Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Escritório - Camarote reservado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Escritório - Camarote reservado    Seg 4 Jan 2016 - 21:32

Escritório - Camarote reservado
Nero Sorel



Decidira fazer daquele local um escritório, ali aquelas janelas de vidro podia se ver toda a boate e assim controlar o entra e sai de clientes, funcionários e seguranças.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Ter 5 Jan 2016 - 1:46



Depois daqueles primeiros dias corridos a vida do vampiro ruivo havia virado de pernas para o ar. Havia ido na esperança de conseguir um negócio lucrativo, e conseguira. Mas custara mais do que Nero pensara que um dia fosse pagar. Havia se apaixonado e depois perdido seu amor. Havia se distanciado da filha para mantê-la em segurança. E agora estava em um alto cargo naquele negócio sujo. Dinheiro e poder valiam a situação caótica em que se encontrava? Ele não sabia. Talvez sim. Talvez não. Sua ambição lhe dizia uma coisa, mas ao se lembrar de Louis e Lily seu coração lhe dizia outra.

Semanas, meses haviam se passado desde que Magnus viajara e ele assumira aquele cargo, e ele nunca mais ouvira noticias de Louis. Ainda tinha uma vã esperança de que ele pudesse estar vivo e se apegava àquilo como um apoio para não enlouquecer naquele ninho de serpentes. Vincent parecia querer arrancar sua cabeça toda vez que o via e Alanis parecia disposta a tornar sua vida um inferno, lançando-lhe acusações sempre que tinha chance. Aqueles capangas humanos que vez ou outra apareciam também não eram melhores. Nero ainda não ia com a cara deles, mas sempre mantinha sua máscara de compostura e sorriso no rosto.

Depois de dias naquela mesma rotina, fingindo um comportamento calmo e satisfeito com aquele cargo, Nero se encontrava esgotado. Estava estressado pela maldita sede causada pela falta de Louis, estressado por ter de manter a filha longe e temer sempre pela segurança dela, por ter de ouvir os desaforos e olhares o acusando de traidor. Ele mesmo se sentia como um traidor. Mas tentava se convencer que não havia sido sua culpa e que ele iria se redimir quando conseguisse cumprir a promessa. 

E ainda tinha Noah. Queria arrancar o garoto daquela cela, mas tinha de fingir que pouco se importava enquanto tentava manter o garoto seguro. Ao menos aqueles dois tontos que estavam cuidando do garoto pareciam zelar por ele. Talvez por consideração à Arthur, ou talvez pelo medo de Magnus... Nero não sabia o motivo mas não arriscaria ser traído por eles. Aos poucos, e com o tempo cada vez mais curto, ele tentava prosseguir com seu plano.

Havia aprendido sobre contabilidade para tomar o antigo posto do outro e a prática o deixava cada dia melhor naquilo, apesar de seu trabalho ainda não estar ao nível do moreno devido à falta de costume. Havia investido parte de seu tempo também para aprender a mexer com computadores. Se quisesse tirar o garoto dali, ele teria que aprender a mexer naquelas câmeras para que não fossem pegos. O resto do plano ele ainda não tinha

O ruivo suspirou, puxou a cadeira e se sentou, apoiando os pés cruzados em cima da mesa do escritório. Fechou os olhos por alguns segundos. Estava exausto. Não comia direito, não dormia direito e estava trabalhando como nunca havia trabalhado antes em sua vida. Precisava de uns minutos de descanso. Mas a sede não o permitia relaxar. Passou a mão pelo pescoço e tomou mais um gole do refrigerante. Doce... aquele líquido doce era a única coisa que amenizava em parte aquela sede... Pois era doce e suave como o sangue daquele moreno...

Bufou e tomou o resto da bebida em um único gole. Deixou a cabeça pender no encosto e cruzou as mãos sobre o colo para aproveitar aquele breve e raro momento de paz que tinha na boate.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 6 Jan 2016 - 18:08

Victor entrava pela boate ajeitando seu paletó, vinha acompanhado de Douglas que ainda estava nada satisfeito com a situação na fazenda, mas preferiu parar de falar e deixar os eventos acontecerem, afinal o que isso lhe importava?

Assim que chegam deparam-se com Rick que no bar beliscava algumas azeitonas e bebia um drink, olhou-os e se ajeitou.

_Ei ... vocês aqui? -Riu de lado para ambos.

Victor olhou-o sério e não respondeu, somente pediu uma dose de whisky e ao pegar o copo foi para área reservada.

_Caramba que mal humor é esse?

_Sei lá... Não me interessa, só estou aqui fazendo meu trabalho. -Douglas pegou uma cerveja long Nec e bebeu goles. _E o novo braço direito de Magnus, como ele é?

Rick deu de ombros e voltou a comer as azeitonas.

_Cara é na dele, mas trabalha muito e até que não perturba tanto. - Bebeu mais um gole do drink e voltou a falar. -A vampira gostosona que fica atazanando ele, vivem trocando insultos. -Deu uma risada, mas me diga por que vieram da fazenda?

_Cara nem me lembra dessa merda, sinceramente estou quase jogando para o alto esse serviço e sumindo. – Bebeu mais um gole da cerveja.

Rick olhou em volta e falou baixinho.

_A “coisa” está dando trabalho? – Mastigou mais uma azeitona atento a resposta de Douglas.

Douglas olhou-o por um momento com a garrafa parada no ar perto da boca, como quem pensasse no que iria dizer a Rick, bebeu por fim outro gole e falou:

_A “coisa” não... mas Victor sim...

_Hum... Entendo...

_Não entende... Você deu sorte de estar aqui, aquela fazenda está um manicômio, Victor surta quando se trata da “coisa”.

_Hum... Victor não é muito ...-Fez um gesto com a mão girando o dedo perto da cabeça. _ Mas ao menos está vivo, já que Magnus quer assim.
_Se ficar mais uma semana nas mãos de Victor, com certeza não vai ser cumprida a ordem de Magnus. -Tomou outro gole da cerveja finalizando aquela garrafa e pedindo mais uma.

_Hum... Eita, isso vai dar merda... – Mastigou mais da azeitona bebendo outro gole do drink.  _Vou procurar Pierre, você vem?

_Vai lá, prefiro ficar aqui bebendo...- fez um gesto com a cabeça concordando e voltou a sua cerveja olhando o salão de dança.

Rick se afastou dele indo em direção a porta do subsolo, ao chegar no corredor foi direto ao quarto onde estava o moleque vampiro, sabia que Pierre estaria por lá, já que ele estava incumbido de tomar conta do pirralho, como Rick chamava.
Bateu a porta e logo o vampiro abriu a porta. Olhou de lado para a câmera e assim que ela muda a cor, eles começam a falar.

_Aê pirralho, teu pai ainda está vivo.
O garoto que jogava ps4 na tv parou e olhou para Rick.

_Eu sei que ele vive, mas quero saber como vamos tirar ele de lá? – Parou o jogo.

Pierre estava sentado na cadeira ao lado da cama e mascava chiclete, sorriu a Rick .

_Salva?! Só nós três? Impossível, seu pai está preso e os que vigiam eles são filhos da puta o suficiente para atirar antes e perguntar depois.

O olhar de Noah baixou ao joystick e ele o apertou firme sentido com aquela situação.

_Tenho que fugir daqui e encontrar uma maneira de salvar ele.

_Chefinho, enquanto estiver com essa coleira de Hunter será difícil. – Pierre falava com ele, mas sabia que mesmo o menino sendo um vampiro até mais forte que ele, com aquela coleira nada poderia fazer.

_Nero me disse que ajudaria. – Ele falou ao voltar a jogar.

-Ei pirralho, já não te falamos para não acreditar nele. – Rick puxou um banco e pegou outro controle para iniciarem uma partida juntos.
_E o cara que detonou teu pai, se ele está assim é culpa dele que deu apunhalada pelas costas.
_Mas ele me jurou que ajudaria. – Noah inicia a partida.

Eles ouvem batidas na porta e ao abrir era Alanis, ela queria ver Noah e sorriu a ele.

_Noah, está tudo bem? Precisa de algo? Esses dois asnos estão cuidando bem de você?

Rick olho-a de lado e bufou, a vampira gostosona ainda era arrogante.
_Qualé lanis... Estamos de boa com o chefinho... – resmunga por fim.

Ela prefere não responder e olha o garoto com carinho e senta ao lado dele na cama.
_Eu estou vendo uma forma de tirar você daqui.

_Todos falam isso, mas até agora ninguém fez nada. – Noah usava o game e começava a descontar a chateação no jogo, fazendo as jogadas tão rápido que mal Rick conseguia acompanhar.

_Não é fácil Noah, ainda não sabemos como chegar a seu pai. – Ela olhou os outros apreensiva. _Eu achava que eles estavam em uma fazenda, mas na verdade Magnus levou ele para um lugar desconhecido.

Noah suspirou e diz por fim:

_Quero falar com Nero.

_Nem pensar, esse vai te entregar a Magnus.

_Não interessa quero falar com Nero. -Parou o jogo e olhou a tia com seus olhos vermelhos e furiosos.

_Eu o levo, mas vou ficar junto.

Assim eles saíram e foram até o camarote onde Nero fez de escritório para dali comandar a boate. Bateram na porta e Noah saiu entrando sem esperar que lhe dessem permissão para entrar.

_Nero, estou cansado de esperar...- o garoto vampiro cruzou os braços na frente do ruivo e o fitava com certa frustração na voz.

Alanis e Pierre entraram também e Rick ficou na porta olhando para ver se alguém vinha e avisar a eles.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 6 Jan 2016 - 18:34



Mal havia fechado os olhos para descansar um pouco quando batidas na porta o tiraram se seu sossego. Qual seria o problema da vez? Tirou os pés da mesa enquanto ouvia passos se aproximando e deu de cara com o outro vampiro ruivo. Nero arregalou os olhos. O que aquele garoto estava pensando ao sair daquela forma de sua "cela particular"? Ele se levantou e afastou as cortinas do camarote para ver se os outros capangas de Magnus haviam visto aquela movimentação.

- Vocês enlouqueceram? - perguntou a Noah e aos outros dois que o acompanhavam - Há câmeras por todo o lugar, garoto... Se te pegam fora do seu quarto, eu não vou poder fazer muita coisa por você! - ele respirou fundo.

Voltou a se sentar à mesa e deu uma olhada na porta, vendo que Rick  estava ali. Ao menos aqueles dois estavam cuidando muito bem do menino. Quanto àquilo ele não podia reclamar.

- Eu sei, Noah - falou mais suave e olhou o menino - Mas não podemos correr mais riscos sendo impulsivos... Eu juro que quero te tirar daqui e estou tentando, mas preciso deixar tudo pronto para a segurança de todos nós - falou sério - Terá que esperar um pouco mais.

Nero odiava fazer aquilo e entendia a frustração do menino. Ele também estava frustrado mas antes teria que ter certeza de que nenhum deles seria visto ajudando na fuga do menino, senão acabariam todos nas mãos de Magnus e ele sabia que aquele humano e seus capangas não teriam piedade.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 6 Jan 2016 - 18:51

+ Noah +

Ele ficou frustrado ao ouvir aquelas palavras do ruivo.

_Eles torturaram ele, temos que ir até lá...-resmungou baixinho quase engolindo aquelas palavras.

+Alanis+

Ela fuzilava o ruivo com o olhar, estendeu a mão e segurou a dele.

_Vamos para o quarto Noah, precisa ficar seguro, como te disse ele não irá ajudar.

Ela afagou o rosto dele já indo para a porta do camarote.

+Pierre+

_Vamos ver uma forma, mas aqui é arriscado, Victor e Douglas estão aqui na boate.

Rick esperou lá fora fingindo que bebia algo encostado na parede.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 6 Jan 2016 - 19:10

+ Nero


O ruivo comprimiu os lábios quando Noah falou que Louis estava sendo torturado. Já havia descoberto por eles antes, mas a cada dia que passava ele ficava mais preocupado. Como poderiam ir até lá se sequer sabiam onde estavam escondendo o moreno? Como poderiam chegar de repente em algum lugar e correr o risco de todos morrerem, inclusive Louis? Não podiam fazer aquilo. Nero já havia sido impulsivo o bastante em sua vida para saber que as consequências daquilo poderiam ser muito mais graves do que aquele garoto podia imaginar.

- Não posso permitir que vá até lá - o ruivo disse triste pela enésima vez ao garoto - Eu prometi ao seu pai que iria te manter em segurança... E é isso o que vou fazer - falou firme. Ele odiava ter que ser firme com outra pessoa que gostava, isso lhe lembrava a forma que seu irmão costumava o tratar... E era ainda mais amargo agora entender o sentimento que ele fazia isso porque era necessário.


Quando Alanis disse aquelas palavras, o ruivo a olhou furioso. Como ela podia o acusar de que não estava ajudando aquele menino? Não estava se esforçando para manter aquele menino seguro e confortável, permitindo que ele tivesse o melhor tratamento e inclusive que pudesse ao menos ter um pouco de distração com aqueles idiotas que cuidavam dele? Ingrata. Se fosse outro no lugar de Nero manteria o menino trancafiado como um verdadeiro prisioneiro. Será que ela não via aquilo?


- Porque não pára de ficar apenas me acusando e vá fazer algo que preste?
- ele não resistiu a cuspir aquelas palavras, o vampiro já estava no limite com ela - Talvez se parasse de se esforçar tanto em me culpar por tudo o que acontece e direcionasse sua energia para descobrir onde Louis está, talvez então eu pudesse realmente ajudar o seu irmão! - ele rosnou - Leve o menino antes que aqueles humanos descubram que ele saiu.


Seu olhar fuzilava a vampira e ele estava mantendo todo o seu autocontrole para não queimar alguma coisa naquela sala. Podia jurar que não demoraria mais alguns dias até que ele se atracasse com aquela mulher.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 6 Jan 2016 - 20:32

+Alanis+

Quando ela terminou de falar foi surpreendida pelas palavras ofensivas do ruivo, a vampira ferveu por dentro, seu corpo não obedecia a razão e ela avançou no ruivo agarrando-o pelo colarinho.

_Escuta aqui seu grande babaca, em vez de ficar ai com o rabo nessa cadeira bancando o chefe deveria realmente fazer algo pelo meu irmão, o que por sinal é graças a sua apunhalada nas costa que ele está aonde está.

Pierre puxa o garoto para proteger de um possível confronto de ambos.

_Ei ... ei ... gente para com isso...- Pierre falava baixo. _ Olha Victor está na boate se ele desconfia que está acontecendo aqui vai dar merda... Srta gost... quer dizer Alanis, vamos embora levar o garoto.

Alanis solta o colarinho dele e aponta o dedo ainda furiosa, rosna a ele as palavras de amargura.

_Você não faz ideia do quanto é desesperador saber que meu irmão está nas mãos de Victor, aquele humano odeia Louis e deve ... - ela engoliu as palavras com os olhos vermelhos em misto de ódio do ruivo e lágrimas contidas. _Vamos Noah.

Abriu a porta ofegante tentando se recuperar.

_Aquele humano é um monstro e Louis sempre teve medo dele, mas que te importa não é? Já tem o que queria.. Poder. -Ela saiu sem antes lhe mostrar o dedo do meio.



~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 6 Jan 2016 - 21:01

+ Nero


Quando Alanis o agarrou pelo colarinho, os olhos de Nero se acenderam em vermelho vivo e o vampiro mostrou as presas a ela, rosnando perigosamente.

- Posso não estar fazendo pelo seu irmão, mas estou fazendo pelo seu sobrinho, sua vadia ingrata! - vociferou.

 Nero tinha vontade de estrangular aquela mulher e suas mãos já aqueciam prontas para o ataque. Quando ergueu as mãos rosnando a voz de Pierre o trouxe de volta à realidade. Ele tinha razão. Se atacasse a vampira naquele momento, Victor descobriria que Noah estava ali e seria um grande problema. Engoliu seu orgulho e deixou que ela se afastasse impune, apesar da vontade de lhe lançar uma bola de fogo no meio da fuça por apontar o dedo para ele.


Queria gritar para ela que ele também estava desesperado por saber que Louis estava nas mãos daqueles torturadores, mas se abrisse a boca ele temia se exaltar demais e chamar atenção indesejada. 


No entanto, as últimas palavras da vampira o atingiram como um soco na cara. Poder. Ela sempre o acusava de fazer aquilo tudo por poder... E ele sempre se sentia mal com aquilo. Ultimamente aquele era o motivo pelo qual andara se culpando. Se não tivesse feito tudo rápido sem ter avisado Louis ele não teria saído transtornado e não teria baixado a guarda para ser capturado. Era culpa dele.


Seu fogo esfriou. Apesar de ainda estar irado com Alanis, ele se sentia mais chateado. Esperou a vampira sumir pela porta antes de suspirar e se virar de costas.


~ ... Eu daria todo esse poder se eu pudesse tê-lo a salvo de novo... - sussurrou para si mesmo, melancólico.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Seg 11 Jan 2016 - 17:47

Rick estava perto da escada que levava ao camarote ali ele bebia uma cerveja disfarçando, observava se Douglas ou Victor apareceriam. Ao longe viu Vincent caminhando entre alguns cliente indo em direção, o que deixou meio nervoso, mas ainda tentava não demonstrar.

_Rick...

_E ai Vincent...? Noite Tranquila?

Vini se encostou na parede e apoio o pé direito na mesma com uma garrafa long neck na mão deu um gole na cerveja.

_Tranquila...

Nesse momento ouviram a porta do camarote abrir e Alanis surgiu com a expressão de raiva puxando pelo braço quase arrastando o garoto ruivo.

_Maldito... vou te mostrar quem é a vadia... babaca ... escroto... - Alanis bufava de ódio.

_Tia ... calma esta me machucando... - Não machucava mas era um argumento para solta-lo e foi o que ela fez.

_Desculpa Noah...- ela soltou ele e passou a mão no rosto tentando se recompor, voltou a descer as escadas seguida pelo garoto.

_O que aconteceu? Por que o moleque está aqui fora? Ficou doida Alanis... Leva logo ele para o quarto. - Vincent não gostou de ver aquela cena, chamava muito atenção.

No lado de dentro do camarote, Pierre saia quando ouviu o ruivo falar, suspirou, lembrou do primeiro dia que aquele novo chefe chegou perto do Noah.

"Nem vem cara... pra chegar nele terá que passar por mim... - O vampiro protegia o garoto se colocando entre ele e o ruivo, saltitava passos curtos com movimentos de boxer."

Ele havia dito que cuidaria do garoto pelo Arthur, mas Pierre sabia que não se podia fazer muita coisa, já que o local onde ele estava preso fora modificado e nem ele como Rick sabiam mais aonde
era.

Abriu a porta do camarote e diz algo que chama atenção do ruivo.

_O garoto tem razão quanto a pressa, eu presenciei o que Victor fez e sabe lá o que mais esteja fazendo - tremeu fechando a face lembrando das cenas. _Magnus deu aval a Victor desde que mantivesse vivo podia fazer o que quisesse.- Saiu. _Se descobríssemos onde ele está preso. - Fechou a porta atrás de si descendo as escadas.

Olhou Vincent falando com Alanis e chegou perto do garoto.

_"bora" chefinho... Vamos virar aquele jogo lá que me mostrou.

Noah suspirou e seguiu Pierre, quando estava próximo a entrada do subsolo se espantou com uma presença, o homem entrava com seu cigarro na boca e olhava o local. Seu semblante era totalmente sem expressão e assim que ver Pierre caminha de forma mansa apesar da firmeza dos passos.


_Pierre, onde estão todos?

_Err... Marlon... você por aqui?

O homem era alto e semi serrou os olhos abaixando a cabeça e olhando o garoto.

_Amadeus agora é creche...

Noah fez uma cara feia e rosnou para o homem. Marlon deu um leve sorriso de lado, sabia que era mais um vampiro, deu de ombros, quando Alanis se aproximou.

_Marlon!!! - Ela tinha um olhar que era misto de surpresa e ao mesmo tempo um pouco de alivio.

_Olá Alanis, Magnus mandou me chamar, já estou a par de tudo. - Respondeu de certa forma a pergunta anterior. _Aonde fica o novo chefe?

Ela deu um sorriso meio de lado e apontou para o camarote.

Ele apenas baixou a cabeça e caminhou até o lugar subindo as escadas e por fim bateu a porta aguardando a permissão para entrar.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Seg 11 Jan 2016 - 19:02

+ Nero


O ruivo ouviu as palavras de Pierre e suspirou. Ele já havia procurado antes nos arquivos, mas suas habilidades em computação ainda não eram lá grandes coisas naquela época... talvez agora depois de mais algumas aulas que tivera com aquela lacaia de seu genro ele pudesse encontrar algo. Ao menos torcia para que conseguisse encontrar algo.


Passou a mão pelo rosto, cansado e pegou o laptop para trabalhar. Não iria conseguir sossegar depois da discussão com Alanis, a vampira já havia acabado com a paz que havia conseguido no dia. Talvez pudesse usar o tempo para algo produtivo e conseguisse achar algo relacionado ao esconderijo de Louis naquela nova busca. Ou pelo menos a aprender a burlar o sistema de câmeras de segurança finalmente.


Mas assim que ligou o aparelho, foi interrompido por batidas na porta. Rosnou baixo, irritado e respirou fundo para se acalmar. Paciência... Deveria ser paciente naquele serviço. Mandou entrar quando estava recomposto e ficou intrigado ao ver o rosto desconhecido de Marlon.


- Sim? Você seria? - Magnus não havia o avisado de nenhum novo funcionário.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Seg 11 Jan 2016 - 20:08

+ Marlon +

Entrou ainda com a face voltada para baixo e depois voltou o olhar aquele vampiro, ergueu o semblante e o fitou por um momento, caminhou até ele que estava sentado a mesa daquele escritório, foram alguns segundos mas para ambos parecia uma eternidade, o humano o encarou e depois baixou o olhar demonstrando certo respeito ainda com a sua altivez para aquele vampiro.

_Marlon... Peter Marlon... Magnus pediu que viesse, não foi informado?

Andou até o sofá de frente a mesa e sentou abrindo aquele paletó de couro deixando aparecer uma magnum que estava presa a sua cintura.

_Enfim, estou me apresentando para caso precise digamos de uma "faxina" só mandar chama a mim codinome faxineiro.

O homem ainda olhava o vampiro, ele sabia que aquelas feras tinham poderes, mas mesmo assim não se deixava intimidar, falava ao ruivo com respeito por ser o novo braço direito de Magnus.

_O fato de está aqui é que terei que fazer uma "faxina" em breve, ao que Magnus informou andam investigando o pub's, talvez a associação de caçadores e claro o FBI.

Sorriu meio de lado para o vampiro.

_Claro que está ciente disso, já que está numa posição de privilégio.

O homem olhava Nero analisando cada passo, gesto e até as falas.

_Bom é isso, como disse somente vim me apresentar.

Finalizou com aquela fala firme e calma ainda mostrando a expressão seria a ele.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Seg 11 Jan 2016 - 20:26

+ Nero


Ele analisou de cima a baixo aquele humano, cautelosamente. Não confiaria em nenhum capanga de Magnus logo de cara, mesmo que fosse humano. Victor era a prova de que até mesmo simples humanos poderiam ser bem perigosos. Permaneceu em silêncio da mesma forma que o outro até que Marlon se sentou no sofá.


Seu olhar se voltou para a arma escondida nas vestes do humano e ele ergueu levemente uma das sobrancelhas. Faxineiro? Hunf, então aquele cara era o algoz de Magnus. Não esperava aparecer mais um depois daqueles capangas que já faziam muito bem aquele tipo de trabalho, ao menos torturando os outros. Seus dentes se cerraram com tal pensamento e ele manteve a expressão nêutra apesar da raiva dentro de si.


- Não fui avisado... creio eu - havia se esquecido de verificar os e-mails naquela noite? Talvez. Mas acreditava que o humano estava falando a verdade.


Observou o humano outra vez. Não temia aquela arma, confiava nos próprios poderes para se defender e sentia que aquele atirador não pretendia ser hostil com ele. Na verdade parecia... bem mais simpático do que os outros ao menos. Aquilo o deixou intrigado. Simpatizou com ele pela postura respeitosa que o humano o estava tratando.


- Entendo... Disso já estou ciente.


Ainda assim o ruivo ainda não entendia o que o FBI estaria fazendo ali. Era muito mais fácil, devido á localização de onde estavam, que fosse a máfia japonesa envolvida ou até mesmo o KGB. Mas enfim, eram os Estados Unidos, eles tinham mesmo a mania de ser intrometer em tudo. Era provável aquilo ter sido ocasionado pela confusão de repercussão de escala mundial do que houvera na Academia Cross enquanto ele mesmo tinha a vida em perigo na Mansão Lutont.


- Está bem, Marlon.  - estendeu a mão ao humano em um cumprimento, se apresentando enfim - Nero Sorel. Prazer em conhecê-lo - falou por educação.


Então esperou o humano sair para prosseguir com seus trabalhos, não poderia fuxicar nada com o outro o olhando.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Ter 12 Jan 2016 - 18:52

+ Marlon +

Prontamente ele se levanta procurando um cinzeiro para poder apagar o cigarro e assim que o faz, passa a mão na parte lateral da calça jeans surrada e aperta com firmeza a mão do vampiro.

_Sr Sorel, fico grato pela atenção, agora pretendo fazer meu serviço , ir atrás de quem investiga o pub's.

Ele se afasta do ruivo e vai em direção a porta assim que toca a maçaneta, ele para um momento sem olhar para o vampiro.

_Arthur... soube o que aconteceu, lamentável, mas no submundo que vivemos não há espaço para erros.

Abriu a porta, a voz dele demonstrava uma certa chateação e lamento, se retira fechando-a atrás de si.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Ter 12 Jan 2016 - 23:36

+ Nero 


O vampiro o analisou ao ouvir o tom de chateação da voz do outro, mas ainda não sabia se ele era um possível aliado ou não. Poderia ser apenas um espião do outro, aquele atirador parecia ser inteligente o suficiente para manter uma máscara dissimulada, ao contrário daqueles outros imbecis.

- Realmente uma lástima - comentou por fim e o viu sair.


Assim que o humano se retirou, Nero voltou a atenção ao laptop e abriu os programas que iria usar. Não trabalharia naquele momento, mas usaria o tempo para tentar realizar mais uma pesquisa na esperança de encontrar o paradeiro de Arthur/Louis.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 15:51

+ Skye +



Ela estava no seu quarto deitada analisando alguns mapas da cidade e da região em volta, precisava saber de seu irmão e enviou uma mensagem para Nero com outro nome para um novo disfarce. Na mensagem assinou como Bruce e já havia tratado com ele aquela maneira de se contactarem.


"Sr Sorel, como vão as ofertas e andamento das negociações? Aguardo retorno, Bruce"

Ela estava agitada e até então não sabiam onde estava seu pai e o tempo parecia agir contra eles. Quando saiu da floresta desesperada após encontrar a mansão destruída devido a um incêndio, não sabia a quem recorrer e buscou por Nero.

Ao encontrá-lo estava no seu disfarce de hunter e chorosa queria ajuda e ele podia lhe responder, as lembranças estavam frescas ainda daquele encontro.

Momento após captura de Louis...

Encostada em um poste perto da Amadeus a garota de cabelos prateados olhava envolta esperando que o vampiro aparecesse. Precisava encontrar Nero, saber de seu pai e irmão. Pedia a seja quem for ,em uma prece silenciosa que eles estivessem vivos.

Nesse momento ver o ruivo descer do carro, sem pensar muito corre até ele dando-lhe um esbarrão e deixando seus cadernos caírem.

_Desculpe-me senhor, sou uma desastrada.

Abaixou sabendo que ele faria o mesmo e cochichou.

_Nero... Meu pai... meu irmão... onde estão?

Ela olhou de lado e levantou segurando os cadernos no peito olhando-o com um sorriso mas os olhos marejados das lágrimas contidas.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 16:09

+ Nero


Ele olhou a mensagem recebida e suspirou. Ao menos a menina estava bem, se podia mandar mensagens codificadas a ele. Prontamente lhe respondeu naquele código que ela havia pedido para manterem.


Citação :
Os clientes andam ansiosos. As negociações não vão muito bem, mas a mercadoria está segura, posso lhe garantir. Infelizmente ainda não tenho informações sobre a outra remessa. Lhe manterei informado caso haja alguma novidade, Nero.


Ele terminou de responder, lembrando de como a menina havia o abordado no início daquele pesadelo...



Pouco após a chegada de Noah em Amadeus


Nero estava distraído quando tomou o esbarrão da menina. Por reflexo se abaixou para ajudá-la e então ouviu a pergunta dela. Olhou surpreso e logo entendeu que quem estava diante dele era a enteada. Alívio passou por seus olhos ao ver que ela estava... inteira.


- Seu pai e seu irmão foram pegos pelos capangas de Magnus - falou rapidamente - Noah está aqui e está bem. Eu vou mantê-lo em segurança e descobrir uma forma de tirá-lo daqui, mas... - ele ajeitou uma mecha do cabelo dela, disfarçando a situação como se a galanteasse - Eu... ainda não sei para onde levaram seu pai... Vou tentar arranjar uma forma de descobrir.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 16:18

+Skye+

Ela ouviu, disfarçando mostrando uma expressão de encabular com o gesto dele, sabia que ali tinha que disfarçar, mas precisava de mais informações. Abriu um caderno e anotou um número de celular com o nome Bruce.

_O sr é gentil, pode me ligar vou gostar.

Entregou a ele e sai andando ainda fazendo o teatrinho da garota que fora conquistada pelo homem que esbarrara.

_Me liga ... - deu um breve sorriso e caminhou normal até o final da rua. Viu ao longe uma sorveteria e foi até lá onde entrou e pediu sorvete com o celular a mão esperou o contato dele, o que não demorou muito. _Olá, me chame de Bruce, nessa situação melhor agirmos assim, por que as negociações deram errado? Avisei que era arriscado pedi para parar e mesmo assim continuou a fazer  essa parceria, precisamos começar a renegociar para não perder o negócio.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 16:49

+ Nero


O vampiro pegou o telefone e leu com um leve sorriso nos lábios como se estivesse feliz por ter conquistado uma paquera tão facilmente.


- É claro, ligarei - ronronou.


Assim que a menina se foi, Nero entrou no local e caminhou normalmente até o camarim que fizera de escritório e trancou a porta para que não o incomodassem. Assim que teve certeza que era seguro, queimou o papel para mais ninguém ver o número e ligou de seu celular para o que a menina o dera.


- Ao que parece o comprador descobriu algumas irregularidades no contrato com o outro cliente e resolveu retomar as rédias da situação. Me deixaram encarregado do novo negócio, por isso vou cuidar bem para que o produto não sofra nenhuma avaria. Irei procurar o outro cliente antes que mais danos sejam causados, mas não faço ideia por onde começar. Será um trabalho árduo mas creio que os outros colaboradores como você irão ajudar nessa empreitada. Farei de tudo para que essa negociação tenha um lucro positivo, confie em mim.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 17:24

+Skye+

Ela ouviu tudo atenta a cada detalhe, seu pai havia sido descoberto e agora poderia está sofrendo as consequências daquela situação. Suspirou e voltou a falar.

_Quero poder acreditar que tudo dará certo, mas estou com receio de perder o "cliente", temos que agir rápido antes que o negócio se perca. Entrarei em contato, estarei por perto, até logo.

A garota encerra a chamada e toma uma colherada daquele sorvete somente para reforçar o seu disfarce, já que não sentia nem vontade de comer. Resolver ficar na Associação e de lá tentar procurar na região pelo pai.

Momento atual, naquela noite ... faltam 7 dias para retorno de Magnus...


Ela suspira ao receber a mensagem de volta de Nero, tinha feito uma varredura nas fazendas da região, tinha suspeitas de algumas, mas nada concreto ainda. Respondeu a mensagem com OK, voltando a suas investigações.




~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 19:06

+ Nero

7 dias para o retorno de Magnus....


O vampiro olhou a resposta e deletou as mensagens para não deixar registros suspeitos caso alguém pegasse seu celular. Guardou o objeto no bolso e voltou a atenção para o laptop em sua mesa. Hora de voltar a trabalhar. Recomeçou a digitar e começou a fuxicar nos arquivos em busca do paradeiro de Louis, rezando para que pudesse encontrar alguma coisa.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 20:11

Aquele momento estava sendo desgastante para o ruivo, tanto entra e sai daquele escritório só retardavam as suas investigações, mas enfim estava livre agora para voltar a busca por alguma pista. Passou o resto da noite naquele camarote e para sua alegria não houve mais interrupções. Era uma busca praticamente como agulha no palheiro, o que deveria achar?


Lógico que tudo seria óbvio demais se estivesse naquele sistema, tinha acesso a rede que ligava os provedores particulares dos negócios de Magnus e vasculhava tudo, mas era quase em vão, nada e nenhum arquivo mostrava algo que fosse util para descobrir onde poderiam ter levado Louis.

Pensou em muitas alternativas, tinha investido em algumas, mas após algumas semanas a ideia mais viavel seria seguir Victor para descobrir a tal fazenda. Arriscado demais e se perguntava quem poderia fazer isso? Seria alguém que parecesse despercebido, Skye seria a melhor opção, tinha o seu poder e poderia usar para achar Louis.

Nesse momento de seus pensamentos mexendo em algumas pastas do sistema, se depara com algo escrito confidencial, solta um suspiro e tenta abrir a pasta, que abre uma sub janela para colocar uma senha.


Spoiler:
 


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 20:24

Teste para tentar descobrir as senhas


Dificuldade 7
2 acertos mínimos


9 dados (Inteligência 3 + Raciocínio 3 + Computação 3 + Investigação 0)




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 20:24

O membro 'Fabi' realizou a seguinte ação: Lançar Dados

'D10' : 3, 7, 10, 6, 2, 8, 5, 4, 8


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Qua 13 Jan 2016 - 21:07

+ Nero


O vampiro ficou mais aliviado naquele dia por não ter tido mais interrupções. Finalmente poderia trabalhar em paz para descobrir o paradeiro de Louis que estavam tão desesperados para descobrir. Passou quase a noite toda procurando naqueles arquivos da Amadeus e os pessoais de Magnus a qual tinha acesso mas nenhuma pasta o revelava alguma informação promissora... 

...Até achar a porra daquela pasta.

Nero sorriu. Pasta escrito CONFIDENCIAL. Era sério aquilo? Quanto clichê... Depois de tantos anos as pessoas ainda não haviam aprendido que se queria esconder alguma coisa era sempre melhor ser discreto. Uma pasta com aquele nome era óbvio que teria arquivos que Magnus não queria que descobrissem. Respirou fundo pela expectativa e clicou.

Quando a janela lhe pediu a senha, Nero semicerrou os olhos. Era claro que não seria assim tão fácil, o humano não seria burro de não colocar a senha, mas... Qual era a maldita senha? Ele não fazia ideia, teria que arriscar e torcer para alguma das que tinha ser compatível.

Fechou os olhos e repassou mentalmente todas as senhas das quais tinha acesso. Então reabriu os olhos e começou a digitar. A cada tentativa frustrada Nero fazia uma careta, mas não poderia desistir. Depois de algumas tentativas finalmente o arquivo aceitou a senha que digitara.

- Isso!

Nero deu um tapa na mesa com um sorriso triunfante no rosto. Havia conseguido! Suas esperanças se renovaram e ele abriu a pasta, ansioso por saber quais segredos Magnus guardava ali.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Seg 25 Jan 2016 - 18:01

Nero estava muito satisfeito em ter descoberto a senha, mas as pastas continha algumas imagens e textos antigos scaneados em outro idioma, podia-se dizer que seria até de línguas mortas, muita coisa vaga e sem muita ligação.





Aquelas imagens o deixava confuso, mas sabia que tinha algo importante ali, quando clicou em uns arquivos se deparando com o seguinte texto:

Citação :
Ritual

Renascer depende da vitae de um puro.

Sacrifício

Carne viva e descendente do puro.

Corpo

Imerso em sangue por quatro luas novas

Sede

Alimentar a cada semana.

Ossada

Fazer do pó vira ao pó.

Outro arquivo havia algo em um idioma diferente, era grego e foi necessário usar o tradutor para descobrir o que continha escrito.

Citação :
Ερχομοί της αρχικής εποχής, προέκυψε μεταξύ μας κατ 'αρχήν ένας να είναι το δώρο του μεγέθους και της ισχύος που η παρουσία τους ήταν ο φόβος μόνο με τα λόγια. Το πλάσμα μη-διαβίωσης και όχι νεκρούς που περπάτησε ανάμεσα στους ανθρώπους με τη δύναμη του Θεού, το κακό όνομα pronuciado του μια άγνωστη γλώσσα που ομιλείται είχε ταρακουνήσει την πιο γενναίο των γενναίων.
Dreizahl σπασμένα και ξυλοδαρμό, καταράστηκε και θάφτηκε. Δεν θέλετε να ξυπνήσετε το κακό στη γη, θα πρέπει να κρύψουν το κόστος όλων των ονείρων σας, όχι, εάν δεν θέλετε να πεθάνει.

Tradução:

(...) Adventos da era inicial, surgiu entre nós no principio um ser de tamanho dom e poder que a sua presença era temida somente com o de se falar. A criatura não viva e não morta que andava entre humanos com o poder de um Deus, seu nome mal pronunciado de uma língua desconhecida que ao ser pronunciada fazia tremer até o mais corajoso dos corajosos. (...)

(...) Dreizahl domado e vencido, amaldiçoado e sepultado. Não queres despertar o mal sobre a Terra, deveis esconder a todo custo seu sonhar, não acordeis se não quiser morrer. (...)

Aquele testo fora traduzido em partes, a grande parte falava do inicio dos tempos, dos primeiros vampiros que caminhavam pela terra, do inicio da humanidade.

Nero olhou algumas fotos de lugares que pareciam ser em Ambarantis.






Em cada imagem havia notas de observações:


Citação :
*Cemitério abandonada da igreja "Cristan" na região sul.

*Paredes de túmulos

*Entrada do cemitério

Abriu outra pasta e achou as imagens e outras notas:




Citação :
Localizar a chave para abertura do túmulo.

Cerimonial de abertura o portal e tumba.

Nero havia encontrado algo importante, mas nada referente a localização de Louis.






~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Escritório - Camarote reservado    Hoje à(s) 11:03

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Escritório - Camarote reservado
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Cocobongo - Camarote Reservado
» Criação de Bio de Personagens Oficiais de Naruto a serem Utilizadas
» Escritório - Biblioteca
» Fase 1
» [Oto] Escritório da Otokage

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Central :: Pub's Amadeus-
Ir para: