ele ia buscar o que tinha pedido, para me alimentar um pouco, dei um sorriso para minha linda morena de olhos verdes, e sorri para a mesma Dando aquele grande sorriso fofo que deu apenas para ela. Ouvia as musicas que passava, nada do meu estilo, mas tinha que ser musicas agitada, então tudo bem.

- Quer dançar comigo na pista? Como nos velhos tempos? - falei olhando para ela e fazendo ela dar um sorriso, o que estava sendo raro demais.

Naquela hora o garçom chegou com um prato de frios com algumas cerejas, eu apenas peguei uma delas, e coloquei na boca da mesma para da um gostinho melhor, antes de roubar um beijo dela, e ver sua cara fechada para mim.


Norman McWolf | 435 anos | Vampiro (Vampire B)[size=15]
Nobre | Empresário | Playboy | Milionário | Filantropo
Conde de BlackMoon

(*) Gabriel Mostif | 465 anos | Vampire C | Assistente Pessoal[/size]
(*) Annabelly Finningan | 130 anos | Vampire C | Secretária
Voltar ao Topo Ir em baixo
Angel D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Angel D'Angelys (Vampira / Professora)
Humor : Inconstante...
Localização : Onde menos se espera.
Posts: : 68
Inscrição : 25/10/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 19:49


Angel apenas ouvia a musicas, não queria ficar ali, somente ficava
pela filha nada mais do que isso. Selene ainda não estava pronta, para 
sair em eventos sozinha, ainda não. Pegou uma taça de champanhe,
oferecida por Norman, e tomou um pouco, estava com um pouco de 
sede, quando sentiu tanto o gosto do champanhe quando o do sangue,
pelas pequenas capsulas vermelhas misturadas no champanhe.


Foram para perto do balção do Bar, no qual logo ela viu Norman, pedi
algo para comer, também estava com um pouco de fome, mesmo tendo
tomado as pastilhas e comido pelo menos cinco barras de chocolate antes
de ir para a festa. Ouvira ele falar, para eles irem dançar, mas aquelas 
danças não eram do estilo dela, já que nessa parte ela era tradicional.


- Não, pode ser que mais tarde dance algo com você, se acontecer de 
ter uma musica lenta ou algo assim. - falou a mulher para ele.


Naquele mesmo momento uma cereja em calda era posta em sua boca, 
e um beijo era roubado da mesma forma. Angel olhou feio para ele, 
que sempre fazia gracinhas como essa, deu uma vontade louca de 
esganar o pescoço dele, mas não disse nada, somente fechou a cara
e olhou feio para ele, antes de pegar um dos itens do prato de frios.


Angel D'Angelys / 350 anos / Vampira (Vampire B)
Professora de Treinamento de combate.
Condessa de BlackMoon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Selene D'Angelys
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Selene D'Angelys (Vampira B / Night Class)
Alicia Sophy D'Angelys (Vampira B / Socialite / NPC)
Humor : Alegre
Localização : Academia Cross
Posts: : 66
Inscrição : 05/11/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 20:03


Selene achou melhor não falar nada quando viu a cena que Lissa tinha feito junto com o guardião, ela deu apenas um sorriso baixo, mas tomou um susto quando percebeu que tinha gente vindo logo atrás de Lissa, pedindo Silencio, ela ficou calada vendo a cena, se desenrolar. Seria bom esta com Syaoran por aqui, ele iria lhe alegrar o dia como sempre faz, mas o mesmo estava em casa, parecia que não iria vim a festa. Dando um sorriso para a cena, ela pegou o celular.


Mandando uma mensagem para Syaoran, para ver se ele realmente iria vim ou não para o evento, antes de guardar na bolsinha, ela saberia se ela manda-se uma mensagem, já que a bolsinha vibraria. Dando um sorriso para Rose que puxava o enorme guardião para a pista de dança. olhei para Lissa e para a pessoa que chegou.


- Que tal acharmos um lugar antes que peguem todas as mesas. - falei para Lissa e para o rapaz, que não sabia quem era. 


Agora ela ficou triste, todo mundo acompanhando e ela sozinha, cade aquele bobo para lhe fazer companhia?


Selene Luna D'Angelys McWolf | 15 anos | Vampire B
Nobre | Estudante - Night Class

(*) Alicia Sophy D'Angelys | 758 anos | Vampire B | Socialite
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vasilisa Dragomir
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Feminino
Char RPG : Vasilisa Dragomir (Vampire B | Realeza | Night Class)
Tatiana Marina Ivashkov (Ancião / Queen USA / NPC)
Humor : Alegre / Esnobe
Localização : Academia Cross
Posts: : 24
Inscrição : 25/12/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 20:14



Lissa, estava bem contente vendo a interação entre as pessoas ao seu redor, isso a deixou animada ate demais, como estava descostas não deu para ela ver que alguém chegava por trás, e lhe tampava os olhos, quando ouvira uma voz falar, uma voz conhecida, ela apenas deu um sorriso para a voz virando para olhar para ele, e no mesmo momento pulando em seus braços. 


Ouvira que Rose e Dimitri iriam dançar, e que estava por perto, ela não ligou para isso, apenas sorriu para a pessoa que estava abraçando bem forte, e antes de tudo ele de surpresa, como daquela vez a alguns dias atrás. Ouvira Selene falar, e ai se tocou que não estava sozinha.


- Desculpa Selene, mas acabei me esquecendo de tudo agora. - falou a garota para a outra. - Esse é Christian Ozera, meu namorado. - falou sorrindo de orelha a orelha. - Sim, sim. Vamos nos sentar, ainda não quero dançar. - falou puxando a mão dele, e da outra garota.


Eles tinham achando um sofa que estava vazio, e naquele mesmo momento sentaram nele, pegando os lugares para Dimitri e Rose também. Lissa estava tão feliz que não sabia o que falar, so uma coisa veio a mente.


- Salém esta super bem. Obrigado novamente pelo presente. Ele é uma gracinha. - falou a garota meio que envergonhada. 


Sim, princesas também podem ficar envergonhadas, e essa ali estava ate a alma aquele momento, não sabia o que dizer ou que fazer. 


Vasilisa Sabina Rhea Dragomir | 17 anos | Vampire B
Realeza "Princesa" | Night Class
(*) Tatiana Marina Ivashkov (Ancião / Queen USA / NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dark_Rose
B
B


Feminino
Char RPG : Rose Valentine (PB)
Lara Kapetine (Hunter)
Humor : Incompreesível
Localização : Inglaterra
Posts: : 663
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 20:18


+ Lara +




Lara chega ao club enfrentando um fila para entrar, depois de conseguir passar por essa etapa já pegando o número de três pessoas diferentes ao conversar com elas durante a estadia na fila, gostava de fazer amigos e quem sabe algo mais poderia sair daquilo.  Ela vestia uma roupa mais informal mantendo o conforto diante daquele frio que ainda estava se acostumando.

Roupa:
 
 
Já entrando ela vai até o bar pegando uma bebida coloria e toda decorada mas com bastante álcool, ninguém precisava saber que ela não tinha idade para aquilo, mas sabia que se mantivesse as aparências ninguém iria perguntar.
 
Bebendo o drink ela de longe vê os cabelos brancos de sua amiga, não tinha como não se destacar com aquela brancura, parecia um ponto de luz no meio de uma imensidão negra que era a boate, que de certa forma a estava incomodando. Era muito vampiro para pouco espaço. E tinha puros, ela conseguia os distinguir. Mas sabia que a sua estranha aura poderia os confundir como um deles (Aura Pálida - Qualidade) e sabia tirar proveito disso se entrosando entre eles.
 
Então ela vai andando até aquela cabecinha branca se jogando abraçando-a e dizendo:
 
- Liiilaaacziinha!!! – Em seguida dá um beijo em sua bochecha.
 
Ela mantém o abraço e continua:
 
- Desculpa pelo atraso, tive uns compromissos antes de vir. – Diz dando uma risada. – Foi mal.
 
Quando ela olha para o lado vê a vampira a encarando.
 

- Olá, gostei do seu cabelo.


Lara Kapetine
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dimitri Belikov
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Dimitri Belikov (Vampire C | Guardião)
Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Posts: : 46
Inscrição : 18/11/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 20:28


Realmente parece que aquelas duas estavam se divertido as minhas custas, só podia ser isso, pois ate mesmo Selene estava rindo das palhaçadas que as duas faziam comigo. Não adianta reclamar, naquele momento, vi que Christian chegou, demorou mas ele chegou e achou ate que a gente facilmente no meio dessa bagunça, já que tinha uma galera de gente na boate. 

Antes que eu pudesse ver qualquer cena melodramatica, foi puxado por uma baixinha, que me puxou em direção a pista de dança. Não consegui falar nada. Na pista de Dança, ela dançava empolgada, e eu ainda com essa cara de não to nem ligando, mas ta de boas, vamos ao que interessa, tava vendo minha Roza dançando para mim, isso que era o importante, não é?

Ainda ficava ao lado dela, vendo ela dançar, e dava pequenos sorriso, onde estávamos a musica estava alta ate demais, e sabia que não iria abaixar tão cedo, dando uma olhada para ela, falei em seu ouvido quase que de forma sexy.

- Isso tudo é para chamar a minha atenção? - perguntei para ela, lhe roubando um beijo na mesma hora, e voltando a minha postura fechada, de não ligar para nada.














 Eu por minha vez estava muito bem onde estava, ao lado de Lissa, não reclamei quando como meu companheiro grandão foi puxado pela pista de dança. Eu apenas dei um sorriso de canto quando me apresentaram a outra garota. Não sou muito do tipo amigável demais. 

Era uma boa se sentar, mesmo e Lissa achou um bom lugar, dava para ver a pista e não ficava longe do bar, se quisesse pedir algo. Ela logo falou comigo sobre a bola, de pelo ate do nome que deu para ele, vê se isso é nome de gato, fala serio, mas pelo menos e melhor do que fofo ou fifi. Olhei para minha Lissa.

- Que bom que gostou do presente, achei que precisava de alguém para ficar ao seu lado, mesmo comigo por perto. - falei dando um sorriso de canto para ela.

Sim eu pera meio bobo perto dela, somente perto dela, mas isso não era sempre assim então estava tudo bem.


Dimitri Belikov | 24 anos | Vampire C | Guardian
(*) Christian Ozera (Vampire B | Night Class | NPC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
fenixmau
Não morda, Novato!
Não morda, Novato!


Char RPG : Nikolayev Nightroad (PB)

Benhardt Blackheart / Clayhorn Crowley
Posts: : 3
Inscrição : 15/12/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sex 15 Jan 2016 - 21:16



O aparente adolescente chegou à entreda da festa e com um leve sorriso nos lábios retirou o cartão prateado do bolso e mostrou a um dos seguranças. Ao notar a expressão desconfiada por um aparente menor de idade estar em um club noturno, ele apenas deu um leve olhar ao homem com uma expressão de "me barra e você morre". Bem, o segurança não tinha escolha, não é mesmo? O convite batia com a identidade. Portanto o jovem conseguiu entrar sem maiores problemas. 


Olhou para a primeira parte da boate, onde havia o livre acesso para todos, humanos e vampiros, e teve apenas um pensamento: faltam umas stripers. E a música também poderia ser melhor. Então encaminhou-se para a parte VIP onde apenas vampiros eram permitidos, esperando que ao menos ali o local fosse mais divertido.


Assim que chegou ao local, olhou ao redor e sentiu a presença de mais dois puros como ele. Encaminhou-se então diretamente ao anfitrião da festa, catando uma taça com bebida no meio do caminho, e estendeu a mão livre para cumprimentar Sebastian.


- Boa noite senhor Walker, agradeço muito este convite. E espero ansiosamente a sua presença em meu cassino no próximo mês em sua inauguração. E a de sua linda filha também, é claro - falou fazendo uma leve mesura com um sorriso sacana nos lábios. 


Quanto aos outros dois vampiros, apenas cumprimentou normalmente, sem interesse especial em nenhum dos deles.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sab 16 Jan 2016 - 0:34

 
 
 
 
Lewis sorriu para a mulher quando ela lhe retribuiu o olhar. Ouviu as palavras de Walker e concordou com a cabeça. Inteligente. Era sensato descobrir quais seriam suas possíveis ameaças ou aliados. Olhou ao redor discretamente. Não havia ninguém ali quem conhecesse. Talvez fosse tolice esperar algo do tipo. Deu de ombros para si mesmo e voltou a atenção à conversa.


- Sim... sempre é bom manter contatos com outros como nós, não é mesmo? – falou docemente mas ela possível sentir um tanto de veneno nas palavras dele. Negócios eram negócios. E pelo leve sorriso nos lábios de Lewis ele dizia que também estava interessado em ter possíveis aliados. Ao menos para aprender sobre eles.
 
 
Então ele sentiu outra presença forte e olhou na direção. Imaginava ser uma bela dama ou talvez um  puro afrescalhado como muitos eram, mas quem estava andando na direção deles era... um pirralho. Um pirralho tampinha. Ergueu uma sobrancelha e o observou se aproximar deles, então o garoto simplesmente cumprimentou Sebastian como se já o conhecesse pelo jeito que falava. Aquilo não era problema algum... não fosse o fato que ele não havia sido educado e se apresentado ao ruivo! Que insolência, pensou ofendido.
 
 
Lançou um olhar discreto e nada satisfeito a Jourdan, como se perguntasse se ela o conhecia e deixando claro a sua indignação.
 
 
 


 


 
Lillian olhava com os olhos brilhantes para Andy, encantada de conhecê-la. Nem havia notado que havia sido indelicada e gritado no ouvido da outra vampira por causa da empolgação. Seu sorriso se alargou quando Andy falou com ela e quando a loira se retirou, acenou um aceno em despedida com uma expressão sonhadora. Então notou o barman esperando seu cartão.
 

- Ah, desculpa! – ela falou envergonhada por ter deixado o homem ali plantado esperando o cartão dela e rapidamente buscou na bolsa e entregou o objeto a ele – Aqui – sorriu a ele e depois que o homem computara o consumo ela pegou o cartão de volta e tornou a guardá-lo no bolso, pegando a batida de morango em seguida – Obrigada, moço! – agradeceu alegre.
 
 
Então se virou para Naru enquanto provava a bebida doce. Gemeu baixo de satisfação. Estava ótima. Então se lembrou da outra pedindo desculpas a ela por ter pego uma bebida e negou com a cabeça, sorrindo calmamente.
 
 
- ‘Tá tudo bem. Não é sua culpa que eu não possa beber. Não precisa se conter por minha causa – deu uns tapinhas leves no ombro da amiga.
 
 
Ainda não havia notado que recebera uma mensagem no celular.
 
 





 
 


Nero rolou os olhos com o comportamento velhaco do genro e continuou andando. Ouviu a pergunta dele e o olhou com uma expressão mal humorada, como se o respondesse que ainda não havia recebido uma resposta. Resmungou e entregou a taça vazia ao rapaz sem a menor cerimônia, para poder então digitar mais rápido com as duas mãos e mandar outra mensagem para a menina.
 
 
Quando ia terminar de digitar ele ergueu a cabeça e viu aquele cabelo multicolorido no bar. Bufou e apagou a mensagem, guardando o objeto de volta no bolso.
 
 
- Estão ali – resmungou para Daryl e já saiu andando.
 
 
Ao chegar nas meninas, ele farejou para sentir se a bebida dela tinha álcool e ficou aliviado de não sentir o cheiro da substância. Ainda assim, ao parar ao lado delas, Nero, literalmente, puxou a orelha de Lillian.
 
 
- Ai! – ela reclamou com o susto e por estar com a orelha sendo puxada.
 
 
- O que era tão importante para as senhoritas não responderem nossas mensagens?! – perguntou bravo e puxou a orelha de Naru também, como um pai.
 
 
- Ai, isso machuca! Solta! – Lily choramingou. Nero as soltou e ela massageou a orelha – Eu não vi as mensagens, desculpa! Nos distraímos!
 
 
- Só não nos deixem ansiosos assim de novo! – Nero suspirou e se deixou relaxar ao ver que aquelas duas desmioladas estavam bem.
 
 
Aproveitou e pediu um champanhe com sangue ao garçom e entregou o cartão prateado a ele, depois provando a bebida, ainda com uma carranca. Lily suspirou e apertou a bochecha dele, tomando um tapa leve na mão para soltá-lo. Sorriu para o pai e Nero apenas rolou os olhos. Ela notou que não seria elogiada pelo pai por causa da birra dele e olhou Daryl na esperança que ao menos ele fosse ser menos rabugento.
 
 
- Você... – ela o olhou de cima a baixo e ergueu o polegar com um sorriso – Está lindo e um pouco mais moderno. A companhia Lillian de produções aprova – e riu.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Makie
E
E


Char RPG : Personagens:

Freya Gatemberg - Night Class
Aidan Becker - Day Class
Lilac Löfgren - Universitária
Juliet Glotieb - Prof.ª Ed. Fisica
Posts: : 323
Inscrição : 26/08/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sab 16 Jan 2016 - 9:30

Andy escreveu:
- Olá. - disse com calma. - Veio sozinha? 

- ah  oi?

disse um pouco surpresa por uma garota aborda-la quase de imediato, com um sorriso um pouco tímido e um tanto profissional Lila se virou pra garota loira, não estava vestida para uma festa social, apenas para um clube, olhou para a roupa dela e para a própria e pensou estar um pouco desarrumada para a ocasião, mas não voltaria para casa para se trocar.

- ah não, estou esperando uma amiga, marcamos de nos encontrar aqui.
não estava sendo mau educada, apenas dizendo a verdade, mas não precisou esperar muito, logo voi abordada por Lara que pulava sobre ela, quase a desequilibrando e por pouco não caiu no chão, a albina havia ficado um tanto desconsertada e um pouco irritada com aquela atitude, estava de salto e em um lugar cheio de pessoas importantes, sabendo que Lara era mais nova e ainda estudante poderia relevar este fato, mas provavelmente não a perdoaria se a machucasse ou a deixasse com algum hematoma, ela vivia de seu trabalho e sua pele branca e pura era o que fazia ser chamada para as fotos.

Citação :
 - Liiilaaacziinha!!! – Em seguida dá um beijo em sua bochecha.
Ela mantém o abraço e continua:
 
- Desculpa pelo atraso, tive uns compromissos antes de vir. – Diz dando uma risada. – Foi mal.

- ah, oi Lara, não se atrasou, eu também cheguei a pouco então tudo bem...

estava um pouco na defensiva, e havia ficado um pouco irritada, o que seria visível seu rosto levemente corado se não estivesse escuro e se a maquiagem não ajudasse a disfarçar, ser frigida não era algo facil para ela, seu rosto demonstrava facilmente as emoções que sentia, sua unica arma era a falta de iluminação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luthica
C
C


Feminino
Char RPG : Daryl Cannigan (B)

Naru Jenkins (ex-humana; D)

Elliot Casper von Wright (A)

Euphemia von Wright (A)

Vilhelmina von Wright (A)

Clã von Wright
Posts: : 481
Inscrição : 28/08/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sab 16 Jan 2016 - 17:41

~ * Vilhelmina

Ser tratada como uma ninguém não lhe afetava muito o ego NAQUELA forma. Afinal, era uma ninguém mesmo com aquela aparência comum. Os diálogos entre os vampiros a faziam ter vontade de trocar contatos verdadeiros.
Aquele novinho... lembrava-se do insignificante de seu filho. Um tampinha de fato que achava que era muito experiente.

Jourdan sorriu para o adolescente como se nada de errado tivesse acontecido, mas trocou olhar com Lewis com um sorriso debochado indicando que ela tinha achado o pivete muito metidinho para seu gosto.
Ah, como queria invadir a mente do menino. Mas não o faria.


- Oh. Parece que não somos mais importantes~  -
brincou em tom baixo.


 ~ * Naru

Naru ficou desconfortável com a atitude de Andy. Esfregou os próprios braços timidamente e notou que a amiga continuava alegre, então tudo bem. Mas era como no colégio, quando algumas meninas que eram filhas de empresários mais ricos que seu pai apareciam botando banca. Claro que no mundo vampírico isso seria mais fácil. Ainda mais porque ela mesma era um nível muito baixo.
Suspirou, mas sorriu para Lily enqunato ela aprovava a bebida.

- Haha, tudo certo...  Nossa... você é mesmo muito corajosa. Falou com uma pessoa famosa sem nem ter vergonha! Queria ser sua amiga antes, aí a gente teria ido nos camarotes dos shows~~

Naru também ignorou o celular, mas apenas porque tinha se esquecido.





~ * Daryl e Naru


Daryl segurou a taça um pouco a contragosto, mas precisava saber onde estava sua namorada. Assim, abandonou a taça do sogro num local e a sua também e foi até elas.


- Ai T_T Desculpa. Não foi de de...pro..propósito... T_T É que apareceu aquela menina e... ah


Daryl deu um breve suspiro aliviado e foi pego de surpresa pelo  elogio, afinal, já tinha sido detonado pelo sogro e tinha tentado não pensar nisso. Sorriu orgulhoso e lhe deu um beijo em agradecimento.

- Obrigado. Você está linda. Sua beleza me deixaria achá-la de qualquer maneira. Mas... - afastou-se um pouco e sussurrou, num tom que mesclava um pouco de ciúme e brincadeira - Também quero saber o que de tão importante foi capaz de roubar sua atenção - sorriu. Estava tudo bem, pois achava que não era mesmo nada além da mente avoada dela, mas se fosse outro vampiro ele realmente gostaria de saber quem era.


-  Desculpem mesmo fazê-los esperar... - murmurou para Nero, achando que ele estava bravo de verdade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rose Hathaway
Recem Criado
Recem Criado


Feminino
Char RPG : Rosemarie Hathaway
Humor : sarcástica
Localização : onde Tohru estiver e/ou com o Dimitri
Posts: : 130
Inscrição : 03/09/2015

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sab 16 Jan 2016 - 21:22

Rose continuou dançando e sorrindo, maliciosamente, para o gigantesco guardião sisudo. Como amava aquele jeito sério dele! Rindo, retribuindo ao beijo roubado.

-Estou conseguindo?-piscou pra ele ejogou o cabelo, provocando ele ainda mais-




"Eles vêm primeiro."
Voltar ao Topo Ir em baixo
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Sab 16 Jan 2016 - 23:18

++Charles++


Buscar distrações. Aquela tinha sido minha rotina nos últimos meses, enquanto Trevor e meus outros dois braços direitos partiam em buscas de informações sobre a pequena sacerdotisa. Já tínhamos alguns dados, claro, a maioria comprada de um Hunter mercenário que apenas conseguira me colocar um louco desejo de esganar os tios dela da próxima vez que os visse. Mas claro que não podia fazer um ataque direto à céu aberto. E confesso que, ter alguém na associação que a procurasse com tanto afinco quanto meus homens era um grande alivio. Afinal, em minhas condições de sangue e sobre os holofotes e sob olhar atento de um outro puro sangue bisbilhoteiro que mandava seus servos com frequência atrás de mim, eu não podia mover um musculo sobre aquilo. Um puro sangue procurando uma simples humana, o quanto abrir aquele ato ao público não soava contraindicado?

E por isso mesmo precisava de distrações, manter a mente ocupada com vários detalhes e coisas, muitas vezes desaconselháveis. Passava a maior parte do tempo no banco, em transações que me rendiam milhões ou fazendo acordos com VIPs enquanto me pousava como “Secretário Senior” de Lord Crow. E, quando não o fazia, metia a mim mesmo em caçadas sanguinárias, drogas, álcool, Atividades Ilegais e envolvimento com garotas. Oliver até brincava que, conforme fiz com aquela cidadezinha inglesa anos atrás, logo eu iria acabar com Abarantis, principalmente quando alcançasse o tédio daquele lugar pacato. Alternativa da qual não duvidava, muito embora colocasse a culpa em minhas frustrações que permaneciam há dois meses.

Sim. Já haviam dois meses desde tudo, e seu nome me tornara quase um tabu doloroso que preferia não comentar, enquanto minha identidade voltava a ser o Charles implacável, cínico e sem sentimentos ou limites de antes. Um perfeito puro sangue com um elevado e escuro background por trás de sua máscara e capaz de tudo por ter seus desejos e vontades mais sombrios realizados. O ano novo agora chegava, e a neve gelada, embora não sentida por mim, brilhava em uma capa branca pela janela. E com ela, vinha o pequeno convite acompanhado do cartão dourado para a festa de inauguração de uma certa boate dirigida por vampiros.

-Mega vip Hm... Essa é nova... – Falei para mim mesmo ao receber aquilo, colocando o cartão prateado por baixo da porta sempre trancada de meu irmão, mesmo sabendo que ele não iria. Até que não seria mal mais uma festa, mesmo que a ida a última boate para vampiros não tenha dado muito certo. Quem sabe não poderia arrumar informações ali? Ou diversão? Sangue também? Ou ainda, quem sabe, não o faria simplesmente para irritar o velho que vivia atrás de mim? Principalmente se ele aparecesse ali novamente naquela noite. – Dessa vez, acho que podem soltar alguns leveis E pelo quintal atrás dos capangas do velho gaga... Eles precisam de um exercício para não ficar enchendo o saco dos outros sobre babaquices de ter que conversar com alguém...- Já tinham sido quantos? Quatro aquela semana e o cachorrinho baba de Will? Aquilo havia sido um recorde, não que estivesse muito disposto a recebe-los, optando sempre por pegadinhas ou novas opções de segurança. Que bem, eram tão controvérsias quanto “Os jogos Mortais”. Mas não me condenem... Ainda não havia ocorrido uma morte de “visitantes indesejados”. Eu era um bom anfitrião afinal, alguns ferimentos graves e um belo derramamento para se observar de meu escritório no terceiro andar bastavam para garantir que tanto que eles recuassem e quanto parte da minha carga de diversão diária.

O relógio batia onze horas quando finalmente sai da mansão. Estava com uma blusa polo acinzentada, sobrepujada por um casaco de couro negro e uma calça jeans. Vestes simples se comparadas as roupas que tinha que usar no banco, mas confesso que sempre odiara aquelas coisas formais apertadas. Além disso, era uma boate não? Meu cabelo loiro jazia levemente arrepiado em tom rebelde, mas ainda assim eu era belo. Muito mais que qualquer humano naquela cidade e que a maioria dos vampiros.

Devido a neve, fui obrigado a pegar o carro para ir para a boate e não a moto, estacionando a BMW preta à poucos metros da entrada, e angariando olhares da enorme fila de pessoas. – Com licença... – Sorri para algumas menininhas que estavam na frente, lhes dando uma piscadela acompanhado de um sorriso quase sacana. – Tenho esse cartão. – Indiquei ao segurança o convite dourado, e logo ele deixou que passasse com um sorriso. Aquilo era impressionante, devia admitir, e estava lotado de gente para todos os lados a ponto que o cheiro de sangue humano me parecesse cada vez mais atrativo. Talvez um gole ou outro não faria mal mais tarde. Mas então senti outros cheiros. Puro sangues...Pensei com uma careta. Mais atuação das chatas que teria que fazer. E, girando os olhos e não muito satisfeito. Me vi aproximando do grupo.

Que, não podia ser, continha aquele filho da puta do Lewis Murdock, que havia me abandonado com Yuriev ao fugir. – Murdock... Pensei que tinha morrido. – Me vi falando, enquanto dava um empurrão proposital e quase amigável em seu ombro. – Mas, infelizmente, vaso ruim não quebra, não é? Ou nós dois estaríamos mortos e não nesse fim de mundo de novo... – Sugeri com um sorriso zombeteiro, então atendo minha atenção a dama que estava ao seu lado. Ela tinha algo estranho, podia sentir, como aquela Holmes em minha festa, no entanto não poderia definir o que... – Boa noite, senhorita, sou Charles Lutont, você é...? – Me apresentei na maior cara de pau, voltando a postura formal e chata das festas vampíricas, enquanto esperava ela se apresentar.

Mais à frente, o anfitrião da festa, o dito Sebastian, ídolo do Rock, conversava com outro puro sangue baixinho que parecia ignorar tanto a mulher quanto Lewis. Olha. Aquilo era algo novo e interessante. Segurei o riso sacana, mantendo postura formal e imaculada, enquanto observava os dois. – Tropeçou nele ou fez alguma piada sobre napoleão recentemente, Murdock? – Perguntei em voz baixa para o espanhol. Claro que pretendia ir cumprimentar o anfitrião, mas antes, não pretendia interromper o baixinho com cara de poucos amigos.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Club FIVE    Hoje à(s) 21:20

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Club FIVE
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» ArremateClub
» Boate Freedom
» Esporte Club Pin (ESCUDO)
» Rock The World - Online Music Game
» OLHO NO CLICK CLUB

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Central-
Ir para: