Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
Portal CrossInícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Sirius Open Bar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Sirius Open Bar   Sab 10 Out 2015 - 20:16

Relembrando a primeira mensagem :

Sirius Open Bar




Spoiler:
 

Open bar aberto 24 horas!


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D


Última edição por Master em Sab 17 Out 2015 - 2:15, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda

AutorMensagem
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qua 21 Out 2015 - 20:18

Para falar a verdade, aquilo tudo não se tratava de Status, muito menos de ter culhões ou não. Era mais como um desafio infantil que ele sabia não lhe oferecia riscos ou novidades nenhumas. Pois, Se Lídia desafiava sua coragem ou depravação, com certeza estava muito mais que atrasada em suas suposições ou no que achava ser verdade sobre ele. Loucura? Risco? Talvez o que fosse fazer incluísse os dois. Mas desde quando ele não ignorava os riscos. E, para falar a verdade, há muito tempo, o fato de estar sóbrio ou drogado havia se tornado muito semelhante em sintomatologia. Nada nunca lhe fizera tanto efeito e, portanto, tudo o que fazia e como fazia era apenas para gastar seu tempo ou pelo efeito placebo de uma falsa diversão para distrair-lhe a mente. E, cara, em uma noite como aquela e a visão de Sakura viva, ele realmente precisava de uma distração. De um momento como aquele, para colocar a cabeça no lugar depois de tanto tempo. Ou quem sabe, recuperar sua sanidade através do escapismo?

Além do mais... Por que não? Ele havia pago pela bebida, não?

-Sendo assim...

O loiro deu os ombros, devolvendo o taco para seu lugar na parede e então pegando a bebida. O cheiro forte de álcool percorreu suas narinas, mas de certa forma ele gostou daquilo.

-Maldita japonesa se fingindo de morta...

Quase sussurrou no ar para si mesmo, antes de virar o copo em pequenos goles e sentir o gosto percorrer sua garganta. Era amargo e tinha um leve sabor adocicado ao fundo, embora não fosse exatamente ruim. Era agradável, assim como a sensação de aquecimento em sua garganta enquanto o tomava.

Perigoso para a maioria e ainda fraco para si. Pensou calmamente em silêncio. Uma ótima arma de blefe em um jogo de Pôquer ou optará enganar presas durante as caçadas. Aquele gosto lhe trazia nostalgia.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qua 21 Out 2015 - 21:16

+ Alanis+

Ela segurava o braço de Orion e viu um bar aberto, aquela cidade não tinha muita atrações e sinceramente falando não iria levar ele até Amadeus, pelo menos não por enquanto.

_Órion, essa cidade apesar de ser até bonitinha, não tem lugares para sair a noite, mas se não se importar acho que esse lugar é ao menos agradável, lembra os bares de Londres ... Vamos entrar e beber algo? -sorriu agradável a ele, não estava naquele momento flertando, queria apenas uma companhia agradável e claro ele se mostrou um ótimo aliado contra Nero.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qua 21 Out 2015 - 22:01

| Órion |


Ele acompanhou Alanis, deixando que ela guiasse. Não estava realmente interessado em pontos turísticos naquele lugar. Havia ido resolver seus próprios negócios e quanto menos demorasse ou se apegasse ao local, melhor.


- Não te preocupes, bella dama, não sou um homem que necessita ir a um bar para obter diversão. Minhas tarefas geralmente impedem-me de me ausentar de casa por muito tempo, então geralmente leio... Esta é uma excessão por um motivo maior... No entanto, estou feliz por ter uma companhia agradável esta noite - continuava a falar normalmente. Poderia até mesmo estar flertando, no entanto era tão sutil que seria difícil dizer se o fazia ou não.


Ele entrou no local, olhando ao redor. Realmente o lugar era agradável e ao menos calmo.


- Tu és inglesa? Parece-me recatada e bem vestida como uma... No entanto, não és fria como dizem. Tens a volúpia e os olhos brilhantes que invejariam a muitas italianas - ele sorriu.


Assim que chegaram à mesa, o loiro puxou a cadeira para que ela sentasse e só quando ela estava acomodada que se sentou de frente a ela e pediu para um garçón a melhor garrafa de vinho e duas taças.


- Desejas algo mais?




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qua 21 Out 2015 - 22:31

Ela fica lisonjeada com o gesto dele, fazia tempo que não tinha contato com tanta formalidade da nobreza, mas estava de certa forma curtindo aquele momento. Desde que sua família de Londres acabará restando somente ela, Vincent e Louis, largou aquela pompa do passado e passou a viver nas boates onde caçava diversão e claro dinheiro.

_Os Montoyas são de Londres, mas minha mãe era grega, então acho que herdei alguns de seus traços.

Ela ouviu algumas risadas de uma vampira de longos cabelos rosados que quebrava o clima daquele lugar que até então estava agradável... Alanis olhou para ver quem era quando notou a presença de sangue puros... Viu Charles e disfarçou, ele bebia uma bebida avermelhada e tambem havia a sangue puro gótica lolita foi quando se tocou...

."..se ela estava ali então... Kuran ..."

Abriu seus olhos azuis com um brilho diferente, ela estava perto dele, a salvação de Louis, o sangue mais puro de todos os PB's .

Virou o rosto para Órion e sorriu falando em um tom mais calmo para não demonstrar a ele a sua euforia ao ver o Kuran.

_Nossa esse bar é mesmo diferente, três sangues puros juntos aqui... impressionante... rs


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qua 21 Out 2015 - 22:54

| Órion |


Ele a estudava, assim como estudava todos ao redor. Seu olhar passou pelos outros fregueses até parar nos três sangues puros. Assim como a etiqueta mandava, desviou o olhar e voltou sua a atenção a Alanis. Não havia sido requisitado por eles, então não deveria perturbar sua noite e nem se intrometer em seus assuntos, mesmo que tivesse alguma curiosidade. Só achava curioso encontrar logo três deles juntos em um mesmo ambiente, principalmente um como aquele bar. Estariam eles baixando tanto assim seu nível? Lamentável.

- De fato, algo extraordinário - falou indiferente e a olhou. Ela parecia eufórica - Senhorita... Aconselho-te a disfarçares a tua euforia. Não quererás a atenção indevida de nossos caros monarcas... - falou discretamente enquanto abria a garrafa de vinho que o garçom levara.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Dorii'
SP
SP


Feminino
Char RPG : Sakura Tsukino Ruri Yuriev Caio Trigoli Dante Falleneaves
Humor : O novo prefume da natura ;)
Localização : Na banca de jornal mais proxima de você!
Posts: : 4560
Inscrição : 18/04/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 22 Out 2015 - 17:38

Lídia 

Eu não percebi, mas acredito ter.demorado um bom tempo ao telefone. Contatos, planos? Bem, eu tinha que deixar tudo perfeito, afinal, consegui o que eu queria.
- Estamos indo... 

Ela disse no telefone,  antes de desligar e voltar para próximo de todos, a tempo o suficiente para ver de ver Charles virando os últimos da bebida. Bom
Bom. Alguém caiu na provocação. Eu fiquei satisfeita e o garçom seria recompensado. 

- Então, farreiros? Vamos?  - ajeitei minha jaqueta - duas quadras ao sul. Podem vir junto ou depois 

Disse, saindo.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 22 Out 2015 - 21:12

Alanis sorriu sem jeito pela "chamada" discreta que ele lhe dera, não estava conseguindo disfarçar.

_Sorry Órion, eu tenho motivos pessoais sobre o Kuran, não sou nenhuma fã empolgada com ele, só precisaria de um favor, mas nesse momento não é certo me aproximar.

Viu a movimentação deles, pareciam que estavam saindo.

_Esse vinho é de uma safra muito boa. - pegou uma das taças que ele servia e elevou fazendo um brinde e apreciando primeiro o aroma e depois degustando suavemente cada gole. Aprendera a apreciar vinhos com seu pai, que tinha um vinhedo no interior da Inglaterra._E vamos por hora aproveita esse delicioso vinho... rs

Alanis era muito adaptável, ela sabia se portar como nobre pois fora criada com alto nível de nobreza e diante dele notara que deveria agir assim, para poder ter aquele vampiro como aliado e afastar Nero de Louis.

_Então Órion... Me disse que está aqui para levar Nero, ele cometeu crimes graves?

Era agora que iria firmar aquela parceria fazendo ele contar tudo que sabe e assim poder usar contra Nero e falar a Louis o quanto ele está enganado sobre o cabeça de fogo.

****************

Loran se afasta um pouco de Rose e a segura pela mão quando a outra vampira diz que estaria indo para o tal local da corrida.

_Chegou a hora...Vamos... -Olhou Rose e sorriu despreocupado.

Ele tinha uma ideia em mente e estava tudo andando conforme planejara, sabia que aquele momento não era o ideal, mas logo estaria movendo a primeira peça daquele jogo.

"Observar antes de atacar, analisar as possibilidades, conhecer o inimigo e a força dele... Essas palavras conhecidas de qualquer estrategista,era o básico em toda luta por um motivo maior ainda assim, o que mais importava era saber jogar, não adiantava saber as regras e como se iniciar a jogada, o importante era a maneira como se controla esse jogo."


As palavras de Rocco ecoavam em sua mente, um estrategista e muito bem treinado como hunter, sorte ou azar de Loran ter vivido com essa família? Isso só o tempo dirá, já que tudo que sabe veio deles... Então não era só ser o mais forte. e o kuran ali sabia que não era pela força ou poder que ele venceria e sim pela paciência e estratégia de como se colocar dentro do jogo. Vencer agora seria questão de quem era o mais esperto e não o mais forte.

"Que venha a tríade, isso será divertido...rs"

Ao sair do bar caminha até onde a moto estava estacionada e pega o capacete e dá para Rose.

_Lidia-san, guie-nos, estamos prontos. -O ronco da moto ecoou no inicio da madrugada e eles saíram em busca daquela adrenalina.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 22 Out 2015 - 21:37

| Órion |


O vampiro suavizou o olhar quando ela endireitou a postura e aceitou seu "conselho". Havia um brilho de apreciação em seus olhos por aquele gesto. Gostava que as pessoas seguissem o que ele sugeria. Acompanhou levemente com o olhar os sangues puros saindo e, quando todos haviam ido, voltou sua atenção à senhorita com quem compartilhava a mesa. 

Sorriu a ela e então pegou sua taça, correspondendo ao brinde e realizando o pequeno ritual de apreciação de um bom vinho, conforme a etiqueta mandava.

- Por ora, cara donzela - concordou e sorveu mais um gole do vinho. Ao ouvir a pergunta, ele manteve a calma, mas um leve brilho de raiva passou por seus olhos - É uma longa lista a se citar... Alguns, confesso-te, são desavenças particulares... Posso começar dizendo-lhe que o nome de minha família está manchado entre os nobres italianos até os dias atuais por culpa, daquele... - ele sorriu afiado, escolhendo a palavra adequada - ... irresponsável... Ainda nos temem desde que Nero ateou fogo no castelo inteiro em seu baile de apresentação à sociedade... com todos dentro... aos 15 anos... há mais de 350 anos atrás... - ele semicerrou os olhos e o vinho em sua taça borbulhou levemente, fervendo. Ele notou e rapidamente controlou o calor para voltar a ficar frio - Perdão... Este incidente ainda tira-me do eixo.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Lohanne
SP
SP


Feminino
Char RPG : Lohanne - Hunter
Yan Yuriev - Vampiro Puro Sangue

Posts: : 3146
Inscrição : 15/05/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Sex 23 Out 2015 - 11:44

Marshall caminhou sem rumo por um bom tempo, se afastando da academia o máximo que podia, chegando a estrada já quase ao amanhecer, pouco se importando com o fato de ser um andarilho sozinho sob a luz do luar. Nenhum ladrão poderia atingi-lo e, caso isso acontecesse, ele ainda ganharia um lanche.
 
Marshall continuou sua caminhada por mais duas horas, até alcançar a cidade, já pouco movimentada aquela hora, ou, na verdade começando a se movimentar com o prelúdio do amanhecer.
 
Sua mente vagava, entorpecida em suas próprias palavras, rememorando seu discurso cruel para sua pequena kotori, imaginando o quão destruída ela não ficaria com aquelas palavras. Mas tudo aquilo era necessário, ela precisava se fortalecer e com ele próximo aquilo nunca acontecia, com ele distante ela teria ao menos uma chance.
 
Mas o que não conseguia calar em sua mente era como Tohru havia chegado àquelas notícias? Teria Yuriev lhe traído? Bom, não seria nenhuma novidade vinda do puro sangue romeno, mas ele não conseguia entender o porquê. Parecia uma tolice visto que ele precisava das informações que Marshall lhe enviaria. Ou teria ele enviado outra pessoa para fazer este papel?
 
Um sinal de alarme se acendeu na mente de Marshall e agora ele começava a se arrepender amargamente de ter deixado Tohru sozinha. Se havia alguém na academia enviado por Yuriev, este alguém certamente tentaria alcança-la.
 
Ele precisava de tempo, precisava de um lugar para ficar e ver o peso que suas ações tomariam. Precisava encontrar algum lugar para se hospedar e pensar em quais seriam os próximos passos, também precisava entrar em contato com Yuriev.
 
Ele encontrou um bar aberto e então entrou, pouco prestando atenção a quem quer que estivesse ali. Lembrou-se então da amostra de sangue que havia recolhido. Sim, ainda tinha aquilo, mas, valeria a pena continuar trabalhando para Yuriev? Só havia um modo de saber.
 
Marshall abriu sua mala e tirou o ultrabook, ligando o aparelho e colocando sua senha.
 
“Yuriev,
 
Esta noite algo deveras desagradável aconteceu e algo me diz que você está metido nisto até o pescoço. Tohru recebeu informações sobre Melissa e sobre os outros caçados. O que você tem a dizer? Você quer me separar dela... isso eu bem sei, eu estava disposto a seguir desta forma... Por que? Por que fez isso? O que você planeja afinal?”
 
Ele aguardou a resposta que veio poucos minutos depois.
 
“Do que me acusa transformado? Não faço ideia do que está falando. Além disso, seus casos extraconjugais nada têm de meu interesse, tenho assuntos mais urgentes.
 
Você vai enviar a amostra de sangue  e da pastilha ou devo mandar buscar?”
 
-... – o e-mail era curto e demonstrava o interesse de Yan apenas nas amostras. Seria aquele mais um joguete do puro sangue?
 
“Enviarei pela manhã, por hora tive que sair da academia e estou num bar, depois do que Tohru descobriu ela não me perdoará e certamente me entregara à Loran, além disso, se não foi você quem fez a denúncia alguém o fez e o mais certo é me manter afastado de lá” – ele não deixou claro a Yuriev que aquela era sua intenção desde o princípio, para fortalecer Tohru.
 
“Estou no aguardo” – foi a resposta curta de Yuriev.
 
Ele ficou um bom tempo encarando a tela e então mordeu o lábio, passando a digitar rapidamente, logo as fotos de Melissa apareciam em sua tela. Ele ficou encarando a imagem de forma pensativa.
 


Ele passou a mão pela parte detrás do pescoço e então fechou seu ultrabook com certa força. O que faria agora? Para onde iria? Teria realmente tempo de ir para algum lugar?





"We greeted death as an old friend"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 29 Out 2015 - 19:13

Alanis estava tentando disfarçar quando ver Charles, vira o rosto disfarçando e bebe mais um gole do vinho e pegando um petisco sobre a mesa que fora servido em acompanhamento ao vinho.
Ainda estava chateada com o loiro pela forma que ele agiu com a garota humana e ter sido tão indelicado e deixado ela daquela forma para correr atrás de uma coisinha daquelas, mas enfim ele era passado e agora tinha seus objetivos que era afastar Nero de seu irmão.
Quando virou a cabeça para não ver Charles passar viu aquele aluno que deu as pastilhas na enfermaria da  academia e solta sem querer uma frase de surpresa.

_Nossa por que esse aluno da academia está aqui?

Olhou por fim Órion falar das loucuras que Nero fez e da desavença de ambos e deu um sorriso de satisfação em ter como usar isso contra aquele maldito cabeça de fogo.

_Eu preso muito meu irmão Órion e quero mesmo acabar com esse envolvimento dos dois, Louis não vai largar Nero se não tiver um argumento muito forte. Mas acho eu que poderemos nos unir para conseguir isso...

Ela bebeu mais um gole do vinho e suspirou olhando o relógio.

_Daqui a pouco está amanhecendo e eu ainda darei aulas na Academia Cross.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 29 Out 2015 - 20:31

| Órion |


O loiro olhou na direção de Marshall quando ela fez a pergunta e compreendeu que a indagação não era direcionada a ninguém em específico. Sorriu levemente com a proposta de se unirem. Talvez pudesse enfim conseguir levar Nero à justiça com o auxílio daquela bela dama e o infeliz de seu irmão que caíra nas garras do ruivo.

- Te darei o auxílio que precisares. senhorita Montoya - ele terminou a taça dele e iria encher as taças de ambos novamente quando ela olhou o relógio - Então és professora? - ele olhou o traje dela. Fazia sentido - Permita-me acompanhá-la então de volta à sua residência. Seria muito descortês deixar uma dama como a senhorita retornar desacompanhada.

"Depois procurarei algum hotel" pensou e olhou a mala distraidamente.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 29 Out 2015 - 23:34

Alanis finalizou aquela bebida dos deuses e ajeitou os cabelos com uma das mãos.

_Sim sou professora na Academia Cross, lugar onde alguns vampiros nobres e claro aqueles sangue puros que estavam aqui ainda pouco estudam. -Sorriu meio incrédula quanto aquela escola, na verdade achava uma grande piada._ De dia alunos humanos estudam e a noite são os alunos vampiros. Irônico não...- deu de ombros.

Ela por fim resolve que era hora de se levantar. 

_Nossa parceria esta concluída agora colocar os planos em ação.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
Fabi
SP
SP


Feminino
Char RPG : Nero Sorel (B)

Lillian (Lily) Sorel (B)

Órion Sorel (B)

Lewis S. Murdock (A)

Lucius Sallazar (A)

Leon Gianni (Hunter)



Humor : Sei lá
Localização : Rio de Janeiro - Brasil
Posts: : 1389
Inscrição : 06/09/2008

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Sex 30 Out 2015 - 15:30

| Órion |


O vampiro pagou a conta deles e se levantou.


- Parece-me uma utopia. Dificilmente algo que dará certo - o loiro comentou sobre a Academia. Quem era o louco que colocava vampiros em uma escola de humanos? Vampiros deveriam ser criados em casa, com prioritária educação. Não ficar se misturando com seres inferiores e fingir que era um deles - Não somos humanos. E não deveríamos fingir que somos... Infelizmente, é o que deve ser feito para existir a paz... Ou ao menos para o rebanho manter-se submisso.

Ele se levantou também, pegou a mala e então estendeu o braço a Alanis.

- Decerto que sim, senhorita Alanis. Vamos, te levarei até seu destino.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Dom 1 Nov 2015 - 14:35

~ Alanis ~

Ela observa as palavras dele, de certa forma concordava com aquilo, era muito difícil de acreditar que viver dessa forma daria certo. Mas ela não estava na academia para ser mais uma partidária daquela causa, era por seu irmão e a mando de seu patrão Magnus a qual precisava do sangue do Kuran.

_De fato tem razão Órion, aquele lugar chega a ser surreal como imaginou... Eu estou lá pelo salário mesmo, minha família apesar de ser nobre ficou muito decadente nos últimos séculos e meu pai... bom deixa para lá, não gosto de falar de assuntos tristes enfim pagam bem e o que me importa.

Ela saiu pela porta e olhou carregar aquela mala, tinha que retornar a pub's, mas não queria que ele a levasse até lá, então decidiu ir até o apartamento que tinha alugado na cidade Alta para certas ocasiões onde precisasse de uma fuga ou lugar para Louis ficar sem ter Magnus bisbilhotando.

_Eu moro em um apartamento na cidade alta, podemos pegar um táxi até lá, depois o táxi pode levar até um hotel, o que acha?


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qua 27 Jan 2016 - 14:05

++TREVOR++

-Nenhuma pista nem na associação?

Trevor perguntava para um humano barbudo e de pele negra e expressões duras, que apenas balançou a cabeça em negação em meio ao beco escuro.

-Não há nada... Apenas a informação que ela sumiu junto com o menino loiro, sendo levados por uma mulher. – O caçador disfarçado pronunciou de forma tímida, em seguida tirando uma pasta branca da mochila. – Quanto ao clã Tsukino, consegui os papeis que me pediu. – Jonnathan olhou para os lados nervosos. – Tem certeza é seguro? Por que afinal Crow-sama deseja isso?

Observando melhor, o caçador era jovem, embora não exatamente belo. Seu rosto ainda era lotado de cicatrizes da antiga crise de espinhas da adolescência, e ele era parrudo, com ombro e corpo largos, embora não fosse dos mais altos ou inteligente. Notava Trevor perante sua curiosidade perdida e quase ridícula. Nunca conseguia entender porque Charles se rebaixava a nível de negociar com aqueles malditos caçadores, no entanto, tinha que admitir que alguns daqueles contatos realmente serviam “os serviços especiais do Banco” fielmente desde que aquela vertente começara. Não que os motivos precisassem lhes ser esclarecidos.

-Nunca questiono os pedidos de Crow, sir... E é uma boa coisa não o fazê-lo...

Trevor deu os ombros, pegando a pasta com documentos copiados e guardando nas suas coisas, em seguida, apenas lançando o maço de dinheiro nas mãos do homem. Iria torrá-lo em drogas novamente. O nobre desconfiara. No entanto, como aquela vida não lhe importava apenas ignorou o fato, acenando em despedida, embora não estivesse com o humor dos mais felizes. Não por causa do homem, ou por causa daquele resultado, mas por causa de um maldito clã de Hunters no qual Charles... Não, seu mestre parecia ter tanto interesse.

Trevor balançou a cabeça com um suspiro que misturava cansaço e desanimo, enquanto o brilho da lua delineava seus fios de cabelos pintados de uma cor excêntrica. E, aproveitando que Charles tinha um compromisso, e ele ficara com a noite livre, o jovem vampiro encontrou uma entrada no bar ali perto.

-Quero esse!

Indicou um coquetel alcoólico aparentemente muito doce que encontrara no menu. Não era comum que bebesse, mas para todas as regras havia uma exceção. E por que não pensar em coisas novas quando tudo o que queria ao ver o nome daquela maldita menina era proporcionar-lhe uma morte penosa e violenta por ousar hipnotizar seu mestre?


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Sab 30 Jan 2016 - 13:02

+ Peter Marlon / Skye +



Marlon havia pego com Noah o número de Skye, antes informada por ele que Marlon a procuraria. Assim ali naquele bar sentado em uma mesa ao fundo ele fez uma chamada a ela que atende de imediato.

-Marlon... Então garota quanto tempo? Só não digo que foi um momento bom para nos reencontrarmos devido a situação de seu pai.



-Marlon... exato, essa situação tem que ter um fim..-ela suspira no telefone de chateação.-Eu pedi para ele parar com isso, irmos embora, esquecer...

-Ele é obcecado em querer destruir Magnus, mas o idiota acha que pode mais que um chefão da máfia e do quanto ele é poderoso.-fez uma pausa para tomar um gole de wisky e tragar o cigarro. -Mas vamos ao que interessa, achar e tirar das mãos deles... Vivo sabemos que ele está, magnus volta antes do natal e quero sumir com vocês antes da volta dele.

-Então... Mas não sabemos para onde ele foi levado, segundo Nero que está vasculhando tudo lá na Amadeus até agora não temos pistas e ...-foi interrompida por ele.

-Nero?! Esse vampiro está ajudando? Ele tomou o lugar de seu pai ao lado de Magnus, que aliás começou essa merda toda..


-Sim mas, ele está ajudando e me jurou que não tomou o lugar e sim que era para evitar que outro tomasse, já que ele e papai ... errr... sabe Marlon ... eles estão juntos...

-Juntos?! - Marlon bebeu mais um gole do wisky.

-Juntos, você sabe... - ela ficou um pouco calada. - Nero está investigando e combinamos hoje a noite de nos encontrarmos dizendo que achou papeis importantes.

Marlon ficou calado por um momento, sentiu aquelas palavras lembrou da briga que tivera com Louis e de como ambos haviam se separado.

-Tudo bem garota então irei com você nesse encontro, ainda assim não creio muito nessa ajuda, mas vou porque se tiver algo concreto posso agir rápido.

-Está tudo bem Marlon? Será mesmo que deveria ir?

-Está tudo bem sim, pode deixar que será tudo na paz o importante é tirar o idiota do seu pai das mãos de Magnus e sumir com vocês, dessa vez ele pode gritar a vontade vou amarrar e levar para longe.


-Então, será na Sorveteria Scoop no centro por volta das 19 h.

Marlon levantou o braço e sacudiu o relógio de prata em seu pulso para girar e ver a hora, era cedo e ele bufou.

-Estarei lá...-encerra a chamada e volta a tragar o cigarro, olhou em volta e o bar estava um tanto vazio, haviam poucas pessoas e ele voltou a examinar o celular vendo as mensagens e emails, para fazer hora começou a responder alguns.

Sua mente apesar de está concentrada vagava no passado e lamentava por não ter sido mais enérgico com Louis, agora poderiam está bem e longe disso tudo, mas a teimosia do vampiro e orgulho dele os separaram e isso a cada dia corroía por dentro. Tinham algo mal resolvido e ele faria de tudo para tirar Louis daquele lugar e leva-lo para longe junto com seus filhos como deveria ter feito antes.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Sab 6 Fev 2016 - 22:03

++Trevor++


Sakura... Sakura... O que fizera a maldita humana entrar no seu caminho... Talvez fosse uma boa até dar uma olhada nos documentos. Quem sabe não poderia encontrá-la? Seria até mais fácil fazê-la desaparecer nesse caso. Realizar seus desejos mais sombrios. Mas e quanto a Charles nisso? Seu mestre? O vampiro a quem devia a vida... Ele com certeza lhe puniria e... E ele veria aquele mesmo olhar que vira dois anos antes. Droga! Trevor teve vontade de gritar quando sua bebida chegou. Talvez devido a distração necessária, tendo sugado tudo de uma vez. Seu cérebro congelara por instantes devido a temperatura. Gostos de morango e chocolate espalharam-se constantes e saborosos pela boca, escondendo o gosto da vodca que os envolvia.

-Quero mais um desse... – Acenou ele pro barman que olhava seus curiosos fios arrouxeados caírem sobre sua cabeça. Lisos e únicos. – E também um Wonderland com leite condensado. – Vício ou mania? Qualquer que fosse a resposta ele só queria álcool e algo doce para liberar endorfina em sua mente ali, de uma forma que apenas o açúcar poderia fazer... O açúcar e...

De repente seus olhos claros captaram um humano bonito alguns lugares atrás de si. Cabelos negros, olhos azuis e beleza não usual para um humano, embora um tanto rustico por si só... É talvez encontrasse algo interessante ali também, embora fosse melhor antes sondar. Afinal, ele parecia um tanto quanto estressado pelo telefonema. Que, pelo que Trevor podia ouvir não era boa coisa. – Quero que sirva um chop de cortesia para aquele homem ali... – E Trevor indicou Marlon, enquanto ainda observava o belo homem tragar seu cigarro com um misto de interesse e curiosidade.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Seg 8 Fev 2016 - 19:58

+Marlon+

O matador profissional, ele havia mudado radicalmente sua vida depois que saiu das forças armadas americana, tinha pedido exoneração de seu cargo, estava farto de matar a mando de um governo e agora iria matar em nome do dinheiro. Marlon tinha vivido o suficiente e viu muita coisa estranha acontecer quando entrou para a máfia onde se deparou com o cabeça central daquela organização criminosa.

Mas os vampiros eram o que mais fascinava, eram fortes mas ao mesmo tempo bestas faciais de serem usadas, e quando conheceu um deles não conseguiu resistir aos seus encantos, aquele olhos azuis vinham  a mente dele e seu jeito de gato arisco que o evitava só o atraia mais e mais, perdera a razão quando se viu desejando aquele vampiro, além de ser uma coisa que ele não entendia era um homem, lógico que ele já havia notado suas preferências, se envolvia com ambos os sexos por diversão. Agora, após tanto tempo depois de terem terminado de forma tão brusca e mal resolvida estava novamente envolvido na vida daquele vampiro e pior com um outro que o que parecia era seu novo caso. Detestava ter que passar por isso, o problema é que não conseguia ver o moreno passar por aquilo sem fazer nada. Decidiu ali mesmo por uma pedra nesse passado, iria ajudar e depois partiria para sempre porque não era forte o suficiente para ver Louis com outro.

Nesse momento o garçom interrompe seus pensamentos e lhe entrega uma bebida apontando para a outra mesa, ele ergue a sobrancelha um tanto surpreso, ainda não havia passado por isso, aquele cara estava lhe oferecendo uma bebida, praticamente paquerando-o ou ele estava mesmo vendo demais?

Fez um gesto com a mão e se encostou na cadeira olhando-o dali por um momento e por fim deu um leve sorriso.

"Como dizem por ai... para esquecer basta arrumar outro... rs"

Não que ele quisesse se envolver novamente, não pretendia ficar na cidade o tempo suficiente para fincar raízes, mas o que custava um pouco de distração e até que o outro não era de se jogar fora, pelo contrario era bem atraente.

Suspirou baixo porque se conhecia bem e sabia que iria fazer merda em se meter com alguém naquele lugar, mas a vida é riscos e ele queria mesmo apagar algumas lembranças da cabeça, mesmo que fosse somente por algumas horas ou até uma conversa mais informal.

"Muitas deduções, eu não sou de pensar tanto, por que disso agora?"

Tomou um gole daquela bebida e se levantou andou calmo e de passos firmes até a mesa do outro e parou perto dele estendeu a mão para um cumprimento.

_Peter Marlon... E a bebida estava muito boa...rs


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Seg 15 Fev 2016 - 11:30

++Trevor++

Trevor Spencer era nada mais que uma criança quando foi tirado daquele lugar. Salvado por Charles, melhor dizendo. E, mesmo que fosse ainda uma criança, desde sempre aprendera a matar e ser um bom braço direito. Fazendo tudo o que o outro queria, servindo-o por prazer e não por obrigação. Se o amava? Essa não era definitivamente uma dúvida, e sim uma certeza para o garoto de cabelos coloridos. Uma certeza proibida e que ele preferia não falar por saber ser impossível. Um sonho impossível que ele teria que esquecer, se contentando apenas a irmandade que esse poderia lhe oferecer, mas ainda assim sentindo. E por isso desejando distrair sua mente o máximo possível em suas horas de folga. Um servo apaixonado pelo seu senhor, como aquela ideia lhe parecia ridícula...

Trevor riu de si mesmo, tomando sua bebida de gosto fortemente doce para conter seus impulsos de, a partir de seu momento de fraqueza, não acabar fazendo uma merda que não seria perdoada com aqueles documentos. Talvez por isso tenha tido a estranha ideia de mandar uma bebida para o “homem bonito”. Talvez por isso estivesse com a atenção focada ali, embora discretamente, não deixando de sentir certa satisfação consigo mesmo quando ele se aproximou. Sim. Charles havia orientado para que tirasse uma folga depois de pegar os documentos, e assim ele o faria. Encarando aquele homem com um sorriso inocente, fingido e levemente malicioso.

-Não sei de que bebida está falando... – Soltou de forma simples, dando os ombros e outro gole em seu “algodão doce” alcoolico, então também se levantando e esticando a mão para cumprimenta-lo de forma educada. – Trevor Spencer... – O vampiro nobre sorriu. Seu sotaque ingles era forte, mesmo que falasse japones tão bem quanto um nativo. – É um prazer conhece-lo. Deseja outra bebida e conversar? – Ok, ok... Sair abordando humanos alheios por bares só por que eles faziam o seu tipo não era exatamente seu estilo, mas nunca é tarde para mudar não é? E algo em si lhe fazia ter uma boa sensação sobre aquilo. Ou seria esse apenas um sinal de ter ficado tão arrogante quanto seu mestre?


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 18 Fev 2016 - 19:29




+ Marlon+

Ele ficou ali parado olhando aquele vampiro, sua mente ainda se questionando o motivo de ter levantado e ido até a criatura que por sinal ao ver mais de perto, era muito bonito, apesar do cabelo colorido. Seus lábios abriram em um belo sorriso de lado quando ele fez desdém de ter enviado uma bebida, queria agradar e se fazer de difícil? Bom, ao menos é uma boa distração pela próxima hora quando teria que ir ao encontro de Skye na sorveteria.

_Posso presumir que gosta de brincar , vamos entrar então nessa brincadeira, senhor Spencer. -Segurou firme a mão do vampiro e apertou sem demonstrar força somente algo mais sugestivo ao vampiro, o convite feito por ele o atiçou. _Aceito outra bebida sim. - puxou a cadeira e sentou-se de frente ao vampiro olhando diretamente nos olhos. _Pelo seu sotaque deve ser inglês, o que faz perdido nesse fim de mundo, não que seja da minha conta, mas pelo seu porte nobre ficar em um lugar como essa cidade não deva ser tão atrativo? -Perguntou somente para iniciar, mas não conseguia perder o costume de um ex militar. Fez um gesto ao garçom pedindo mais uma garrafa de cerveja, quando o mesmo a trouxe, ele bebeu mais um gole e sorriu de lado vendo o jeito meio “infantil” dele tomar aquela bebida colorida. _Isso parece bom, pela sua expressão de satisfação ao tomar dessa bebida.




~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Dom 21 Fev 2016 - 19:09

Os olhos azuis escuros do vampiro estavam focados no do humano como naqueles jogos de pôquer que costumava assistir e sua expressão era quase gentil e infantil enquanto sorria, tomando alguns goles de sua bebida doce. Mais de perto, o homem era mais bonito do que esperava e também tinha um bom cheiro, embora ele não fosse pessoalmente dos maiores fãs em sangue humano. Seu aperto também era forte, para um deles, e aquilo de certa forma o interessou mais que o normal, enquanto simplesmente o via sentar.

-Na verdade, eu apenas gosto de boas companhias, senhor Marlon. – O vampiro pronunciava. Em aparência, não parecia ter mais que dezessete anos, com roupas sociais e cabelos exóticos em tom arrouxeado. Mas nunca se podia saber de sua verdadeira idade, principalmente quando se lidava com aquelas criaturas. –E como também estava sozinho, por que não...? – O jovem deixou um pequeno sorriso escapar, enquanto tomava outro gole de sua bebida.

Então o outro também era observador, aquilo era bom, percebeu enquanto este pedia uma bebida, mas apenas até certo ponto. Não que aquelas informações fossem lhe fazer falta. – Sou irlandês na verdade e como deve imaginar, não foi muito por vontade própria, vim a trabalho. – Ele bebeu outro gole, lambendo os lábios discretamente, não por necessidade, mas como uma provocação. – Imagino que também não deva ser daqui, não? – Trevor levantou a sobrancelha, pegando sua bebida que estava no final e estendendo em direção ao homem. – Se quiser experimentar... Só aviso que é doce demais para a maioria das pessoas. – Alertou com um sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Ter 23 Fev 2016 - 8:06

+ Marlon +




Ele olhava cada detalhe e gesto que aquele cabeça de uva fazia, sim não tinha como não reparar naquele cabelo roxo, mas apesar de ser um tanto diferente e para algumas pessoas até uma estranha forma de se aparecer, naquele vampiro ficava até bem. 

Quando tomou outro gole de cerveja reparou na provocação dele ao lamber os lábios, deu um leve sorriso e levou mais uma vez o gargalo da garrafa de cerveja a boca tomando outro longo gole, voltou a chamar o garçom pedindo algo para comer.

_Boa companhia sempre é uma forma de distrair e passar o tempo, se valer a pena o tempo nunca será perdido.-sorriu um pouco  _Então ambos estamos perdidos no fim do mundo a trabalho que coisa não é? Enfim sou de Nova Iorque, ilha de Manhatan na verdade, tenho uma casa lá, mas quase não fico na cidade, viajo muito a trabalho.-Ele olhou o vampiro oferecer a bebida informando que era doce e ele fez uma leve careta, negando com a cabeça._Prefiro cerveja rs _ Tomou outro gole da cerveja quando o garçom serviu-lhes uma bandeja de frios com vários tipos de queijos e salame. _Servido?


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Ter 23 Fev 2016 - 19:28

++Trevor++

Trevor apenas riu discretamente da reação do outro de sua bebida. Muito doce? Sim. Já era o esperado. Eram os poucos que possuíam o seu gosto particular, principalmente quanto a açúcar em si. A única coisa comparável a sangue, uma das poucas coisas com que se valia a pena perder seu tempo quantas vezes quiseram. Mas, infelizmente pouco apreciada. Não que fosse um defeito para Marlon ou qualquer coisa. Na verdade, aquela reação era um tanto quanto engraçada, semelhantemente a de alguns figurões que lhe olhavam atravessado devido ao cabelo atualmente cor de uva.

- Gosto de Nova York, embora só tenha passado por lá umas duas vezes. – Fora para abrir uma nova filial junto com Charles ao que se lembrava e não se lembrava de ter tido muito tempo para conhecer a cidade, mas de certa forma gostava da agitação e da vida que aquela cidade parecia emanar. – Apesar de não ter aproveitado muito... – E então ele também sinalizou ao barman, pedindo outra de suas bebidas doces que, com certeza, teriam dado uma diabetes em algum humano, aproveitando para pegar um pouco de salame com o palito, mesmo que não fosse de seu costume. De certa forma, não se importava em compartilhar refeições não usual diante de uma agradável companhia. – Obrigado.. – Falou com um sorriso aberto e educado, enquanto dava um sorriso sexy e provocador enquanto comia, sem nada falar...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Master
Administrador
Administrador


Feminino
Char RPG : Narradora

Loran Kuran

Louis/Arthur

Lya Merelin

Aldoph Magnus

Lord Drei Dreizahl

Kyoshiro

Humor : Vai depender de sua postagem >D
Localização : Rio de Janeiro
Posts: : 2213
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Ter 23 Fev 2016 - 21:26

+ Marlon +

Ele sorriu baixinho ao ver o gesto daquele vampiro, aparência dele era de um garoto, mas o pouco que conhecia desse mundo alem do que os humanos podiam imaginar era as aparências enganam. Podia na certa ter algumas décadas de vida e o humano ali sentado tomando cerveja no seu auge de 38 anos nada mais seria para ele que uma criança. 

_A cidade é perfeita, adoro aquele pedaço do mundo... - Olhou-o após beber mais um gole da cerveja e lambeu os lábios quando notou que o provocava. _Perdeu então a oportunidade de conhecer a cidade... Quem sabe lhe mostre um dia...- Entrou no jogo, estava sendo divertido ver aquele vampiro brincar com ele, deixaria fazer o que achava que estava fazendo, tentando conquistar o humano ali. 

Imaginando que na certa poderia está caçando, talvez seu sangue o prêmio que ele deveria desejar, aquele vampiro estava usando seus meios para conseguir e Marlon estava ciente disso, a mordida de um vampiro poderia ser dolorosa, mas ao mesmo tempo prazerosa se eles assim quisessem.

_E agora, está a trabalho ou é só um momento de diversão, quando entrou nesse bar?

Sim, sondar era uma das coisas que por mais que ele quisesse evitar não conseguiria, era um instinto básico daquele matador da mafia e que a sua curiosidade lhe dava o direito de ser. Deu uma olhada para a hora, ainda havia mais uns 30 minutos para seu encontro, pensaria em alguma forma de manter aquela conversa para depois, já que o desejo em saber mais daquele ser estava o deixando ainda mais atiçado.


~* Narrador Master *~
_Agora repita comigo: Nunca mais desobedecerei um DEUS!
Assim você evita levar um mac ban feliz >D
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.recantodasletras.com.br/autores/isamiranda
kagura
SP
SP


Feminino
Char RPG :
Chars: Charles | William | Vincent (Arthur) | Melissa
NPCS: Murtagh | Junes | Junniper | Ryan | Trevor
Humor : Mutavel.
Localização : Brasília
Posts: : 3598
Inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Qui 25 Fev 2016 - 14:29

++Trevor++

Exótico. Sempre havia sido assim desde o inicio e quando ele me achou. Ou será que existia algum tempo em que não fosse ou preferisse o mundo preto e branco no qual vivia? As celas acinzentadas, o frio constante, a fome quando eu mal sabia o que era comida no auge de meus treze anos. Assim era aquele lugar onde a dor não era raro e tudo que me dominava era o medo de sair e não voltar como meus irmãos. De ser levado para a morte final, como faziam ao garoto maior, de cabelos longos e loiros.

-Ei, pare de chorar e resista... – Podia o ouvir falar ainda em minha mente aquele dia, com olhos arroxeados e determinados enquanto era arrastado, assim como podia sentir meu corpo caído, quando ele quebrou as grades daquela cela. Como um monstro ou algo parecido, nú e totalmente coberto de sangue, como aqueles heróis das historias gregas. Vermelho, com os cabelos dourados e olhos cruéis e lilases enquanto esticava a mão. – Está com sede, pirralho? Por que não aproveitamos que a ceia está farta e bem assada? – Podia imaginar sua voz pronunciar com tom malicioso, como todas as outras vezes, quando ele me chamava.

Quanto a estranheza dos outros, eu simplesmente não me importava. Gostava das cores, e desde que aquela pessoa não reclamasse... Por instantes, eu me deixei sorrir com aquele pensamento. De alguma forma, o homem à minha frente me lembrava um pouco a ele, mas sem aquela beleza mística, embora fosse um humano muito bem apessoado. Seus modos talvez, ou o perigo em seus olhos mais velhos que me faziam querer arriscar? Talvez uma mistura das duas coisas.

- Acho que adoraria conhecer, se os negócios me permitirem. – Não que tivesse qualquer restrição quanto a isso por parte do puro sangue. Para falar a verdade, o outro sempre me dera mais liberdade e favores que eu achava me serem permitidos, me tratando quase como um irmão sem qualquer obrigação formal de obedece-lo. No entanto, eu diria que o fazia por vontade própria. Ou talvez um desejo egoísta. Um sonho vão e impossível que mantinha apenas em minha imaginação até ali.

Mas quem sabe não poderia arriscar umas férias talvez? Marlon não era ruim, e se estava retornando minhas provocações... Dei um sorriso malicioso, tomando mais lentamente a próxima bebida, com os olhos fixos nos dele. Seu cheiro também não era mal, embora minha mente pensasse muito mais em outras coisas que em sangue. Era comum que as pastilhas sozinhas me satisfizessem, até porque sempre preferira sabores açucarados ao delicioso sabor ferroso e semelhante.

Pensando bem... Aquela próxima pergunta era interessante: Por que mesmo estava ali? Outro gole se seguiu, talvez como um elixir que me fizesse relaxar mais que o normal, ficando mais solto... – Até entrar nesse bar, estava em um trabalho, mas depois disso... – Fiz uma pausa, com um sorriso provocativo talvez estimulado, enquanto acabava a bebida. – Talvez tenha achado uma pequena necessidade de folga para me divertir, já que acabei o que tinha de fazer...

Um jogo, sim. Aquilo estava mais que claro que estava disposto a jogar em minha expressão, assim como também não parecia segredo que estava interessado no humano a minha frente. Nem que fosse apenas pelo resto do dia ou uma forma de distração.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sirius Open Bar   Hoje à(s) 11:03

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sirius Open Bar
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Recrutando] Lupus Online Versão 1.01 Open Teste
» Ren'Py Visual Novel Engine - Open Source
» Bruxos da Era Potter
» [Ficha] Sirius Blackwood
» [Atualização]Ballória Online V. 1.1 Open Beta.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Província Ambarantis :: Ambarantis :: Cidade Central-
Ir para: