Academia Cross RPG
Bem Vindos!!

Aos visitantes e Novatos Na Academia Cross.

Leiam as Regras para participar do RPG.

Regras Gerais, orientações e Sistema do Jogo

Arigato pela Visita e volte Sempre!

Administração Equipe Cross



RPG Vampire Knight
 
InícioCalendárioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Sala do Trono
Dom 3 Set 2017 - 16:34 por Adrian Ivashikov

» Green path - Central Park
Dom 3 Set 2017 - 15:39 por Tohru Kuran

» Royal Kinnokate
Dom 2 Jul 2017 - 11:01 por Makie

» Clã Sorel - Roma
Sab 1 Jul 2017 - 16:43 por Master

» Galpão - Fazenda Casa Grande
Sab 1 Jul 2017 - 16:11 por Master

» A missão ?! - Cidade Alta
Sab 24 Jun 2017 - 21:16 por Makie

»  Lirion Gatemberg
Sab 24 Jun 2017 - 18:18 por Master

» Hall de entrada/sala da mansão
Seg 19 Jun 2017 - 18:15 por Dorii'

» Sala de Estar e Jantar
Dom 18 Jun 2017 - 21:50 por Dorii'

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Votação
Como conheceu Vampire Knight?
1. Através do mangá.
34%
 34% [ 23 ]
2. Através do anime.
66%
 66% [ 44 ]
Total dos votos : 67
Top dos mais postadores
Dorii'
 
kagura
 
Lohanne
 
Master
 
Aga-chan
 
Fabi
 
Fernanda Shanira
 
Marcelo
 
Hauro
 
Alucard
 
Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
CalendárioCalendário

Compartilhe | 
 

 História Antiga: O mito de Caim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidad
Convidado
avatar


MensagemAssunto: História Antiga: O mito de Caim   Qua 25 Maio 2011 - 12:53

No começo de tudo, no tempo de Adão e Eva, nasce uma criança chamada Caim, o primeiro-nascido, que cultivava a terra, e Abel o segundo–nascido que cultivava os animais.

Caim amava muito seu irmão por ser uma pessoa iluminada, doce e forte. Então um dia Deus pediu para que cada um deles um sacrifício por tudo àquilo que Ele havia vos dado.

Abel pegou o seu mais novo, o mais forte e mais doce dos animais e o sacrificou.

Caim juntou as mais belas, puras e doces frutas que já havia colhido.

Em um altar puseram seus sacrifícios e acenderam um fogo debaixo deles e observaram enquanto a fumaça levava ate o Altíssimo.

O sacrifício de Abel foi aceito com por Deus e abençoado pelo mesmo, mas Caim foi punido por palavras severas e uma maldição. Então Caim chorou e rezou noite e dia pedindo o perdão por seu sacrifício.

Então tempos depois foi chegado novamente o tempo de sacrifício e Caim não trouxe nenhum e Abel perguntou o porquê de não ter trazido o seu sacrifício. Então chorando Caim sacrificou o que tinha de mais valioso, seu irmão.

Disse Deus então: “Amaldiçoado seja você, Caim, por ter matado seu irmão” e Caim foi expulso e amaldiçoado a vagar pela escuridão na terra de Nod.

Vagando solitariamente pela terra de Nod passando frio, fome e uma terrível solidão. Foi então quando Caim ouviu uma serena voz a lhe chamar:

“Eu conheço sua história, Caim de Nod. Ela disse, sorrindo.

Você tem fome. Venha! Eu tenho comida.

Você tem frio. Venha! Eu tenho roupas.

Você está triste. Venha! Eu tenho conforto.”


Então Caim pergunta-se quem o acolheria sabendo de sua historia. Então a serena voz identifica-se dizendo-lhe que foi a primeira esposa de seu pai e que conquistou a liberdade na escuridão indo contra as vontades de Deus. E disse: Eu sou Lilith.

Então ela o vestiu, o alimentou e em seus braços o acolheu e lagrimas de sangue escorreram de seus olhos e ela os beijo.

Caim passou a viver com Lilith durante um tempo, só que ele desconhecia a magia de Lilith que com isso conseguia tudo o que queria. Caim não resistiu e pediu para que ela o ensinasse todos os seus poderes, porque não agüentava mais uma vida nas sombras e não ter nada. Lilith relutou, mas como o amava muito decidiu ensina-lo tudo o que sabia. E então Caim bebeu de seu sangue e Lilith lhe ensinou a como usar seus poderes.

E então depois de sua transformação uma luz de fogo ilumina os céus e o poderoso Arcanjo Michael, general dos céus e portador da Chama Santa, revelasse a Caim dizendo:

“Filho de Adão, Filho de Eva, seu crime é grande, e também a clemência de meu Pai é grande. Você não se arrependerá do mal que você fez, e deixará sua clemência lava-lo para que fique limpo?”

Então Caim disse à Michael:

“Não por graça [do Único Acima], mas por minha própria vontade que eu vivo com orgulho.”

Michael o amaldiçoou dizendo.

“Então, para que você caminhe nesta terra, você e suas crianças temerão minha chama viva, que morderá profundamente e saboreará sua carne.”

Então Caim passou a temer o fogo alem de qualquer coisa.

E pela manha o Arcanjo Raphael, o guia do Sol veio ate Caim e disse:

“Caim de Adão, filho de Eva, seu irmão Abel o perdoou de seu pecado você se arrependerá, e aceita a clemência do Todo-Poderoso?”

Caim disse a Raphael:

“Não pelo perdão de Abel, mas pelo meu próprio perdão.”

Então Raphael o amaldiçoa dizendo-lhe:

“Então, para que você caminhe nesta terra, você e suas crianças temerão o amanhecer, e os raios do sol irão queimá-lo como fogo onde quer que você se esconda. Esconda-se agora para o nascer do Sol levar sua ira até você”

E então Caim passou a caminhar pela terra somente à noite e condenado a jamais ver o amanhecer novamente.

Ao acordar depois de seu dia de sono, Caim vê-se coberto por asas negras e então Caim percebeu que era Uriel, o ceifador, o Anjo da Morte. Uriel suavemente sussurra aos ouvidos de Caim dizendo-lhe:

“Filho de Adão, Filho de Eva, o Deus Todo-Poderoso o perdoou de seu pecado. Você aceitará sua clemência e me deixará leva-lo de volta, já não amaldiçoado?”


Caim vira-se a Uriel olhando-o nos olhos e disse:

“Não pela clemência de Deus, mas minha própria vontade que eu vivo. Eu sou o que sou, eu fiz o que fiz, e isso nunca mudará.”

Então Deus através de Uriel amaldiçoa terrivelmente Caim dizendo-lhe:

“Então, para que você caminhe nesta terra, você e suas crianças se agarrarão a Escuridão. Você só beberá sangue. Você só comerá cinzas. Você sempre será como você estava na morte, nunca morrerá, se mantendo vivo. Você entrará para sempre na Escuridão, tudo que você tocar irá se tornar em nada, até os últimos dias.”

Então Caim tornou-se imortal e condenado a alimentar-se de sangue durante toda a eternidade. Então o Arcanjo Gabriel com toda a sua gentileza vem até Caim dizendo-lhe:

“Filho de Adão, Filho de Eva, Vê a clemência do Pai é maior que você sempre soube, agora há um caminho aberto uma estrada de Clemência que você chamará de Golconda e falara para suas crianças disto, para que seguindo esta estrada possam morar na Luz uma vez mais.”

E então depois de todas essas maldições que caíram sobre Caim ele descobriu verdadeiramente como usar seus poderes naturais com se mover como um raio (Rapidez), como obter a força da terra (Potência) e ser como uma pedra (Fortitude). E Lilith ensinou-lhe a como se esconder dos caçadores (Ofuscação), como ordenar obediência (Dominação) e como exigir respeito (Presença). E com o tempo achando o modo de mudar de forma (Metamorfose), como ter domínio sobre os animais (Animalismo) e de como ter a visão do passado, do presente e do futuro (Auspícios).

Lilith ordenou com seus poderes que Caim parasse de tentar adquirir tanto poder, pois sua essência estava ameaçada e com isso Caim revoltou-se e viu que seu poder poderia ser bem maior do que já era. Então Caim decidiu quebrar aquele laço com a bela Rainha da Noite e partiu das terras de Nod e foi para um lugar onde ela não o poderia encontra-lo.

Então Caim vagou pela terra ate que encontrar uma jovem bela chamada Lillah, sua primeira amada a mulher mais linda que já que ele poderia ver. Mas ela não estava disposta aos desejos de Caim, assim afastando-se dele.

Então Caim vagando pelo deserto atrás de uma maneira de conquistar sua amada. No deserto ele encontra uma velha que cantava olhando para a Lua. Caim perguntou a velha por que ela cantava daquele jeito e a velha lhe respondeu que ansiava pelo o que não poderia ter e Caim lhe diz a mesma coisa e perguntou-lhe o que poderia fazer para ajudá-lo. Então a velha disse para que ele bebesse de seu sangue e voltasse na noite seguinte, que então ela iria revelar o segredo da Lua para que ele conquistasse sua amada.

Então Caim foi e na noite seguinte retornou com a velha e perguntou qual era o segredo para conquistar Lillah. E a velha lhe diz que sonhou com a solução de seu problema e pede para que ele beba mais um pouco de seu sangue e que no dia seguinte retorna-se com uma tigela de barro, uma faca afiada e então ela teria sua resposta. E mais uma vez Caim bebeu do sangue da velha que imediatamente entrou em um sono profundo.

Caim foi e na noite seguinte retornou com que velha lhe tinha pedido. A velha pegou a tigela botou seu sangue e misturou com algumas ervas e pediu que Caim a bebesse, pois ele se tornaria irresistível, potente, habilidoso e Lillah se renderar aos seus pés.

Caim bebeu de todo o elixir da velha e a velha riu e ele percebeu que a velha o havia enganado, Caim furioso tentou matar a velha, mas ela ordena que parasse e assim ele o fez. Pediu a ele que a amasse e ele fixamente olhou nos olhos da velha desejando-a e então a velha rindo lhe diz: “Faça-me imortal” e Caim sem a abraçou, a velha riu novamente, mas riu com o prazer que sentia do abraço por que não doeu.

A velha lhe olha e diz:

“Eu o fiz poderoso, Caim de Enoch, Caim de Nod, mas você sempre será ligado a mim.

Eu lhe fiz mestre de tudo, mas você nunca me esquecerá!

Seu sangue, potente como é agora, Laço de Vontade nesses que bebem isto, como você fez, uma vez uma noite durante três noites.

Você será o mestre. Eles serão seus, como você é meu.

Para, entretanto Lillah o amará como você quis, você me amará para sempre.

Vá agora, e reivindique sua noiva adorável.

Eu esperarei por você nos lugares mais sombrios, enquanto eu faço mais poções para sua saúde.”


Assim Caim retornou a Enoch e durante três noites Caim fez com que sua amada Lillah bebesse de seu sangue, sem que ela soubesse de nada e então na terceira noite Caim anunciou que se casaria com ela, sua mais doce Filha, e ela acordou.

Durante um ano e um dia Caim laborou em serviço para a Velha, que com sabedoria do sangue, o prendeu como um prisioneiro. Ela o visitava à noite, o forçava a deixar seu sangue para os elixires secretos e fórmulas potentes dela,

Ela levaria o filho de seu filho, e eles nunca seriam ouvidos novamente, mas Caim era sábio. Ele não bebeu dela novamente.

Uma noite, Caim foi até a Velha na floresta, e lhe contou sobre seus sonhos terríveis. Disse que temia por sua vida, temia a profecia de Auriel, e a luxúria de suas Crianças por seu sangue. Então pediu que ela o contasse o conhecimento secreto, de como ele poderia ser poderoso contra os seus próprios filhos. E a Velha foi até uma árvore feita de madeira de gopher e arrancou um galho. Ela pegou uma faca afiada e afiou o galho. Ela pediu que ele levasse o pedaço de madeira vivo, afiado, forte, e que perfurasse o coração de seu filho indócil. Ele ira se render a isso, e estará a seu comando. Em vez de festejar no sangue de seu coração, ele sentirá o peso de sua justiça. Caim disse: “obrigado, Mãe”, e com isso, movendo-se rapidamente, Caim pegou a estaca de madeira de gopher, agarrou e dirigiu para o fundo do coração da Velha. Porque Caim não tinha se alimentado dela durante um ano e um dia e porque ele forçou sua vontade pelas suas mãos? Ele quebrou o Laço que ela o sujeitou que virou sua sorte. Ela riu novamente, com sangue jorrando para cima e despejando na boca dela, seus olhos se despejaram de ódio. Caim beijou seus lábios murchos, e a deixou lá para o sorriso gentil de Raphael; o sol que sobe. Caim que foi amaldiçoado para sempre com a imortalidade.

Caim que foi amaldiçoado com a luxúria por sangue. Para o transcurso de uma idade ele viveu na Terra de Nod em solidão e sofrimento. Durante uma era ele permaneceu só, mas o transcurso de memória submergiu de seu sofrimento. E assim ele retornou ao mundo dos mortais. Para o mundo de sue irmão Seth, o terceiro filho de Eva, e as crianças que Seth tinha criado. Ele retornou e foi bem-vindo. Ninguém o contrariaria, devido à Marca que foi posta nele por Deus. As pessoas viram seu poder e o adoraram, ele cresceu poderoso, e o seu poder era forte, suas maneiras de atemorizar e comandar eram grandes e as Crianças de Seth fizeram dele, rei de sua grande Cidade, A Primeira Cidade. Mas Caim cresceu solitário em seu Poder. Profundamente dentro dele, a semente da solidão floresceu, e cultivou uma flor escura que ele viu dentro do seu sangue o potência da fertilidade chamando demônios e escutando a sabedoria sussurrada. Ele aprendeu o modo para trazer uma criança dele próprio. Ele descobriu o poder de seu sangue, e, fazendo assim, decidiu Abraçar um dos próximos dele. E Uriel o Terrível, se revelou há Caim e disse a ele.

“Apesar de ser poderoso, e marcado de Deus, saiba que qualquer Filho que você faça agüentará sua maldição, que qualquer de sua Progênie entrará para sempre na Terra de Nod, e o medo das chamas e do sol, só beberá sangue e só comerá cinzas e com eles levarão a semente do ciúme do pai deles, sempre conspirarão e lutarão entre si, não condene estes netos de Adão, que buscam trilhar o caminho honrado”
.

Ainda, Caim soube o que tinha que fazer, e um homem jovem chamado Enosh, que era o mais amado da família de Seth, implorou ser feito Filho do Pai sombrio. E Caim, atento, entretanto às palavras de Uriel, prendeu Enosh, e o envolveu no Abraço sombrio. E assim, Caim cria Enoch e, fazendo assim, nomeou a Primeira Cidade como Enoch. E, fazendo assim, fez Enoch implorar um irmão, uma irmã, e Caim, Pai indulgente, deu estes a ele, e os nomes deles eram Zillah, cujo sangue estava muito favorecido de Caim e Irad, cuja força serviu como braço de Caim. E estes Kindred de Caim aprenderam os modos de criar sua própria Progênie, e eles abraçaram mais da família de Seth, impensadamente. E então Caim sábio, resolveu dar um fim a este crime. E como a palavra de Caim era a lei, sua descendência o obedeceu. A cidade representou muitas idades, E se tornou o centro de um Império poderoso. Caim cresceu perto dos diferentes dele. Os filhos de Seth souberam sobre ele e ele os conheceu. Mas o mundo cultivou escuridão com pecado. As crianças de Caim vagaram aqui e ali, indulgindo seus modos escuros. Caim sentia raiva quando as crianças dele lutavam. Ele conheceu a decepção quando ele lhes viu fazer guerra de palavras. Ele conheceu a tristeza quando ele os viu que abusavam dos filhos de Seth Caim leu os sinais na escuridão do céu, mas não disse nada. Então veio o grande Dilúvio, uma grande inundação que lavou o mundo. A Cidade foi destruída e as crianças de Seth com ela.

Com isso Caim viu que seu pecado era grande e, num momento de


Voltar ao Topo Ir em baixo
 
História Antiga: O mito de Caim
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» História Antiga: O mito de Caim
» Atormentada - A História de uma garota em desespero
» Como criar uma Boa História
» Diálogo em uma história narrada em primeira pessoa
» GEHENNA: A HISTÓRIA REAL

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia Cross RPG  :: Cross Café :: .:§ Vampiro: A Máscara §:. :: "Tutoriais e duvidas"-
Ir para: